Quarta, 17 Novembro 2021 - 12:14

Prefeitura institui na Assistência Social equipe multidisciplinar para atendimento de denúncias provenientes do Disque 100

Ação acelera as devolutivas e encaminhamentos necessários para atendimento nos equipamentos públicos

Encaminhamento para atendimento nos CRAS e inclusão em programas federais de auxílio, além do diagnóstico das necessidades urgentes das famílias. Esses são alguns dos objetivos alcançados pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Assistência Social, a partir da instituição de uma equipe multidisciplinar que começou, em outubro, a atender os casos encaminhados a partir das denúncias do Disque 100 (Ministério da Mulher, Família e dos Direitos Humanos) e Ministério Público.

Com profissionais das áreas de psicologia e serviço social, a equipe consegue acelerar a devolutiva: a partir do recebimento da denúncia, os profissionais realizam um levantamento sobre o caso, conferindo, inclusive, se a pessoa / família já é atendida em algum equipamento público. Durante a visita, a equipe faz o estudo de caso que, posteriormente é enviado como devolutiva para o Disque 100 ou Ministério Público, com os apontamentos necessários: encaminhamento para inclusão em programas governamentais - atendimento em equipamentos como CRAS, CREAS ou, até mesmo, Secretaria de Saúde.

“A equipe está conseguindo dar celeridade necessária para o cumprimento dos prazos estipulados para resposta. Além disso, fortalece o trabalho da Assistência Social no auxílio às pessoas que estão precisando do suporte do poder público”, afirmou o governo interino.

Segundo o secretário de Assistência Social, a centralização da demanda na equipe multidisciplinar também desafoga a demanda dos CRAS. “Agora, profissionais específicos recebem as notificações e conseguem planejar as ações de forma que as conclusões dos casos sejam feitas respeitando prazos e fortalecendo o usuário que necessita de auxílio”, explicou.

Sobre o Disque 100:

Importante salientar que o Disque 100 é um programa do governo federal de disseminação de informações sobre direitos de grupos vulneráveis e de denúncias de violações de direitos humanos.

Qualquer pessoa pode reportar fato relacionado a violações de direitos humanos, da qual seja vítima ou tenha conhecimento – a denúncia pode ser anônima. É através dos relatos feitos pelo Disque 100 que o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos recebe, analisa e encaminha aos órgãos de proteção e responsabilização as denúncias de violações de direitos de crianças e adolescentes, pessoas idosas, pessoas com deficiência, população LGBTQIA+, população em situação de rua, entre outros.

O serviço funciona diariamente, 24 horas por dia, incluindo sábados, domingos e feriados. As ligações podem ser feitas de todo o Brasil por meio de discagem direta e gratuita, de qualquer terminal telefônico fixo ou móvel, bastando discar 100.