Quinta, 30 Junho 2022 - 15:59

Moeda social vai reforçar renda e estimular vendas do comércio petropolitano

O Grupo de Trabalho instituído pela Prefeitura para a criação da moeda social realizou, na terça-feira (28), a sua primeira reunião. Na pauta, os mecanismos jurídicos e legais para a implantação da moeda social em Petrópolis.

Também foram discutidos o nome e a abrangência da moeda.

Participaram da reunião: o prefeito Rubens Bomtempo; a secretária-chefe de gabinete, Luciane Bomtempo; o secretário de Assistência Social, Fernando Araújo; e o secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Soares. A reunião foi realizada na sede da Prefeitura, na Avenida Koeler.

O objetivo da Prefeitura com a moeda social em Petrópolis é fazer política social de transferência de renda e, ao mesmo tempo, fortalecer a economia local. Na prática, o beneficiário por determinada política social do município receberá recursos por essa moeda, que somente poderá ser gasta em estabelecimentos credenciados no município. Ou seja, são beneficiadas as famílias em condição de vulnerabilidade e o comércio local.

"A moeda social de Petrópolis será um marco na cidade com relaçao a política social e ao fortalecimento da economia. Estamos atentos às experiências de outros municípios, principalmente Maricá. Será uma política robusta, portanto demanda tempo e todo um arcabouço legal e jurídico. E o nosso trabalho está nesse sentido", disse o Rubens Bomtempo