Quarta, 16 Junho 2021 - 11:32

Transformando Vidas Pelo Esporte: atividades começam no Castelo São Manoel e Bingen

Começaram hoje (15/06) as atividades do Transformando Vidas Pelo Esporte no Castelo São Manoel (Escola Madalena Tagliaferro) e no Bingen (Escola Johann Noel). Cada um desses núcleos vai atender até 60 jovens, dos seis aos 17 anos, com aulas de futsal. Serão formadas turmas de acordo com a idade e respeitando os protocolos sanitários para evitar a disseminação da Covid-19. A iniciativa é da Liga Petropolitana de Esportos (LPD) e conta com o apoio da prefeitura de Petrópolis, através da Secretaria de Esportes, Promoção da Saúde, Juventude, Idoso e Lazer, do governo do Estado e patrocínio de uma empresa privada.

Ao todo, 600 crianças e adolescentes serão beneficiadas pelo programa que será realizado em 10 comunidades da cidade: Castelo São Manoel, Alto da Serra, Bataillard, Boa Vista, Independência, Bingen, Fazenda Inglesa, Valparaíso, Carangola e no Centro de Iniciação Esportiva (CIE) no Caxambu. O governo interino esteve ontem (14) no lançamento do programa, na quadra do Bataillard.

Cada bairro terá três responsáveis: um professor e um estagiário de educação física, e um agente comunitário.

O idealizador do projeto, Geraldo Barros, explica como será o cadastro dos jovens: “As crianças das comunidades e bairros do entorno devem procurar os agentes comunitários do núcleo mais próximo nos horários indicados, ou entrar em contato pelo WhatsApp através do número (24) 98125-6727. O agente será o nosso suporte dentro das comunidades e o porta-voz da Liga”.

Segundo o secretário de Esportes, Promoção da Saúde, Juventude, Idoso e Lazer,  a prefeitura será parceira do programa dando suporte na estrutura. O secretário tem acompanhado de perto a implementação dos núcleos. "Ficamos muito felizes em apoiar a um projeto que vai beneficiar tantos jovens da nossa cidade. A ideia é que eles ocupem seu tempo com uma atividade física de qualidade. Vamos ajudar com a manutenção das quadras e dos equipamentos em que ocorrem as aulas", disse.