Terça, 30 Novembro 2021 - 10:29

Alunos da Escola Monsenhor João de Deus participam de ação educativa da Operação Lei Seca

Alunos da Escola Monsenhor João de Deus participam de ação educativa da Operação Lei Seca

Alunos do Ensino Fundamental da Escola Monsenhor João de Deus, em Pedro do Rio, participaram nesta segunda-feira (29) de uma ação educativa da Operação Lei Seca. Cerca de 40 estudantes do primeiro ao quinto ano assistiram um desenho animado sobre o consumo de álcool aliado a direção, ganharam cartilhas com orientações de trânsito e ouviram depoimentos de agentes cadeirantes da Operação Lei Seca.

Esta foi a primeira escola da rede municipal de Petrópolis a receber a ação educativa da Operação Lei Seca esse ano. “Nas escolas com as crianças menores fazemos um trabalho bem lúdico explicando a elas os riscos para a vida quando há ingestão de bebida alcoólica aliada a direção. Nossa intenção nas escolas é que os alunos sejam multiplicadores”, disse chefe da equipe de Educação da Operação Lei Seca.

A ideia de levar o programa para a escola partiu da direção da unidade. “O nosso objetivo é que os alunos tenham noção sobre as leis e responsabilidade no trânsito e levem para casa esses ensinamentos”, comentou o diretor da Escola Municipal Monsenhor João de Deus.

Um dos agentes cadeirantes da Operação Lei Seca, que contou sua história para os alunos, foi William Lima da Silva, de 52 anos. Ele perdeu as pernas aos 20 anos, depois de sofrer um acidente de carro na região da Barra da Tijuca, na cidade do Rio de Janeiro. “Eu estava de carona e a pessoa que estava dirigindo tinha bebido. Ele bateu o carro e acabou morrendo. Eu fui levado para o hospital e acabei perdendo as duas pernas. Nessas ações da Lei Seca queremos mostrar para as crianças o que pode acontecer quando alguém ingere bebida alcoólica e depois dirige. Nossa intenção é conscientizar e sempre somos muito bem recebidos”, ressaltou o agente.

A Escola Municipal Monsenhor João de Deus conta com 917 alunos da Educação Infantil até a Educação de Jovens e Adultos (EJA). Neste momento de retorno seguro às salas de aula, cerca de 430 estudantes retornaram à escola.