Quinta, 28 Outubro 2021 - 10:46

Coordenadoria retoma projeto Juventude em Dados por meio do Ônibus Lilás

Depois do Programa Petrópolis da Paz, agora é a vez da Coordenadoria de Políticas Públicas para a Juventude reforçar a equipe do Ônibus Lilás e retomar o projeto Juventude em Dados. A localidade do Bonfim, em Corrêas, é a primeira a participar da ação, que acontece nesta sexta-feira (29). O Ônibus Lilás é um programa da Coordenadoria Especial de Articulação Institucional, por meio do Centro de Referência em Atendimento à Mulher (CRAM) e do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (Condim). A união de setores da Prefeitura tem como objetivo facilitar o acesso da população aos serviços oferecidos pelo poder público.

“A Coordenadoria está retomando a projeto Juventude em Dados, para trazer mais informações sobre nossa juventude, possibilitando ações mais assertivas para este público. A junção desses órgãos no Ônibus Lilás contribui para que o poder público esteja cada vez mais perto da nossa população e com isso fortalecer a presença da Prefeitura nas comunidades”, frisa o governo interino.

Representantes da Coordenadoria de Políticas Públicas para a Juventude estão animados com a oportunidade de estarem mais perto dos jovens das comunidades e localidades mais distantes da cidade. “A retomada do projeto Juventude em Dados já havia sido determinada pelo prefeito, que viu no Ônibus Lilás a chance de estarmos mais próximos da população. É uma forma de incluirmos àqueles que não foram inseridos na primeira pesquisa. Buscamos garantir um atendimento maior para a juventude em vulnerabilidade social”, disse a coordenadora de Políticas Públicas para a Juventude.

No último fim de semana, equipes do Petrópolis da Paz acompanharam o Ônibus Lilás nos atendimentos realizados no Contorno e em Araras. Os profissionais conversaram com os moradores e apresentaram o trabalho de mediação de conflitos realizados pelo programa. “As pessoas com quem conversamos apreciam essa forma de resolução mais rápida e amigável, principalmente quando se fala de conflitos entre família e vizinhos, onde a convivência tem que continuar praticamente todos os dias. Estarmos dentro das comunidades é uma excelente oportunidade de divulgamos não só as ações do programa, mas também orientar a população nas mais diferentes áreas da Prefeitura”, disse a coordenadora do Programa Petrópolis da Paz.