Sexta, 01 Outubro 2021 - 10:49

Campanha Nacional de Multivacinação será realizada em 15 salas de vacina da cidade

Vacinas contra sarampo, poliomielite, caxumba, catapora, meningite, entre outras, podem ser ministradas simultaneamente a doses contra a covid-19

A Secretaria de Saúde de Petrópolis inicia nesta sexta-feira (1°/10) a Campanha Nacional de Multivacinação, que tem o objetivo de proteger crianças e adolescentes de até 15 anos contra sarampo, poliomielite, caxumba, catapora, meningite, entre outras doenças. As vacinas estarão disponíveis em 15 unidades de saúde distribuídas nos cinco distritos. A campanha segue até o dia 29, com o dia “D” de vacinação no dia 16.

“A Secretaria de Saúde está disponibilizando as vacinas em diferentes pontos da cidade para facilitar o acesso da população. É importante que pais e responsáveis protejam suas crianças e adolescentes contra doenças que são evitáveis”, destaca o governo interino.

“A Divisão de Imunização está organizando também o “D” de multivacinação, que será realizado em um sábado, o que permitirá que, mesmo aquelas pessoas que trabalham durante a semana, possam se organizar para que nenhuma criança deixe de ser vacinada”, destaca o secretário de Saúde.

Em Nota Técnica divulgada esta semana, o Ministério da Saúde informou que as demais vacinas podem ser aplicadas de forma simultânea à vacinação contra a covid-19, sem a necessidade de intervalo, o que permitirá, por exemplo, que adolescentes que estão sendo vacinados contra a covid-19 neste momento possam receber os demais imunizantes.

“Inicialmente o Ministério estabelecia um prazo de 14 dias entre a vacina contra a covid-19 e as demais vacinas, mas esta semana o Ministério atualizou as recomendações referentes a coadministração das vacinas covid-19 com as demais vacinas em uso no país para não mais exigir o intervalo mínimo entre as vacinas covid-19 e as demais vacinas em uso no país. Com isso, as vacinas covid-19 podem ser administradas de maneira simultânea com as demais vacinas ou em qualquer intervalo”, explica o secretário de Saúde.

Na Nota Técnica, o Ministério destaca a ampla experiência prévia com a administração simultânea de múltiplas vacinas de diferentes plataformas, “considerando já ter sido possível acumular experiência de uso das vacinas covid-19 em cenário de vida real com detalhamento do perfil de segurança destas vacinas" e "tendo por base as discussões realizadas no âmbito da Câmara Técnica em Imunização da Covid-19”.

As vacinas estarão disponíveis nos seguintes pontos:

1 - PSF da Posse
2 - UBS de Pedro do Rio
3 - Ambulatório Escola
4 - Centro de Saúde do Itamarati
5 - Centro de Saúde Coletiva do Centro
6 - Hospital Alcides Carneiro
7 - UBS Itaipava
8 - UBS Morin
9 - PSF Alto da Serra
10 - PSF São Sebastião
11 - UBS Alto Independência
12 - UBS Quitandinha
13 - UBS Mosela
14 - UBS Retiro
15 - UBS Araras