Segunda, 11 Abril 2022 - 10:12

Prefeitura e cervejeiros artesanais terão reuniões quinzenais

Proposta é discutir as demandas do setor, para fomentar o turismo, o desenvolvimento econômico e a cultura da cidade

A Prefeitura criou mais um espaço de diálogo e participação popular voltado para o turismo, o desenvolvimento econômico e a cultura de Petrópolis: a cada 15 dias, secretários de governo se reunirão com representantes das cervejarias artesanais da cidade. A proposta é aproximar o poder público do setor, identificando as principais demandas e buscando novas formas de fomento dessas cervejarias.

A primeira reunião foi realizada nesta semana na Casa dos Conselhos. Três secretários de governo participaram: Marcelo Soares (Desenvolvimento Econômico), Silvia Guedon (Turismo) e Diana Iliescu (Cultura). Da parte dos cervejeiros, participaram o presidente da Associação das Microcervejarias de Petrópolis, Leandro Leal, e o diretor de Eventos da associação, Bruno da Silva.

"As cervejarias artesanais de Petrópolis vêm ganhando cada vez mais importância para Petrópolis, contribuindo para o nosso desenvolvimento econômico, para o turismo e para a cultura da cidade. Petrópolis precisa dessas cervejarias, e o setor precisa do poder público. Então, essas reuniões aproximarão as duas pontas, para buscar formar de fomentar ainda mais esse setor", disse o secretário Marcelo Soares.

Na pauta da primeira reunião, a Bauernfest e o Biergarten (evento organizado pela associação). A associação defendeu que esses sejam realizados neste ano.

Para os representantes da associação, a proposta de ter um canal permanente de diálogo com a Prefeitura é positivo.

"Não tem como não associar as cervejas de Petrópolis com o turismo e o desenvolvimento econômico. Então ter a oportunidade, com essa periodicidade quinzenal, de sentar e conversar com três secretários de governo simultaneamente é sensacional. Mantém um canal aberto que nós pleiteamos há bastante tempo. E nesta primeira reunião, avançamos bastante. Chegamos com muitos medos e dúvidas, mas nós estamos saindo daqui com várias certezas", disse o presidente Leandro Leal.

"É muito válido nós termos esse contato com o poder público, estar mais perto. Agora montamos essa agenda de 15 em 15 dias. E isso é importantíssimo, até para que a gente possa atender às demanda do setor. Hoje nós temos uma direção", disse o diretor Bruno.