Quarta, 27 Outubro 2021 - 10:27

Corais de Petrópolis é o assunto do IMC nas Redes desta quarta-feira (27/10)

Corais de Petrópolis é o assunto do IMC nas Redes desta quarta-feira (27/10)

Corais de Petrópolis é o assunto de amanhã (27/10) no "IMC nas Redes – Conversas Culturais". O encontro virtual será transmitido nas redes sociais da prefeitura (Facebook e Youtube), às 19h, com a participação de Marcelo Vizani, Marco Aurélio Lischt, Paulo Afonso e Gláucia de Souza Kobi Rangel. A mediadora da roda de conversa on-line será a gerente do Centro de Cultura Raul de Leoni.

Marcelo Vizani é mestre em Educação e Tecnologias Digitais pela Universidade de Lisboa; graduado em regência pelo Conservatório Brasileiro de Música do Rio de Janeiro, na classe do Maestro Marco Maceri; e pós-graduado em Teologia pela Universidade Católica de Petrópolis. Atualmente é vice-reitor da Universidade Católica de Petrópolis; diretor geral da Rádio UCP FM; professor do curso de Licenciatura em Música na Universidade Católica de Petrópolis; maestro do Coral das Meninas do Canarinhos de Petrópolis; maestro do Coral Laus Deo, do Colégio de Aplicação da UCP; diretor artístico do Espaço Artístico e Musical Monsenhor Paulo Daher; idealizador e diretor da Escola de Música UCP e da Orquestra-Escola Petrópolis.

Marco Aurélio Lischt é petropolitano e foi membro do Coral dos Canarinhos de Petrópolis. É formado em piano e órgão pela Escola de Música da UFRJ com mestrado em órgão em 1993. Na Escola Superior de Música de Frankfurt, na Alemanha, se formou no curso de Música Sacra em 1998. Atualmente é o maestro e diretor artístico do Coral dos Canarinhos de Petrópolis, organista voluntário da Catedral São Pedro de Alcântara em Petrópolis e diretor artístico da série Concertos de Órgão na Catedral (desde 2011).

Paulo Afonso é formado pela Escolas de Música Santa Cecília, Conservatório Brasileiro de Música e em Pedagogia, é Diretor Artístico dos Corais Pró Tempore e Nossa Senhora de Fátima, Nossa Senhora de Lurdes e regente do Coral Municipal até a temporada de 2016. Atua no meio artístico desde 1996. Já Gláucia de Souza Kobi Rangel, nascida em Miracema, mas que mora em Petrópolis desde 1985, fez bacharel em Música Sacra na FABAT –RJ, com especialização em canto e regência coral. Atualmente é bachaleranda em Regência Orquestral pela UFRJ e pós-graduanda em Regência pela Alpha-FACEC. Ela também é ministra de música na PIB de Petrópolis.