Imprimir esta página
Quinta, 14 Outubro 2021 - 10:41

Em nove meses, Ônibus Lilás chegou a 30 comunidades e realizou 212 atendimentos

Em nove meses, Ônibus Lilás chegou a 30 comunidades e realizou 212 atendimentos

Mais de 30 comunidades já foram percorridas pelo Ônibus Lilás, da Prefeitura, por meio do Centro de Referência em Atendimento à Mulher – CRAM e Comdim – Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, em Petrópolis. O número se refere ao período entre os meses de janeiro e a primeira semana de outubro deste ano. Ao todo, 212 mulheres foram atendidas na estrutura, que integra o mutirão de serviços do Programa Acelera Petrópolis, desenvolvido pela Prefeitura.

“A violência contra a mulher é uma realidade, por isso estamos engajados em garantir mais facilidade no acesso dessas vítimas a todas as políticas públicas, programas e projetos de proteção, orientação e acompanhamento. Até o fim do ano, a intenção é de alcançarmos mais 20 comunidades”, disse o governo interino.

No entanto, de acordo com a coordenadora do CRAM, nem todos os atendimentos estão relacionados a casos de violência contra a mulher. “Além dos serviços referentes à violência doméstica, como os atendimentos psicológicos e jurídicos, estamos levando mais uma série de informações e orientações dos mais diferentes setores, desde a assistência social a saúde e educação”, explica.

Na estrutura, as equipes oferecem serviços multidisciplinares, como assistências social, jurídica e psicológica. A busca inicial pela estrutura geralmente é por questões jurídicas como guarda dos filhos e também procura por psicólogos. “Porém, dentro desses atendimentos, as equipes percebem durante as conversas que a mulher sofre algum tipo de violência e que, muitas das vezes, nem ela identificou. A presença constante em comunidades permite que todas as mulheres tenham o mesmo acesso aos serviços do CRAM. Além de permitir que possamos identificar as principais demandas de cada local.”, completa a coordenadora.

Itens relacionados por tópico