O boletim epidemiológico deste domingo (06/06) mostra que Petrópolis fez, até agora, 163.638 testes para Covid-19, com 38.573 resultados positivos e 122.074 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab).

Neste momento, 112 pessoas estão internadas em UTIs nas redes privada e SUS. Outras 106 estão em leitos clínicos, considerando leitos privados e SUS, totalizando assim, 218 internações em toda a rede da cidade. A ocupação de leitos clínicos na rede SUS é de 50,65% e 56,76% em UTI.

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 1.196 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erro na informação divulgada pela Secretaria de Saúde.

A Secretaria acrescenta, ainda, que trabalha na atualização de dados de notificações e casos em análise no sistema, inserindo ainda dados pendentes de meses anteriores. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

A Prefeitura de Petrópolis celebrou neste sábado (05/06) o Dia Mundial do Meio Ambiente, e anunciou uma semana de programação voltada para a conscientização da população sobre a importância da preservação ambiental, através de projetos educacionais. O tema será lembrado até o próximo dia 13 de junho, com uma programação híbrida, com palestras pela internet e passeios em parques.

Este ano, uma das novidades anunciadas pela Secretaria de Meio Ambiente é o levantamento de informações sobre os locais protegidos que recebem visitação pública. Neste sábado, o Parque Natural de Petrópolis – um dos 17 locais protegidos por lei no município - recolheu opiniões sobre como melhorar a gestão do espaço. Ao entrar no local, o visitante direcionada seu celular num QR Code e responde a perguntas antes de realizar o passeio. De posse destes dados, vem sendo estruturado um planejamento para melhorar a administração do Parque.

Como parte dos festejos do Dia Mundial do Meio Ambiente, foi anunciado o Programa Municipal de Educação Ambiental - o Promea - cuja coordenação e execução reunirá diferentes secretarias do Governo Municipal. "Ele consiste no desenvolvimento de trabalhos em parceria para atuarem em escolas, comunidades e unidades de conservação com o objetivo de conscientizar o público de todas as faixas etárias sobre a importância de preservar o meio ambiente e de uma vida sustentável", explica o assessor de parques e educação ambiental da Secretaria de Meio Ambiente. Profissionais como professores, biólogos e engenheiros estarão envolvidos em todo o processo de implementação do programa.

Público elogia a unidade de conservação

O sábado foi bem diferente para o gestor de meio ambiente Victor Leite e a contabilista Roberta Gomes, que são do Rio e visitaram o parque pela primeira vez, participando também da pesquisa. O passeio na unidade de conservação mais próximo do Centro Histórico agradou muito a ambos, que destacaram as condições do local e as trilhas bem demarcadas.

“A sinalização e as trilhas são bem claras. Gostamos muito de tudo aqui, da conservação e da diversidade natural do local. Pude até ver um pássaro que não conhecia e pretendo estudá-lo para conhecer mais sobre a vida abrigada aqui”, ressaltou Victor Leite, que é coordenador de meio ambiente do Bondinho do Pão de Açúcar, no Rio.

Para os interessados, a partir desta segunda até o próximo domingo (13/06), haverá uma semana de vídeo-palestras através do aplicativo Meet, sempre às 15 horas, com especialistas em diversos temas dentro da área ambiental. Você pode participar pelo App Zoom, de cada dia.

Veja a seguir a programação completa:

Dia: Segunda-feira - 7/Jun/2021
Artur Justen
Biólogo / GECORA SMA
Tema: Resíduos Sólidos
Horário: 15h
Plataforma: Zoom
Link: Entrar na reunião Zoom
https://us04web.zoom.us/j/74110281913?pwd=Yk9FaWcxcHBKY2NCdVgwNE96cVpmZz09
ID da reunião: 741 1028 1913
Senha de acesso: T9Nz8v

Dia: Terça-feira - 8 /Jun/ 2021
Anderson Campos
Historiador
Guia Nacional de Turismo
Coord. Educação Ambiental SMA Petrópolis
Tema: ProMEA Petrópolis - Programa Municipal de Educação Ambiental
Horário: 15h
Plataforma: Zoom
Link: Entrar na reunião Zoom
https://us04web.zoom.us/j/77894534767?pwd=NDhXMFZFVU01NnlGS09WUURhYytwQT09
ID da reunião: 778 9453 4767
Senha de acesso: z5fEbR


Dia: Quarta-feira - 9/Jun/2021
Anderson Pinheiro
Biólogo / Esp. Gestão Ambiental e Desenvolvimento Sustentável
GECORA SMA
Tema: Queimadas e Incêndios Florestais
Horário: 15h
Plataforma: Zoom
Link: Entrar na reunião Zoom
https://us04web.zoom.us/j/76633516733?pwd=VEVrcEtlMnI2SU9BdUdhV2QzbVhsQT09
ID da reunião: 766 3351 6733
Senha de acesso: 2EF93z


Dia: Quinta-feira - 10/Jun/2021
Julia Horta
Bióloga - GECORA - Gerência de Conservação e Recuperação Ambiental da SMA Petrópolis
Coord. GT ICMS Ecológico
Tema: Unidade de Conservação
Horário: 15h às 17h
Plataforma: Zoom
Link: Entrar na reunião Zoom
https://us04web.zoom.us/j/78126807270?pwd=SElHdDBQN3EwV3hRcEJyOFJ4Y0FIUT09
ID da reunião: 781 2680 7270
Senha de acesso: 2jQfSb

Dia: Sexta-feira - 11/Jun/2021
Dione Stork
Mestre Biologia / Vigilância Ambiental - Secretaria de Saúde
Tema: Animais Silvestres - Onças Pardas
Horário: 15h às 17h
Plataforma: Zoom
Link: Entrar na reunião Zoom
https://us04web.zoom.us/j/75179843133?pwd=Ukprbm1XcmxyeXVSVVJDbzhyN2RCdz09
ID da reunião: 751 7984 3133
Senha de acesso: 94CpnU


Sábado (12/06) - Parque Natural Municipal de Petrópolis
End: Rua Ipiranga, 853 - Centro
10h às 12h: Caminhada Ecológica Guiada – Trilha Alta do Parque Natural de Petrópolis
Doação de 100 mudas da Mata Atlântica

Domingo (13/06)
9h às 17h: Desafio Natural – Portão a portão do Parque Natural de Petrópolis (2km)
Inscrição Gratuita – QR Code do Parque

 

Maiores informações:
Secretaria de Meio Ambiente de Petrópolis
Setor de Educação Ambiental
(24) 2246-9234
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Parque Natural Municipal de Petrópolis
Telefone: (24) 2247-7358

A taxa de ocupação de leitos para pacientes com covid-19 no Sistema Único de Saúde se mantém, neste sábado (05/06), em 41,56% em leitos clínicos e 58,56% em UTIs. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, incluindo hospitais públicos e privados, são 213 pacientes internados, sendo 114 em UTIs e 99 em leitos clínicos.

Até agora foram realizados no município 163.636 testes para Covid-19, com 38.573 resultados positivos e 122.074 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab).

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 1.196 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erro na informação divulgada pela Secretaria de Saúde.

A Secretaria acrescenta, ainda, que trabalha na atualização de dados de notificações e casos em análise no sistema, inserindo ainda dados pendentes de meses anteriores. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

As equipes de enfermagem, sob coordenação do departamento de Vigilância em Saúde, deram sequência neste sábado (05/06) a vacinação contra a Covid-19. Durante todo o dia, 791 pessoas foram vacinadas na cidade. Destas 683 receberam a primeira dose e 108 receberam a segunda dose. Até o momento 88.205 pessoas receberam a primeira dose. Destas, 37.153 receberam a segunda dose do imunizante. Nos pontos de imunização foram vacinados 45 idosos, sendo 10 com a primeira dose e 35 com a segunda.

Receberam também a primeira dose, nove pessoas com deficiências e 545 pessoas com comorbidades. Além destes, 11 gestantes forma vacinadas, sendo uma com a primeira dose e 10 com a segunda. Seis puérperas também foram vacinadas: uma delas com a primeira dose e cinco com a segunda.

Equipes vacinaram ainda 90 profissionais de Saúde, sendo 33 com a primeira dose e 57 com a segunda. Também receberam a primeira dose da vacina, 84 profissionais de Educação. Um integrante das forças de segurança tomou a segunda dose da vacina.

A campanha de imunização contra a covid-19 segue na segunda-feira (07/06) em 10 pontos da cidade. Para a vacinação é preciso estar cadastrado junto a Secretaria de Saúde. Os dados devem ser preenchidos no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br)

Estão sendo vacinados no momento:

- Profissionais da Educação acima de 18 anos que atuam na Educação infantil (crianças de 0 a cinco anos) em Centros de Educação Infantil e em escolas que têm turmas da educação infantil

- Pessoas com comorbidades acima de 30 anos

- Trabalhadores da saúde com mais de 18 anos

- Pessoas com síndrome de down maiores de 18 anos

- Pessoas com autismo maiores de 18 anos

- Pacientes renais crônicos com mais de 18 anos

- Pessoas com paralisia cerebral maiores de 18 anos

- Pessoas com deficiência permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) com mais de 30 anos.

- Idosos com mais de 60 anos (aqueles que perderam o chamamento feito anteriormente)

A vacinação de gestantes e puérperas maiores de 18 anos com comorbidades, também segue com a aplicação da vacina CoronaVac. As doses do imunizante do Butantan recebidas no último lote devem ser destinadas exclusivamente a este público e estão sendo aplicadas em dois pontos da cidade: no campus da UCP Benjamin Constant (Centro) e no Parque Municipal, em Itaipava.

Em caso de dúvidas é possível utilizar o Whatsapp da Saúde, um assistente virtual que fornece informações sobre a vacinação, locais de atendimento a pacientes com sintomas da doença e boletins. Há, ainda, informações sobre a vacinação contra a gripe. O atendimento está disponível pelo número (24) 9.9200-1428.

UCP Benjamin Constant e Esporte Clube Corrêas também atenderão este público a partir de segunda

Com o objetivo de agilizar a vacinação de profissionais que atuam na Educação Infantil, a Secretaria de Saúde está ampliando de dois para quatro, os pontos para vacinação para este público. A partir de segunda-feira (07/06) além da Casa do Visconde de Mauá e do Parque Municipal em Itaipava (este passou a atender este grupo na sexta, dia 4), vagas para vacinação serão disponibilizadas também no Esporte Clube Corrêas e no ponto de drive thru no campus da UCP, na Rua Benjamin Constant - Centro. Para receber a vacina é preciso que o profissional esteja cadastrado junto à Secretaria de Saúde e apresente no local de vacinação a documentação que comprove o vínculo de trabalho especificamente na educação infantil. O cadastramento deve ser feito no site da prefeitura (www.pmp.rj,gov.br).

Podem se cadastrar profissionais da Educação das redes públicas e privada que trabalham na Educação Infantil (crianças de zero a cinco anos) em Centros de Educação Infantil e também aqueles que atuam em escolas que têm turmas de educação infantil. A medida vale para professores destas turmas, servidores de apoio e equipes gestoras que tenham contato direto com os alunos da educação infantil nas unidades escolares.

O secretário de Saúde destaca que a definição pelo segmento da educação infantil foi estabelecida por uma nota técnica emitida pelo Ministério da Saúde e frisa que o cadastro é fundamental para que a vacinação continue sendo realizada de forma organizada, como tem ocorrido desde o princípio da campanha de imunização contra a Covid-19.

“Petrópolis continua seguindo o Plano Nacional de Imunização do Ministério da Saúde. Começamos a vacinação com os profissionais da educação infantil, seguindo que determina a nota técnica de atualização do PNI. Seguiremos avançando, conforme as determinações do Ministério, até chegarmos aos profissionais e trabalhadores de educação do nível superior”, explica o secretário de Saúde.

No caso dos profissionais da rede municipal, além do preenchimento de cadastro no site da prefeitura, a Secretaria de Educação informou à Secretaria de Saúde os nomes dos profissionais que estão lotados nos CEIs, Escolas de Educação Infantil e Escolas regulares que atendem as turmas da educação infantil para facilitar na conferência de dados no momento da vacina.

Já os funcionários da rede particular que se cadastrarem devem apresentar no dia da vacina um documento da escola onde atuam, assinado e carimbado pelo responsável da unidade escolar, em papel timbrado, com identificação oficial da escola. O documento deve informar que, nos afazeres diários, o funcionário atua diretamente ou tem contato com as turmas que atendem à educação infantil.

A Secretaria de Saúde destaca que a vacinação segue também para os demais públicos já contemplados no PNI e que, salvo no caso das gestantes e puérperas com comorbidades e maiores de 18 anos, todos devem preencher o cadastro para vacinação contra a covid-19 .

Estão sendo vacinados no momento:

- Profissionais da Educação acima de 18 anos que atuam na Educação infantil (crianças de 0 a cinco anos) em Centros de Educação Infantil e em escolas que têm turmas da educação infantil

- Pessoas com comorbidades acima de 30 anos

- Trabalhadores da saúde com mais de 18 anos

- Pessoas com síndrome de down maiores de 18 anos

- Pessoas com autismo maiores de 18 anos

- Pacientes renais crônicos em diálise com mais de 18 anos

- Pessoas com paralisia cerebral maiores de 18 anos

- Pessoas com deficiência permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) com mais de 30 anos.

- Idosos com mais de 60 anos (aqueles que perderam o chamamento feito anteriormente)

- Gestante e puérperas com comorbidades acima de 18 anos (estas não precisam se cadastrar previamente)


A Prefeitura de Petrópolis, por meio da Coordenadoria de Bem-estar Animal (Cobea), realizou neste sábado (5), mais uma campanha de adoção responsável de cães e gatos. O objetivo é dar um lar aos animais que se encontram temporariamente com voluntários da causa. O evento aconteceu na Praça Dom Pedro.

Segundo o coordenador da Cobea, os animais levados para adoção responsável estão prontos, ou seja, castrados, vermifugados e vacinados contra a raiva. Só nesta edição seis cachorros encontraram um novo lar. Desde o início da atividade neste ano, em fevereiro, 36 foram adotados. “Podemos dizer que a campanha está sendo um sucesso”, destacou.

A campanha, cujo lema é “Não compre, adote”, conta com a participação de voluntários que também dedicam parte de seu tempo para cuidar de animais abandonados. Um deles é o “Amigo Viralata”, coordenado por Cris Sofia, que levou três cachorros e três gatos à adoção na campanha deste sábado. A protetora diz que eventos como este ajudam a amenizar o sofrimento de animais abandonados.

Além do “Amigo Viralata”, os demais parceiros da campanha são o Dog’s Heaven (@dogsheaven), Proteção Cão Amor (@protecaocaoamor) e GAPA Itaipava (@gapaitaipva.ong). A Companhia Petropolitana de Trânsito (CPTrans), a coordenadoria da Juventude e a loja de ração Rospauth também são apoiadoras do evento. Para realizar a adoção, é necessário ter mais de 18 anos, comprovar residência fixa e apresentar RG e CPF.

A partir da próxima segunda-feira (07), comunidades da cidade começarão a ser beneficiadas com o mutirão de serviços do programa “Acelera Petrópolis”. Nesta primeira edição, nove bairros do primeiro distrito serão atendidos pela Prefeitura com a intensificação de ações de capina, roçada, melhorias na iluminação pública, operações de tapa buracos e revitalização de sinalização viária.

Uma base do governo interino será montada no Independência, na Igreja Batista do Alto Independência, na Rua José Lino, 378. No local, moradores poderão fazer a atualização do Cad-único para manutenção ou obtenção das tarifas sociais de água e energia elétrica, por exemplo. Comdep, CPTrans, Secretaria de Obras, Secretaria de Serviços, Segurança e Ordem Pública – SSOP, Assistência Social e Coordenadoria Especial de Articulações Institucionais – CEAI estarão envolvidas no trabalho que vai levar melhorias para as comunidades.

Além do Independência, as equipes estarão empenhadas no São Sebastião, Siméria, Quitandinha, Taquara, Bairro Mauá, Cremerie, Dr. Thouzet, Quitandinha e Valparaíso.
As demandas de cada uma das regiões foram relacionadas nas reuniões semanais com agentes comunitários e lideranças.

A Comdep, além de intensificar as ações de capina e roçada, estará empenhada, ainda, em outros serviços. “No Independência, por exemplo, vamos priorizar a instalação e revitalização de corrimãos, troca e instalação de novas lixeiras, melhorias nos parquinhos e limpeza de rios e córregos. Isso significa mais qualidade de vida para toda a população. Também vamos buscar a conscientização da comunidade, como o descarte irregular de entulho e lixo”, disse o presidente da Companhia de Desenvolvimento de Petrópolis.

O Cram - Centro de Referência em Atendimento à Mulher, também vai estar no Independência. A visita do ônibus lilás, está marcada para o dia 11. Na estrutura, as equipes oferecem serviços multidisciplinares, psicólogos e auxílio jurídico. A ideia é acolher e orientar as mulheres, especialmente as vítimas de violência doméstica. As equipes também orientam sobre outros atendimentos, por exemplo, dúvidas relacionadas a pensão alimentícia, entre outras.

Enquanto a Secretaria de Obras vai intensificar operações de tapa-buracos, a CPTrans vai revitalizar toda a sinalização viária, inclusive pinturas de faixas e limpeza e substituição de placas. Já a Secretaria de Serviços Segurança e Ordem Pública, fará a revisão de toda iluminação pública.

As equipes de enfermagem, sob coordenação do departamento de Vigilância em Saúde, deram sequência nesta sexta-feira (04/06) a vacinação contra a Covid-19. Durante todo o dia, 1.697 pessoas foram vacinadas na cidade. Destas 1.544 receberam a primeira dose e 153 receberam a segunda dose. Até o momento 87.522 pessoas receberam a primeira dose. Destas, 37.045 receberam a segunda dose do imunizante.

Nos pontos de imunização foram vacinados 52 idosos, sendo 30 com a primeira dose e 22 com a segunda.

Receberam também a primeira dose, 13 pessoas com deficiências, 1.240 pessoas com comorbidades. Também receberam a vacina cinco gestantes, sendo três com a primeira dose e dias com a segunda.

Equipes vacinaram ainda 220 profissionais de Saúde, sendo 94 com a primeira dose e 126 com a segunda dose. Também receberam a primeira dose da vacina, 144 profissionais de Educação.

A campanha de imunização contra a covid-19 segue neste sábado (05/06) nos pontos de vacinação para grupos já convocados. Para a vacinação é preciso estar cadastrado junto a Secretaria de Saúde. Os dados devem ser preenchidos no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br)

Estão sendo vacinados no momento:

- Profissionais da Educação acima de 18 anos que atuam na Educação infantil (crianças de 0 a cinco anos) em Centros de Educação Infantil e em escolas que têm turmas da educação infantil

- Pessoas com comorbidades acima de 30 anos

- Trabalhadores da saúde com mais de 18 anos

- Pessoas com síndrome de down maiores de 18 anos

- Pessoas com autismo maiores de 18 anos

- Pacientes renais crônicos com mais de 18 anos

- Pessoas com paralisia cerebral maiores de 18 anos

- Pessoas com deficiência permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) com mais de 30 anos.

- Idosos com mais de 60 anos (aqueles que perderam o chamamento feito anteriormente)

A vacinação de gestantes e puérperas maiores de 18 anos com comorbidades, também segue com a aplicação da vacina CoronaVac. As doses do imunizante do Butantan recebidas no último lote devem ser destinadas exclusivamente a este público e estão sendo aplicadas em dois pontos da cidade: no campus da UCP Benjamin Constant (Centro) e no Parque Municipal, em Itaipava.

Em caso de dúvidas é possível utilizar o Whatsapp da Saúde, um assistente virtual que fornece informações sobre a vacinação, locais de atendimento a pacientes com sintomas da doença e boletins. Há, ainda, informações sobre a vacinação contra a gripe. O atendimento está disponível pelo número (24) 9.9200-1428.

O boletim epidemiológico desta sexta (04/06) mostra que Petrópolis fez, até agora, 163.636 testes para Covid-19, com 38.573 resultados positivos e 122.074 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab).

Neste momento, 114 pessoas estão internadas em UTIs nas redes privada e SUS. Outras 99 estão em leitos clínicos, considerando leitos privados e SUS, totalizando assim, 213 internações em toda a rede da cidade. A ocupação de leitos clínicos na rede SUS é de 41,56% e 58,56% em UTI.

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 1.196 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erro na informação divulgada pela Secretaria de Saúde.

A Secretaria acrescenta, ainda, que trabalha na atualização de dados de notificações e casos em análise no sistema, inserindo ainda dados pendentes de meses anteriores. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Administrado pelo governo municipal, o Restaurante Popular de Petrópolis é, para muitos, a certeza de alimentação saudável e balanceada a preço popular. Por lá, o dia começa com café da manhã a R$ 0,50 e, logo depois, a procura é pelo almoço, que, em função da pandemia, está sendo entregue em quentinhas. Ao todo, cerca de mil pessoas passam pelo local, todos os dias, para aproveitar a chance de almoçar com R$ 1. Só neste ano já foram servidas mais de 100 mil refeições. Entre as pessoas beneficiadas está o aposentado Eugênio Gomes Rodrigues, de 79 anos, que frequenta o local desde a sua inauguração.

O pedreiro, que trabalhou no Hotel Quitandinha nos anos 60, é só elogios ao Restaurante Popular, que funciona no terminal Imperatriz Leopoldina, no centro. Há 13 anos, chega cedo para o almoço, e não abre mão desta rotina de segunda a sexta-feira. Além da garantia do alimento na mesa por um valor que cabe no bolso, ele diz que o contato com as outras pessoas, especialmente fora da pandemia, é o que o motiva.

“O Restaurante Popular faz parte da minha vida. Venho aqui desde que inaugurou, de segunda a sexta-feira, sem faltar um dia sequer. A comida é deliciosa e as pessoas que trabalham aqui são minhas amigas. Além do almoço, tomo meu café da manhã diariamente. Moro sozinho e as coisas são difíceis. É um lugar que eu gosto muito de frequentar, bater um papo e saber das novidades”, disse o aposentado.

O vendedor ambulante Oscar de Figueiredo, de 59 anos, também frequenta o restaurante. Ele, que tem um filho autista, vai de segunda a sexta-feira ao restaurante para garantir as duas refeições. Para ele, a economia no fim do mês é enorme. “O Restaurante Popular é muito importante para a gente. Venho todos os dias. A comida é muito gostosa, de qualidade. Meu filho adora também. Só tenho a agradecer ao governo por termos uma alimentação de qualidade e barata”, disse.

A pensionista Manuelina Eleutério Graça, de 76 anos, aproveita também para fazer amizades no restaurante. A interação social, para ela, é tão importante quanto o valor baixo pago pela quentinha. “Gosto de vir aqui porque conheço outras pessoas e conversamos de tudo um pouco. O Restaurante Popular tem uma comida ótima e é barata. Frequento há seis anos e criei um círculo de amizades muito importante”, ressaltou Manuelina.

De acordo com a coordenadora do Restaurante Popular, a psicóloga Fernanda Medeiros, uma pesquisa realizada neste ano junto ao público do restaurante mostrou que, além do café da manhã a R$ 0,50 e almoço a R$ 1, as pessoas vão ao restaurante para ter interação social. A maioria são idosos. “A maioria dos que frequentam o Restaurante Popular hoje é formada por idosos. São pessoas que não apenas vêm tomar o café da manhã ou almoçar. Vêm para conversar e fazer novas amizades. Não se trata só de se alimentar e pronto. É mais do que isso”, observou Fernanda.

Na última semana, o Restaurante Popular alcançou a marca de 100 mil refeições servidas ao público. “Neste momento de alta do preço dos alimentos e do custo de vida como um todo, ter a possibilidade de uma alimentação saudável pelo valor de R$ 1 faz muita diferença na vida dos trabalhadores, dos desempregados, das pessoas em situação de rua, dos idosos ou dos aposentados que frequentam o centro da cidade onde está localizado o Restaurante Popular. Hoje, o restaurante passou a interagir com outros equipamentos da Assistência para que as pessoas que frequentam o restaurante possam, quando necessário, ser acompanhadas pelo CRAS mais próximo de sua residência”, lembrou a secretária de assistência social.

Mais três projetos financiados pelo Fundo Municipal de Cultura (FMC) serão lançados para o público petropolitano neste fim de semana. Dois são de dança e o outro uma contação de história em forma de teatro. As apresentações foram garantidos pelo governo interino, que homologou neste ano o resultado do edital do FMC de 2020, empenhando o valor total de R$ 220.400,00. Ao todo, 84 projetos serão agraciados pela verba do FMC.

Misturando as linguagens da dança e do documentário, a Cia Corpoiesis, companhia de dança contemporânea sediada em Petrópolis, apresenta sua obra audiovisual no espetáculo “À Flor da Pele”. Com estreia prevista para o domingo (06/06) no YouTube do grupo, o projeto utiliza depoimentos atuais dos integrantes da Cia, registros e cenas antigas de ensaios e apresentações gravadas no período de criação e estreia do espetáculo, cenas comentadas pelos integrantes, além de cenas atuais de dança e performances adaptadas do espetáculo para a linguagem do audiovisual. O link também estará disponível no Instagram: @corpoiesis

Também no próximo domingo, a artista circense Talita Costa apresenta um projeto que consiste na apresentação de uma coreografia de curta duração para iniciantes usando um bambolê. A projeto vai ao ar no Youtube Talita Bambolista. "Apesar de todas as dificuldades encontradas pelos agentes e profissionais da cultura para se reinventar durante a pandemia, a cena petropolitana se encheu de coragem, criatividade e talento para realizar belíssimos projetos. Acompanhar os lançamentos é ter a chance de aplaudir, ainda que virtualmente, toda essa prova de qualidade. Parabenizamos e agradecemos a todos os proponentes", pontua a gerente do Centro de Cultura.

Os contos da Casa da Árvore: "O ensopado da Bruxa Nair" e "A festa do boi" também serão realizados neste fim de semana. A atriz Luisa Alves se desdobra em vários personagens, usando-se de adereços, figurinos e bonecos. Utiliza-se ainda de músicas, efeitos sonoros, efeitos especiais, mesclando a linguagem da Contação de Histórias, do Teatro e do Audiovisual. As histórias começam na Casa da Árvore, mas se estendem a vários outros cenários, construindo uma atmosfera onírica, onde toda transformação é possível. No sábado, às 17h, e no domingo, às 11h, os vídeos estarão disponíveis no Youtube Teatro Circense Andança.

Representantes da Secretaria de Meio Ambiente do município de Nova Iguaçu estiveram em Petrópolis nesta quinta-feira (03/06), em busca de informações sobre a gestão ambiental dos parques e unidades de conservação situadas nos limites territoriais da cidade. Eles foram recebidos pelo Secretário de Meio Ambiente no Parque Natural Municipal de Petrópolis, na Avenida Ipiranga, onde fizeram um visita técnica pelas instações e trilhas do equipamento.

O parque foi recentemente reformado, tendo recebido uma série de melhorias no pórtico de entrada, pintura das salas de apoio para aos servidores e à Guarda Civil Municipal, assim como limpeza dos caminhos, trilhas e praças. "O mais importante é que hoje temos um espaço que atende ao público com conforto, e oferece opções de atividades esportivas e de lazer para pessoas de todas as idades", ressalta o governo interino, destacando a importância da troca de experiências entre os municípios.

"Esse intercâmbio é muito importante para as duas cidades. Eles vieram aqui conhecer um pouco do nosso trabalho, que vem conquistando resultados muito positivos nesses primeiros cinco meses, e em contrapartida, nós ficamos também entendendo um pouco da gestão ambiental de Nova Iguaçu, um cidade com um população três vezes maior que a nossa", destacou o Secretário de Meio Ambiente, que falou também das parcerias privadas que tem sido feitas no munícipio, buscando soluções para os projetos implementados por empresas e a obtenção, por meio de compensações, de recursos para a área do meio ambiente, o que tem chamado a atenção de outros municípios do estado.

A comissão de ambientalistas da Baixada Fluminense que veio a Petrópolis era formada por José Arnaldo dos Anjos de Oliveira, Superintendente de Meio Ambiente; Edgar Martins, Diretor Técnico e Chefe do Parque Natural Municipal de Nova Iguaçu; Marcela Diniz, coordenadora de gestão das Áreas Protegidas e Biodiversidade; e Karla Romeiro, Assessora da Coordenação de Gestao Ambiental.

O superintendente de Meio Ambiente de Nova Iguaçu elogiou o trabalho realizado em Petrópolis. "Realmente este espaço é um modelo de unidade de conservação em todos os seus aspectos, muito bem conservado com suas trilhas, jardinagem e essa iniciativa pioneira de fazer o mapeamento do público visitante através do sistema de QR Code instalado na entrada", disse referindo-se ao Parque Natural de Petrópolis.

A visita foi acompanhada pelo coordenador do equipamento que mostrou todo o espaço público aos ambientalistas, apresentando as placas indicativas com a presença dos pássaros e de bromélias que habitam o espaço, os conceitos de navegação, com mapas e bússolas que orientam o percurso pelas trilhas acessíveis e autorizadas da unidade de conservação.

O parque conta com área de 16,7 hectares com estágio avançado de Mata Atlântica. O local oferece um amplo espaço de ar puro, tranquilidade, com mesas e bancos disponíveis para refeições e outras atividades. O local está registrado no Cadastro Nacional de Unidades de Conservação do Ministério do Meio Ambiente e está inserido na APA-Petrópolis e na Reserva da Biosfera da Mata Atlântica. O horário de funcionamento do espaço é de segunda a domingo, de 8h30 às 17h30. O acesso do público está sendo autorizado após aferição de temperatura, sendo exigido o uso de máscaras em suas dependências.

A visita dos iguaçuanos a Petrópolis durou quase o dia inteiro. Após conhecerem o Parque Natural, o secretário acompanhou a comissão até a sede do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, no Bomfim. Nesta comunidade, eles puderam conhecer um pouco do Programa de Revitalização de Políticas Públicas das Áreas Rurais, onde foram instaladas fossas sépticas, além de filtros para o tratamento de esgoto, em uma parceria da prefeitura com o Inea, Ministério Público e Comitê Bacias do Piabanha.

O boletim epidemiológico desta quinta (03/06) mostra que Petrópolis fez, até agora, 163.636 testes para Covid-19, com 38.532 resultados positivos e 121.882 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab).

Neste momento, 122 pessoas estão internadas em UTIs nas redes privada e SUS. Outras 108 estão em leitos clínicos, considerando leitos privados e SUS, totalizando assim, 230 internações em toda a rede da cidade. A ocupação de leitos clínicos na rede SUS é de 53,25% e 65,77% em UTI.

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 1.196 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erro na informação divulgada pela Secretaria de Saúde.

A Secretaria acrescenta, ainda, que trabalha na atualização de dados de notificações e casos em análise no sistema, inserindo ainda dados pendentes de meses anteriores. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Vacinação será feita no Parque de Itaipava e Casa da Educação a partir de sexta

Profissionais que atuam na Educação infantil terão mais um ponto para receber a vacina contra a covid-19: o parque municipal em Itaipava. A medida foi adotada pela Secretaria de Saúde para acelerar o atendimento a este segmento que começou a ser vacinado nesta quarta-feira (02/06) na Casa da Educação Visconde de Mauá, no Centro. Para receber a vacina, assim como os demais públicos, é preciso que o profissional esteja cadastrado junto à Secretaria de Saúde e apresente no local de vacinação a documentação que comprove o vínculo de trabalho especificamente na educação infantil, no caso dos trabalhadores da rede privada. A Secretaria de Educação enviou à Saúde uma lista com os nomes dos profissionais da rede pública que se enquadram no público alvo. O cadastramento deve ser feito no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

“Demos hoje mais um passo na imunização contra a covid-19 em nossa cidade. Desde a abertura do cadastro, observamos uma demanda grande dos profissionais de Educação. Em função disso, a Secretaria organizou as equipes de vacinação para que possamos disponibilizar vagas em um seguindo ponto para atender o seguimento da Educação. Iniciamos a vacinação com os profissionais da educação infantil seguindo que determina a nota técnica do Ministério, referente ao Plano Nacional de Imunização. Iremos avançar, conforme as determinações do Ministério, até chegarmos aos profissionais e trabalhadores de educação do nível superior”, pontua o secretário de Saúde.

Podem se cadastrar profissionais da Educação das redes públicas e privada que atuam na Educação Infantil (crianças de zero a cinco anos) em Centros de Educação Infantil e também aqueles que trabalham nas escolas que têm turmas de educação infantil e vale para professores destas turmas, servidores de apoio e equipes gestoras das unidades.

No caso dos profissionais da rede municipal, além do preenchimento de cadastro no site da prefeitura, a Secretaria de Educação informou à Secretaria de Saúde os nomes dos profissionais que estão lotados nos CEIs, Escolas de Educação Infantil e Escolas regulares que atendem as turmas da educação infantil para facilitar na conferência de dados no momento da vacina.

Já os funcionários da rede particular que se cadastrarem devem apresentar no dia da vacina um documento da escola onde atuam, assinado e carimbado pelo responsável da unidade escolar, em papel timbrado, com identificação oficial da escola. O documento deve informar que, nos afazeres diários, o funcionário atua diretamente ou tem contato com as turmas que atendem à educação infantil. A Secretaria de Saúde lembra que o cadastro para vacinação contra a covid-19 para outros públicos continua disponível no site da prefeitura.

Estão sendo vacinados no momento:

- Profissionais da Educação acima de 18 anos que atuam na Educação infantil (crianças de 0 a cinco anos) em Centros de Educação Infantil e em escolas que têm turmas da educação infantil

- Pessoas com comorbidades acima de 30 anos

- Trabalhadores da saúde com mais de 18 anos

- Pessoas com síndrome de down maiores de 18 anos

- Pessoas com autismo maiores de 18 anos

- Pacientes renais crônicos com mais de 18 anos

- Pessoas com paralisia cerebral maiores de 18 anos

- Pessoas com deficiência permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) com mais de 30 anos.

- Idosos com mais de 60 anos (aqueles que perderam o chamamento feito anteriormente)

- Gestante e puérperas com comorbidades acima de 18 anos (estas não precisam se cadastrar previamente)


A campanha "Fazer o bem faz bem", criada pela Prefeitura através da Secretaria de Assistência Social para arrecadar alimentos e itens de higiene pessoal para pessoas em situação de vulnerabilidade social, já arrecadou uma tonelada de itens não perecíveis e centenas de materiais de higiene pessoal. Os donativos podem ser entregues em postos de vacinação contra a covid-19 e também em mercados participantes da campanha. 

Pessoas que comparecem às unidades para receberem a vacina são incentivadas a fazer a doação de um quilo de alimento não perecível ou álcool em gel, sabão e produtos de higiene. Além disso, supermercados no município têm pontos de coleta da campanha.

De fato, os petropolitanos têm participado da campanha, que completou recentemente um mês. Vânia Carvalho Santana Ramos, de 38 anos, foi nesta quarta-feira (2) tomar a primeira dose da vacina. “Acredito que os petropolitanos estão realmente dispostos a ajudar quem precisa. Se me proporcionaram o direito e a felicidade de vacinar, me sinto na obrigação de ajudar o outro, de matar a fome de quem precisa”, frisou ela.

Nos 10 postos de vacinação com recolhimentos de donativos e nos supermercados foram arrecadados, até ontem, cerca de uma tonelada e 200 em alimentos, além de artigos de higiene pessoal. Só em um dos postos, no Hipershopping ABC, no Alto da Serra, foram quase 300 quilos recebidos.  

De acordo com a secretária de assistência social nos próximos dias serão anunciadas as primeiras instituições que receberão as doações. A campanha tem uma importância enorme para a população que vive um período de dificuldades. É uma campanha que visa estimular a solidariedade entre os petropolitanos, aliviando o sofrimento e ao mesmo tempo estimulando o coletivismo da comunidade em prol da proteção aos mais vulneráveis”, declarou ela.

São postos de recolhimento de donativos os postos de vacinação: No distrito da Posse, no antigo PSF (em frente ao Ciep Gabriela Mistral); drive-thru no estacionamento do Hipershopping Petrópolis, no Alto da Serra; Clube Palmeira, no Itamarati; nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do Morin e Quitandinha; Esporte Clube Correas, em Corrêas; na sede do Petropolitano Futebol Clube, no Centro; drive-thru no Parque Municipal em Itaipava; Campus da UCP na Rua Benjamim Constant, no Centro e na área ao lado da quadra da UCP, no Bingen. Nestes pontos a vacinação acontece sempre de segunda a sábado das 9h às 16h.

Os mercados também estão recolhendo os donativos: Terê Frutas na Paulo Barbosa, Alto da Serra, Cascatinha e da Praça da Inconfidência; Supermarket (Centro e Quitandinha); Dib Distribuidora (Corrêas, Centro, Olavo Bilac e Cascatinha); Rede Economia (Bingen) e Multimix (Centro e Itaipava). A Casa da Cidadania também recebe as doações em sua sede, na rua Visconde de Souza Franco, 474, de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h.

As equipes de enfermagem, sob coordenação do departamento de Vigilância em Saúde, deram sequência nesta quarta-feira (02/06) a vacinação contra a Covid-19. Durante todo o dia, 1.719 pessoas foram vacinadas na cidade. Destas 1419 receberam a primeira dose e 300 receberam a segunda dose. Até o momento 85.978 pessoas receberam a primeira dose. Destas, 36.892 receberam a segunda dose do imunizante.

Nos pontos de imunização foram vacinados 176 idosos, sendo 24 com a primeira dose e 152 com a segunda. Foram vacinados também sete idosos acamados, sendo quatro com a primeira dose e três com a segunda dose.

Receberam também a primeira dose, 23 pessoas com deficiências, 1.202 pessoas com comorbidades. Também receberam a vacina seis gestantes e uma puérpera.

Equipes vacinaram ainda 210 profissionais de Saúde, sendo 65 com a primeira dose e 145 com a segunda dose. Também receberam a primeira dose da vacina, 94 profissionais de Educação.

A campanha de imunização contra a covid-19 segue na quarta-feira (04/06) em 10 pontos de vacinação da cidade para grupos já convocados. Para a vacinação é preciso estar cadastrado junto a Secretaria de Saúde. Os dados devem ser preenchidos no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br)

Estão sendo vacinados no momento:

- Profissionais da Educação acima de 18 anos que atuam na Educação infantil (crianças de 0 a cinco anos) em Centros de Educação Infantil e em escolas que têm turmas da educação infantil

- Pessoas com comorbidades acima de 30 anos

- Trabalhadores da saúde com mais de 18 anos

- Pessoas com síndrome de down maiores de 18 anos

- Pessoas com autismo maiores de 18 anos

- Pacientes renais crônicos com mais de 18 anos

- Pessoas com paralisia cerebral maiores de 18 anos

- Pessoas com deficiência permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) com mais de 30 anos.

- Idosos com mais de 60 anos (aqueles que perderam o chamamento feito anteriormente)

A vacinação de gestantes e puérperas maiores de 18 anos com comorbidades, também segue com a aplicação da vacina CoronaVac. As doses do imunizante do Butantan recebidas no último lote devem ser destinadas exclusivamente a este público e estão sendo aplicadas em dois pontos da cidade: no campus da UCP Benjamin Constant (Centro) e no Parque Municipal, em Itaipava.

Em caso de dúvidas é possível utilizar o Whatsapp da Saúde, um assistente virtual que fornece informações sobre a vacinação, locais de atendimento a pacientes com sintomas da doença e boletins. Há, ainda, informações sobre a vacinação contra a gripe. O atendimento está disponível pelo número (24) 9.9200-1428.

O boletim epidemiológico desta quarta (02/06) mostra que Petrópolis fez, até agora, 163.288 testes para Covid-19, com 38.413 resultados positivos e 121.465 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab). Treze óbitos foram contabilizados nesta quarta.

Neste momento, 124 pessoas estão internadas em UTIs nas redes privada e SUS. Outras 105 estão em leitos clínicos, considerando leitos privados e SUS, totalizando assim, 229 internações em toda a rede da cidade. A ocupação de leitos clínicos na rede SUS é de 47,44% e 66,67% em UTI.

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 1.196 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erro na informação divulgada pela Secretaria de Saúde.

A Secretaria acrescenta, ainda, que trabalha na atualização de dados de notificações e casos em análise no sistema, inserindo ainda dados pendentes de meses anteriores. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Óbitos registrados:

1. Homem, 58 anos, morador em Corrêas. Internado em 28.10.2020 na UPA Itaipava e transferido para o HCC. Óbito registrado em 03.11.2020 no HCC. Paciente com doença cardiovascular crônica e diabetes.

2. Mulher, 58 anos, moradora no Carangola. Internada em 23.12.2020 no HAC e transferida para o HNSA. Óbito registrado em 31.12.2020 no HNSA. Paciente com hipertensão arterial e insuficiência renal crônica.

3. Homem, 25 anos, morador no Quissamã. Internado em 11.01.2021 no Hospital Unimed. Óbito registrado 01.04.2021. Paciente com neuropatia.

4. Homem, 68 anos, morador em Madame Machado. Internado em 07.05.2021 na UPA Cascatinha e transferido no SMH. Óbito registrado em 18.05.2021 no SMH. Paciente com hipertensão arterial e diabetes.

5. Mulher, 62 anos, moradora em Corrêas. Internada em 18.05.2021 na UPA Cascatinha e transferida para o HCC. Óbito registrado em 21.05.2021 no HCC. Paciente com hipertensão arterial.

6. Homem, 56 anos, morador no Dr. Thouzet. Internado em 18.05.2021 na UPA Cascatinha e transferida para o HCC. Óbito registrado em 23.05.2021 no HCC. Paciente com hipertensão arterial.

7. Mulher, 79 anos, moradora na 24 de Maio. Internada em 23.05.2021 na UPA Cascatinha e transferida para o HCC. Óbito registrado em 25.05.2021 no HCC. Paciente com hipertensão arterial e diabetes.

8. Mulher, 56 anos, moradora no Duarte da Silveira. Internada em 05.05.2021 no HST. Óbito registrado em 27.05.2021 no HST. Paciente com obesidade e diabetes.

9. Mulher, 47 anos, moradora no Retiro. Internada em 23.05.2021 no PSLS e transferida para o SMH. Óbito registrado em 30.05.2021 no SMH. Paciente com hipertensão arterial e síndrome metabólica.

10. Mulher, 24 anos, morador na Mosela. Internada em 28.05.2021 na UPA Cascatinha e transferida para o HMNSE. Óbito registrado em 31.05.2021 no HMNSE. Paciente com hipertensão arterial.

11. Mulher, 53 anos, moradora no Quitandinha. Internada em 27.05.2021 na UPA Cascatinha e transferida para o HMNSE. Óbito registrado em 01.06.2021 no HMNSE. Paciente com diabetes.

12. Mulher, 65 anos, moradora no Caxambú. Internada em 24.05.2021 no PSLS e transferida para o HMNSE. Óbito registrado em 01.06.2021 no HMNSE. Paciente com hipertensão arterial.

13. Homem, 55 anos, morador no Morin. Internado em 30.05.2021 no PSLS e transferido para o HMNSE. Óbito registrado em 01.06.2021 no HMNSE. Paciente com doença cardiovascular crônica, diabetes e doença renal crônica.

Empresa vai gerar 41 empregos diretos e 14 intermitentes

O Governo interino recebeu representantes do Magazine Luiza em seu gabinete na tarde desta quarta-feira (01.06). A conversa foi sobre a abertura da loja em Petrópolis, que vai gerar 41 empregos diretos e 14 vagas no modelo intermitente (trabalho temporário).

Os representantes da empresa também falaram sobre o projeto Parceiro Magalu, sistema de marketplace que consiste na utilização da plataforma digital da marca para que pequenos e médios empresários possam comercializar seus produtos. Em Petrópolis 149 cadastros já foram realizados.

A nova loja do Magazine Luiza vai obedecer a todos os protocolos de segurança contra a covid instituídos pela prefeitura, como o uso obrigatório de máscaras, álcool em gel e número de consumidores dentro da unidade de acordo com a metragem do imóvel.

“Estamos muito otimistas com a abertura, que deve acontecer ainda este mês, da nossa unidade em Petrópolis. Serão inauguradas 26 lojas no Estado de forma simultânea, na mesma data e hora, incluindo a de Petrópolis. Tenho certeza que teremos muito sucesso com a nova loja”, afirma a gerente da rede, Janini Silva, que estava acompanhada pelo gestor Alex Bezerra.


Os novos agentes da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias participaram hoje (02/06) de uma capacitação sobre Implantação de Pontos de Apoio e de Abrigos Temporários em Igrejas. A estratégia de capacitação traçada pela pasta tem o objetivo de preparar a equipe para as fortes chuvas de verão. O treinamento foi ministrado por Marcelo Silva Costa, coronel do Corpo de Bombeiros.

Entre as principais infrações estão a falta de cinto de segurança, da CNH e do licenciamento anual do veículo.

Uma ação de fiscalização realizada na manhã desta quarta-feira (2), na Estrada União e Indústria, em Itaipava, notificou motoristas e veículos em situação irregular. Ao todo, 168 autos de infração e notificações foram emitidos pelo Departamento de Trânsito - Detran e pela Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes - CPTrans. A ação contou ainda com o apoio das polícias Civil e Militar.

Das 130 infrações emitidas pelo Detran, 53 foram pelo flagrantes de não utilização do cinto de segurança como prevê o Código de Trânsito Brasileiro - CTB. Dois motoristas estavam sem Carteira Nacional de Habilitação - CNH. Já sobre as irregularidades referentes aos veículos foram 18 automóveis identificados sem o licenciamento anual.

Outros quatro estavam com faróis de LED, o que não é permitido em veículos que não regularizaram o equipamento até o dia 1 de janeiro deste ano (como regulamenta a resolução 667/17 do Conselho Nacional de Trânsito - Contran). Dois veículos foram ainda autuados por estacionamento em área de descarga e 39 encaminhados para o posto do Detran para regularização. A CPTrans emitiu ainda 38 notificações, todas pela falta do uso do cinto de segurança.


Nos próximos meses, o cronograma de intervenções prevê a recuperação de quase 12km em estradas vicinais da região.

Equipes da secretaria de Obras, da prefeitura de Petrópolis, concluíram na tarde desta quarta-feira (2) a recuperação de um trecho de 200 metros da estrada dos Caboclos, no Brejal, distrito da Posse. No local, que vinha passando por intervenções do Departamento de Estrada de Rodagem - DER a pedido da Associação de Produtores do Brejal, os trabalhos tinham sido interrompidos pelas chuvas atípicas para a estação. Também foi realizada e concluída uma intervenção emergencial na estrada Rio Bonito

“O DER, que fez um acordo com a Associação de Produtores do Brejal e apoiou o Município na recuperação das estradas dos Albertos, Arnaldo Dickerhoff e Caboclos, já havia recuperado quase 8km de estradas vicinais na região, faltando apenas esse trecho de 200 metros que acabou ficando mais danificado em função das fortes chuvas que atingiram a cidade nos últimos dias”, esclarece o secretário de Obras.

Além das chuvas, houve ainda o contratempo causado pela quebra da motoniveladora, também conhecida como patrol. “O equipamento precisou passar por reparos, e, por isso, ficamos dez dias sem poder fazer intervenções na região”, ressalta o secretário, que informou ainda que a região do Brejal contará com mais estradas recuperadas nos próximos meses.

No dia 20 de maio, o secretário se reuniu com o Comitê de Estradas do Brejal, encontro que definiu a recuperação de quase 12km das estradas do Rio Bonito, Xingu e Taquaril. “O cronograma depende das condições climáticas na região. E depois de concluída a recuperação dessas estradas os próximos locais a passarem por intervenção serão debatidos com o comitê”, pontua o secretário.


Restaurantes, bares, confeitarias e cervejarias vão disponibilizar seus produtos com atendimento presencial ou através de delivery. Seis associações de artesanato também já confirmaram presença

Petrópolis mais uma vez não vai deixar de homenagear as tradições da colonização germânica. Entre as atrações da 32ª edição da Bauernfest – Festa do Colono Alemão, entre os dias 25 de junho e 04 de julho, acontecerá o Festival Gastronômico, que já conta com mais de 40 estabelecimentos inscritos, entre restaurantes, bares, confeitarias, cervejarias, entre outros, que vão disponibilizar seus produtos com atendimento presencial ou através de delivery. As demais atrações do evento, como no ano passado, acontecerão no formato online.

“Estamos unidos com vários segmentos ligados ao turismo da cidade traçando estratégias que visam a retomada gradual das atividades do setor. A rede hoteleira já funciona há algumas semanas, com limite reduzido de capacidade, e entendemos que o Festival Gastronômico da Bauernfest vai ajudar a impulsionar o segmento de bares e restaurantes, assim como outros ligados ao evento”, acredita o Secretário de Turismo, lembrando que o festival terá curadoria de Cristina Pellegrini e Vera Oliveira.

Nesta edição, a Secretaria de Turismo se encarregou de organizar o Festival Gastronômico, que se dividirá em três categorias específicas: culinária típica alemã, produtos gastronômicos e cervejas. Entre as iguarias típicas que poderão ser degustadas no evento, merece destaque o Eisbein – o tradicional joelho de porco alemão –, o Bockwurst – salsicha branca assada com salada de batatas –, o Krokettenfleisch – croquete de carne – e o Schweinenbraten Brot – sanduíche de pernil. Entre os doces, vale mencionar Apfelstrudel – strudel de maça –, o Spekulatius – um biscoito típico da Alemanha feito com canela e limão e a famosa torta alemã.

De acordo com a Diretora de Turismo e Eventos da Turispetro, cada estabelecimento foi convidado a participar do festival com três especialidades ligadas à culinária alemã, porém, nada impede que os visitantes optem por outras opções oferecidas pelos respectivos cardápios. “Será um evento voltado para os moradores de Petrópolis e também para aqueles que estiverem hospedados na cidade durante o período. Vale lembrar que a gastronomia é sempre um atrativo turístico-cultural que atrai um bom público para a Bauernfest, sendo por isso um atrativo especial para a festa deste ano”.

Várias empresas tradicionais já confirmaram participação, como Casa do Alemão, Pavelka, Chocolates Katz, Willemsen, Armazém 646, Lukas, Doces Húngaros, Família Scharder, Casa Pellegrini, Vielen Defumados, Paladar e Pepper (Itaipava), entre outras. As cervejarias, como de praxe, serão também uma atração à parte: Bohemia, Doutor Duranz, Odin e Brewpoint são algumas das confirmadas. Os estabelecimentos estarão decorados com as cores da Bauernfest, assim como alguns polos de compras e shoppings da cidade.

Outra atração presencial da festa será a exposição e venda de artesanato: chapéus, canecas, talabartes (faixas para pendurar no ombro a caneca de chope), camisetas bordadas e panos de prato pintados, além de cachecóis com as cores da Alemanha, adornos de flores para cabelos e bonecas de pano são alguns dos produtos tradicionalmente oferecidos. Os artesãos se dividem em espaços cedidos pelos estabelecimentos, e até o momento seis associações da cidade já confirmaram presença.

A Diretora de Turismo e Eventos da Turispetro lembra ainda que as inscrições ainda estão abertas para os estabelecimentos que desejarem participar do Festival Gastronômico e para as associações de artesanato. Assim, basta entrar em contato com a Secretaria de Turismo pelo telefone (24) 2246-9462, de segunda a sexta-feira, de 9h às 17h, ou enviar e-mail para O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.