Cerca de 600 alunos do Colégio Estadual Rui Barbosa, no Alto da Serra, participaram de uma importante ação de Saúde promovida pela Prefeitura, durante toda esta quinta-feira (10). Palestras seguindo os temas como nutrição, saúde bucal, drogas lícitas e ilícitas, entre os assuntos foram os assuntos debatidos no 1º Seminário de Saúde do Adolescente.

“É fundamental que os setores da Saúde e Educação entejam integrados e falem a mesma linguagem para a orientação dos nossos adolescentes. Os temas abordados foram selecionados pelos próprios estudantes, ou seja, fomos direto ao ponto. Através desse seminário foi possível esclarecer dúvidas e atuar na conscientização, inclusive sobre ISTs, e saúde reprodutiva, por exemplo”, explica o prefeito Rubens Bomtempo.

O evento foi organizado pela Secretaria de Saúde, por meio da equipe do Posto de Saúde da Família do Alto da Serra, junto com o Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica - NASF AB, Áreas Técnicas de Saúde de Petrópolis e Divisão de Imunização.

“Contribuir para o desenvolvimento seguro dos nossos adolescentes e jovens é uma das preocupações do município. As equipes da Saúde conseguiram uma participação considerável dos jovens”, disse o secretário de Saúde, Marcus Curvelo.

As atividades foram realizadas nos turnos da manhã e da tarde. Foram abordados ainda temas como saúde mental, incluindo assuntos como ansiedade, depressão e suicídio, a saúde reprodutiva, que engloba ISTs e métodos contraceptivos e preventivos. Os alunos, por meio de votação anônima realizada preliminarmente, também selecionaram tópicos como hipertensão, diabetes, covid-19 e monkeypox.
Rodas de conversa com o Núcleo Especializado para Atendimento à População LGBTQIA+, também foram realizadas, assim como ações de aferição de pressão, testes de glicose e testes rápidos de ISTs.

Estão abertas as inscrições para um workshop de graffiti promovido pela Prefeitura, por meio do Instituto Municipal de Cultura (IMC). A oficina é gratuita e será ministrada pelo grafiteiro, MC e produtor cultural, Airá o Crespo. O cadastramento deve feito pela internet até o dia 14 de novembro. O workshop faz parte da programação do mês da Consciência Negra.

Para participar do workshop é preciso ter mais de 15 anos e ter interesse em desenho ou arte. A oficina é para iniciantes ou praticantes do grafitti. As inscrições devem ser feitas pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. . Serão destinadas 20 vagas.

O workshop acontecerá no Centro de Cultura Raul de Leoni, no dia 15 de novembro (terça-feira), das 11 às 18h. Nas inscrições serão priorizadas mulheres, pessoas de baixa renda, negros, indígenas ou de qualquer outra minoria.

Alguns dos participantes da oficina serão escolhidos para auxiliarem na ampliação dos painéis do Zumbi, Dandara e Tereza de Benguela, localizado no Centro de Informações Turísticas (CIT) da Praça da Liberdade. A reforma e ampliação dos painéis faz parte da programação do mês da Consciência Negra, promovido pela Prefeitura e pelo Conselho Municipal de Proteção da Igualdade Racial (Compir).

A atuação da Prefeitura na assistência social em 2022 pode ser listada em 62 grandes ações. Entre aluguel social, entrega de cartões, entrega de cestas básicas e linha branca, criação do Cras (Centro de Referência de Assistência Social) Alto da Serra, reforma do Cras Quitandinha, entre outras.

É o que mostrou o relatório de gestão da Secretaria de Assistência Social, apresentado pelo secretário Fernando Araújo, na última quarta-feira (9), na reunião do Conselho Municipal de Assistência Social.

“2022 está sendo um ano importante para a assistência social do município. Prefeitura sempre busca fazer para quem mais precisa. E é o que temos feito. Olhando para trás, vemos que conquistamos muita coisa. Ao mesmo tempo, já estamos construindo novos avanços, para o primeiro semestre de 2023, como o Banco de Alimentos, por exemplo”, disse o secretário Fernando Araújo.

Algumas das principais ações da Assistência Social em 2022:

• Mobilização de 28 abrigos para as famílias desabrigadas pelas chuvas de fevereiro e março
• Cadastramento, revalidação e pagamento do aluguel social a cerca de 4 mil famílias que ficaram desabrigadas ou desalojadas pelas chuvas de fevereiro e março
• Entrega de linha branca a 487 famílias atingidas pelas chuvas de fevereiro e março
• Entrega de cerca de 15 mil cestas básicas e 52 toneladas de alimentos avulsos a famílias atingidas pelas chuvas, em situação de vulnerabilidade social e em situação de insegurança alimentar
• Criação do auxílio de R$ 2 mil (pagamento único) para as cerca de 200 famílias atingidas pela chuva de granizo em Pedro do Rio de 4 de outubro
• Entrega de 3.674 cartões Recomeçar
• Entrega de mais de 14 mil cartões Supera RJ
• Compra do prédio na Rua Floriano Peixoto para funcionar como abrigo temporário de uso misto para famílias em situação de vulnerabilidade
• Capacitação de mais de 100 técnicos da assistência social em curso sobre gerenciamento de abrigos temporários
• Criação da moeda social “Ipê Amarelo” (projeto de lei será encaminhado à Câmara)
• Elaboração de projeto para implantação do Banco de Alimentos no térreo do prédio da Floriano Peixoto
• Elaboração do Plano Municipal de Assistência Social 2022-2025
• Pagamento de cerca de R$ 3 milhões a instituições do terceiro setor (verbas que não foram repassadas nos últimos 5 anos por falta de contrapartida da Prefeitura)
• Criação do Cras do Alto da Serra
• Reforma, ampliação e inauguração do Cras Quitandinha
• Operação Inverno junto à população em situação de rua

Entre os dias 1° e 9 de novembro, procura cresceu 547% nos postos do município

A Prefeitura conseguiu garantir para esta sexta-feira (11) a antecipação da entrega de um lote com 2,4 mil doses da vacina contra a covid-19. Inicialmente a chegada das doses estava prevista para a outra semana. Depois de uma corrida aos postos por conta da circulação de uma nova subvariante da ômicron, chegou a ser registrada a falta do imunizante para o público adulto em algumas unidades, como no Centro de Saúde Coletiva, na Rua Santos Dumont.

O prefeito Rubens Bomtempo lembrou que, na quarta-feira (09), foram aplicadas 607 doses da vacina nos sete postos de imunização do município. No dia anterior (terça-feira) foram 387. “O número representa um aumento de 157% na procura em apenas 24 horas. Em um comparativo entre os dias 1° e 9 de novembro, esse crescimento é ainda maior, uma elevação de 547%”, pontuou.

O Comitê Cientifico de Petrópolis vai voltar a se reunir na próxima quinta-feira (17), para analisar a evolução de novos casos da doença e definir as medidas que deverão ser adotadas. "Neste momento, a maior procura da vacina é pelas doses de segundo reforço (quarta dose). Porém, temos muitas pessoas que ainda estão iniciando o ciclo vacinal, inclusive crianças e adolescentes. Por meio da Divisão de Imunização da Secretaria de Saúde, conseguimos antecipar a entrega do lote que só chegaria à cidade depois do feriado. Já estamos formulando o próximo pedido com ainda mais doses para atender a população. A conscientização é fundamental para a proteção de todos”, disse o prefeito Rubens Bomtempo.

O secretário de Saúde, Marcus Curvelo explica que devido a baixa procura pelos imunizantes nos últimos meses, as solicitações estavam sendo realizadas de acordo com a demanda para não haver perda de doses. “As vacinas têm prazo de validade e após o descongelamento, os imunizantes da Pfizer, por exemplo, só duram 31 dias. Para garantir a utilização das doses que tínhamos em estoque, antes do início da circulação dessa nova subvariante da ômicron, realizamos ações em empresas, como a Comdep e eventos públicos no município. Neste momento, para ampliar a cobertura vacinal, mantemos a vacinação itinerante nas comunidades e estamos realizando a busca ativa de pessoas que ainda não iniciaram ou estão com o esquema em atraso”, disse Curvelo.

Até este momento, englobando as 1ª, 2ª doses, e 1º e 2º reforços (terceira e quarta dose), além da quinta dose para imunocomprometidos, o município já aplicou 772.445 doses das vacinas contra a covid-19 na população maior de 12 anos e 41.245 na população de 3 a 11 anos.

Postos de vacinação covid-19

• Centro de Saúde Coletiva (adulto e pediátrico)
Segunda e quarta – 8h30 às 19h30
Terça, quinta e sexta – 8h às 16h30

• Centro de Saúde do Itamarati (adulto e pediátrico)
Quarta e sexta – 8h30 às 19h30
Segunda-feira, terça-feira e quinta-feira – 8h30 às 16h30

• UBS Quitandinha e UBS Itaipava (adulto e pediátrico)
Terça e quinta – 8h30 às 19h30
Segunda-feira, quarta-feira e sexta-feira – 8h30 às 16h30
• PSF Posse e PSF Menino Jesus de Praga (adulto e pediátrico)
Segunda a sexta – 8h às 16h

• UBS Morin (adulto)
Segunda a sexta – 8h às 16h

Vacinação aos sábados – 8h30 às 16h30

5/11 Centro de Saúde Coletiva
12/11 UBS Itaipava
19/11 UBS Quitandinha
26/11 Centro de Saúde do Itamarati

Três assentos do Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais (Comupa) estão vagos. Para fortalecer o conselho e garantir a representatividade de todos os atores envolvidos com a causa animal, o Comupa abriu as inscrições a essas vagas até o dia 21 de novembro.

As vagas são para três categorias: profissionais médicos veterinários (com atuação no município há pelo menos 2 anos); instituições de ensino superior; e comércio de produtos e alimentos para animais.

“A Prefeitura vem conquistando vitórias importantes para a causa animal neste ano, principalmente com as feiras de adoção responsável. Mas precisamos pensar sempre além, buscando cada vez mais avanços. E o melhor caminho para isso é a participação popular. Por isso, é fundamental que a sociedade ocupe todas essas vagas para juntos, poder público e sociedade civil, pensarmos em novas políticas públicas para o setor”, disse o prefeito Rubens Bomtempo.

Os interessados devem comparecer na Casa dos Conselhos Municipais Augusto Ângelo Zanatta, na Avenida Koeler, 260, Centro, até o dia 21 de novembro, das 9h às 17h, com os documentos listados abaixo.

“Os inscritos passarão depois por uma votação no conselho, que decidirá quem ocupará essas vagas. A sociedade civil em Petrópolis é muito atuante na causa animal, então é muito importante para o setor que essas vagas sejam preenchidas”, disse a coordenadora do Bem Estar Animal da Prefeitura (Cobea) e presidente do Comupa, Raphaela Buriche.

Documentos necessários para a inscrição

Profissionais médicos veterinários (titular e suplente):

• Número de inscrição no CRMV
• Comprovante de atuação no município
• Identidade e CPF do candidato à vaga

Comércio de produtos e alimentos para animais (titular e suplente):

• CNPJ da empresa
• Comprovante de atuação no município
• Ofício de indicação dos candidatos (titular e suplente), assinado pelo representante legal da empresa
• Identidade e CPF dos candidatos à vaga

Instituições de ensino superior (titular e suplente):

• Estatuto Social
• Ata da última eleição da diretoria
• CNPJ
• Ofício de indicação dos conselheiros (titular e suplente) assinado pelo representante legal da instituição

Quinta, 10 Novembro 2022 - 11:39

Cine Humberto Mauro recebe Mostra Cine Sesc

Depois de passar por revitalização, o Cine Humberto Mauro, no Centro de Cultura Raul de Leoni, foi reaberto pela Prefeitura em outubro. O espaço ficou fechado por mais de quatro anos e agora retorna ao público com uma programação especial: a mostra Cine Sesc “Pra pensar o Brasil”. A iniciativa é uma parceria inédita entre a Prefeitura e o Sesc Rio e Quitandinha.

As exibições, gratuitas, começam nesta quinta-feira (10), com o filme “Bacurau”, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dorneles, às 19h. Na sexta-feira, no mesmo horário, será exibido “A vida invisível”, de Karim Aïnouz. E no sábado tem uma “Sessão Curtas”, às 17h.

A mostra “Pra pensar o Brasil” é recorte de obras da cinematografia brasileira contemporânea para apresentar um país de dimensões continentais, refletindo a pluralidade e a diversidade de vivências e características do nosso vasto território.

Serviço:
Mostra Cine Sesc “Pra pensar o Brasil”
Local: Cine Humberto Mauro (Centro de Cultura Raul de Leoni – Praça Visconde de Mauá, Centro)
Datas: 10 de novembro, quinta-feira, 19h
“Bacurau”, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dorneles. PE / Brasil. 2019. 131 min. Ficção. 16 anos.
Num futuro recente, Bacurau, um povoado do sertão de Pernambuco, some misteriosamente do mapa. Quando uma série de assassinatos inexplicáveis começam a acontecer, os moradores da cidade tentam reagir. Mas como se defender de um inimigo desconhecido e implacável?

11 de novembro, sexta-feira, 19h
“A vida invisível”, de Karim Aïnouz. Brasil. 2019. 139 min. Ficção. 16 anos.
Rio de Janeiro, 1950. Eurídice, 18, e Guida, 20, são duas irmãs inseparáveis que moram com os pais em um lar conservador. Ambas têm um sonho: Eurídice o de se tornar uma pianista profissional e Guida de viver uma grande história de amor. Mas elas acabam sendo separadas pelo pai e forçadas a viver distantes uma da outra. Sozinhas, elas irão lutar para tomar as rédeas dos seus destinos, enquanto nunca desistem de se reencontrar.

12 de novembro, sábado, 17h
“Sessão Curtas”

“A praga do cinema brasileiro”, de William Alves e Zefel Coff. DF/Brasil. 2018. 28 min. Ficção. Livre.
Zé do Caixão retorna ao passado com a função de evitar o Terror Político instituído no Brasil e abre o portal das películas de onde liberta antigos filmes, pois estes traziam à luz as palavras dos profetas que tudo viram e que tudo sabiam.

“Arapucas”, de Danilo Kamenach. GO/Brasil. 2020. 20 min. Ficção. 12 anos.
Gaia é uma documentarista ornitóloga que se perde em uma estrada isolada no meio de uma floresta cercada de mistérios sombrios em meados dos anos 1980.

“25 anos sem asfalto”, de Fabi Andrade. SP/Brasil. 2021. 15 min. Ficção. Livre.
Rose se empenha para garantir a Pedro um futuro melhor do que uma vida confinada entre as ruas de terra do bairro e o asfalto da cidade, quando um acontecimento inesperado a fará se conectar ao cotidiano de pequenas aventuras do filho.

“Derradeiro de Maio”, de Eduardo Consonni e Rodrigo T. Marques. SP / Brasil. 2021. 9 min. Documentário. Livre.
Na vila de Mata Grande, sertão da Paraíba, Dona Anita e sua banda cabaçal realizam um festejo em homenagem a Nossa Senhora, que acontece no último dia de maio, uma tradição familiar que começou com seu bisavô.

Projeto será anunciado durante programação do mês da Consciência Negra, que terá atividades culturais nas comunidades

A programação do mês da Consciência Negra começa nesta sexta-feira (11) em Petrópolis, com atrações culturais e um marco importante no combate aos crimes de racismo e injúria racial: o Disque Antirracista - um número direto onde as pessoas poderão denunciar crimes e violência contra o povo preto.

"É uma ação prática que visa criar uma rede de proteção. Ninguém deve se sentir inseguro ou intimidado por conta da cor da pele. Portanto, o Disque Antirracismo será um instrumento muito importante para que o preconceito seja cada vez mais combatido na nossa cidade", disse o prefeito Rubens Bomtempo.

O lançamento do Disque Antirracismo será feito durante o lançamento da programação cultural, que será nesta sexta-feira (11), no Centro de Cultura Raul de Leoni. O pontapé inicial será dado com a exposição AfroFuturismo e o espetáculo “Nem todo filho vinga”. O evento é promovido pela Prefeitura e pelo Conselho Municipal de Proteção à Igualdade Racial (Compir), e tem uma programação cultural extensa e gratuita nas comunidades e também na Praça da Liberdade – com a 10ª Ubuntu – Festa da Cultura Afro-brasileira.

“Faremos uma grande festa para exaltação da cultura afro-brasileira. O Ubuntu está na sua décima edição e precisava ter esse protagonismo e importância no nosso calendário de eventos. Além de toda parte cultural e gastronômica”, disse o presidente do Compir e coordenador de Igualdade Racial da Prefeitura, Filipe Graciano.

No sábado (12), a programação tem início nas comunidades com contações de história, oficinas de turbante e jongo a partir das 16h. As atividades seguem até terça-feira (15), no Alto Independência, Duarte da Silveira, Madame Machado e Cascatinha. Na segunda (14), o Centro de Cultura Raul de Leoni, recebe o espetáculo “Deixa a Gira Girar”.

“Esse ano a festa será muito maior do que nos anos anteriores, é missão do nosso governo valorizar a cultura afro-brasileira que ainda não teve seu devido lugar de respeito na cultura de Petrópolis. Além disso, vamos levar programação para as comunidades, não apenas no centro para que a população tenha melhor acesso”, ressaltou a secretária de cultura, Diana Iliescu, acrescentando que a recuperação e ampliação dos painéis de Zumbi, Dandara e Tereza de Benguela, na Praça da Liberdade, fazem parte das atividades do mês da Consciência Negra.

“O nosso objetivo é fazer o resgate, a preservação e a disseminação da cultura afro-brasileira. Não é apenas uma festa com música e gastronomia, mas sim a exaltação do povo preto e formação de uma consciência de políticas públicas”, ressaltou Graciano.

 

Prefeitura reforça pedido de novos lotes da vacina após crescimento de 349% na procura

Circulação de nova subvariante da ômicron gerou grande demanda nos postos do município

A circulação de uma nova subvariante do coronavírus tem levado um maior número de pessoas aos postos de vacinação. Em uma semana, a procura pelos imunizantes cresceu cerca de 349%. A Prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde, já reforçou ao Governo do Estado o pedido de envio de mais lotes das vacinas, com o objetivo de garantir o atendimento da população. Para avaliar o novo quadro epidemiológico, o Comitê Científico irá se reunir na próxima semana.

Para a próxima semana, é esperada a entrega pela Coordenação Geral de Armazenagem de 2.408 doses das vacinas Pfizer adulto e AstraZeneca. Porém, existe a preocupação de desabastecimento, já que a expectativa é de que os novos lotes só cheguem ao município após o feriado do dia 15 de novembro. O estoque atual é de pouco mais de mil doses. A maior parte, inclusive, já foi distribuída entre os sete postos de imunização contra a covid-19 do município.

O prefeito Rubens Bomtempo explicou que as solicitações estavam sendo realizadas de acordo com a procura para não haver perda de doses. "Porém, diante do crescimento da procura, aumentamos o pedido desta semana em 58%. É fundamental que a população continue procurando os postos, se vacinando e se protegendo. Embora o número de casos já apresente elevação, registramos baixos índices de agravamento da doença com ocupação de leitos clínicos. Neste momento, temos apenas uma pessoa em leito de UTI”, destacou.

O secretário de Saúde, Marcus Curvelo, lembrou que a cobertura vacinal, levando em consideração todo o esquema, ou seja, a aplicação das quatro doses é robusta e continua avançando. "Porém, com o objetivo de ampliar ainda mais esse alcance, temos realizado vacinações itinerantes, levando os imunizantes até as comunidades e escolas e estamos desenvolvendo uma busca ativa das pessoas, principalmente idosos, que ainda não completaram o ciclo”, explica.

As testagens continuam disponíveis pela rede de saúde. “Todos os PSFs e UBSs da cidade, assim como as unidades de emergência, como as UPAs e Pronto Socorros permanecem realizando os exames de pacientes, sintomáticos ou não, assim como o Centro de Saúde e Hospital Alcides Carneiro. Estamos acompanhando as oscilações no número de casos e, se for necessário, iremos fazer as devidas ampliações”, completa o secretário de Saúde.

A recomendação da Prefeitura é para que as pessoas mantenham o distanciamento social, uso de álcool em gel e de máscaras em ambientes fechados. A obrigatoriedade da utilização do equipamento de proteção para o acesso a setores de urgência, emergência, enfermagem e internação, está mantida e se aplica a funcionários, pacientes e acompanhantes.

Os testes para detecção da covid-19 continuam disponíveis nas seguintes unidades:

Centro de Saúde Coletiva;
Centro de Saúde do Itamarati;
UBS Quitandinha;
UBS Morin;
UBS Mosela;
UBS Itaipava;
UBS Pedro do Rio;
UBS Posse;
UBS Alto Independência.

• Sintomáticos devem se dirigir para uma das três UPAs (Centro, Cascatinha e Itaipava), Pronto Socorro do Alto da Serra, Hospital Alcides Carneiro e HMNSE.

• Unidades da Estratégia Saúde da Família, como os PSFs, os testes são realizados mediante agendamento prévio.


Postos de vacinação covid-19

• Centro de Saúde Coletiva (adulto e pediátrico)
Segunda e quarta – 8h30 às 19h30
Terça, quinta e sexta – 8h às 16h30

• Centro de Saúde do Itamarati (adulto e pediátrico)
Quarta e sexta – 8h30 às 19h30
Segunda-feira, terça-feira e quinta-feira – 8h30 às 16h30

• UBS Quitandinha e UBS Itaipava (adulto e pediátrico)
Terça e quinta – 8h30 às 19h30
Segunda-feira, quarta-feira e sexta-feira – 8h30 às 16h30
• PSF Posse e PSF Menino Jesus de Praga (adulto e pediátrico)
Segunda a sexta – 8h às 16h

• UBS Morin (adulto)
Segunda a sexta – 8h às 16h

Vacinação aos sábados – 8h30 às 16h30

5/11 Centro de Saúde Coletiva
12/11 UBS Itaipava
19/11 UBS Quitandinha
26/11 Cde Saúde do Itamarati

Vacinação itinerante – 9h às 15h

09/11 – PSF Amazonas
10/11 – Comunidade Oswaldo Cruz (Rua Nossa Senhora Aparecida, n°01, Valparaíso)
11/11 – Comunidade do Alemão (Rua Dr. Hans Bistrischan, 661, Retiro

A Prefeitura devolveu aos moradores do bairro Esperança, nesta semana, a calçada da Rua Brigadeiro Castrioto, na altura do número 2.615.

Cerca de 62 m³ de material reciclável armazenado de forma irregular na via pública foram retirados pela Comdep. Para isso, foram 8 viagens de caminhão toco (com 6 m³ cada) e 1 viagem de caminhão trucado (com 14 m³).

Como relataram moradores e comerciantes do entorno, a calçada foi ocupada nos últimos 5 anos com material reciclável armazenado de forma irregular. Um morador da região que coleta e vende materiais recicláveis utilizava a calçada pública como depósito.

“A ação da Prefeitura envolveu a Secretaria de Assistência Social, a Comdep e a Fiscalização de Posturas. Nossa equipe da Assistência Social conversou com o morador, vimos que é uma pessoa do bem, um trabalhador. Mas não podemos permitir a ocupação do espaço pública dessa forma, e ele entendeu isso”, disse o prefeito Rubens Bomtempo.

Uma assistente social fez o atendimento técnico ao morador, que foi cadastrado junto ao Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social).

Já a Comdep recolheu o material e fará a triagem do que foi recolhido: parte poderá ser reciclada, e o restante será descartado.

“Estive na terça e na quarta-feira no local, conversando com o morador, que é uma pessoa simples. Fizemos um trabalho de esclarecimento, para que a calçada não volte a ser ocupada, e que ele possa continuar o trabalho dele sem prejudicar a coletividade”, disse o secretário de Assistência Social, Fernando Araújo, que acompanhou toda a ação.

Além de intensificar a limpeza de bueiros e galerias, a Prefeitura de Petrópolis, por meio da Companhia de Desenvolvimento de Petrópolis (Comdep), vem trabalhando em alternativas para minimizar os impactos do período chuvoso. Esta semana, as equipes da Companhia estão atuando na instalação de retentores de resíduos em bueiros da Rua Coronel Veiga. O equipamento tem como objetivo conter materiais descartados de forma irregular que são arrastados para dentro dos rios e córregos. Além disso, os retentores vão facilitar a limpeza, diminuindo o entupimento e prevenindo alagamentos.

Ao todo, cerca de mil equipamentos serão instalados nesse primeiro momento. O trabalho, que teve início na Rua Coronel Veiga, vai se entender nas próximas semanas por todo o Centro Histórico.

Ainda como medida preventiva, a Prefeitura está intensificando alguns serviços, como a poda de árvores e o desassoreamento dos rios e córregos, que está sendo realizado em conjunto com o Instituto Estadual do Ambiente (INEA).

Com a chegada de três caminhões vacol, contratados pela atual gestão, a Comdep está diariamente com equipes atuando na limpeza e desobstrução dos bueiros, bocas de lobos e galerias do município. A estimativa é que cerca de 220 bueiros sejam limpos por dias.

O prefeito Rubens Bomtempo ressaltou que a instalação dos retentores e a contratação de equipamentos como os caminhões vacol, reforçam o compromisso da gestão municipal em dar mais celeridade ao trabalho de prevenção, manutenção e cuidado com a cidade. “Nosso objetivo é instalar esses coletores em todo o município. Após uma avaliação técnica, vamos estender esse serviço para os bairros e distritos. Quando assumimos o governo, em dezembro de 2021, esses serviços estavam muito comprometidos. Seguimos trabalhando de forma intersetorial, com todas as secretarias envolvidas, para que nossa cidade tenha um verão mais seguro”, destacou.

Pagina 10 de 1844