Terça, 26 Julho 2022 - 11:13

Liceu vai abrir curso de tecnologia da informação em parceria com Senai

Prefeitura e Senai firmam acordo para oferta de capacitação tecnológica a alunos do Ensino Médio, pelo programa Edutech. Liceu Municipal Cordolino Ambrósio também receberá obras.

 

Os alunos do Ensino Médio do Liceu Municipal Prefeito Cordolino Ambrósio terão, a partir deste semestre, o curso de Tecnologia da Informação (T.I.) como uma das opções do contraturno (roteiros formativos). O curso faz parte do programa Edutech, que é uma parceria entre a Prefeitura e o Senai. Neste primeiro momento, 40 estudantes farão a capacitação.

“Essa parceria com o Senai vai transformar a realidade dos nossos alunos do Liceu, única escola da rede com o Ensino Médio. Além de qualificar o ensino, vamos estar garantindo oportunidade e qualificação para esses adolescentes. É uma parceria que, além de proporcionar qualidade no ensino, vai desenvolver uma das maiores vocações do município que é o setor tecnológico”, disse o prefeito Rubens Bomtempo.

O programa Edutech foi apresentado nesta segunda-feira (25) durante encontro entre o prefeito Rubens Bomtempo; a secretária de Educação, Adriana de Paula; o secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Soares; o juiz da Vara da Infância, José Claudio de Macedo; o coordenador operacional de Educação Profissionalizante do Senai, Danilo Fagundes; o presidente do Serratec, Guilherme da Motta Alves; o gerente executivo da Firjan, José Oswaldo; e Gustavo Brás, da Orange.

O curso terá duração de 18 meses e vai acontecer nos laboratórios de informática do Senai (unidade do Bingen), no contraturno escolar. Todo o material didático e uniforme do curso serão disponibilizados pelo Senai. Essa primeira turma será formada por 40 alunos do segundo ano do Ensino Médio do Liceu. “Com a reforma que iniciaremos no prédio do Liceu, os alunos serão transferidos para um novo endereço na Rua Montecaseros que fica bem próximo da unidade do Senai no Bingen. As aulas recomeçam agora em agosto e os estudantes já contarão com mais esse roteiro formativo que é preconizado pelo novo modelo do Ensino Médio”, comentou a secretária de Educação, Adriana de Paula.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Soares, citou a formação de mão de obra especializada como um dos principais fatores do programa Edutech. “Além do turismo, Petrópolis tem grande potencial tecnológico. Formar profissionais capacitados atrai empresas para a nossa cidade”, ressaltou o secretário. Segundo o coordenador operacional de Educação Profissionalizante do Senai, Danilo Fagundes, o aluno que completar 25% do curso terá estágio garantido. “Pensamos esse curso de T.I. para qualificar o aluno e dar oportunidade de emprego”, disse Danilo.

Para o juiz da Vara da Infância José Claudio de Macedo, o programa Edutech vai mudar o destino de muitos jovens. “Só posso agradecer o empenho do prefeito Rubens Bomtempo, que abraçou esse programa. O Edutech vai abrir caminhos e dar novas perspectivas para esses adolescentes”, frisou. O presidente do Serratec, Guilherme da Motta Alves, também elogiou a criação do programa. “Petrópolis tem vocação tecnológica e ter esse curso de T.I. no Ensino Médio vai ser um sucesso para o desenvolvimento desse setor”, comentou.

Prefeitura inicia grande reforma no Liceu Cordolino Ambrósio

O Liceu Municipal Prefeito Cordolino Ambrósio vai passar por uma grande reforma. As obras de recuperação do prédio e da área externa começam em breve e para garantir a execução das intervenções os alunos serão transferidos para um novo local, na Rua Montecaseros, no Centro da Cidade.

"Alugamos um imóvel na Rua Montecaseros para abrigar os alunos durante a obra. O novo imóvel está passando por adaptações para receber os alunos no retorno das aulas na primeira semana de agosto", explicou a secretária de Educação Adriana de Paula.

O Liceu Municipal Cordolino Ambrósio atende alunos do nono ano do Ensino Fundamental até o Ensino Médio. São cerca de mil estudantes nos três turnos. "A unidade vai ser totalmente revitalizada, será a primeira grande reforma desde que a unidade foi construída. Os alunos vão ter uma escola nova, moderna e com uma estrutura bem mais adequada", ressaltou a secretária.