Sexta, 27 Maio 2022 - 10:29

Após concluir 95% das vitorias, Defesa Civil retorna município ao estágio de alerta

Após concluir 95% das vitorias, Defesa Civil retorna município ao estágio de alerta

Cidade estava em estado de crise, por conta do alto número de registros de ocorrência

Após 100 dias da chuva que afetou a cidade em fevereiro, a Secretaria de Defesa Civil retorna o município para o Estágio Operacional de Alerta. A mudança ocorre a partir da redução de riscos em função da chuva e pela conclusão de cerca de 95% dos atendimentos das vistorias das áreas afetadas, principalmente por deslizamentos.

Desde o dia 15 de fevereiro, já são mais de 10,9 mil casos. Ao longo de todo esse período, a cidade esteve em estágio de Crise, tendo em vista o elevado número de Registros de Ocorrências.

Até o momento, mais de 10,3 mil laudos de vistorias estão concluídos e as equipes seguem em atuação constante para a conclusão de todos os atendimentos referentes às chuvas. Desse total de casos atendidos, a maior parte foi por deslizamentos, que representa 76% dos casos. Ao todo, são mais de 8,3 mil registros de escorregamentos em áreas de cerca de 60 localidades no primeiro distrito na maioria.

Diariamente as equipes percorrem diferentes regiões da cidade. Nesta quinta-feira (26), os técnicos vistoriaram áreas pelo Quissamã, Estrada da Saudade, Bingen, Vila Felipe, Alto da Serra, Itaipava, Centro, Sargento Boening, Retiro e Quitandinha.

No momento, além da conclusão das vistorias de áreas afetadas, as equipes ainda se dividem em força-tarefa para reavaliação de áreas interditadas. A iniciativa visa verificar imóveis que possuem condições de habitabilidade ou terão a interdição mantida. A região do Vila Felipe é a primeira a ser revista pelos técnicos, que vão estar até esta sexta (27) na localidade reavaliando as áreas afetadas.