Petrópolis recebeu nesta terça-feira (19) as primeiras 4.905 doses da vacina contra o coronavírus. O imunizante chegou à cidade perto das 15h30, em um helicóptero da Polícia Militar, que pousou no Petropolitano Football Club, no Valparaíso. As caixas com as vacinas foram entregues pelos tripulantes diretamente ao prefeito interino e ao secretário municipal de Saúde. Uma hora depois, no Trono de Fátima, os dois primeiros moradores de Petrópolis foram imunizados: a auxiliar de enfermagem do Hospital Municipal Nelson Sá Earp (HMNSE), Maria de Fátima dos Passos, e o aposentado Mario Cezar Wendling Nobis, residente no Lar Nossa Senhora Aparecida.

Assim que chegaram, as doses entregues pelo Governo do Estado seguiram com escolta policial para serem armazenadas em câmaras frigorífica com temperatura entre 2° até 8° graus, obedecendo os critérios do fabricante. Em seguida, os dois primeiros moradores de Petrópolis foram vacinados no Trono de Fátima. O aposentado Mario Cezar, de 76 anos, que foi o primeiro a ser vacinado, lembrou da importância do engajamento de todos: “Este ato simbólico é muito importante para incentivar as pessoas a se protegerem e seguirem as normas. As pessoas precisam se engajar porque é a vida de todo mundo que está em jogo”.

A auxiliar de enfermagem Maria de Fátima, que tem 57 anos e atua há 14 anos no HMNSE, foi a segunda a ser vacinada na cidade. “Estou muito emocionada. Agradeço a Deus e a Nossa Senhora de Fátima. É uma honra ter participado deste momento. A luta foi grande e vai continuar. A chegada da vacina é uma esperança, mas é preciso continuar tendo cuidado”, disse.

Esta primeira remessa enviada a Petrópolis vai garantir, conforme recomendação do Ministério da Saúde, a imunização dos profissionais da saúde que estão na linha de frente no combate ao coronavírus, idosos com mais de 60 anos residentes em instituições de longa permanência e deficientes maiores de 18 anos que vivem em residências inclusivas.

Trabalho vai lembrar as vítimas da covid-19

A Prefeitura, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, e a equipe do projeto Cílios D'Água, fez, hoje, o plantio das primeiras 40 mudas de árvores de um projeto ambiental, além de estimular a conscientização sobre a importância da preservação e do reflorestamento, como memória aos moradores de Petrópolis que não resistiram à Covid-19. O trabalho começou às margens do Rio Piabanha, na Duarte da Silveira, e contou com a presença do prefeito interino e de representantes Projeto Água e do Instituto Estadual do Ambiente (Inea).

O primeiro homenageado pelas equipes foi Paulo Leite, que faleceu em setembro do ano passado vítima da Covid-19. Ele era funcionário da secretaria de Meio Ambiente. Paulo foi um dos fundadores do Comitê Piabanha e um grande defensor das causas ambientais e dos direitos humanos, como explica lembra a esposa dele, Adriana Hutter de Souza Leite.

"Apesar de todo o momento de dor, de perda, é um conforto para nós da família. Temos uma gratidão enorme pelo que ele deixou para a cidade. Ele não lutava apenas pelo Meio Ambiente, mas também pelos direitos humanos. Sempre pensou no outro, buscando um mundo melhor", disse Adriana, emocionada, ressaltando, ainda, o orgulho que os filhos sentem pela luta dele.

"Meu pai sempre lutou pelas águas, pela natureza, por isso ele participava de todas as unidades de conservação da cidade. Ele deixou um legado para a nossa família. Esperamos que com essa ação a gente consiga deixar um grande exemplo para as próximas gerações, como ele fez pela gente. Estou muito emocionado com esse momento", contou Cainã Hutter, filho de Paulo Leite, que estuda Biologia e faz parte do projeto Cílios D'Água.

O plantio será realizado ao longo da extensão do Rio Piabanha que abrange Petrópolis. Segundo Luiz Salgueiro, idealizador do projeto Cílios D'Água, é necessário envolver a população para que ela cuide dos locais após o plantio das mudas. “O envolvimento das pessoas é fundamental. Não é só chegar e plantar. Existe um cuidado após o plantio e a gente precisa que os vizinhos, os moradores dos locais, nos apoiem neste sentido”, disse.

A ideia de convidar o Projeto Água e o Inea para a atividade partiu do secretário de Meio Ambiente.


A Prefeitura reuniu na manhã desta segunda-feira (18), no Parque Municipal de Itaipava, um grupo de empresários e representantes da sociedade civil para debater maneiras de incrementar o turismo na região. Ao lado de parte do secretariado que acompanhou o encontro, o prefeito interino pediu diálogo aberto aos presentes para encontrar soluções que contribuam para a expansão de um dos pilares da economia local.

A fim de consolidar uma política para o setor, o prefeito defendeu um amplo debate com a sociedade civil organizada para ajudar a estruturar o turismo municipal. Ele disse que é fundamental explorar diferentes formas de atrair mais visitantes para que Petrópolis aqueça a rede hoteleira e gastronômica da região, de acordo com o perfil de cada localidade.

O coordenador e idealizador do encontro com os empresários, o presidente do Turispetro, destacou que a intenção do governo é fortalecer Petrópolis como destino, estimulando vertentes que atraiam turistas também durante a semana.

Estavam acompanhado a reunião os secretários de Obras, Desenvolvimento Econômico, Instituto de Cultura e Esporte, Comdep, CPTrans e Serviço, Segurança e Ordem Pública.

Resultado final será publicado no site da prefeitura no dia 21 de janeiro

O sistema de pré-matrícula da rede municipal de Educação recebeu 1.397 inscrições. Esse é o número de alunos que ingressarão em uma das escolas da rede nesse ano. O resultado final, com os nomes dos estudantes e as escolas onde deverão ser matriculados, será disponibilizado no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br) no dia 21 de janeiro.

Tão logo aconteça a divulgação final dos resultados, os pais ou responsáveis devem entrar em contato com o Departamento de Matrículas para efetivar a inscrição. Preferencialmente, o agendamento poderá ser feito pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

Outro sistema de confirmação será pelo whatsapp: um número também será disponibilizado – em horário comercial – para a efetivação da matrícula e envio dos documentos necessários. Nesse caso, o responsável poderá entrar em contato (a partir do dia 21 de janeiro) pelo número 2246-8685. Dúvidas também podem ser esclarecidas pelo telefone 2246-8683.

Vale salientar que, para a efetivação das matrículas deverão ser enviados por e-mail – ou entregues durante o atendimento presencial em último caso – dependendo do agendamento que for feito, as seguintes cópias:

*Certidão de Nascimento do aluno;

*Declaração escolar;

*CPF dos responsáveis;

Calendário escolar: 4 de fevereiro