Quinta, 07 Outubro 2021 - 10:35

Novo coordenador de segurança pública visita estrutura do CIMOP e reconhece importância da estrutura para a organização da cidade

O novo coordenador de Segurança Pública do município conheceu nesta quarta-feira (06) a estrutura do Centro Integrado de Monitoramento e Operações de Petrópolis (CIMOP). O novo coordenador que foi comandante do 26º Batalhão de Polícia Militar e assumiu o cargo, vinculado à Secretaria de Serviços, Segurança e Ordem Pública – SSOP, recentemente, esteve na sede da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias para alinhar o trabalho realizado entre os órgãos e destacou a importância da estrutura para o funcionamento da cidade.

“Este é um importante instrumento para a segurança da cidade, com possibilidade de detectar carros com irregularidade, identificar situações que oferecem risco para a população e uma gama de outros serviços, alinhados com diferentes órgãos, que dão suporte para a gestão pública. O monitoramento oferece uma alternativa a mais para a organização da cidade e, com certeza, para a redução da criminalidade”, destacou o coordenador de Segurança Pública.

No CIMOP, o coordenador de Segurança Pública conheceu a estrutura, que tem a integração entre diferentes órgãos como um grande diferencial para o município. "O Centro Integrado de Monitoramento é um instrumento extremamente importante para o trabalho em diferentes setores", lembrou o governo interino. “Atualmente conseguimos atuar de forma alinhada com setores que permitem uma gama de serviços para a população. Nossa proposta é continuar avançando para que os agentes de cada órgão tenham total suporte para a atuação célere e eficaz”, destacou o secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias.

A estrutura de monitoramento conta hoje com agentes da Defesa Civil, Guarda Civil Municipal, Polícia Militar, SAMU e Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes - CPTrans. Todos os setores atuam diariamente para o funcionamento da cidade. Os acessos ao município como o do Quitandinha, Bingen, Alto da Serra, trevo de Bonsucesso e Posse são constantemente visualizados e no caso de identificação de veículos com restrições, o órgão competente age imediatamente. O sistema é de utilidade inclusive para as investigações da Polícia Civil.

O CIMOP é uma ferramenta da secretaria de Serviços, Segurança e Ordem Pública – SSOP e conta atualmente com 56 câmeras instaladas em 46 locais diferentes em toda cidade. Além dessas, a Defesa Civil integrou ao sistema outras três câmeras, duas portáteis e uma móvel, utilizadas pelos agentes da secretaria durante as operações. Os aparelhos possuem tecnologia para filmagem em alta definição, com alcance de 1 km de distância e em 360°. O sistema de monitoramento permite ainda fazer investigações a partir de filtros de imagens por cor, direção, objeto, velocidade, ociosidade, entre outros.