Segunda, 20 Julho 2020 - 13:11

Prefeitura reforça necessidade da realização da licitação da BR-040

O anúncio extraoficial do Ministério da Infraestrutura sobre um possível adiamento da licitação da nova concessionaria para administrar a BR-040, o que pode atrasar o processo em até um ano - reforçou a discussão sobre a falta de manutenção, o abandono da obra da Nova Subida da Serra, a falta de segurança e o alto preço do pedágio cobrado pela atual administradora da BR-040. Todas essas questões levaram a prefeitura de Petrópolis a pedir, mais uma vez, auxílio do governo federal. Desde 2017 o poder público vem apontando a necessidade de uma atenção especial para a rodovia e, principalmente, a celeridade no processo de escolha de uma nova concessionária.

Nessa semana, a pedido do prefeito, o secretário de Meio Ambiente – que ocupou o cargo de secretário de Desenvolvimento Econômico e continua atuando nas questões referentes à BR-040 - participou de encontros no Ministério da Infraestrutura e também na EPL - Empresa de Planejamento e Logística que está atuando na estruturação do projeto da nova concessão – onde endossou as solicitações que foram feitas pelo prefeito na última semana à ANTT – Agencia Nacional de Transportes Terrestres – sobre a necessidade de escolha de nova administradora para a rodovia e a retomada da obra da Nova Subida da Serra. Na EPL, o encontro foi realizado com Arthur Lima, diretor-presidente e, no Minfra, a reunião foi com Natalia Marcassa, secretária de Parcerias do ministério.

Na ocasião, foi apontada a previsão de prorrogação no lançamento do edital de licitação, o que poderá atrasar o processo em até um ano. A explicação para um possível atraso diz respeito a necessidade de se fazer um estudo complementar que deverá levar em consideração o aumento no trecho da concessão (até Belo Horizonte) o que justificaria o não aumento no valor da tarifa do pedágio. Um outro levantamento, mais detalhado, sobre a condição do túnel da obra da Nova Subida da Serra, também está sendo apontado como motivo para um adiamento da licitação. Tudo isso, segundo a prefeitura, atrasa o processo de licitação e lesa os petropolitanos.

Outro ponto que preocupa o poder público é o preço do pedágio. A prefeitura pede uma diminuição no preço do pedágio para os petropolitanos.

“A atual administradora cobra um pedágio caríssimo e tem quase zero de investimento na conservação da rodovia, como temos observado. Vamos fazer de tudo para que haja justiça nesse processo com a realização de uma nova licitação o mais rápido possível”, afirmou o deputado Vinicius Farah, que contribui com o governo municipal na questão da BR-040.

Prefeitura vai continuar monitorando o processo

Vale lembrar que, na última semana, o prefeito esteve na ANTT, junto com o vice-governador do Rio de Janeiro, Claudio Castro, e pediu informações sobre o andamento do processo de construção da modelagem da nova concessão da BR-040.Na ocasião, Bernardo Rossi reforçou, mais uma vez, a necessidade de celeridade no processo para escolha de nova concessionária, além da retomada da obra da Nova Subida da Serra.

As sugestões de intervenções que devem ser incluídas no novo edital de concessão da BR-040 no trecho entre o entroncamento com a Avenida Brasil e a Praça de Pedágio de Areal foram entregues pela prefeitura à ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres – e à EPL - Empresa de Planejamento e Logística que está atuando na estruturação do projeto da nova concessão, no ano passado.

Notícias por data

« Novembro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30            

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo