Segunda, 23 Julho 2018 - 18:58

Aulas de código morse para radioamadores acontecem na Defesa Civil

O curso da Rede de Operações de Emergência de Radioamadores busca o aperfeiçoamento da classe

A Rede de Operações de Emergência (ROER) está oferecendo aulas gratuitas de código morse para o aperfeiçoamento dos radioamadores às terças e quintas-feiras na Sala de Cooperação da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias. O sistema de comunicação que usa pontos e traços para enviar mensagens em código vai aprimorar o trabalho dos profissionais, já que o método de atuação é menos sensível às condições climáticas. Além disso, outros benefício é que o método pode ser decodificado sem a necessidade de um equipamento especial. A cidade conta com 41 pessoas habilitadas para a função, que atuam no momento em que todas as outras formas de comunicação param de funcionar.

“É fundamental que a gente esteja sempre aprimorando o atendimento para a população. Quanto mais rápido os órgãos sejam acionados, melhor para os petropolitanos em caso de ocorrência. O código morse é diferenciado por não ser necessário um equipamento próprio para entender as mensagens”, explica Fábio Hoelz, Coordenador de Educação da ROER.

A ideia da ROER é preparar os profissionais do município para grandes ocorrências, trabalhando de maneira antecipada e organizada. Em abril deste ano, 23 novos profissionais foram regulamentadas pela Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL) para realizar a atividade na cidade e outras 28 pessoas aguardam a definição de uma data pela ANATEL para também estarem aptas a função.

“Estamos no aguardo da definição do dia da prova pela Agência. Nossa ideia é que mais pessoas estejam preparadas caso seja necessário no momento de uma grande ocorrência", disse Fábio, reconhecendo a importância da parceria com a Defesa Civil desde o início do ano passado.

A atuação em conjunto dos radioamadores com a Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias é prevista na lei que institui a Política Nacional de Proteção e Defesa Civil (PNPDEC). O grupo é parte dos planos de contingência do município, participando ativamente das ações da Defesa Civil com o suporte em treinamentos e simulados. Além disso, o grupo ajudou a reativar o sistema integrado de comunicação da prefeitura, que funciona através de rádios transmissores e atende os setores de resposta do município.

"O trabalho integrado com os radioamadores é fundamental para a Defesa Civil no momento em que acontece uma grande tragédia. Desde o início da nossa gestão, o grupo participou de um treinamento simulado com a gente e ganhou uma sala dentro da Defesa Civil.  A comunicação é peça chave para uma resposta mais eficaz”, afirma o secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias, coronel Paulo Renato Vaz.

Maior evento de radioamadores do país acontece em Petrópolis

A 3ª edição da ExpoRadio, considerado o maior encontro de radioamadores do Brasil, será realizada no Vale do Cuiabá nos dias 28 e 29 de julho. O evento reúne profissionais de todo o país, Uruguai, Argentina, Chile, além de agentes de órgãos de atendimento em situações de emergência e socorro. A Rede de Operações de Emergência de Radioamadores de Petrópolis (ROER) e a Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias participam desta edição apresentando as ações em conjunto realizadas na cidade. Os organizadores estimam a participação de mais de 400 pessoas.

Notícias por data

« Fevereiro 2021 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

turispetro

iluminacao

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo