A Prefeitura de Petrópolis, por meio da Turispetro, reuniu agentes de receptivo da cidade, guias de turismo, promotores de eventos e representantes de associações comerciais e de atrativos turísticos da cidade para apresentar o programa “O Rio continua lindo. E perto!”, uma ação organizada pela Setur-RJ, FecomercioRJ e Turisrio, com o objetivo de fomentar o turismo em diversos destinos do Estado.

O encontro aconteceu na manhã desta terça (30), na Cervejaria Bohemia, e foi conduzido pelo Secretário de Turismo, que explicou que a cidade de Petrópolis foi uma das convidadas para divulgar suas atrações turísticas na iniciativa, que contará com encontros comerciais (intitulados “O Rio é de vocês”), exposição em shoppings, além de apresentações e ações de mídia.

"Teremos agora nos próximos dois meses essa excelente oportunidade que nos está sendo proporcionada, pela Secretaria Estadual de Turismo, de divulgar nossa cidade, seus atrativos turísticos, hotéis, restaurantes e produtos turísticos para todo o Brasil. Esse encontro de hoje serve para alinharmos em conjunto essas ações e planejar uma participação no programa que possa potencializar o nosso turismo, trazendo benefícios futuros para todo o trade", destacou o Secretário de Turismo.

Também participaram da reunião o secretário de Desenvolvimento Econômico; o presidente do Petrópolis Convention Bureau; a presidente da Associação da Rua Teresa (Arte); o presidente da AssociEventos; a presidente da Associação de Guias de Turismo (AGP); além de representantes dos atrativos turísticos da cidade.

O secretário de Desenvolvimento Econômico falou também das recentes ações que envolvem a sua pasta diretamente relacionadas ao turismo, como um recente Famtur realizado na cidade, em parceria com a Turispetro, visando captar para a cidade eventos corporativos que ajudem a fomentar o destino duramente a semana. "São muitas as possibilidades que a nossa cidade tem a oferecer para empresas organizadoras de congressos, treinamentos empresariais e ações corporativas", disse o secretário.

A diretora de turismo e eventos da Turispetro explicou como a secretaria de Turismo está se preparando para a participação no evento. "Vamos reunir todas as informações pertinentes aos nossos atrativos e segmentos, que serão armazenadas no site (www.petropolis.rj.gov.br/turispetro), podendo ser consultadas através de dois cards promocionais da cidade que estão sendo preparados, com QR Code, que darão acesso a todas as informações de forma segura", explicou, lembrando que para participar deste evento será necessário que a empresa esteja devidamente inscrita no Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur), do Ministério do Turismo.

Rio de Janeiro e Ribeirão Preto serão as primeiras cidades a receberem a iniciativa, que passará ainda por Belo Horizonte (MG), Campinas (SP), Brasília (DF), Gramado (RS), São Paulo (SP) e Goiânia (GO), até o fim de novembro, sempre com dez dias em cada parada. Durante os dez dias de ações, a Setur-RJ e o Turisrio esperam alcançar o maior número possível de pessoas, sejam elas de público final, imprensa, trade turístico ou formadores de opinião.

Um dos pontos altos da ação será o encontro comercial “O Rio é de vocês”, que acontecerá no dia 13 de outubro, das 13h às 17h, no Rio Othon Palace, em Copacabana. Neste dia, empresas da cidade que atuam com turismo receptivo, meios de hospedagem e atrativos poderão se inscrever para participar da rodada de negócios. Os cartões digitais serão distribuídos pela Secretaria de Turismo no encontro comercial aos agentes de viagem, operadores de turismo e organizadores de eventos.

Vacinas contra sarampo, poliomielite, caxumba, catapora, meningite, entre outras, podem ser ministradas simultaneamente a doses contra a covid-19

A Secretaria de Saúde de Petrópolis inicia nesta sexta-feira (1°/10) a Campanha Nacional de Multivacinação, que tem o objetivo de proteger crianças e adolescentes de até 15 anos contra sarampo, poliomielite, caxumba, catapora, meningite, entre outras doenças. As vacinas estarão disponíveis em 15 unidades de saúde distribuídas nos cinco distritos. A campanha segue até o dia 29, com o dia “D” de vacinação no dia 16.

“A Secretaria de Saúde está disponibilizando as vacinas em diferentes pontos da cidade para facilitar o acesso da população. É importante que pais e responsáveis protejam suas crianças e adolescentes contra doenças que são evitáveis”, destaca o governo interino.

“A Divisão de Imunização está organizando também o “D” de multivacinação, que será realizado em um sábado, o que permitirá que, mesmo aquelas pessoas que trabalham durante a semana, possam se organizar para que nenhuma criança deixe de ser vacinada”, destaca o secretário de Saúde.

Em Nota Técnica divulgada esta semana, o Ministério da Saúde informou que as demais vacinas podem ser aplicadas de forma simultânea à vacinação contra a covid-19, sem a necessidade de intervalo, o que permitirá, por exemplo, que adolescentes que estão sendo vacinados contra a covid-19 neste momento possam receber os demais imunizantes.

“Inicialmente o Ministério estabelecia um prazo de 14 dias entre a vacina contra a covid-19 e as demais vacinas, mas esta semana o Ministério atualizou as recomendações referentes a coadministração das vacinas covid-19 com as demais vacinas em uso no país para não mais exigir o intervalo mínimo entre as vacinas covid-19 e as demais vacinas em uso no país. Com isso, as vacinas covid-19 podem ser administradas de maneira simultânea com as demais vacinas ou em qualquer intervalo”, explica o secretário de Saúde.

Na Nota Técnica, o Ministério destaca a ampla experiência prévia com a administração simultânea de múltiplas vacinas de diferentes plataformas, “considerando já ter sido possível acumular experiência de uso das vacinas covid-19 em cenário de vida real com detalhamento do perfil de segurança destas vacinas" e "tendo por base as discussões realizadas no âmbito da Câmara Técnica em Imunização da Covid-19”.

As vacinas estarão disponíveis nos seguintes pontos:

1 - PSF da Posse
2 - UBS de Pedro do Rio
3 - Ambulatório Escola
4 - Centro de Saúde do Itamarati
5 - Centro de Saúde Coletiva do Centro
6 - Hospital Alcides Carneiro
7 - UBS Itaipava
8 - UBS Morin
9 - PSF Alto da Serra
10 - PSF São Sebastião
11 - UBS Alto Independência
12 - UBS Quitandinha
13 - UBS Mosela
14 - UBS Retiro
15 - UBS Araras

De acordo com o Ministério da Saúde, imunossuprimidos podem receber a dose de reforço a partir de 28 dias após a aplicação da segunda dose.

Pessoas que têm imunidade baixa (imunossuprimidos) e fazem parte do grupo apto a receber a dose de reforço contra a covid-19 podem se vacinar em Petrópolis sem a necessidade de cadastro prévio a partir desta sexta-feira (1º/10). De acordo com o Ministério da Saúde, no caso deste grupo, diferente dos idosos, a dose de reforço deve ser aplicada 28 dias após o recebimento da segunda dose. Levantamento feito pela Divisão de Imunização da Secretaria de Saúde antes da aplicação da dose de reforço, em 14 de setembro, apontou que cerca de 2.300 pessoas com imunidade baixa foram vacinadas contra a covid-19 em Petrópolis. Fazem parte deste grupo pacientes com doenças renais crônicas em diálise, pessoa com câncer, pessoas que vivem com HIV, entre outras doenças que causam perda de imunidade. Até quarta-feira (29/09) 363 destes pacientes imunossuprimidos receberam a dose de reforço que aumenta a proteção contra a ação do novo coronavírus.

“Estamos iniciando nesta sexta (1º/10) a vacinação de adolescentes com 12 anos e, em paralelo fazendo o a aplicação da dose de reforço da vacinação, conforme as orientações do Ministério da Saúde. A Secretaria de Saúde faz todo um planejamento para possamos manter a vacinação organizada para que seja possível atender todos os públicos a medida em que a campanha está avançando. A vacinação de cada petropolitano é importante para a proteção de todos”, destaca o governo interino.

A dose de reforço para pacientes imunossuprimidos está sendo aplicada nos seguintes pontos de vacinação: Campus da UCP Benjamin Constant (Centro), Parque Municipal (Itaipava), Centro de Saúde Professor Manoel José Ferreira (Centro), Clube Palmeira (Itamarati), Esporte Clube Magnólia (Bingen). Para a aplicação da dose de reforço, é obrigatória a apresentação do comprovante de vacina, além de documento pessoal com foto e CPF.

“No momento em que a pessoa comparecer para receber a dose de reforço é preciso apresentar o cartão de vacinação para que a equipe verifique o tipo de vacina que foi aplicada anteriormente e possa conferir também a data em que a aplicação da segunda dose foi feita, garantindo que o prazo para receber o reforço está correto. Esta orientação vale tanto para os imunossuprimidos quanto para os idosos. Importante destacarmos mais uma vez que os resultados da vacinação já são visíveis, com a redução dos quadros graves da doença e redução no número de internações. É fundamental que todos se vacinem”, reforça o secretário de Saúde.

Até quarta-feira (29/09) Petrópolis tinha 234.656 pessoas que receberam pelo menos uma dose da vacina e 137.854 pessoas que concluíram o esquema de vacinação, recebendo as duas doses ou a vacina em dose única.

A taxa de ocupação de leitos para pacientes com covid-19 no Sistema Único de Saúde está, nesta quinta (30/09), em 16,67% em leitos clínicos e 27,27% em UTIs. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, incluindo hospitais públicos e privados, são 101 pacientes internados, sendo 47 em UTIs e 54 em leitos clínicos.

Até agora foram realizados no município 198.495 testes para Covid-19, com 48.576 resultados positivos e 149.572 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab).

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 1.518 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erro na informação divulgada pela Secretaria de Saúde.

A Secretaria acrescenta, ainda, que trabalha na atualização de dados de notificações e casos em análise no sistema, inserindo ainda dados pendentes de meses anteriores. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

O governo interino de Petrópolis, o vice-presidente da Comissão de Transportes da Câmara de Vereadores, e o diretor-presidente da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes - CPTrans, estiveram nesta quarta-feira (29) na Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT) para discutir com o diretor, Rafael Vitale, a proposta da Prefeitura de assumir um trecho da BR-040, na altura do túnel do Quitandinha, para viabilizar a ligação Bingen-Quitandinha. O projeto municipal tem como objetivo garantir uma alternativa viável à obra, considerada essencial para melhorar a mobilidade no trajeto Bingen/Centro/Quitandinha. O encontro também contou com a presença do presidente da Concer, Marco Antônio Ladeira.

“A reunião foi muito positiva. O projeto que entregamos no mês passado está sendo analisado e a sinalização é favorável. Aproveitamos para esclarecer dúvidas e discutir alguns pontos. Saímos da reunião otimistas de que vamos conseguir autorização para municipalizar o trecho e fazer a obra”, afirmou o governo interino, lembrando que o governador do Estado, já afirmou que, se o município conseguir a autorização, o Estado pode financiar as intervenções.

“Já temos o nada a opor do ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, e também do diretor geral do DNIT, Antônio Leite dos Santos Filho. No mês passado, nos reunimos com o diretor-geral da ANTT e entregamos em mãos o pré-projeto da ligação Bingen-Quitandinha. Agora debatemos o projeto e a viabilidade de execução. O que vimos foi o interesse de todos para que finalmente esse projeto saia do papel. Esperamos que possa ser executado pela prefeitura e, no futuro, ser incorporado, com melhorias, à pista da nova subida da Serra”, detalhou o governo interino.

A municipalização – já autorizada pela Câmara Municipal de Petrópolis, vai permitir que o município execute obras para viabilizar a ligação Bingen-Quitandinha mais rapidamente, sem, no entanto, interferir no projeto maior, a ser executado pela concessionária que assumir a estrada, no novo processo que está previsto para ser realizado em 2022. O pedido está sendo analisado pelo corpo técnico da ANTT, que contará ainda com o suporte dos engenheiros da Concer. “Há registros de interesse público na ligação Bingen-Quitandinha desde 1941. Ou seja, essa é uma demanda da cidade que dura mais de 80 anos. E está claro que ela terá enorme impacto na mobilidade urbana. O que estamos pedindo é que possamos fazer a ligação pelo trecho da estrada que já existe, utilizando o túnel. Estamos mostrando que, se houver autorização, temos como fazer. É algo que já se mostrou viável e que vai ajudar a reduzir os congestionamentos em trechos críticos como na altura do Hospital Santa Teresa e na Coronel Veiga, além de reduzir também o número de acidentes, já que é um dos trechos mais perigosos da cidade”, ressaltou o diretor-presidente da CPTrans.

O deputado federal Hugo Leal, que articulou a vinda da diretoria da ANTT ao Estado em agosto para que os representantes pudessem ver de perto questões relacionadas a concessões de rodovias no Rio de Janeiro, lembrou que o DNIT é, originalmente, o responsável pela rodovia, mas, em função da liminar judicial que mantém a Concessionária Rio-Juiz de Fora na administração da BR-040, o município deve ter também a anuência da ANTT e da concessionária. "A ligação Bingen-Quitandinha é fundamental para desafogar o trânsito do centro de Petrópolis e melhorar a mobilidade urbana e a qualidade de vida no município. Por isso, tenho trabalhado em parceria com a prefeitura para viabilizar o projeto junto à ANTT. A reunião na agência foi muito proveitosa e creio que vamos conseguir tornar realidade a ligação Bingen-Quitandinha", destaca o parlamentar.

O projeto, também conta com o apoio do legislativo de Petrópolis, onde foi aprovado por unanimidade na Câmara Municipal o projeto de lei que autoriza a municipalização. “É a sexta reunião da qual participo com a ANTT e essa foi a que me deixou mais otimista. Senti a boa vontade do diretor, Rafael Vitale, assim como do presidente da Concer. Assim que a ANTT bater o martelo, acredito que realizaremos esse sonho de tantas décadas”, pontuou o vice-presidente da Comissão de Trânsito da Câmara de Vereadores de Petrópolis.

Qualificação encerra programação da Prefeitura, que contou com ações nos postos de saúde e nas ruas

Com o tema “Rastreio e manejo da ideação suicida”, a Prefeitura de Petrópolis, por meio da Secretaria de Saúde, realizou nesta quarta-feira (29) uma capacitação para os profissionais da rede de saúde sobre o assunto. A qualificação, que aconteceu de forma virtual, faz parte da campanha do “Setembro Amarelo” do município, que busca a conscientização para a valorização da vida.

“A pandemia afetou a vida de diferentes formas. Precisamos adaptar os nossos atendimentos para que possamos atender as pessoas de acordo com as suas necessidades. Independente do momento que a pessoa esteja passando, precisamos mostrar que há um suporte do poder público para oferecer ajuda e acolhimento. Devemos valorizar a vida, nosso maior bem”, completa o governo interino.

O secretário de Saúde comenta que através do encontro, já saíram definições de ações que serão implementadas na rede. “Com esta capacitação, os profissionais da rede farão um rastreio das pessoas, utilizando uma escala de avaliação, na qual serão identificadas aquelas com maior vulnerabilidade para o atendimento imediato”.

A Prefeitura de Petrópolis oferece o acompanhamento psicológico no município. O encaminhamento é feito pela atenção básica, pelas equipes dos postos de saúde da família e unidades básicas de saúde. Em casos mais graves, as pessoas podem se encaminhar para os Centro de Atenção Psicossocial (Caps) diretamente. Os Centros de Atenção Psicossocial (Caps) realizam atividades internas, voltadas para a prevenção preconizada no Setembro Amarelo, junto aos pacientes e familiares que são acompanhados nesses equipamentos.

O município possui quatro Centros de Atenção Psicossocial. O Caps Nise da Silveira, no Centro da cidade, e o Núbia Helena, em Itaipava, atendem o público adulto. A unidade Sylvia Orthof, também no Centro da cidade, recebe o público infantil. Já o Caps AD Fênix, atende pessoas com problemas com álcool e drogas.

Setembro Amarelo teve ação nos postos de saúde e nas ruas

Durante o mês de setembro, a Prefeitura de Petrópolis realizou uma série de ações nos postos de saúde do município. Foram promovidas terapias comunitárias e atividades de grupo nas unidades de saúde da 24 de Maio, Dr. Thouzet, Posse, Independência, Bataillard, Pedras Brancas e na Academia da Saúde do Parque Cremerie.

Além disso, a Coordenadoria de Juventude promoveu nesta terça-feira (28), uma ação de conscientização a população na Praça Dom Pedro, com orientações e informações sobre o tema. A atividade foi idealizada com base na pesquisa Juventude em Dados. A iniciativa realizada para traçar o perfil social do jovem petropolitano, concluiu que 57% dos entrevistados sofrem ou já sofreram depressão. Outra iniciativa realizada pela coordenadoria, foi o debate por meio de uma live nas redes sociais sobre a saúde mental do jovem durante a pandemia.

Movimento visa atender cerca de quatro mil crianças

A Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias começa receber as doações para a campanha “Um Brinquedo por um Sorriso”. As arrecadações irão beneficiar cerca de quatro mil crianças mapeadas nas 22 comunidades onde há os Núcleos Comunitários de Defesa Civil (NUDEC) estruturados. Os brinquedos podem ser entregues até o dia 7 de outubro, na sede da Defesa Civil, no 15° Grupamento do Corpo de Bombeiros, na Avenida Barão do Rio Branco e no destacamento de Itaipava e no 26° Batalhão da Polícia Militar. A ação conta ainda com o apoio da Legião da Boa Vontade (LBV) e do Polo da Rua 16 de Março.

Todos os brinquedos estão sendo organizados na sede da Defesa Civil, que esta semana já recebeu doações de parceiros da LBV e do Instituto Corrente do Bem, além da população e da própria equipe da secretaria que está engajada com o movimento. A campanha recebe brinquedos novos e usados, que estejam em bom estado de uso. A entrega de todas as doações será feita no dia 8 de outubro, diretamente aos NUDEC que se encarregarão de fazer a distribuição pelas comunidades. "É muito bom ver a participação das pessoas em campanhas como esta. É um apoio, uma união, que faz enorme diferença na vida de milhares de pessoas", lembra o governo municipal.

“Estamos muito otimistas com esta campanha e contamos com a colaboração de toda a população, principalmente parceiros que podem nos ajudar a atingir a meta de brinquedos necessários”, destacou o secretário de Defesa Civil.

Até o fechamento da campanha, a Defesa Civil seguirá buscando novos apoiadores para atender todas as crianças das regiões mapeadas. “Com os voluntários que atuam nos NUDEC conseguimos saber o número de crianças de cada região. Temos percebido o engajamento da população com mais essa ação que promete fazer muitas crianças felizes”, destacou a diretora de projetos da Defesa Civil. O polo da Rua 16 de Março abraçou a proposta e também mobiliza lojistas a participarem da campanha. Ao todo, 11 lojas dão suporte como ponto de apoio para as arrecadações.

As doações podem ser entregues nos pontos de arrecadação instalados nos endereços abaixo:

Sede da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias
- Rua Buarque de Macedo, 128 – Centro

15° Grupamento do Corpo de Bombeiros
- Avenida Barão do Rio Branco, 1957 – Centro
- Estr. União e Indústria, 9998 – Itaipava

26° Batalhão de Polícia Militar
- R. Domingos Silvério – Quitandinha

Lojas do polo da Rua 16 de Março