Documento foi apresentado as diretoras e diretores das unidades escolares da rede municipal

As secretarias de Saúde e Educação apresentaram as diretoras e diretores das unidades escolares da rede municipal o novo protocolo escolar para a covid-19 e influenza 2022. O documento foi revisado levando em consideração ao novo quadro epidemiológico da cidade, que apresenta aumento nos casos de síndromes gripais.

A apresentação aconteceu na manhã desta terça-feira (7) na Faculdade Arthur Sá Earp Neto (Fase) e contou com a participação das equipes das secretarias de Educação e Saúde. O novo protocolo conta com as medidas sanitárias que devem ser seguidas dentro das escolas e centros de Educação Infantil. Entre elas estão a higienização das mãos com álcool em gel e/ou água e sabão, uso obrigatório e correto de máscaras, etiquete de espirro e tosse usando sempre o braço para proteção da boca e nariz, a triagem antes de acessar a unidade ou o transporte escolar com aferição de temperaturas.

“Esse protocolo terá que ser constantemente revisado, sempre seguindo a evolução do quadro epidemiológico. Neste momento da pandemia estamos com um aumento na quantidade de casos de síndromes gripais e por isso a necessidade de reforçar as medidas sanitárias de prevenção nos ambientes escolares”, disse o prefeito Rubens Bomtempo, reforçando também a importância da vacinação. “Apesar do aumento dos casos, a maioria é considerada leve graças ao avanço da imunização”.

O protocolo já foi encaminhado para as diretoras e diretores de toda a rede municipal de ensino. “A vacinação avançou bastante, mas ainda precisamos manter os cuidados ainda mais nesta época de ano mais fria e que as síndromes gripais são mais comuns”, ressaltou a secretária de Educação, Adriana de Paula.

O documento revisado, o quadro epidemiológico atual e as formas de notificações dos casos no ambiente escolar foram apresentados pelas equipes da Secretaria de Saúde. “É preciso reforçarmos essas medidas dentro das escolas e vamos também iniciar os trabalhos conjuntos com a Educação, entre elas a testagem”, disse a superintendente da Rede de Atenção Básica, Claudia Respeita.


Trabalho de terapia facilitado por cães é realizado pela Guarda Civil Municipal

A cadela Jujuba, da cinoterapia da Guarda Civil Municipal, vai visitar as repartições da Prefeitura de Petrópolis nos próximos dias guiada pelo grupamento de cães da corporação. Nesta terça-feira (7), foi a vez do Palácio Sérgio Fadel, sede do governo municipal, na Avenida Koeler, receber a ilustre presença.

Jujuba foi ao gabinete do prefeito onde também foi recebida pela secretária-chefe de gabinete. Passou ainda na Secretaria de Fazenda, Articulação Institucional e Coordenadoria de Comunicação Social.

“Que alegria receber a Jujuba em nosso gabinete! A cadelinha tem feito um belo trabalho de cinoterapia com pacientes do Centro de Tratamento Oncológico (CTO), além de instituições de longa permanência para idosos e escolas. Para os nossos servidores, percebemos um momento de desestresse e alegria com a presença dela”, afirmou o prefeito Rubens Bomtempo.

Jujuba e o irmão Chico fazem parte da cinoterapia da Guarda Civil Municipal, que retomou os trabalhos em abril no CTO, após um período de pausas devido às chuvas. A cadela está há quatro anos na corporação e dá continuidade ao trabalho que começou com sua mãe, Lola.

“Percebemos que a presença dela faz muito bem a quem recebe. Nas escolas, por exemplo, as crianças ficam mais calmas. Em locais de trabalho, como aqui na Prefeitura, percebemos que todos terminam a visita sorrindo”, afirmou o inspetor da Guarda Civil, Rafael Viana.

Distrato com terceirizada renderá economia de mais de 1,8 milhão por ano

A Prefeitura assumiu, neste sábado (4), o fornecimento da alimentação dos pacientes e funcionários das unidades de Pronto Atendimento (UPAS) Centro, Cascatinha e Itaipava. A partir de agora, o Serviço Social Autônomo do Hospital Alcides Carneiro (Sehac) é o responsável por todas as etapas do serviço, desde o planejamento realizado pela sua equipe de nutricionistas, à aquisição, preparo e distribuição de mais de 1.100 refeições diárias para as unidades de saúde.

“Funcionários e pacientes merecem uma alimentação saudável e de qualidade e é isso que estamos buscando. Além disso, assumindo o serviço, estamos garantindo uma economia de aproximadamente R$ 150 mil mensal, ou seja, são cerca de R$ 1,8 milhões que deixarão sair dos cofres públicos”, explica o prefeito Rubens Bomtempo.

Segundo o secretário de Saúde, Marcus Curvelo, a intenção é garantir um serviço adequado, com custo balanceado e reduzido. “Nossa preocupação é oferecer melhores condições de trabalho e bem-estar aos pacientes e funcionários, pois é cuidando de quem cuida que iremos conseguir melhorar a assistência dos nossos pacientes, pois, por mais que a tecnologia esteja agregada a saúde é o ser humano que cuida das pessoas. É o nosso dever enquanto Secretaria de Saúde apoiar essa nova missão do Sehac”, disse Curvelo.

O diretor-presidente do Sehac, Ricardo Patuléa, comemorou a medida. "É uma data emblemática para a nossa gestão, que mais uma vez oferece melhorias nos serviços. Aliada a reduções de custo para o município, é uma iniciativa que comprova nosso respeito aos cidadãos e o comprometimento com os pacientes e funcionários", ressaltou.

Cidade já gerou mais de 1,3 mil empregos neste ano; dado aponta para retomada da economia

Petrópolis teve, em abril, um saldo positivo no número de empregos com carteira assinada. A diferença entre contratações e demissões no mês foi de +308 empregos.

O acumulado do ano é de +1.371 empregos, apontando para uma recuperação da economia da cidade após a pandemia e dois desastres das chuvas (15 de fevereiro e 20 de março). No total, Petrópolis conta hoje com 62.335 empregos com carteira assinada.

Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, divulgados nesta segunda-feira (6). São considerados apenas os empregos com carteira assinada. Ou seja, não são incluídos os trabalhos informais.

"Os números mostram o que já sabíamos. A economia de Petrópolis é forte, saudável. O ambiente de negócios é bom. As empresas são fortes. E a tendência é que o número de empregos na cidade continue subindo. Nós, na Prefeitura, estamos trabalhando para que isso aconteça", disse o prefeito Rubens Bomtempo.

Em abril, o saldo por setor econômico na cidade ficou assim: serviços (+220); indústria (+121); construção (+38); agropecuária (-2); e comércio (-69).

"Esse resultado é uma representação clara e esperada da saúde da economia de Petrópolis, que é diversificada e fortemente alavancada pelo turismo e pela força da nossa indústria. Os números também mostram que o comércio foi altamente afetado pelas chuvas. Mas a tendência é esse cenário mudar. Como mais pessoas vêm sendo empregadas nos serviços e na indústria, mais pessoas vão comprar cada vez mais no comércio local, o que vai gerar mais empregos nesse setor", disse o secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Soares.

O projeto foi desenvolvido pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Educação e tem como objetivo agradecer aos profissionais de saúde pelo empenho durante a pandemia

Começou nesta segunda-feira (6) a exposição “Pandemórias”, desenvolvida por alunos da Educação Infantil da rede municipal de ensino de Petrópolis. Estudantes de 40 unidades escolares produziram pinturas, desenhos e maquetes como forma de homenagear e agradecer os profissionais de saúde pelo empenho durante a pandemia da covid-19. Os trabalhos estão expostos no Palácio Itaboraí (Fiocruz) e podem ser visitados, gratuitamente, até sexta-feira (10).

O projeto “Pandemórias” é desenvolvido pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Educação e o Departamento de Educação Infantil. “Nesses dois anos de pandemia o trabalho dos profissionais de Saúde foi incansável. Quando o vírus ainda era desconhecido e tínhamos muitas dúvidas, foram esses profissionais que se arriscaram para salvar vidas. É importante agradecer e reconhecer todo esse empenho, e ressaltar que a pandemia ainda não acabou e devemos continuar nos cuidando e acreditando sempre na ciência”, disse o prefeito Rubens Bomtempo.

A abertura da exposição contou com a presença dos alunos do Centro Educação Infantil (CEI) Jorge Rolando. Durante toda a semana outros estudantes irão conhecer a mostra. “Os alunos fizeram lindos trabalhos demonstrando todo o nosso reconhecimento. A pandemia marcou a todos e mudou nossas vidas, esse projeto é uma forma de agradecer esses profissionais”, disse a secretária de Educação Adriana de Paula.

A primeira etapa do projeto começou em abril, quando os alunos do Centro de Educação Infantil (CEI) Professora Hermínia Matheus, no São Sebastião, levaram pinturas e desenhos para os profissionais do Hospital Nossa Senhora Aparecida, no Valparaíso. Em agradecimento, a direção do hospital publicou um texto nas redes sociais destacando a visita das crianças.

Após a exposição no Palácio Itaboraí, os trabalhos serão doados para os hospitais da cidade que atenderam e ainda atendem pacientes com covid-19, para que fiquem expostos permanentemente.

Serviço
Projeto “Pandemórias”
Data: 06 a 10 de junho de 2022
Local: Palácio Itaboraí (Fiocruz) - Rua Visconde de Itaboraí, 188 - Valparaíso
Horário: 9h às 16h
Entrada Gratuita

No Dia do Meio Ambiente, prefeito reconhece por decreto o valor cultural da atividade

O reconhecimento do montanhismo como Patrimônio Cultural Imaterial de Petrópolis marcou as celebrações da Prefeitura pela passagem do Dia Mundial do Meio Ambiente, neste domingo (5). A valorização oficial das atividades de subida e escalada de montanhas no município, tradição que remonta ao século XIX, foi formaliza por decreto assinado pelo governo municipal em cerimônia no Parque Natural Municipal Padre Quinha, na Avenida Ipiranga, Centro.

O prefeito Rubens Bomtempo destacou a importância da defesa do meio ambiente, inseparável do montanhismo, para que Petrópolis seja cada vez mais "viva, saudável e sustentável". Bomtempo associou a celebração da data à resistência diante do enfraquecimento atual de conquistas ambientais do país nas últimas décadas e citou como exemplo a ser seguido a existência do parque natural. "Que este parque possa se transformar num centro de referência para o estudo da Mata Atlântica", defendeu.

No decreto que torna o montanhismo um patrimônio municipal, a Prefeitura considera que "as montanhas são elementos importantes na caracterização da paisagem petropolitana e ocupam lugar de destaque na divulgação da imagem da cidade como destino de turismo". Ao Instituto Municipal de Cultura (IMC), determina o decreto 130/22, caberá salvaguardar a memória da atividade, zelando por sua promoção como "patrimônio de enorme relevância para o município".

Em ato simbólico pela preservação da Mata Atlântica, o prefeito Rubens Bomtempo plantou uma muda de ipê-rosa, ao lado de secretários municipais e montanhistas. O secretário de Meio Ambiente, Carlos Alberto Muniz, que também pôs na terra uma muda da mesma espécie, foi outro a ressaltar a importância da resistência ambiental, com o alerta de que "várias conquistas estão sendo posts em risco" na área, incluída a proteção das populações indígenas e seus territórios.

A elevação do montanhismo à condição de patrimônio municipal foi saudada pela presidente do Centro Excursionista Petropolitano (CEP), Letícia Fliess, como "uma consolidação e proteção de nossa prática, que respeita e preserva os sítios naturais". Letícia assinalou que o município se destaca por dispor de mais de 100 trilhas, para percursos a pé, e mais de 500 vias de escalada, que requerem preparo técnico e equipamentos.

A presidente do CEP estima que o montanhismo é praticado por duas mil pessoas em Petrópolis. Um dos marcos da atividade de vencer montanhas no município, praticada desde o Império, foi a primeira escalada com mais de mil metros no pais, em 1993, no Pico da Maria Comprida, em Araras. Letícia salientou que o montanhismo tem opções locais para todas as idades, condições físicas e preparo técnico, a começar pelo Pico do Castelo, no Morin, uma caminhada de 45 minutos.

A campanha de vacinação contra a Influenza foi prorrogada até 24 de junho para os grupos prioritários. Até lá, idosos maiores de 60 anos, crianças de 6 meses a menores de 5 anos, gestantes, puérperas, professores devem procurar um dos 34 postos disponibilizados pela Prefeitura entre o primeiro e o quinto distrito. A vacinação acontece de 8h30 às 15h30 exceto para unidades de área rural que encerram às 14h30 e as que fazem terceiro turno, até às 19h.

Pessoas com comorbidades e deficiência permanente, caminhoneiros e trabalhadores de transporte coletivo, força de segurança e salvamento, população privada de liberdade e jovens em medidas socioeducativas, também estão incluídos.

Locais vacinação Influenza

CENTRO DE SAÚDE
Terminal Rodoviário do Centro
PSF ALTO DA SERRA
UBS MORIN
UBS ALTO INDEPENDÊNCIA
UBS QUITANDINHA
PSF SANTÍSSIMA TRINDADE
PSF BAIRRO CASTRIOTO
PSF COMUNIDADE SÃO JOÃO BATISTA
UBS MOSELA
PSF MOINHO PRETO
PSF PEDRAS BRANCAS
AMBULATÓRIO ESCOLA
UBS ITAMARATI
HOSPITAL ALCIDES CARNEIRO
PSF CARANGOLA
PSF VALE DO CARANGOLA
PSF FAZENDA INGLESA
UBS ARARAS
PSF ÁGUAS LINDAS
UBS ITAIPAVA
PSF COMUNIDADE PRIMEIRO DE MAIO
PSF BOA ESPERANÇA
UBS PEDRO DO RIO
PSF SECRETÁRIO
PSF POSSE
PSF BREJAL
PSF CAXAMBU SANTA ISABEL
PSF MEIO DA SERRA
PSF VILA FELIPE
PSF DR THOUZET
PSF C M JESUS DE PRAGA
PSF BATALLARD
PSF VALE DAS VIDEIRAS

Pessoas com mais de 50 anos e trabalhadores da saúde já podem tomar a quarta dose (segundo reforço) da vacina contra covid-19. A ampliação segue orientação da nota técnica divulgada pelo Ministério da Saúde e em Petrópolis, esse novo público deve procurar um dos postos disponibilizados pela Secretaria de Saúde, a partir desta segunda-feira. Porém, é necessário respeitar o intervalo de quatro meses da data de aplicação da dose anterior.

“O segundo reforço aumenta em mais de cinco vezes a imunidade uma semana após a aplicação. Por isso, é importante que as pessoas continuem aderindo a vacinação e se protegendo”, disse o prefeito Rubens Bomtempo.

De acordo com o secretário de Saúde Marcus Curvelo, a Nota Técnica recomendando a ampliação da quarta dose (segunda reforço) para as faixas etárias, orienta, preferencialmente, a utilização do imunizante da Pfizer, porém, também podem ser usadas as vacinas da Janssen ou AstraZeneca, independentemente da dose utilizada anteriormente. "Outra orientação é relacionada ao intervalo entre a terceira e quarta dose, que deve ser de quatro meses”, explica Curvelo.

Para receber o imunizante, não é preciso se cadastrar. Basta que o idoso vá a um dos postos de vacinação disponibilizados pela Secretaria de Saúde. É necessário a apresentação do cartão de vacina, assim como o CPF ou o cartão SUS.

Pontos de vacinação:

- CENTRO DE SAÚDE (CENTRO)
Segunda a sexta-feira 8h30 às 19h00
Sábado 08h30 às 16h30

- UBS MORIN
Segunda a sexta-feira de 8h30 às 16h30

- UBS ITAIPAVA
Segunda a sexta-feira de 8h30 às 19h

- UBS QUITANDINHA
Segunda a Sexta feira, de 8h30 às 19h
Aos sábados de 8h30 às 16h30

- UBS ITAMARATI
Segunda a Sexta feira de 8h30 às 19h
Aos Sábados 8h30 às 16h30

- ESF POSSE
Segunda a Sexta de 7h30 às 16h30

- ESF MENINO JESUS DE PRAGA
Segunda a Sexta de 8h às 16h

O Plano Municipal de Cultura, encaminhado pela Prefeitura para a Câmara Municipal, foi aprovado pelos vereadores na última semana. O documento define as diretrizes da política municipal de cultura para os próximos dez anos.

Entre os avanços trazidos pelo plano, estão diretrizes voltadas para a descentralização dos programas de cultura por todo o município, assim como diretrizes para a simplificação dos editais, de modo a democratizar o acesso ao financiamento de projetos culturais.

"Uma preocupação do plano é que os programas e projetos culturais contribuam para a diminuição das desigualdades, para a descentralização das atividades, para que os bairros e os territórios sejam contemplados", disse a secretária de Cultura, Diana Iliescu.

O plano foi construído com participação popular em todo o processo.

"Em todo o processo, a sociedade civil foi a protagonista. Os segmentos culturais participaram tanto da construção do diagnóstico do cenário da cultura de Petrópolis como do estabelecimento das diretrizes para os próximos anos", disse Diana Iliescu.

Histórico

O atual plano é de 2010 e venceu em 2020. Naquele ano, foi prorrogado por mais um ano.

Em 2019, o novo plano começou a ser elaborado pelo Instituto de Cultura em parceria com o Conselho Municipal de Cultura. Naquele momento, Diana Iliescu era vice-presidente do conselho, que participou ativamente do processo. Uma comissão se reuniu para planejar as audiências públicas que dariam corpo às discussões da construção do plano. Com a chegada da pandemia, tiveram que ser desmarcadas.

Já em 2021, o Conselho de Cultura retomou o debate, e o Instituto de Cultura contratou os consultores Flavio Aniceto e Camila Gricss para a formulação do plano. A construção coletiva se deu através de formulários de consulta popular e da realização das audiências temáticas de forma online.

A aprovação do texto final foi de forma presencial em reunião extraordinária do conselho, no Centro de Cultura.

Agora, em 2022, a Prefeitura encaminhou o plano para a Câmara, que o aprovou. Depois que for publicado em Diário Oficial, o plano estará em vigor até 2031.

Escolhida como um dos 65 Destinos Indutores do Desenvolvimento Regional no Brasil pelo Ministério do Turismo (Mtur), Fundação Getúlio Vargas (FGV) e Sebrae Nacional, Petrópolis se prepara para a sua alta temporada. O período mais charmoso do ano tem a confirmação de pelo menos 15 grandes eventos que vão movimentar a cidade. A programação já começou esta semana e segue até agosto com a realização da XXXIII Bauernfest, fechando a temporada mais procurada pelos turistas.

“O turismo é uma das principais fontes da economia da cidade e estamos nos preparando para receber os nossos turistas. A cidade sofreu com as duas chuvas, foram momentos difíceis onde cuidamos não apenas da reconstrução da cidade, mas também cuidamos das pessoas que mais precisavam da gente. Estarmos nos reerguendo nesse período de alta temporada é importante”, comentou o prefeito Rubens Bomtempo.

Esta semana, a Prefeitura, por meio do Instituto Municipal de Cultural (IMC) e da Secretaria de Turismo, iniciou as licitações para a realização da Bauernfest – Festa do Colono Alemão, que acontece entre os dias 12 a 28 de agosto. Os pregões acontecem neste mês e são para as contratações das empresas que ficarão responsáveis pela distribuição do salsichão, chope, atrações culturais e patrocínio. Também será realizada a licitação das barracas.

“Teremos eventos que vão movimentar a economia local, dando oportunidade aos cervejeiros artesanais e aos artesãos de comercializarem seus produtos, e também aos artistas locais. Estamos começando a alta temporada com expectativas muito positivas, com uma agenda de eventos bastante variada e com a Bauernfest acontecendo em agosto, estendendo o nosso período de maior movimento”, disse a secretária de Turismo, Silvia Guedon.

O setor de turismo gera em torno de 70 mil empregos diretos e indiretos na cidade e representa cerca de 6% do Produto Interno Bruto (PIB) anual. O prefeito Rubens Bomtempo lembra também que Petrópolis ocupa a categoria A no Mapa do Turismo Brasileiro, por avaliação do Ministério do Turismo. “Somos também a Capital Estadual da Cerveja, do Canto Coral e dos Produtos Orgânicos. Turismo gera emprego e renda, foram dois anos de pandemia em que esse setor sofreu bastante, mas somos também uma cidade resiliente”, frisou o prefeito.

EVENTOS PROGRAMADOS PARA OS MESES DE JUNHO, JULHO E AGOSTO

programação sujeita a alteração


SERRA WINE WEEK
01 a 12 de junho nos restaurantes. 16 a 19 de junho no
Parque Municipal Prefeito Paulo Rattes, Estrada União e Indústria, 10.000 - Itaipava
(Área externa) - Realização: PLBK Comunicação
Instagram: @serrawineweek

FEIRA 4.0
Parque Municipal Prefeito Paulo Rattes, Estrada União e Indústria,10.000- Itaipava
11 a 12 de junho
Realização: Catarina Eventos
Instagram: @feira_4.0

OKTOBERFEST PETRÓPOLIS
Parque Municipal Prefeito Paulo Rattes, Estrada União e Indústria, 10.000- Itaipava
16 a 19 e 24 a 26 de junho
Realização: Deguste Promoções e Eventos Ltda.
Instagram: @oktoberfestpetropolis

SOLSTÍCIO DO SOM 24 - INVERNO 2022
Praça da Liberdade – Centro Histórico
17 a 21 de junho
Realização: Grupo Solstício Promoção de Eventos

FESTIVAL DE FONDUE, RACLETES, CALDOS E CREMES
Restaurantes participantes
01 a 31 de julho
Realização: Petrópolis e Convention & Visitors Bureau
www.visitepetropolis.com

FESTIVAL SESC DE INVERNO
SESC Quitandinha - Quitandinha e Parque Municipal Prefeito Paulo Rattes – Itaipava
15 a 31 de julho
Realização: SESC Rio
Instagram: @sescrio / @sescquitandinharj


4º ENCONTRO PETROPOLITANO DE VEÍCULOS DE COLEÇÃO
Rua Alfredo Pachá – Centro Histórico
16 e 17 de julho
Realização: Clube do Opala de Petrópolis

FESTIVAL DE INVERNO DE ITAIPAVA
Parque Municipal Prefeito Paulo Rattes – Itaipava
17 de julho a partir das 16h – Thiaguinho e Pedro Sampaio
Realização: Doi2 Entretenimento
Instagram: @festivaldeinverno.itaipava

FESTIVAL AGROSERRA DA ROÇA AO PRATO
Praça de Secretário – Pedro do Rio
22 a 24 de julho
Realização: Instituto Caminho da Roça – ICR
Instagram: @festivalagroserra

ECOBRECHÓ PARK
Parque Municipal Prefeito Paulo Rattes, Estrada União e Indústria, 10.000 - Itaipava
22 a 24 de julho
Realização: Ana Carolina Lima Mayworm MEI
Instagram: @ecobrechopark

49ª FESTA DE SÃO CRISTOVÃO
Praça de Nogueira – Nogueira
22 a 25 de julho
Realização: Associação de Moradores e Amigos de Nogueira – AMAN

SERRA BUGS
Parque Municipal Prefeito Paulo Rattes, Estrada União e Indústria, 10.000- Itaipava
05 a 07 de agosto
Realização: Serra Bugs
Instagram: @serra_bugs

BIERGARTEN 2022
Praça Visconde de Mauá
11 a 14 / 19 a 21 / 26 a 28 de agosto
Realização: Associação das Cervejarias Artesanais do Município de Petrópolis - ACAP

DEUSTSCHE PARTEI – Festa Alemã
Parque Municipal Prefeito Paulo Rattes (área externa)
12 a 28 de agosto
Realização: Deguste Promoções e Eventos Ltda.

33ª BAUERNFEST – FESTA DO COLONO ALEMÃO
Palácio de Cristal, Praça da Liberdade, Praça Visconde de Mauá, dentre outros locais. 12 a 28 de agosto

Pagina 10 de 1819