Segundo o governo interino mudanças valem a partir da próxima segunda-feira, quando as intervenções serão feitas das 20h às 6h

O governo interino conseguiu junto à Águas da Imperador uma mudança importante para minimizar os transtornos provocados pela obra da concessionária no trânsito em Itaipava: os trabalhos, a partir de segunda-feira (25/10), serão realizados à noite, das 20h às 6h. A mudança foi confirmada em reunião nesta quinta-feira (21/10), que contou, ainda, com a participação de representantes do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e da Santa Luzia Engenharia, que executa as obras sob responsabilidade do DNIT na estrada. O município cobra que o órgão também altere o horário dos trabalhos, reduzindo os impactos dos trabalhos na área.

A partir da próxima segunda-feira, dia 25, todo o trabalho que vem sendo realizado pela Águas do Imperador no trecho que vai da Ponte dos Arcos até a altura do número 11.300 (próximo à Serraria Itaipava) será feito à noite, no horário compreendido entre 20h e 6h. Enquanto isso, a Santa Luzia Engenharia vai concluir, ainda durante o dia, a pavimentação que está sendo executada na parte de mão dupla da estrada, entre o trevo de Bonsucesso e o Hortomercado. O município cobra que, em seguida, um novo cronograma seja traçado para que os trabalhos de revitalização da via também passem para o período noturno. O pleito já foi apresentado anteriormente, inclusive diretamente ao diretor geral do DNIT em recente encontro com o governo interino em Brasília.

No início deste mês, também com o objetivo de minimizar os impactos da obra no trânsito, a Prefeitura liberou a passagem de veículos pela rua Joaquim Agante Moço (via que passa por trás do Parque Municipal de Itaipava). A rua foi asfaltada, após anos de pedidos pela obra.

Na reunião com as empresas, que teve a presença do secretário-chefe de Gabinete, do presidente da CPTrans, do secretário de Obras, e do secretário de Turismo, o engenheiro Arnaldo Pinho Rodrigues representou o DNIT. Ele estava acompanhado do coordenador de obras Luiz Álvaro Mendes Jr e do engenheiro residente Victor Arruda, da empresa que executa os trabalhos na estrada. Pela Águas do Imperador, além do superintendente Marcio Salles, participaram o gerente de engenharia Marcelo Volpi e o coordenador de obras Wellington Quatorzevoltas. O vereador Maurinho Branco, o subsecretário de Obras e o assessor da Turispetro também acompanharam a reunião.

"Todos sabemos da importância dessas obras em Itaipava, tanto para a melhoria na ligação viária entre o centro e os distritos, quanto para a qualidade e efetividade do abastecimento de água na região. No entanto, elas precisam ser executadas de forma a gerar o menor impacto possível ao cotidiano da população. Já tínhamos feito este pedido às empresas e, agora, a Águas do Imperador confirmou a mudança. Estamos cobrando também que o DNIT também faça a mudança no cronograma", destaca o governo interino.

Para o secretário-chefe de Gabinete, o encontro teve por objetivo encontrar alternativas que viabilizem não somente o ir e vir dos moradores dos distritos, mas também que não afetem o turismo, o comércio e o setor de serviços da região. "Sabemos que essa não é uma questão simples, mas é exatamente por isso estamos todos aqui hoje buscando alternativas que atenuem os impactos na mobilidade e na economia do distrito. A mudança no horário das intervenções, que é uma recomendação do governo interino, cobrada já há algum tempo, certamente vai trazer impactos positivos em vários setores", ponderou.

O vereador Maurinho Branco, que mora nos distritos, também comemorou o acordo. "Moradores da Posse, por exemplo, estão levando até três horas para chegar ao Centro da cidade. Com essa conquista de transferir às obras para o período noturno, certamente a situação da mobilidade vai melhorar bastante", afirmou o vice-presidente da Comissão de Mobilidade Urbana da Câmara Municipal.

"Nosso objetivo é universalizar o saneamento no Município e realizar as obras da melhor maneira para a população e para o Município. Estamos ampliando nossas frentes de trabalho e modificaremos o horário para evitar os impactos no trânsito. Esse é um trabalho importante que beneficiará 130 mil moradores de Itaipava, Pedro do Rio e Posse e, indiretamente, toda a cidade", disse o superintendente da Águas do Imperador, Marcio Salles.

As equipes de enfermagem, sob coordenação do departamento de Vigilância em Saúde, deram sequência na quinta (21/10) a vacinação contra a covid-19. Durante todo o dia, 2.273 pessoas foram vacinadas na cidade. Destas 67 receberam a primeira dose, 1.134 receberam a segunda dose e 1.072 receberam a dose de reforço. Até o momento 235.379  pessoas receberam a primeira dose, 157.564 receberam a segunda dose, 6.805 receberam a dose única e 10.908 idosos institucionalizados e acamados, idosos maiores de 60 anos, pacientes imunossuprimidos e trabalhadores da Saúde receberam a dose de reforço do imunizante. Por conta da logística de informações para fechamento dos dados o boletim da vacinação passou a ser divulgado na parte da manhã.  

Nos pontos de imunização quatro idosos receberam a vacina, sendo um com  primeira dose e três com a segunda dose. Equipes aplicaram também a dose de reforço em 727 idosos, 11 pacientes imunossuprimidos e 334 trabalhadores da Saúde.

A primeira dose da vacina foi aplicada ainda em 13 pessoas com idade entre 18 e 59 anos sem comorbidades. Na faixa etária abaixo de 59 anos, 1.087 pessoas também receberam a segunda dose. Também foram vacinados com a primeira dose, 46 adolescentes sem comorbidade.

Equipes aplicaram a vacina em nove gestantes, sendo cinco com a primeira dose e quatro com a segunda dose. Nove puérperas também foram vacinadas, sendo uma com a primeira dose e oito com a segunda dose.

Também receberam a segunda dose da vacina 16 trabalhadores da Saúde,  sete profissionais de Educação, quatro trabalhadores do setor de Transportes e um trabalhador de limpeza urbana.

A vacina também foi aplicada em duas pessoas em situação de rua, sendo uma com a primeira dose e uma com a segunda.

A vacinação contra a covid-19 segue nesta sexta-feira (22.10) em 13 pontos distribuídos nos cinco distritos da cidade.

Em caso de dúvidas é possível utilizar o Whatsapp da Saúde - assistente virtual que fornece informações sobre a vacinação, locais de atendimento a pacientes com sintomas da doença e boletins. O atendimento está disponível pelo número (24) 9.9200-1428.

Para conscientizar as pessoas que são atendidas diariamente nos nove centros de Referência em Assistência Social (CRAS) mantidos pela Secretaria de Assistência Social, as servidoras que atuam nos espaços estão vestindo a camisa do Outubro Rosa. O objetivo é exaltar o mês de conscientização sobre o câncer de mama.

“Informação é tudo e a camisa é um dos símbolos de sensibilização. Agradeço as servidoras que estão na linha de frente, atendendo as famílias nesses equipamentos públicos que realizam atendimentos importantes para famílias e pessoas que precisam do suporte do poder público”, disse o governo interino.

A campanha Outubro Rosa é realizada mundialmente e leva, através de ações conjuntas, informações de tratamento sobre a doença para a redução da mortalidade.

Só em setembro, os CRAS do município realizaram mais de seis mil atendimentos. “Um assunto que pode e deve estar em foco em todos os locais que realizam atendimento da população. Muito além de vestir a camisa, as equipes da Assistência Social estão a postos para orientar, tirar dúvidas e encaminhar as pessoas que precisam de ajuda e informação sobre atendimentos e acesso a programas governamentais de apoio”, comentou o secretário de Assistência Social.

Em Petrópolis, até o dia 31 de outubro, o Palácio Sérgio Fadel (prédio da Prefeitura) e os monumentos 14 Bis e Obelisco estarão iluminados com a cor rosa também em alusão à campanha.

A Prefeitura de Petrópolis oferece nesta sexta-feira (22), das 19h às 23 horas, testagens contra Sífilis, HIV e Hepatites B e C. A ação acontecerá na Praça da Liberdade, no Centro da Cidade, e busca orientar a população sobre a importância da prevenção das infecções sexualmente transmissíveis. O teste tem o resultado disponível em poucos minutos e faz parte da programação do governo municipal da Campanha de Combate à Sífilis e à Sífilis Congênita, promovida pela Área Técnica de IST, HIV e Hepatite B e C da Secretaria de Saúde.

“A prevenção sempre é o melhor caminho no cuidado com a saúde. A testagem contra as infecções sexualmente transmissíveis é disponibilizada na Área Técnica de IST, HIV e Hepatite B e C, o antigo programa DST/Aids, ao lado do Hospital Municipal Nelson de Sá Earp, todos os dias da semana. Além disso, vamos realizar a ação para quem não pode ir até a unidade em um local central da cidade, em que os principais frequentadores fazem parte do público jovem”, destaca o governo interino.

O último sábado (16), foi o dia de combate à Sífilis e à Sífilis Congênita. A doença é uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST), causada pela bactéria Treponema pallidum, ela pode ser transmitida de uma pessoa para outra durante o sexo sem camisinha com alguém infectado, por transfusão de sangue contaminado ou da mãe infectada para o bebê durante a gestação ou o parto.

“Pequenas feridas nos órgãos sexuais e caroços nas virilhas (ínguas), que surgem entre o sétimo e vigésimo dia após o sexo desprotegido com alguém infectado são os principais sintomas da infecção. Mesmo sem tratamento, essas feridas podem desaparecer sem deixar cicatriz. No entanto, a pessoa continua doente e a doença pode ficar estacionada por meses ou anos podendo causar complicações graves como cegueira, paralisia, doença cerebral e problemas cardíacos, levando, inclusive, à morte”, alertou o secretário de Saúde.

A coordenadora da Área Técnica de IST/Aids ressalta que todas as pessoas sexualmente ativas devem realizar o teste para diagnosticar a sífilis. “A sífilis congênita pode causar aborto, má formação do feto e/ou morte ao nascer. Por isso, principalmente as gestantes devem realizar o teste”, orientou.

A Área Técnica de IST, HIV e Hepatite B e C (antigo programa DST/Aids) realiza atendimento de segunda a sexta-feira, de 8h as 16h30. Nas quintas o horário de acolhimento é estendido até as 19h30. A unidade fica ao lado do Hospital Municipal Nelson de Sá Earp (HMNSE).

Os funcionários e servidores do Centro Administrativo da Prefeitura de Petrópolis tiveram uma quarta (20) e quinta-feira (21) diferentes: eles realizaram testes contra Sífilis, HIV e Hepatites B e C no local. A ação faz parte da mobilização do Outubro Rosa promovida pelo governo municipal. Nesta sexta-feira (22) acontece um aulão de atividades físicas para encerrar a programação.

“Levamos as orientações e instruções para os servidores e funcionários da Prefeitura. Todos precisam estar atentos aos cuidados com a saúde, para que, em qualquer sinal suspeito da doença, seja possível o diagnóstico precoce”, destacou o secretário de Saúde, que acompanhou as atividades.

Ao todo 60 pessoas realizaram os testes nos dois dias. Larissa Dias, que trabalha na Assessoria Jurídica, conta que aproveitou a oportunidade para realizar os testes, que tem o resultado disponível em poucos minutos: “Aproveitei que estou aqui e a oportunidade de me cuidar. É importante pelo cuidado com a saúde em geral, especialmente a saúde da mulher”. A auxiliar de limpeza, Roseli da Silva, que também realizou a testagem, brinca que tirar sangue não foi problema. “Sou doadora de sangue há dois anos. Sempre é bom fazer o teste por precaução. É importante saber se tenho algum problema ou doença para realizar o tratamento antes”, disse.

A programação de atividades no Centro Administrativo da Prefeitura termina nesta sexta-feira com um aulão de atividades físicas promovido pelo diretor das academias de Saúde, às 14 horas. Durante a semana também foram realizadas palestras com representantes da Associação Petropolitana de Pacientes Oncológicos (APPO) e das áreas técnicas da Secretaria de Saúde.

Dia D da campanha Outubro Rosa acontece neste sábado

Neste sábado (23) acontece o Dia D da campanha Outubro Rosa em Petrópolis. Nas unidades de saúde do município serão realizadas educação em saúde, exames ginecológicos com coleta de preventivo, solicitação de mamografia, realização de testes rápidos de Sífilis, HIV e Hepatites B e C e atividades com as mulheres. A ação começa às 9h e segue até 16h, em mais de 40 unidades de saúde da cidade.

No dia 26, a equipe da Secretaria de Saúde fará um “pit stop” com educação em saúde, orientações sobre o câncer de colo de útero e mama, realização de testes rápidos e arrecadação de fraldas para os pacientes atendidos pela Frente Nacional de Combate ao Câncer (FNCC). A ação acontece na Praça Dom Pedro, no Centro da Cidade, das 9h às 16 horas.

A programação do Outubro Rosa da Prefeitura de Petrópolis é realizada pela Secretaria de Saúde em parceria com o Hospital Alcides Carneiro (HAC), áreas técnicas da Saúde, Associação Petropolitana dos Pacientes Oncológicos e Frente Nacional de Combate ao Câncer.

A intervenção também já ocorreu nos rios Piabanha, no Capela, e Santo Antônio, Vale do Cuiabá.

A prefeitura, por meio da secretaria de Obras, deu início nesta semana ao trabalho de desassoreamento e limpeza no rio Quitandinha, que começa a partir do trecho da rua Coronel Veiga próximo à entrada do Gulf e segue em direção ao bairro. Além do rio Quitandinha, o trabalho também vem sendo executado no rio Ave Lallemant, que margeia a rua Dr. Paulo Hervê, no Capela, onde a intervenção acontece entre a rua Gutman Bicho e o trecho próximo ao shopping Badia. Além da região do Bingen e Quitandinha, também está em execução o desassoreamento, feito através do programa Limpa Rio do Instituto Estadual do Ambiente - Inea, do governo do Estado, no rio Santo Antônio, no Vale do Cuiabá.

“Começamos esse trabalho lá no Parque São Vicente, seguimos pelo Capela e Vale do Cuiabá e agora no Quitandinha. Esse é um trabalho fundamental especialmente nesse período em que se aproxima a estação chuvosa.”, ressaltou o governo interino.

O trabalho no rio Quitandinha tem previsão para ser executado ao longo das próximas semanas, a depender das condições climáticas. “Ainda faremos esse trabalho no rio Piabanha. Ele começará a partir do Palácio de Cristal e virá subindo ao longo da rua Bingen”, ressalta o subsecretário de Obras, que informa ainda que o trabalho também será ampliado no terceiro distrito. “Estamos conversando com o Inea para que esse trabalho aconteça ainda no trecho entre Correas e Itaipava do rio Piabanha. Atualmente, o Inea executa ainda a dragagem do rio Santo Antônio entre o Vale do Cuiabá e o distrito de Itaipava e temos previsão de que esse trabalho ocorra também na Posse”.

Em agosto, a Prefeitura realizou o trabalho no Parque São Vicente, Quitandinha. A limpeza dos lagos aconteceu também em uma parceria com o Inea. A limpeza ocorreu em uma área de dois mil metros quadrados. Segundo o presidente da Companhia Municipal de Desenvolvimento de Petrópolis – Comdep, além de necessária, a limpeza do lago era um pedido da comunidade do local. “A ação era necessária, pois a última manutenção aconteceu há pouco mais de três anos, realizada pela própria companhia, para a retirada das gigogas”, explica o presidente Comdep.

“Existe um cronograma na cidade, que começou lá no parque São Vicente e agora chegou no quitandinha. Esse trabalho é muito importante, principalmente agora se aproximando do verão, com chuvas fortes. Esse trabalho que vem sendo feito vai colaborar muito para amenizar a questão dos alagamentos no município”, destacou o secretário de Meio Ambiente.

Evento busca uma atuação conjunta do Estado e dos 22 municípios da Região Metropolitana

O secretário de Meio Ambiente esteve presente no 1º Encontro de Integração Metropolitana realizado na tarde de quarta-feira (21), no Palácio da Cidade, em Botafogo, no Rio de Janeiro. O objetivo da reunião foi debater a atuação conjunta do Estado e dos 22 municípios metropolitanos, buscando a execução de políticas públicas que possam colaborar no desenvolvimento da região.

”É um projeto que não só visa combater problemas econômicos, mas também permite um desenvolvimento contundente na área de meio ambiente. A participação do nosso município nesses projetos, que envolvem o Estado como um todo, é muito importante para Petrópolis”, disse o secretário de Meio Ambiente.

Além do secretário de Meio Ambiente do município, também estiveram presentes no encontro o prefeito da cidade do Rio de Janeiro, o secretário de Meio Ambiente do Estado e o secretário de Integração Metropolitana.

O evento, voltado para pacientes e familiares, aconteceu no Centro de Tratamento Oncológico - CTO e foi organizado pela Radio Serra.

A Jujuba chega e logo a sessão de fotos e carinhos começa. É assim, todas as vezes que a cadela, da raça Golden Retriever, uma agente (canina) do Grupamento de Operações com Cães, do canil Rufus Von Kru Gdorf, da Guarda Civil Municipal, visita o Centro de Tratamento Oncológico - CTO, um espaço voltado para quem está na luta contra o câncer. Desde muito nova, com dois meses de vida, ela alegra não só os pacientes, mas também as pessoas que estão envolta: pais, filhos, tios, irmãos, avós, amigos. Hoje (21), não foi diferente. No evento promovido pela Associação Petropolitana dos Pacientes Oncológicos - APPO e pela Radio Serra, lá estava ela usando a sensibilidade canina para deixar tudo muito mais leve.

“Eu amo cachorro”, deixa muito claro a Maria Vitória Pereira Jorge, 10 anos, que conhece a Jujuba desde que as duas eram mais novas. “Eu vinha aqui sempre acompanhar o tratamento da minha mãe”. A mãe, Eliane Isidoro Pereira Jorge, que venceu um câncer de mama, não esconde o tanto que gosta de cachorro também, especialmente da Jujuba. “Desde 2017 eu venho aqui. A primeira vez que a guarda chegou aqui com a Jujuba foi uma surpresa maravilhosa. Pra gente que está em tratamento, você chega aqui, brinca com o cachorro e esquece aquilo que vai enfrentar”, conta.

Claro, que a Jujuba tirou foto com cada paciente que chegava no CTO hoje, mas não eram eles os únicos que queria aproveitar a presença da agente da Guarda. “Não só os pacientes, mas a equipe de profissionais adora esse contato com a Jujuba”, ressalta a psicóloga da APPO, que lembra que a ação de hoje buscou o contato espontâneo com o paciente oncológico que buscam o tratamento de quimio, radio ou para consultas de tratamento de rotina. “Hoje, além da cinoterapia, dentro desse projeto idealizado pela Radio Serra e apoiado pela APPO e CTO, oferecemos massagem, café da manhã. Um carinho, um acolhimento, que conta ainda com psicólogos, nutricionistas, médicos, dando suporte aos pacientes e familiares, para uma abordagem leve, sem tratar do quadro clínico”, destaca.

A cinoterapia, que foi retomada esse ano pela Guarda Civil, promove bem-estar físico, emocional, cognitivo e social e tem o “melhor amigo do homem” como principal agente terapêutico. “É um trabalho fundamental prestado pela nossa Guarda Civil, que felizmente conseguimos fazer com que retornasse. Os cães são a alegria não só dos pacientes, que passam por um momento muito difícil, como também dos familiares, que estão ali acompanhando todo esse processo”, destaca o governo interino.

Para o superintendente geral da Guarda é um trabalho fundamental também para os guardas e para os animais que participam de ações como a de hoje e do trabalho contínuo de atendimento aos pacientes do CTO. “O trabalho acontece há cinco anos e só foi interrompido pela pandemia. Retornou este ano e no que depender da gente continuará sempre”. A cinoterapia acontece sempre às terças-feiras, às 9h30, de forma quinzenal.

O governo interino esteve reunido hoje (21/10) com o secretário Estadual de Trabalho e Renda, alinhando melhorias e investimento para aqueles que buscam inserção, reinserção e manutenção do trabalhado. A Casa do Trabalhador de Petrópolis será polo da Região Serrana do Estado do Rio de Janeiro. Com isso, a unidade, que também contará com a administração e custeio do governo do Estado - atualmente é responsabilidade do município - ganhará outros serviços, com a busca ativa por vagas de empregos nas empresas por meio de um aplicativo, além de se tornar uma cidade facilitadora para os demais municípios da região.

"Buscamos sempre oferecer os serviços de maneira qualificada e estruturada para a população. Com o apoio do governo do Estado, podemos avançar nesse sentido. A partir do momento em que Petrópolis se torna polo, viramos referência na Região Serrana sobre o assunto”, destacou o governo interino, que esteve acompanhado da coordenadora Especial de Articulação Institucional.

Segundo o secretário da Setrab-RJ, dessa forma, a unidade do município poderá "estimular ainda mais a formação e a qualificação profissional dos cidadãos, desenvolvendo ações de apoio ao trabalhador por meio de parcerias". Destacou ainda que Petrópolis "se tornará uma matriz para a Região Serrana, podendo contribuir ainda mais os demais municípios próximos".

Em funcionamento desde o dia 14 de janeiro deste ano, a Casa do Trabalhador oferece suporte para a emissão de carteira de trabalho digital (1ª e 2ª via), orientação ao trabalhador, instruções sobre elaboração de currículo, auxílio de cadastro no Balcão de Empregos da Prefeitura, atendimento para o seguro-desemprego, entre outras indicações para o mercado de trabalho. Foram mais de 7 mil atendimentos realizados, segundo balanço apresentado no fim de agosto.

A Casa do Trabalhador funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, na Rua Dr. Porciúncula 75, Centro (antiga Rodoviária). Vale lembrar que quem passa pela porta do local tem acesso as vagas disponíveis no Balcão de Empregos no dia. Outras informações podem ser consultadas pelo telefone 2246-8942.

A iniciativa já viabilizou 92 posses responsáveis, desde fevereiro

Neste sábado (23), a Coordenadoria de Bem-estar Animal (Cobea) realiza a 2ª edição da Primavera de Adoção na Praça Dom Pedro II, das 10h às 15h. A ação, que acontece desde fevereiro no município, tem a intenção de estimular a guarda responsável de cães e gatos. As instituições Cão Amor, Cão sem Dono, Amor Vira-lata, GAPA Itaipava e Alma Peluda serão as responsáveis por disponibilizar os animais para acolhimento. Os interessados em ganhar um novo amigo precisam apresentar documentos de identificação pessoal, carteira de identidade e CPF, comprovante de residência fixa, ser maior de 18 anos, além de atender os pré-requisitos exigidos pela Coordenadoria para garantir que os animais estarão seguros de seus direitos básicos.

“Prezamos sempre pela segurança e por garantir adoções responsáveis. Queremos viabilizar lares com estrutura para que os bichinhos possam receber muito amor e carinho”, explica o governo interino, que ainda lembra que os novos tutores podem ficar tranquilos pois todos os pets já chegam aptos para acolhimento devido à parceria com os protetores da cidade. “Os animais que estarão presentes na campanha já chegam vacinados, vermifugados e castrados”, completou.

Neste fim de semana, uma equipe da Vigilância Ambiental marcará presença no evento orientando a população sobre as arboviroses - doenças epidêmicas transmitidas pela fêmea adulta do mosquito Aedes aegypti. A Rospauth e Escola de Tosa Cintia Lima também estarão como apoiadoras da etapa e irão beneficiar os recentes tutores, respectivamente, com um vale de 10% de desconto em produtos de suas lojas e com uma sessão de banho e tosa aos animais adotados. Já a empresa Comidinhas da Pandora sorteará um naked cake e cupcakes aos novos acolhedores.

A coordenadora de Bem-estar Animal afirma que a expectativa é ampliar, cada vez mais, o número de acolhimentos nesta edição. “Já atingimos a marca de 92 adoções este ano. Estamos perto das 100 e a perspectiva é de conseguirmos ainda neste mês. Estamos procurando realizar um evento agradável, benéfico e consciente para alcançarmos mais pessoas”, conta a coordenadora.

Vale destacar que em caso de chuvas fortes ou moderadas, a campanha será agendada para uma nova data. Para esclarecimento de dúvidas, a Coordenadoria disponibiliza o e-mail e telefone para atendimento da população. E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ; telefone: (24) 2291-1505.

A taxa de ocupação de leitos para pacientes com covid-19 no Sistema Único de Saúde nesta quinta-feira (21/10) está em 6,67% em leito clínico da rede SUS. A UTI covid na rede SUS registrou 10,61% de ocupação. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, incluindo hospitais públicos e privados, são 14 pacientes internados na cidade: sendo 10 em UTIs e quatro em leitos clínicos. Um óbito foi confirmado e inserido na base de dados do município nesta quinta-feira

Até agora foram realizados no município 203.647 testes para Covid-19, com 49.297 resultados positivos e 154.341 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab).

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 1.542 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erro na informação divulgada pela Secretaria de Saúde. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br)

Óbitos:

Mulher, 84 anos, moradora na Mosela. Internado em 13.09.2021 no HST. Óbito registrado em 18.10.2021 no HST. Paciente com diabetes e hipertensão arterial.

A partir desta sexta-feira (22), o ônibus lilás, da Prefeitura, vai ganhar um importante reforço. Por determinação da Coordenadoria Especial de Articulação Institucional, equipes do Programa Petrópolis da Paz, estarão acompanhando o Centro de Referência em Atendimento à Mulher – CRAM na visita as comunidades. Além de divulgar os serviços e contribuir na orientação da população, eles vão facilitar o acesso do cidadão a programas e projetos oferecidos pelo poder público.

“São serviços importantes e que, sem dúvida, vão ajudar muitas pessoas que, muitas vezes, não conseguem chegar a esses locais e até desconhecem a existência deles. Os conflitos entre os moradores das comunidades, por exemplo, poderão ser levados para a Câmara de Mediação, sem passar pela justiça tradicional”, disse o governo interino.

Para a coordenadora do CRAM assim como o Centro de Referência, o Petrópolis da Paz também precisa estar inserido nas comunidades e bairros mais distantes. “A ideia é propiciar à comunidade a conscientização de seus direitos e deveres, e ajudar àqueles que estão vivenciando uma situação de conflito a oportunidade de buscar uma solução pacífica além de um espaço de escuta para prevenir esses conflitos”, afirma.

A coordenadora do programa Petrópolis da Paz, frisa que as ações conjuntas com o ônibus lilás representam maior extensão da divulgação e prestação dos serviços a população. “Nossa equipe estará disponível para tirar dúvidas e promover a cultura da paz através da divulgação dos conceitos da mediação de conflitos baseadas no respeito, dignidade e amor. Queremos promover a justiça social por meio do desenvolvimento das comunidades visitadas e o envolvimento dos cidadãos nas suas próprias questões de conflitos, permitindo que encontrem soluções mais saudáveis com o apoio da mediação”, destaca.

Nesta sexta-feira (22), o ônibus lilás estará na Comunidade do Contorno, na localidade conhecida como Campinho. O veículo estará estacionado nas proximidades da quadra, de 9h às 14h.

Objetivo é que animais resgatados em fiscalizações tenham espaços adequados no município

O secretário de Meio Ambiente visitou nesta quinta-feira (21/10) a Reserva Biológica (Rebio) de Araras para alinhar projetos que permitam o abrigo de pássaros resgatados pela pasta, através da construção de um viveiro para a reabilitação das aves. O planejamento também conta com o apoio do Inea e do gabinete do vereador Domingos Protetor.

“Temos buscado junto aos órgãos responsáveis diversas ações em relação à situação dos animais e do meio ambiente como um todo. Nosso objetivo é garantir a preservação ambiental no município. Através de parcerias com o Inea e a Rebio, acreditamos que teremos grandes avanços nesta área”, disse o governo interino.

No local, o secretário municipal visitou a estrutura da Reserva e os possíveis pontos para a instalação do viveiro. “A questão de animais silvestres não é de competência do município, mas podemos traçar parcerias que beneficiem essa área. Nossa conversa com o Inea e a Rebio foi muito produtiva e acredito que teremos novidades importantes”, disse.

A gestora da Rebio Araras disse que há uma demanda no local para o resgate de animais silvestres. “Como instituições, temos que estar organizados para que outras pessoas possam nos auxiliar. Aqui, na Rebio Araras, temos essa demanda de resgate de fauna. Tínhamos essa ideia de ter um lugar mais apropriado. É muito bem-vinda essa parceria”, afirmou.

As instituições estão buscando parcerias e estudam como será a viabilização do projeto. "Foi uma reunião para esclarecimentos e alinhamento", explicou o chefe de fiscalização do Inea, Ramon Santiago.

Objetivo é fomentar parcerias para desenvolver capacitação profissional do setor de tecnologia

O secretário de Desenvolvimento Econômico representando o governo interino, esteve presente em uma reunião na última quarta-feira (20.10) com O secretário estadual de Ciência e Tecnologia, Dr. Serginho, para alinhar parcerias e fortalecer ações direcionadas para o setor tecnológico de Petrópolis e Região Serrana. Uma das ideias colocadas em pauta é a capacitação de profissionais para atender a demanda tecnológica da área. Representantes da Faeterj Petrópolis e do Serratec também participaram do encontro.

Outra reunião também foi realizada com o diretor executivo do Sesi/Senai, Alexandre dos Reis, com intuito de fortalecer as parcerias existentes e moldar ações na área de tecnologia e inovação.

“Estamos alinhando várias ações para fomentar o setor de tecnologia no município. Temos empresas e mão de obra especializada, mas, com o aquecimento do setor, vamos precisar de mais profissionais qualificados. Por isso, estamos alinhando com o governo estadual a possibilidade de trazer cursos e novos projetos para Petrópolis”, disse o secretário de Desenvolvimento Econômico.