Terça, 07 Dezembro 2021 11:30

Boletim vacinação – 06/12/2021 (segunda)

As equipes de enfermagem, sob coordenação do departamento de Vigilância em Saúde, deram sequência na segunda-feira (06/12) a vacinação contra a covid-19. Durante todo o dia, 1.064 pessoas foram vacinadas na cidade. Destas 94 receberam a primeira dose, 708 receberam a segunda dose e 262 receberam a dose de reforço. Até o momento 239.463 pessoas receberam a primeira dose, 209.586 receberam a segunda dose, 6.805 receberam a dose única e 32.671 pessoas maiores de 18 anos, além de idosos institucionalizados e acamados, idosos maiores de 60 anos, pacientes imunossuprimidos e trabalhadores da Saúde receberam a dose de reforço do imunizante. Por conta da logística de informações para fechamento dos dados o boletim da vacinação passou a ser divulgado na parte da manhã.

Nos pontos de imunização as equipes aplicaram a segunda dose da vacina em um idoso. A dose de reforço foi aplicada em 171 idosos, 33 pessoas maiores de 18 anos, sete pacientes com comorbidades e 51 trabalhadores da Saúde.

A primeira dose da vacina foi aplicada ainda em 59 pessoas com idade entre 18 e 59 anos sem comorbidade. Na faixa etária abaixo de 59 anos, 365 pessoas também receberam a segunda dose. Também foram vacinados 368 adolescentes sem comorbidades, sendo 33 com a primeira dose e 335 com a segunda dose.

Equipes vacinaram quatro gestante com a segunda dose. Quatro puérperas também foram vacinadas, sendo uma com a primeira dose e três com a segunda dose.
Um trabalhador da Saúde também recebeu a primeira dose.

Em caso de dúvidas é possível utilizar o Whatsapp da Saúde - assistente virtual que fornece informações sobre a vacinação, locais de atendimento a pacientes com sintomas da doença e boletins. O atendimento está disponível pelo número (24) 9.9200-1428.

Terça, 07 Dezembro 2021 10:39

06.12.21 - Boletim Epidemiológico

A taxa de ocupação de leitos para pacientes com covid-19 no Sistema Único de Saúde, nesta segunda-feira (06.12), está em 6,67% em leito clínico e em 3,03% para leitos de UTI na rede pública. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, somando hospitais públicos e privados, são seis pacientes internados, sendo quatro em leitos clínicos e dois em leitos de UTI. Dois óbitos foram confirmados nesta segunda-feira e tiveram os dados inseridos na base de dados da prefeitura.

Até agora, foram realizados no município 211.568 testes para Covid-19, com 50.280 resultados positivos e 161.073 negativos (levando em consideração testes rápidos e swab).
A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, em 1.561, é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erro na informação divulgada pela Secretaria de Saúde. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Óbitos:

1 – Mulher, 100 anos, moradora da Mosela. Internada em 09/11/21 no SMH, com óbito registrado em 13/11/21. Paciente com doença cardiovascular crônica e doença renal crônica
2 – Mulher, 75 anos, moradora do Caxambu. Paciente internada em 03/11/21 na UPA Cascatinha, com óbito registrado em 25/11. Paciente com doença cardiovascular crônica e imunossupressão.

A atração encantou famílias que foram às ruas na noite deste domingo para curtir as atrações do Natal Imperial.

O primeiro fim de semana do Natal Imperial foi recheado de atrações que encantaram petropolitanos e turistas. E uma delas aconteceu bem no fim do domingo (5). A Caravana Iluminada da Coca-Cola percorreu a cidade com seus quatro caminhões, tocando a música natalina tema da campanha 2021 da empresa de refrigerantes (A Magia Acontece), que leva às ruas uma tradição de 26 anos. No roteiro, que começou no pórtico do Quitandinha e foi acompanhado de perto pelo governo interino, foi incluído ainda os bairros Castelânea, Alto da Serra, Bingen e o Centro Histórico.

“Queremos que esse seja um Natal especial para a nossa cidade, que a gente possa garantir um pouco de alegria para a nossa população, depois da fase mais difícil da pandemia. A vacinação possibilitou o Natal Imperial e ela é mérito da nossa população que abraçou a causa, que entendeu a importância de se imunizar”, ressaltou o prefeito, que foi com a família acompanhar a chegada da caravana.

Poucas horas antes, o trajeto dos caminhões foi divulgado e já lá no pórtico do Quitandinha estava a família do Rodrigo Souza, esperando para registrar cada momento. “É bem emocionante. A gente assiste o comercial e é muito parecido. Traz lembranças boas, que lembram os Natais que a gente passou em família”, conta o eletricista.

Em frente à entrada do bairro Independência, na avenida General Rondon, estava a Joana Lima e os filhos. “Vi na internet e corri para vir ver. Estamos todos encantados. É muito legal. Dou os parabéns por essa ideia”, disse dona de casa.

Do Quitandinha, a caravana, que contava, em um dos carros, com a ceia entre o Papai e a Mamãe Noel (encenada por colaboradores da empresa) passou pela Olavo Bilac (Castelânea) e pela Praça Pasteur, de onde seguiu para o bairro Alto da Serra. No Centro Histórico, o roteiro incluiu a Rua da Imperatriz, a Rua do Imperador (onde contornou o Obelisco), seguindo pela rua Raul de Leoni, Avenida Ipiranga, Avenida Koeler para finalmente chegar até a Praça da Liberdade, onde muitas pessoas foram surpreendidas com a atração. “Meu filho está encantado e, não vou mentir, eu também. Está tornando essa noite muito especial. Vou lembrar para sempre e acredito que ele também”, conta Carlos Gomes, que é auxiliar de pedreiro.

O restante do trajeto ainda incluiu a rua Roberto Silveira, Montecaseros, Avenida Piabanha, Rua Bingen e Paulo Hervê.

Policiais do 26º BPM de Petrópolis participaram na manhã desta segunda-feira (06), da palestra “Homens pelo Fim da Violência Contra as Mulheres”. Os agentes receberam as Cartilhas do Homem e do Centro de Referência em Atendimento à Mulher (CRAM), que vão auxiliar as equipes da PM no atendimento em casos de violência doméstica.

Idealizada pela promotora Vanessa Katz, a palestra foi promovida pela Prefeitura, por meio da Coordenadoria Especial de Articulação Institucional e ministrada pela coordenadora do Centro de Referência em Atendimento à Mulher e pelos policiais militares cabo Elisama Lima e sargento Rondillene José Manoel Fontes, ambos da Patrulha Maria da Penha.

“O acolhimento humanizado dessas mulheres é fundamental para fazer com que elas se sintam seguras e consigam, de fato, deixar os ciclos de violência. Hoje, a nossa intenção é sensibilizar cada vez mais as instituições de segurança e órgãos de proteção à mulher, para garantir que elas sejam recebidas com a atenção e cuidado que merecem”, disse o governo interino.

Por meio do Ônibus Lilás, a Prefeitura tem realizado a busca ativa das mulheres vítimas de violência, indo até elas dentro das comunidades. “Em muitos casos elas não conseguem chegar ao Centro da cidade. Temos buscado trabalhar de forma integrada e essas parcerias com o Ministério Público, as polícias Civil e Militar e a nossa própria Guarda Civil, têm garantido bons resultados. Ninguém faz nada sozinho”, complementou o prefeito.

A ação faz parte da programação dos 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra as Mulheres e pela passagem do Dia do Laço Branco - Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra as Mulheres. “Estamos avançando na construção da rede de atendimento à mulher na cidade e este processo de integração com a PM é fundamental. A capacitação de hoje foi um primeiro passo, muito importante”, disse a promotora Vanessa Katz, lembrando que no próximo dia 15 de dezembro haverá uma live sobre a rede de atendimento à mulher vítima de violência em Petrópolis.

O coronel André Henrique, comandante do 26º BPM, também destacou as parcerias, o trabalho realizado pelo CRAM e a importância da capacitação continuada dos policiais. “Precisamos estar sempre nos atualizando e, hoje, de forma bem didática o CRAM trouxe alguns casos assombrosos, mas que aconteceram. Por isso, nossas equipes da sala de operações precisam estar preparadas para orientar e socorrer essas mulheres vítimas de violência”, frisou o comandante do 26ºBPM.

Para a coordenadora do CRAM, é essencial que todos os setores que trabalham no enfrentamento à violência estejam articulados. “É fundamental que entendam fluxos e protocolos e que dialoguem entre si. Com isso, a palestra de hoje traz um grande avanço para que junto com a Polícia Militar possamos trabalhar da maneira mais eficiente possível”, disse a coordenadora do CRAM, ao lado da coordenadora do Gabinete da Cidadania.

Escultura foi instalada no trevo de Bonsucesso em 1961, durante os festejos do centenário da estrada

Uma escultura em bronze, assinada pelo artista Antonio Geraldes, que reproduz a Mazzepa - primeira carruagem a fazer o percurso entre Petrópolis e Juiz de Fora, puxada por duas parelhas de cavalos - instalada no trevo de Bonsucesso em 1961, durante os festejos do centenário da Estrada União e Indústria, está sendo recuperada em ação conjunta da Prefeitura de Petrópolis com a iniciativa privada.

A peça está sendo restaurada em uma fundição no Rio de Janeiro, e todo o custeio foi articulado pela Associação Filantrópica de Petrópolis (AFIPE), que buscou apoio junto ao empresariado de Itaipava. A reinstalação do monumento faz parte do projeto Vamos Florir Itaipava, que inclui a revitalização do trevo, numa iniciativa conjunta da Prefeitura, por meio da Turispetro, Secretaria de Meio Ambiente e Comdep, com a própria associação.
 
"A escultura é um importante marco na história da estrada e graças a essa parceria com a iniciativa privada sua recuperação está sendo viabilizada. Será certamente um atrativo a mais para o trevo que recebeu melhorias recentes", destaca o governo interino.
 
"Há alguns meses vínhamos em contato com a presidente da Afipe, Vera Cecília, para, em conjunto, tentarmos recuperar este monumento. Recentemente, a Prefeitura promoveu intervenções no trevo de Bonsucesso, na parte de jardinagem e pintura, instalação do pavilhão nacional, tudo no sentido de embelezamento do local, que é a porta de entrada do distrito de Itaipava", disse o secretário de Turismo, lembrando que a localização das peças pela equipe da Turispetro vai facilitar bastante o processo de restauro da Mazzepa.
 
Segundo ele, parte da escultura estava guardada no depósito da Prefeitura, e outra parte será reconstruída com base em fotos e documentos da época da instalação, na década de 60. A peça em homenagem aos idealizadores da estrada traz ainda à sua direita a efígie do Imperador Pedro II, patrocinador do monumento, e à sua esquerda a efígie de Mariano Procópio, construtor da Estrada União e Indústria, assim como os nomes dos engenheiros e técnicos que participaram da construção da rodovia.
 
"Ficamos muito felizes com a notícia de que a Prefeitura havia preservado parte do monumento. Isso vai baratear o serviço de restauração da escultura, que tem importante valor histórico e cultural não somente para a Estrada União e Indústria, mas para o distrito de Itaipava como um todo", disse a presidente da AFIPE.
 
Atualmente, no local, encontram-se as colunas construídas com placas de mármore, medindo 18 metros de altura, e o retângulo monumental, também em mármore, que abrigava a escultura em bronze. Ainda pode ser observada na face posterior do monumento uma placa em bronze contendo informações técnicas, como os operários que trabalharam na construção, contratados na França por Mariano Procópio.

As apresentações da Caravana Natalina - show sobre rodas, em carro aberto, que vai percorrer ruas da cidade, foram reprogramadas em função da previsão de chuva para esta terça (7) e quarta-feira (8). Dentro da programação do Natal Imperial, serão seis apresentações, em quatro dias (14, 15, 21 e 22 de dezembro), sendo que nos últimos dois dias haverá duas apresentações, com itinerários diferentes, em cada dia. A caravana sairá do Centro Histórico às 19h e vai percorrer os bairros de Petrópolis com uma apresentação musical de Natal.

Em reunião com as lideranças comunitárias, realizada nesta segunda-feira (6), a Prefeitura, por meio da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias, fechou o trabalho deste ano para reestruturação dos Núcleos Comunitários de Defesa Civil, que faz parte do projeto NUDEC 2.0. Segundo o governo interino, ao todo, o município passou a contar com 28 estruturas de NUDEC. Dessas, 23 já estão com o trabalho formado e as demais serão finalizadas até o fim de dezembro. O evento contou com a presença de 50 líderes comunitários, que tiveram a oportunidade de falar sobre o trabalho que vem sendo desenvolvido nas localidades para o enfrentamento do período de chuvas.

“O NUDEC é uma estrutura importante, que tem sido muito bem aceita nas comunidades. Esse trabalho é fundamental para a melhor atuação do poder público nas localidades. Essa parceria entre população de Defesa Civil faz grande diferença nas ações de mitigação de riscos, principalmente nesse período ao qual estamos chegando, de chuvas fortes”, destacou o governo interino que parabenizou as lideranças comunitárias pelo engajamento de cada região na adoção de práticas voltadas para a prevenção de desastres.

Iniciada no início do ano, a reestruturação dos NUDEC foi possível a partir da colaboração das lideranças comunitárias para que houvesse a maior participação de moradores, que atuam como interface da Defesa Civil nas localidades. “Esse é um importante projeto de cidadania que está sendo possível graças ao envolvimento dos moradores. É um trabalho de fortalecimento de políticas públicas nas comunidades, que oferece estrutura para o processo de melhoria de qualidade de vida da população”, destacou o secretário de Defesa Civil, que ressaltou a integração de outras áreas de governo municipal para a realização do trabalho, como as secretarias de Serviço, Segurança e Ordem Pública e Assistência Social.

Os NUDECs são organizações nas localidades que atuam na disseminação de orientações de prevenção e mitigação de riscos. São formados por representantes das comunidades que, principalmente em situação de emergência, possuem interface direta com a Defesa Civil para informar ocorrências e repassar aos demais moradores as orientações de segurança, com foco na prevenção e redução de danos. Com a nova estrutura proposta pela Defesa Civil, os NUDECs passam a ser um canal de contato com as comunidades de forma continuada, não sendo referência apenas em casos de desastres. E é o que comprova a coordenadora do NUDEC do Vale do Cuiabá. “Fazer com que o NUDEC fosse reconhecido não só no momento de tragédia e poder mostrar que atuamos na comunidade com várias outras ações e benefícios sempre foi um sonho. E é esse olhar que a Defesa Civil traz com essa parceria. Com esse apoio vamos poder fazer muito mais”, ressaltou.

Ao longo de todo o trabalho de reestruturação, os representantes dos NUDECs foram apresentados à nova proposta de atuação da Defesa Civil nas comunidades. O objetivo é levar não só orientação para situações de desastres, mas facilitar o acesso a instruções de segurança e cursos profissionalizantes. Entre os exemplos está a parceria feita com o SAMU, para a realização do curso Guardiões da Comunidade, que oferece orientações básicas de primeiros socorros; com a Firjan, será possível o acesso a formações variadas.

O Programa Municipal de Pacificação Restaurativa - Petrópolis da Paz é mais um serviço que passa a ser levado para as comunidades através dos NUDECs. O trabalho de mediação de conflitos, que existe há quatro anos no município, foi apresentado aos líderes comunitários. A ideia é levar o projeto para as localidades com o foco apresentar soluções e evitar a judicialização de casos que podem ser solucionados de forma amigável entre as partes. “Nosso trabalho não evita o conflito, mas diminui os impactos, evitando que se chegue aos extremos entre as partes envolvidas”, destacou a coordenadora do trabalho.

Defesa Civil lança mais uma cartilha para preparar a comunidade para atuar nos NUDEC

Com a Cartilha Sistema de Alerta e Alarme a Defesa Civil leva para as comunidades orientações básicas de segurança, principalmente para a atuação em dias de emergência. No material há informações sobre o funcionamento do sistema de alerta e alarme; informações sobre os pluviômetros que medem o volume de chuva nas localidades; demarcação de rotas de fuga em áreas seguras; pontos de apoio das comunidades para dias de chuva forte; níveis de alertas para o acionamento das comunidades; condutas seguras para a mobilização da população e evacuação de área de risco; entre outras. A cartilha está disponível no site do órgão e pode ser acessada pelo link https://www.petropolis.rj.gov.br/dfc/.

As inscrições para a VII Conferência Municipal de Educação 2021 foram prorrogadas e seguem agora até a próxima quarta-feira, dia 15. O cadastramento deve ser feito no site da Prefeitura de Petrópolis (www.petropolis.rj.gov.br). O evento será totalmente online e acontece no dia 18 de dezembro, das 8h às 17h.

A VII Conferência é realizada pelo Conselho Municipal de Educação (Comed) e pela Prefeitura de Petrópolis, por meio da Secretaria de Educação. O evento é aberto ao público e tem como objetivo o monitoramento e avaliação das estratégias para o alcance das metas municipais propostas para o decênio 2015–2025 e acompanhar o processo de avaliação do Plano Municipal de Educação.
 
A programação da VII Conferência Municipal de Educação 2021 tem início às 8h e contará com a presença do governo interino, do secretário de Educação, do presidente do Comed, Jelcy Corrêa, e do presidente da Comissão da Educação da Câmara Municipal, vereador Yuri Moura. Em seguida haverá a aprovação do Regimento Interno da Conferência e a apresentação das Notas Técnicas. O encerramento acontece às 17h.
 
Pré-conferência Municipal de Educação
 
A pré-conferência Municipal de Educação começa nesta terça-feira (7) e vai até quinta (9). O evento será totalmente online e tem como objetivo apresentar o resultado do monitoramento, feito nos últimos três anos – 2019, 2020 e 2021 -, do Plano Municipal de Educação. Esse documento, depois de apresentado e discutido, será colocado em votação na VII Conferência Municipal de Educação 2021.

Carnês começam a ser distribuídos na próxima sexta-feira (10)

Contribuintes que optarem pelo pagamento do Imposto Predial Territorial e Urbano (IPTU) 2022 em cota única até 6 de janeiro vão garantir 10% de desconto no tributo. Os carnês – cerca de 98.500 – começam a ser distribuídos nesta sexta-feira (10/12). Quem optar pela cota única com vencimento em 7 de fevereiro terá 7% de desconto e a quitação até 7 de março de 2022 assegura redução de 5% no valor. Para os contribuintes que optarem pelo pagamento mensal, a primeira parcela do tributo vence no dia 20 de janeiro. Vale destacar que as pessoas que não receberem seus carnês durante esse mês, deverão tirar a segunda via na página eletrônica da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

“O desconto de 10% serve de incentivo àquele contribuinte que tem condições de fazer o pagamento do valor total. O IPTU é uma das principais fontes de arrecadação própria do município e garante serviços importantes para o dia a dia da população”, aponta o governo interino, citando como exemplo a manutenção de unidades de saúde, aquisição de medicamentos, limpeza e iluminação.

Encontro será realizado no Teatro Afonso Arinos, no Centro de Cultura Raul de Leoni

A proposta com as novas diretrizes do Plano Municipal de Cultura será apresentada em uma reunião na próxima sexta-feira (10) no Teatro Afonso Arinos, no Centro de Cultura Raul de Leoni. O encontro – aberto para a sociedade civil, levando em conta a capacidade do espaço – tem o objetivo de coletar informações para o texto final do novo plano, que será exibido em uma reunião extraordinária do Conselho Municipal de Cultura (CMC) ainda em dezembro. O trabalho é uma iniciativa da prefeitura, através do Instituto Municipal de Cultura (IMC), em conjunto com a sociedade civil organizada com o apoio do CMC.

Até o momento, foram realizadas seis reuniões para a elaboração do novo documento do Plano Municipal de Cultura. Uma delas foi presencial e contou com a participação dos conselheiros do CMC. Outras cinco foram on-line, com a presença de representantes de 21 segmentos culturais. O trabalho está sendo abordado em cima de três aspectos: o diagnóstico, as diretrizes e o funcionamento do Sistema Municipal de Cultura.

O plano vigente atual foi criado há 11 anos, sendo decenal e, por isso, é necessário que agora seja realizada mais que uma revisão, mas sim, um processo de elaboração de um novo plano. "Foi montada uma comissão dentro do conselho em 2019 para iniciar a construção do novo plano, mas em virtude da covid-19, esse trabalho precisou ser interrompido. Retomamos neste ano revisando aquilo que já havia sido feito antes da pandemia. Ressalto que contamos com o apoio do CMC e da classe cultural para chegarmos até aqui”, conta o presidente do IMC, lembrando que para esse ano as diretrizes do plano anterior foram prorrogadas.

Após a reunião de sexta-feira, será dado um prazo para a elaboração do texto final, que ainda será votado em uma reunião especial do CMC. Após o documento final pronto, será construída a minuta do projeto de lei que será entregue ao governo interino, para que envie para a Câmara Municipal e seja votado. “Como o plano atual é anexo de uma lei, somente por outra lei poderá ser modificado”, explicou o presidente do IMC.

Petrópolis foi uma das primeiras cidades do Brasil a consolidar o seu Sistema Municipal de Cultura, um desdobramento do Sistema Nacional de Cultura, que é um instrumento de gestão compartilhada de políticas públicas de cultura entre os municípios e a sociedade civil. “Este plano é de extrema importância para o segmento e é fundamental a participação dos agentes culturais. Esse é um plano construído por muitas mãos”, completa o governo interino.

Uma boa dica para quem quer aproveitar o final do ano para acertar as dívidas: o Banco do Brasil iniciou nessa segunda-feira (06/12) o Mutirão de Renegociação BB, com condições especiais para renegociações de dívidas com descontos para liquidação à vista e também para renegociações a prazo das operações vencidas. A ação que é nacional e seguirá até o dia 17, em Petrópolis, conta com a intermediação do Procon.

Os gerentes gerais de duas agências da cidade, Lucas Figueiredo e Ivan Morch estiveram no Procon para alinhar a iniciativa. “Os consumidores poderão buscar no Procon por essa intermediação. Não importa o status atual de sua conta corrente ou contrato junto ao BB. A intenção é ajudar e a dica é que as pessoas busquem esse auxílio o mais rápido possível porque, de fato, a chance de conseguir uma boa negociação é grande”, afirmou o coordenador do Procon.

Segundo o Banco do Brasil, a intenção é a de proporcionar aos clientes a possibilidade de solucionar suas dívidas, incentivar a educação e planejamento financeiro pessoal e contribuir para retomada da economia. As condições especiais são para renegociações de dívidas com descontos para liquidação à vista de até 95%. Também estarão disponíveis descontos especiais nas taxas de juros para renegociações das operações vencidas e prazos que podem chegar até 100 meses para pagamento - condições disponíveis para públicos pré-selecionados pelo banco.

O Banco vai habilitar clientes pessoa física, produtor rural e pessoa jurídica no Mutirão, que possuam, dividas inadimplidas oriundas de operações de créditos pessoal, cartão de crédito, cheque especial e outras. Vale destacar que os canais digitais também estarão disponíveis para os clientes: internet, aplicativos de celular e telefone.

Os números para agendamento de atendimento no Procon são: (24) 2246-8469, 2246-8471, 2246-8473, 2246-8475, 2246-8477, 2246-8470, 2246-8472, 2246-8474 e 2246-8476. Os agendamentos também podem ser feitos pelo aplicativo ou pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. . Vale lembrar que o Procon funciona na Rua Doutor Moreira da Fonseca, número 33.

A ação fez parte das atividades do Natal do Sesc, que compõe a programação do Natal Imperial 2021.

Na manhã deste domingo (5), o governo interino participou de atividades do Natal do Sesc, que faz parte da programação do Natal Imperial 2021. Ao lado do treinador da equipe de vôlei do Sesc Flamengo, Bernardinho, acompanhou o treinamento ministrado pela equipe profissional feminina a adolescentes de clubes da cidade - como Palmeira e Petropolitano - além de projetos como o da Comac e C3. O prefeito ainda participou de ato para plantio, junto com o treinador, de uma árvore.

“Recentemente, recuperamos as quadras aqui do Parque Municipal, que hoje recebem essa atividade que o Sesc trouxe nessa parceria com o município para integrar o Natal Imperial. O esporte sempre foi um tema muito importante para mim. Sou profissional da área, já fui secretário de esportes do município e sei o quanto representa para os futuros atletas da nossa cidade essa oportunidade de estar ao lado de atletas profissionais, trocar experiência, aprender. Além disso, é uma oportunidade enorme receber dicas de um cara que é referência no esporte não só no Brasil, mas no mundo, como o Bernardinho”, destacou.

Estar ao lado do Bernardinho e da equipe de vôlei do Sesc Flamengo foi, para a garotada, uma experiência difícil de traduzir. “Não tenho palavras para descrever”, disse a Yasmin Coelho, de 12 anos. Mas, se faltaram palavras, sobraram sentimentos. “Eu tô tremendo até agora, desde a hora que eu cheguei no parque”, contou a Esther Baltar Luiz (17). Até que, finalmente, Ana Carolina Vieira de Souza (16), conseguiu uma definição. “Foi a melhor experiência que já tive”.

E, enquanto elas contavam a experiência, surgiu o técnico Bernardinho para elogiar. “Jogam muito, hein”. “É uma oportunidade única que o Sesc e a Prefeitura trazem para esses jovens, de aprender, de conhecer atletas, de ter essa inspiração, mas também de brincar, fazer essa interação, essa integração que é tão importante. É um prazer poder estar rodando o estado, conhecendo projetos como estes aqui de Petrópolis, dos clubes e dos projetos sociais, aqui no Parque Municipal de Petrópolis. As parcerias são fundamentais”, destacou Bernardinho.

Um dia especial também para as jogadoras que ajudaram a passar um pouco de conhecimento para as futuras atletas. “Essa é uma idade de descoberta, de você estar conhecendo o esporte. Eu comecei também assim, num projeto Viva Vôlei lá de Niterói, e a vivência com atletas profissionais acaba dando uma oportunidade de elas verem e aprenderem. A gente ensina um fundamento e também gera inclusão. Estar aqui não é divertido apenas para ela. É para a gente também”, diz a atleta do Sesc e da seleção brasileira, Gabi Guimarães.

A lição foi bem aprendida. “Eu não tenho muita segurança com o meu ataque e ela disse que eu preciso dar apenas um leve toque na bola, que vai sair ótimo”, detalhou a Yasmin.

Plantio de árvores

À convite da equipe do Sesc, o prefeito, o secretário de Esportes e o treinador Bernardinho foram até uma área do parque para fazer o plantio de árvores nativas da Mata Atlântica, como Jussara, Araucária, Mulungu, Ipê Branco e Nêspera.

São oito vagas para a Copa Imperial de Futsal Feminino que será realizada em janeiro de 2022
A prefeitura, através da Secretaria de Esportes, Promoção da Saúde, Juventude, Idoso e Lazer (SEPJIL), abriu hoje (06) inscrições para a Copa Imperial de Futsal Feminino. Serão oito vagas para a competição, que será realizada na segunda quinzena de janeiro em 2022 no Centro de Iniciação ao Esporte (CIE) de Petrópolis, no Caxambu. Podem participar atletas acima de 16 anos – no caso de menores de 18, precisam de autorização por escrito dos responsáveis. O objetivo do governo municipal é fortalecer a modalidade no município.
As inscrições podem ser feitas pelos responsáveis das equipes até o dia 20 de dezembro no Centro de Cultura Raul de Leoni, que fica na Praça Visconde de Mauá, 305, Centro, na sede da SEPJIL. “As principais atletas do futsal feminino são brasileiras. Aqui em Petrópolis existe um grande apelo na modalidade. Nos Jogos Estudantis, por exemplo, é grande o número de participação das alunas. Queremos incentivar a prática e abrir mais espaço para as nossas atletas”, destacou o governo interino.
A modalidade vem crescendo em todo o mundo. A atual Copa do Mundo de futsal feminina é organizada pela Associação Mundial de Futsal, com seis edições realizadas – todas vencidas pelo Brasil – mas não acontece desde 2015. Segundo o secretário da SEPJIL, Petrópolis tem bastante tradição na modalidade e as atletas precisam de mais espaço.
“Vamos continuar incentivando a prática esportiva. Petrópolis sempre foi um grande celeiro de atletas e eu acompanho isso há muitos anos. Com a realização da Copa Imperial de Futsal Feminino estaremos abrindo mais espaço para as nossas atletas e incentivando que as mais jovens permaneçam no esporte”, disse o secretário da SEPJIL.

Campanha do Novembro Azul do município teve o objetivo de repensar cuidados do homem com a saúde

A Prefeitura de Petrópolis mantém uma política específica para o público masculino do município. Ela tem o objetivo de garantir acesso às ações e aos serviços de saúde disponíveis, assim como acontece no trabalho voltado aos demais públicos. Coordenada pela Secretaria de Saúde, o governo municipal possui a Área Técnica de Saúde do Homem. A campanha do Novembro Azul deste ano em Petrópolis buscou estimular o cuidado integral dos homens com a saúde.

O governo interino destaca que o cuidado com a saúde do público masculino deve ser contínuo. “A valorização da saúde do homem é de extrema importância. Fico muito feliz de ver campanhas como o Novembro Azul e Ações em Saúde voltados também para este público. O objetivo é fortalecer a importância do cuidado integral do homem com o seu corpo e desmistificar alguns mitos”.

A coordenadora da Área Técnica de Saúde do Homem explica como funciona o Programa de Saúde do Homem no município. “Desenvolvemos ações e estratégias para alcançar a população masculina, tanto com acesso e acolhimento, como das dificuldades que o homem enfrenta para buscar o serviço. Realizamos esse trabalho junto com os serviços de saúde, incluindo as unidades de atenção básica (UBS). Ao longo do ano, fazemos ações que chamem a atenção do público para irem até os postos de saúde”.

A política de saúde do homem padronizada pelo Ministério da Saúde tem uma faixa etária exclusiva de 20 a 59 anos. O programa atua com atenção nas doenças mais prevalentes como hipertensão, diabetes, infecções sexualmente transmissíveis (IST), além de trabalhar com questões de alcoolismo, tabagismo e causas externas envolvendo acidentes de trânsito.

“Também chamamos atenção para o pré-natal do parceiro, em que trazemos o homem junto com a gestante na consulta e incentivamos ele a criar o hábito de se cuidar, fazer os exames, os testes rápidos e saber o seu histórico familiar. Trazer esse pai para estar junto para exercer uma paternidade ativa é uma das nossas missões também”, explica a coordenadora da Área Técnica de Saúde do Homem.

A campanha do Novembro Azul, realizada mundialmente todos os anos, tem o objetivo de conscientizar os homens sobre o câncer de próstata e incentivar o cuidado integral da saúde do público masculino. “Muitas doenças podem ser evitadas, se os homens procurarem os serviços de saúde com maior frequência para prevenção e cuidado com o seu corpo. A preocupação maior com o câncer de próstata está em identificar no público masculino quais são os fatores de risco preocupantes, saber quando algo de errado está acontecendo e ter a conscientização de que os homens realmente devem procurar o serviço de saúde, não somente quando precisam”, ressalta a coordenadora da Área Técnica de Saúde do Homem.

No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens. Alguns fatores podem contribuir para o aumento de risco como: idade, histórico familiar, raça, sobrepeso e obesidade. A coordenadora da Área Técnica de Saúde do Homem conta que o intuito é agregar valores de prevenção para que não se torne um problema mais a frente. “O nosso trabalho é desmistificar essa cultura do homem só procurar o atendimento ao serviço de saúde quando algo já está em um ritmo mais avançado. Buscamos trazer os homens para perto e fazer com que eles criem hábitos de saúde saudáveis cada vez mais cedo”.

Ela conclui dizendo que existem obstáculos e preconceitos do público masculino, mas que vai colhendo frutos. “Queremos criar vínculos e estratégias para que o acesso e acolhimento seja feito da melhor forma possível para garantir o maior acesso desses homens na nossa rede de saúde. Estamos caminhando e conquistando nosso espaço cada vez mais. É um trabalho de formiguinha, justamente pela cultura do homem de não procurar os serviços de saúde e por alguns outros fatores, mas que aos poucos a gente vai garantindo um acesso melhor para eles”.

A campanha do Novembro Azul em Petrópolis contou com atividades na Praça Dom Pedro, no Centro Administrativo da Prefeitura, no Centro de Saúde, na COMDEP, nos CRAS da cidade e em mais de 30 unidades de Saúde do município, além da realização de exames no Hospital Alcides Carneiro (HAC).

A Área Técnica de Saúde do Homem disponibiliza o telefone (24) 2233-8882 e o e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. para que quem se interessar em entrar em contato.