Quarta, 19 Julho 2017 - 19:09

Educação aplicou R$ 10 milhões em merenda no primeiro semestre

Educação aplicou R$ 10 milhões em merenda no primeiro semestre

1,3 mil toneladas de alimento adquiridos

 

Cardápio padronizado para CEIs e escolas municipais

 

Peixes e farináceos são dois dos produtos que passaram a ser comprados pela Secretaria de Educação para a distribuição nas escolas da rede municipal de ensino, complementando o cardápio de carnes, não perecíveis e hortifrutigranjeiros. Somente no primeiro semestre, foram adquiridos 1,3 mil toneladas de alimentos e para o segundo semestre está prevista a aquisição de mais de mil toneladas. A prefeitura, agora nas férias escolares, com retorno no dia 1º de agosto das aulas, programa mais uma aquisição de alimentos que serão distribuídos em 186 unidades da rede e que vão nutrir 42 mil alunos.

 

De acordo com o Núcleo de Alimentação Escolar da Secretaria de Educação,  alguns produtos voltaram a integrar o cardápio depois de mais de um ano sem fornecimento como azeite, alho in natura, cereal de arroz, doce de leite, farinha de mandioca, fubá, vinagre e peixes. O custo total foi de R$ 10 milhões, sendo R$ 2, 5 milhões gastos em gêneros do tipo proteína.


Foram adquiridos só no primeiro semestre, 173 toneladas de verduras, legumes e frutas, provenientes da Agricultura Familiar e a expectativa é que o investimento nesse segmento ultrapasse os 30% - meta que não havia sido atingida nos últimos anos.

 

Dívidas pagas

 

Garantir a merenda escolar para 42.161 alunos da rede distribuídos em 122 escolas e 64 Centros de Educação Infantil, é uma prioridade. Para possibilitar a qualidade e quantidade necessárias para o cumprimento do cardápio, feito pelas nutricionistas do NAE, o governo pagou até agora R$ 1,6 milhão, referente adívidas com os fornecedores - herança do governo passado.

 

Além disso, no primeiro semestre de 2017, o governo investiu na Gerência de Alimentação Escolar, aumentando a equipe técnica em mais seis nutricionistas, que atuam na supervisão e em visitas às unidades escolares. Outro ponto destacado foi o início do ciclo de capacitação de cozinheiros escolares, promovido pelo Departamento de Capacitação e Formação Profissional da Secretaria de Educação, em parceria com a FASE/FMP (Faculdade Arthur Sá Earp Neto).

 

Cardápio padronizado

 

Outra medida da Secretaria de Educação foi a elaboração de cardápios para toda a rede municipal - berçários, Centros de Educação Infantil – pequenas e grandes refeições – escolas municipais de Educação Infantil e unidades escolares, incluindo as refeições para o turno da noite.

 

O cardápio foi montado pelas nutricionistas do NAE e leva em consideração os valores nutricionais necessários para a alimentação diária dos alunos, segundo a idade.

 

O cardápio do berçário, para crianças de quatro até seis meses inclui papinhas de maçã, abacate e mamão e as salgadas de cenoura e batata com gema de ovo e feijão, papinha de inhame e brócolis com frango e feijão, papinha de fubá, couve, carne e feijão vermelho e sucos de frutas como laranja lima, abacaxi e melancia.

 

Para as crianças de seis meses a um ano, o cardápio inclui papa de frutas como banana e mamão e as salgadas de abóbora, chuchu e arroz com peixe e feijão, espinafre e abobrinha com macarrão, feijão, carne e sopa de macarrão com legumes e carne.

 

No cardápio dos Centros de Educação Infantil e escolas municipais de Educação Infantil foram incluídos nas pequenas refeições o mingau de chocolate, leite com floco de milho, leite com achocolatado e rosca de leite e leite batido com frutas, além de frutas. Nas grandes refeições foram incluídos pratos como ovos mexidos com chuchu, risoto de frango com milho e ervilha, carne ensopada, polenta, peixe assado, picadinho de carne e salteado de abóbora, além de arroz, feijão e macarrão e os sucos de fruta. Para o jantar, refeições mais leves como canja de galinha com legumes, creme de ervilha com espinafre e carne e sopa de aipim com carne. As frutas também foram incluídas.

 

No cardápio das escolas, nos diferentes turnos, estão previstos o leite com biscoito e flocos de milho, mingau e leite batido com frutas. Para as refeições foram montados pratos como panaché de legumes, macarrão ao sugo com picadinho de carne, farofa de couve, polenta, salteado de abóbora, frutas e gelatina.