Segunda, 31 Janeiro 2022 - 10:44

Procon Petrópolis realiza pesquisa de preços de itens do material escolar

Procon Petrópolis realiza pesquisa de preços de itens do material escolar

Departamento reforça que pesquisar pode gerar uma economia de mais de 50% no momento da compra

Quem tem filhos em idade escolar sabe o quanto o mês de janeiro é aguardado. Com a proximidade do retorno às aulas começa a busca pelos itens da lista de material. Um levantamento feito pelo Procon Petrópolis, nesta quinta-feira (27.01) mostra que a variação de preço na cidade de alguns itens da lista supera os 300%. "Existe uma diferença considerável para um mesmo material em uma papelaria “A” para uma papelaria “B”", reforça Fafá Badia, coordenador do Procon Petrópolis.

Entre os itens que apresentaram as maiores variações está o apontador. Em um dos estabelecimentos pesquisados, a unidade da marca ‘x’ custa R$1,35, em outro estabelecimento o valor de um modelo similar é de R$6. Ainda falando de marcas diferentes de um mesmo produto, os fiscais encontraram o item ‘tesoura sem ponta’ com valores de R$2,90 em um local e de R$10 em outro.

Quando avaliamos a diferença dos preços de produtos do mesmo fabricante, encontramos diferenças de 185%. É o caso dos cadernos de capa dura de uma matéria. Em uma papelaria custa R$14 e em outra loja chega a R$39.90. Diante dessa diferença de preços, o coordenador do Procon orienta os consumidores a pesquisarem bastante. “Pesquisando você nota a diferença entre os valores cobrados por produtos que têm a mesma função e com isso opta pela opção mais em conta. Essa atitude pode gerar uma economia de até 50% no valor final da compra. Outra orientação importante é que o consumidor evite algumas "pegadinhas" na hora da compra.”

Algumas dicas importantes:

• Procure não levar seus filhos às compras. O poder de “persuasão” dos pequeninos pode te levar a comprar produtos mais caros;
• Evite os produtos (sobretudo mochilas, estojos) de marcas ou personagens famosos. São mercadorias produzidas sob licença e, com certeza, com preços muito mais salgados;
• Não aceite lista de materiais que apontem um fornecedor ou fabricante “específico” para determinados materiais.

Compras on-line:

• Com a pandemia, as compras “on-line” têm se intensificado e os meios de pagamento se diversificado. Os preços tendem a ser mais baixos em ambientes virtuais, mas, trazem os seus riscos;
• Neste modelo de compras, busque se certificar da origem do site (utilize sites de controle e pesquisa como o Reclame aqui);
• Veja se o beneficiário do boleto emitido é, de fato, o fornecedor;
• E preste atenção nos prazos de entrega, para não ficar sem o produto no dia em que as aulas recomeçarem. Lembre-se!!! Os produtos comprados a distância (internet) possuem uma legislação específica e permitem a devolução em até 7 dias após a chegada (direito de arrependimento).

O coordenador do Procon Petrópolis reforça que a unidade está à disposição para esclarecer e agir imediatamente em casos de abuso. "Sob qualquer desconfiança, acionem o Procon para esclarecimentos." Os telefones do Procon Petrópolis para denúncias são:

Unidade Centro - (24) 2246-8470 / (24) 2246-8471 / (24) 2246-8472 / (24) 2246-8473 / (24) 2246-8474 / (24) 2246-8475 / (24) 2246-8476 / (24) 2246-8477

Unidade Itaipava - (24) 2222-1418 / (24) 2222-7448 / (24) 2222-7337

WhatsApp Denúncia - (24) 98857-5837