Quinta, 11 Novembro 2021 - 10:26

Prefeitura inicia trabalho para desassoreamento e limpeza do Rio Piabanha, no Centro

Prefeitura inicia trabalho para desassoreamento e limpeza do Rio Piabanha, no Centro

A limpeza dos rios da cidade, que aconteceu no Capela, Correas, Quitandinha e Itaipava, conta com parceria com o programa Limpa Rio, do governo do Estado.

A prefeitura, por meio da secretaria de Obras e da Companhia Petropolitana de Desenvolvimento - Comdep, em parceria com o Governo do estado, deu início nesta quarta-feira (10) a mais uma etapa do trabalho de dragagem e limpeza dos rios da cidade. Desta vez, a intervenção preventiva do poder público acontece no rio Piabanha, no trecho do Palácio de Cristal, no Centro Histórico, entre a avenida Barão do Rio Branco e a avenida Piabanha. A ação segue pelo rio em direção ao bairro Bingen e acontece ao longo das próximas semanas, a depender das condições climáticas.

“Esse é um trabalho fundamental, especialmente com a aproximação do período de mais chuvas. Começamos esse trabalho no início do mês passado, no Capela, logo após a conclusão da limpeza do lago do Parque São Vicente. Já houve também ações em Corrêas e no Quitandinha”, ressaltou o governo interino.

O desassoreamento e limpeza do rio Piabanha conta com o trabalho iniciado no trecho que margeia a rua Dr. Paulo Hervê, no Capela. A intervenção teve início próximo ao acesso à rua Gutman Bicho e seguiu em direção ao trecho próximo ao shopping Badia. “O objetivo é subir ao longo da rua Bingen, até chegar neste ponto onde o trabalho já foi executado”, destaca o subsecretário de Obras.

Além da região do Bingen, também foram feitas intervenções para o desassoreamento, por meio do programa Limpa Rio do Instituto Estadual do Ambiente - Inea, do governo do Estado, no rio Santo Antônio, no Vale do Cuiabá, no trecho de Corrêas do Rio Piabanha e no rio Quitandinha, na Coronel Veiga.

Desassoreamento já foi executado no Parque São Vicente

Em agosto, a Prefeitura realizou o trabalho no Parque São Vicente, Quitandinha. A limpeza dos lagos aconteceu também em uma parceria com o Inea. A limpeza ocorreu em uma área de dois mil metros quadrados. Segundo o presidente da Companhia Municipal de Desenvolvimento de Petrópolis – Comdep, além de necessária, a limpeza do lago era um pedido da comunidade do local. “A ação era necessária, pois a última manutenção aconteceu há pouco mais de três anos, realizada pela própria companhia, para a retirada das gigogas”, explica o presidente Comdep.