Imprimir esta página
Sexta, 21 Setembro 2018 - 19:21

Obras a todo vapor no prédio da EM Jandira Bordignon

 Obras a todo vapor no prédio da EM Jandira Bordignon

Expectativa de término em janeiro de 2019

Unidade terá 12 salas de aula e acessibilidade nos três andares

A prefeitura conferiu de perto o andamento das obras no prédio da EM Jandira Bordignon nesta sexta-feira (21.09). A obra, que foi paralisada em 2016, ainda na gestão passada, foi retomada em março de 2018 e a expectativa é de que seja entregue no início de 2019. A precariedade do prédio ocasionou, em 2015, a transferência de todos os alunos para duas casas alugadas nas redondezas.  A unidade, com infiltrações, goteiras, mofo e vazamentos, passou anos sem manutenção até que teve o prédio desativado.

No novo prédio, a escola, localizada no Quitandinha, poderá atender até 700 alunos – matriculados desde a educação infantil até o 9º ano do ensino fundamental. A reforma compreende doze salas de aula, biblioteca e quadra poliesportiva.

O objetivo é que as aulas do ano letivo de 2019 ocorram já no novo prédio. Essa é uma obra muito esperada por essa comunidade. As crianças merecem estudar em um local com mais conforto, acessibilidade e com quadra poliesportiva, que é uma novidade para a garotada. A prefeitura continuará conferindo de perto o andamento desta obra até a entrega.

O projeto de revitalização prevê rampa de acessibilidade nos três andares do prédio, banheiros também acessíveis, doze salas de aula, biblioteca, refeitório, sala multiuso, biblioteca e quadra poliesportiva.

“O novo prédio oferece banheiros adaptados, refeitório e espaço para educação infantil, uma demanda que cresce a cada dia. Na escola poderão ser realizados projetos e atividades diferenciadas graças à boa estrutura do prédio que agora, sendo recuperado, oferece a segurança necessária”, afirmou a secretária de Educação, Samea Ázara.

Na próxima semana será finalizada a parte de revestimento e emboço das paredes e iniciada a colocação do piso. “Tudo está ocorrendo dentro do cronograma e a expectativa é a de entrega na data prometida”, contou o gerente da obra, Claudio Mills, gerente da obra.

A Jandira Bordignon atende cerca de 400 alunos, matriculados desde o 5º período da educação infantil até o 9º ano do ensino fundamental. Desde 2015, os alunos estão sendo atendidos em duas casas alugadas nas proximidades da obra. Em uma das casas, na Rua Getúlio Vargas são atendidos os alunos da educação infantil e ensino fundamental I e na outra, na Rua São Paulo, os alunos do ensino fundamental II.

A diretora da escola, Érica Lima Xavier, ficou feliz em acompanhar o andamento da obra. “A equipe está animada com a possibilidade de reunir todos os alunos no mesmo espaço. Tenho certeza que os alunos também gostarão”.

Itens relacionados por tópico