Quarta, 01 Setembro 2021 - 10:08

Defesa Civil de Petrópolis participa de encontro realizado pelo Centro Estadual de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais

Defesa Civil de Petrópolis participa de encontro realizado pelo Centro Estadual de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais

Encontro reuniu profissionais de Defesa Civil de municípios da região Serrana

A Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias de Petrópolis participou nesta terça-feira (31) de visita técnica ao Centro Estadual de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (CEMANDEN-RJ). A iniciativa teve o objetivo de promover a troca de experiências para avanços em serviços de segurança já incorporados no município. Atualmente a secretaria conta com equipe estruturada para a identificação de riscos de eventos provocados pelas fortes chuvas que frequentemente afetam o município. Um pouco dessa experiência foi compartilhada no encontro que contou ainda com profissionais da área, atuantes em Teresópolis, São José do Vale do Rio Preto, Sumidouro e Areal.

“Todo o trabalho realizado pela Prefeitura na área de Defesa Civil tem como objetivo garantir que a cidade esteja preparada para situações de emergência. Isso envolve tanto o trabalho preventivo quanto o de resposta. Estamos cada vez mais estruturados para agir, com uma equipe técnica capacitada. está cada vez mais estruturado para agir em situações de emergência e garantir a segurança da população”, destaca o governo interino.

Na ocasião foram apresentados os produtos e fluxo de informações nas áreas de Meteorologia, Hidrologia e Geologia, bem como a integração das informações no Sistema Estadual de Defesa Civil. “Essa é uma importante iniciativa para que haja troca de experiências e integração das equipes dos municípios dos arredores. Estamos constantemente atuando para garantir que o município esteja cada vez mais preparado para agir com rapidez e eficácia em casos de desastres naturais”, pontua o secretário de Defesa Civil.

Atualmente a Defesa Civil tem, em suas instalações, a estrutura do Centro Integrado de Monitoramento e Operações de Petrópolis (CIMOP), que com o apoio de 56 câmeras contribui para a identificação de ocorrências no município. Além dessas ainda há o equipamento portátil instalado em viatura da Defesa Civil para o acompanhamento dos chamados de emergência. Pelos bairros, a cidade conta ainda com 18 sirenes que fazem parte do Sistema de Alerta e Alarme, com equipamentos instalados pelas comunidades do 24 de Maio, Alto da Serra, Bingen, Dr. Thouzet, Independência, Quitandinha, São Sebastião, Sargento Boening, Siméria e Vila Felipe.

As sirenes são ferramentas de prevenção de curto prazo que o município possui, as quais possibilitam que moradores de áreas de risco sejam avisados com rapidez sobre a necessidade de sair das residências e procurar um local seguro. O monitoramento meteorológico é outra ferramenta que contribui para a atuação dos agentes da Defesa Civil. “Com essa estrutura conseguimos identificar a possibilidade de ocorrências na cidade e atuar com agilidade em situações de emergência”, destacou diretor técnico da Defesa Civil, que esteve no encontro acompanhado pelo diretor do CIMOP.

Além do monitoramento técnico desenvolvido pela secretaria o preparo da população através dos Núcleos Comunitário de Defesa Civil (NUDEC) é outro instrumento de observação e ação, que possibilita que moradores de áreas de risco sejam orientados para identificar situações de alerta e agir com maior segurança. Atualmente a Defesa Civil restabeleceu o funcionamento dos NUDEC em 22 comunidades das localidades do Quitandinha, Vale do Cuiabá, Vila Rica, Posse, Estrada da Saudade, Morin e 24 de Maio. A previsão é de que os NUDEC continuem avançando. As próximas comunidades a terem representação são Floresta, Alto da Serra e Bingen.