Terça, 16 Novembro 2021 - 10:19

III Semana Internacional de Justiça Restaurativa será aberta na próxima segunda-feira

Quatro palestras fazem parte da programação elaborada pelo Programa Petrópolis da Paz, para a III Semana Internacional de Justiça Restaurativa. O evento, que acontece on line, será aberto na próxima segunda-feira (15), às 15h30, transmitido pelas redes oficiais da Prefeitura, como Facebook e Youtube.

“Este evento estimula uma nova visão frente aos conflitos enquanto dá voz às vítimas e ofensores, prezando pela manutenção, por exemplo, dos laços familiares, escolares e comunitários”, explica o governo interino.

A norte americana Kay Pranis, vai abrir o circulo de palestras falando de “Justiça Restaurativa na Educação: Construindo Comunidades Restaurativas”. O juiz de Direito do Tribunal de Justiça de São Paulo, Marcelo Nalesso Salmaso, vai proferir sobre o tema “Justiça Restaurativa e Socioeducação”. A professora paulista Liliane Claro Rezende, foi convidada para discorrer sobre “Justiça Restaurativa na Educação: Relato de Experiência em Santos”, enquanto o psicólogo Paulo Henrique Moratelli, aborda a “Justiça Restaurativa: Processos de Transformação de Conflitos e de Diálogos e Circulos Transformativos.

“A III Semana Internacional celebra as práticas restaurativas e representa o incessante trabalho do Programa Petrópolis da Paz em sua vertente de Justiça Restaurativa no reconhecimento e expansão dos notáveis efeitos dessas práticas em nosso município e em todo o mundo”, destaca a coordenadora do Programa Petrópolis da Paz.

O evento está sendo organizado por Vanessa Siqueira, coordenadora de Justiça Restaurativa do Programa. “Nos conecta com o mundo e com as ações voltadas para a cultura de paz.

Estamos celebrando mais um ano de realização em nossa cidade nos unindo a este movimento internacional. Mais uma vez, contamos com a participação de convidados renomados”, explica, complementando: “Que esta semana nos inspire e nos conecte para continuarmos abrindo caminhos para que a justiça restaurativa e os Círculos em Movimento estejam nas escolas, comunidades e demais espaços.