Quinta, 03 Fevereiro 2022 - 10:52

Obras no Quilombo da Tapera devem ser entregues nesta semana

Intervenções foram possíveis através de parceria entre MPF, Prefeitura e a empresa ANURB

As obras de melhoria da estrada que dá acesso ao Quilombo do Tapera devem ser entregues ainda nesta semana. As intervenções no local foram possíveis devido a uma ação conjunta entre a Prefeitura, o Ministério Público Federal e a empresa ANURB, por acordo judicial para a conversão de valores definidos em sentença em ações de melhoria para a comunidade local, que beneficiarão a 18 famílias que residem na localidade.

Ao todo, foram cerca de 500 metros de asfalto, roçada de vegetação nas vias de acesso, limpeza de canaletas e melhorias do sistema de drenagem. Os locais escolhidos foram apontados pelos próprios moradores como mais críticos. A Secretaria de Obras disponibilizou parte do material e de canaletas para as melhorias no escoamento de águas pluviais. Já a ANURB, contratou a Agromax e Serpav para a realização dos serviços.

“O quilombo é importantíssimo para a nossa história e cultura. Essas ações são fundamentais para garantir que os moradores tenham condições de ir e vir, além de beneficiar projetos que eles estão elaborando para o desenvolvimento do local. A integração entre o poder público, o MPF e o setor privado também foi fundamental”, disse o vice-prefeito e secretário de Obras, Paulo Mustrangi.

Em dezembro, Mustrangi esteve no Quilombo da Tapera, juntamente com o procurador da República, Charles Stevan da Mota, o líder comunitário quilombola Adão Cassiano, técnicos da Secretaria de Obras e representante da ANURB. A comitiva, à época, definiu o que seria feito no local. A empresa elaborou o projeto e a Prefeitura ficou com parte da supervisão das obras.

O MPF acompanha a comunidade há mais de 10 anos. “Essas intervenções atenderam a uma boa parte da estrada, que eram os trechos mais críticos”, disse o procurador Charles Stevan da Mota, ressaltando que os moradores terão um acesso melhor, principalmente para as crianças quando forem à escola.

“Essa melhoria é muito boa para nós da comunidade, não só para o dia a dia, mas também nos ajuda a receber nossos visitantes e aí, poderemos trabalhar. Temos um sonho de trabalhar com turismo de base comunitária e o acesso é essencial para recebermos visitantes”, afirmou Cassiano.