Imprimir esta página
Terça, 19 Outubro 2021 - 10:10

Mutirão de atendimentos nos CRAS do Centro e Itaipava garantiu a regularização da situação de 171 famílias no CadÚnico

Governo interino acompanhou o trabalho no último sábado

O governo interino e o secretário municipal Assistência Social acompanharam neste sábado (16) o mutirão de atendimentos de famílias realizado nos Referência de Assistência Social (CRAS) do Centro e de Itaipava. A iniciativa, da Prefeitura, por meio da Secretaria de Assistência Social (SAS) do município, tinha como objetivo antecipar o atendimento de pessoas agendadas para os meses de novembro e dezembro. A preocupação é facilitar e agilizar o atendimento à população em situação de vulnerabilidade, assegurando a elas acesso a programas federais, estaduais e municipais, seja por meio de encaminhamento para inclusão ou atualização de dados. O trabalho, acompanhado também pelo secretário estadual de Desenvolvimento Social, e o assessor Especial da pasta estadual, Elias Montes, neste sábado, garantiu 171 atendimentos, sendo 112 no CRAS Centro e 59 no de Itaipava.

O principal objetivo do mutirão foi o de reduzir a demanda reprimida que havia nesses atendimentos. Nos CRAS são executados serviços de proteção social básica, além da organização e coordenação da rede de serviços socioassistenciais locais. "Com o mutirão do último sábado e com outro que faremos em novembro, vamos antecipar a solução desses cadastros, possibilitando o acesso mais rápido das famílias aos serviços sociais oferecidos. Essa ação vem acontecer num momento importante, onde muitas famílias ainda sofrem com os impactos negativos da pandemia", afirmou o governo interino.

Para o secretário de Assistência Social, os CRAS Centro e Itaipava são os que têm maior volume de atendimentos por mês, motivo pelo qual o mutirão foi realizado nesses dois postos. "Atualmente nós conseguimos atender de 20 a 30 pessoas por dia e nossa agenda já estava quase chegando ao fim do ano. Com essa antecipação, as pessoas que de fato precisam do apoio social poderão ter acesso mais rápido a esses benefícios", explicou.

O secretário estadual elogiou a iniciativa do governo municipal em agilizar o atendimento das famílias petropolitanas e diminuir o tempo de espera, destacando a recente parceria firmada entre estado e município para a distribuição dos cartões do auxílio-gás para cerca de 840 famílias petropolitanas inscritas no programa estadual SuperaRJ. "O auxílio é específico para pessoas em situação de pobreza que não contam com auxílios federais, e famílias de trabalhadores que tenham perdido vínculo formal de trabalho durante a pandemia da Covid-19", explicou.

Entre os programas que podem ser acessados com o CadÚnico em dia estão o Bolsa Família, o Benefício de Prestação Continuada (BPC), o SuperaRJ, a tarifa social de energia elétrica, entre outros. "Nossa equipe ligou para essas famílias durante a semana para antecipar os agendamentos e realizar o cadastro, diminuindo a espera desses petropolitanos que precisam ter acesso aos benefícios", completou a chefe da divisão de CadÚnico da secretaria.

Itens relacionados por tópico