A taxa de ocupação de leitos para pacientes com covid-19 no Sistema Único de Saúde está, neste domingo (15/08), em 39,13% em leitos clínicos e 73,02% em UTIs. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, incluindo hospitais públicos e privados, são 117 pacientes internados, sendo 74 em UTIs e 43 em leitos clínicos.

Até agora foram realizados no município 184.035 testes para Covid-19, com 44.868 resultados positivos e 138.656 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab).

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 1.401 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erro na informação divulgada pela Secretaria de Saúde.

A Secretaria acrescenta, ainda, que trabalha na atualização de dados de notificações e casos em análise no sistema, inserindo ainda dados pendentes de meses anteriores. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

As equipes de enfermagem, sob coordenação do departamento de Vigilância em Saúde, deram sequência no sábado (14/08) a vacinação contra a covid-19. Durante todo o dia, 2.086 pessoas foram vacinadas na cidade. Destas 1.605 receberam a primeira dose e 481  receberam a segunda dose do imunizante. Até o momento 171.421 pessoas receberam a primeira dose, 74.939 receberam a segunda dose e 6.805 receberam a dose única do imunizante. Por conta da logística de informações para fechamento dos dados o boletim da vacinação passou a ser divulgado na parte da manhã.  

Nos pontos de imunização foram vacinados 65 idosos, sendo seis com a primeira dose e 59  com a segunda dose. A primeira dose da vacina foi aplicada em 1.599 pessoas com idade entre 30 e 59 anos sem comorbidades. Na faixa etária  abaixo de 59 anos, 121 pessoa também  receberam a segunda dose. 

Também receberam a segunda dose ds vacina,  291 pessoas com comorbidades, uma gestante, seis puérperas e três profissionais de Saúde.

A campanha de imunização contra a covid-19 segue na segunda (16/08), com a vacinação de pessoas acima de 29 anos sem comorbidades. 

Nesta segunda-feira , a prefeitura abre o cadastro para imunização de pessoas a partir dos 28 anos, cuja vacinação começa na terça. Quem tem 27 anos pode fazer o cadastro a partir do dia 17. Aqueles que tem 26 anos podem se cadastrar na quarta, dia 18, e as pessoas com mais de 25 anos podem se cadastrar a partir de quinta-feira (19/08). O cadastro deve ser preenchido no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br). 

A vacinação contra a covid-19 acontece em 13 pontos distribuídos nos cinco distritos.

Em caso de dúvidas é possível utilizar o Whatsapp da Saúde - assistente virtual que fornece informações sobre a vacinação, locais de atendimento a pacientes com sintomas da doença e boletins. O atendimento está disponível pelo número (24) 9.9200-1428.

A taxa de ocupação de leitos para pacientes com covid-19 no Sistema Único de Saúde está, neste sábado (14/08), em 61,54% em leitos clínicos e 65,08% em UTIs. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, incluindo hospitais públicos e privados, são 110 pacientes internados, sendo 69 em UTIs e 41 em leitos clínicos.

Até agora foram realizados no município 184.035 testes para Covid-19, com 44.868 resultados positivos e 138.656 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab).

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 1.401 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erro na informação divulgada pela Secretaria de Saúde.

A Secretaria acrescenta, ainda, que trabalha na atualização de dados de notificações e casos em análise no sistema, inserindo ainda dados pendentes de meses anteriores. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Maternidade do HAC é referência no atendimento de gestantes e realização de partos

“Estava um pouco chateada e a pintura na minha barriga me deixou mais feliz. Eu pude ver como a minha filha vai ser”, disse emocionada a gestante Rayssa Thees, de 29 anos, que está à espera da Alice há 36 semanas. Ela foi uma das futuras mamães que receberam a arte gestacional no Hospital Alcides Carneiro (HAC), pintura feita na barriga de mulheres grávidas como parte das iniciativas de humanização do parto. A maternidade do HAC é referência no atendimento de gestantes e realização de partos.

A ação será realizada durante todo mês em gestantes internadas na maternidade do hospital, em alusão ao Dia da Gestante, comemorado em 15 de agosto. Além disso, a atividade faz parte da programação do hospital do Agosto Dourado, no no mês que simboliza a luta pelo incentivo à amamentação. Além da equipe de enfermagem da maternidade, a dinâmica contou com a parceira da Equipe Florescer, com os enfermeiros obstetras Samara Belisa e Guilherme Corrêa.

“O Alcides Carneiro é o maior hospital público da cidade e referência no atendimento até de pacientes de fora do município. Esse tipo de ação para as mães é de extrema importância para realização do parto de forma humanizada. A chegada de um filho é um momento histórico na vida da família. São cerca de 230 partos realizados mensalmente no HAC”, disse o governo interino.

O método é realizado com desenhos feitos a partir de moldes, respeitando a posição exata do feto dentro da placenta. O desenho ajuda as mães a compreender como está o bebê, onde estão os membros e órgãos, potencializando a conexão entre eles. A pintura é realizada por enfermeiras obstétricas e tem duração média de uma hora e meia a duas horas. A arte gestacional fortalece vínculo e alivia tensões do pré-parto.

A obstetra coordenadora da maternidade do HAC explica quais são os passos para a arte: “O desenho ajuda as mães a compreender como está o bebê, onde estão os membros e órgãos, potencializando a conexão entre eles. Primeiro precisamos identificar em que lugar da barriga da mãe está o bebê. Em seguida, realizamos o desenho da criança na exata posição em que ela se encontra dentro da barriga da mulher. Depois fazemos a pintura com tintas e lápis de olho, enfeitando a barriga da mamãe”.

Ela ainda explica, que esse é um procedimento bastante emocional para as gestantes: “É uma espécie de despedida da barriga. Após longas semanas, iniciamos a preparação das futuras mamães para a chegada dos bebês. Não é só pintar. Em função das contrações, apenas mulheres em trabalho inicial de parto ou que precisam de indução são submetidas à pintura”.

Rayssa finaliza contando como está sendo o seu atendimento pela equipe do HAC: “A equipe conversa comigo, me distrai, me perguntam o tempo todo como estou, é muito bom o apoio aqui no HAC. A ansiedade com a chegada da minha Alice está grande, imaginando como vai ser o rostinho dela. Fico pensando em muitas coisas até a hora do parto”.

Maternidade do HAC é referência

O maior hospital público do município, o Hospital Alcides Carneiro é referência no atendimento às gestantes. A unidade soma 66 vagas específicas ao atendimento à mulher e à maternidade em geral, número acima do preconizado pelo Ministério da Saúde de acordo com a população atendida em Petrópolis e região, fixado em 60 leitos.

Atualmente no HAC, são realizados cerca sete partos por dia, totalizando cerca de 230 mensais, entre cesárias e procedimentos normais. O HAC é referência para gestantes de alto risco por possuir UTIs maternas e neonatal. Além disso, o Alcides Carneiro é modelo por ser hospital universitário pela parceria com a Unifase, em que alunos da faculdade realizam internato e residência no hospital.

O diretor presidente do Sehac explica que além disso, o Alcides Carneiro está se adaptando para trabalhar com partos humanizados: “Nós não somos um hospital criado para trabalhar com parto humanizado, até porque o HAC é muito antigo. Mas estamos mudando nossas práticas, procedimentos e formas de atendimento. Aqui temos o posto de gestante, ações de educação em saúde com os pais, o parto humanizado em si, e a própria arte gestacional também é uma técnica, de humanização entre a equipe, a mãe e o bebê”.


As equipes de enfermagem, sob coordenação do departamento de Vigilância em Saúde, deram sequência na sexta (13/08) a vacinação contra a covid-19. Durante todo o dia, 3.722 pessoas foram vacinadas na cidade. Destas 2.195 receberam a primeira dose e 1.527 receberam a segunda dose do imunizante. Até o momento 169.816 pessoas receberam a primeira dose, 74.458 receberam a segunda dose e 6.805 receberam a dose única do imunizante. Por conta da logística de informações para fechamento dos dados o boletim da vacinação passou a ser divulgado na parte da manhã.

Nos pontos de imunização foram vacinados 218 idosos, sendo três com a primeira dose e 215 com a segunda dose. A primeira dose da vacina foi aplicada em 2.179 pessoas com idade entre 30 e 59 anos sem comorbidades. Nesta faixa etária abaixo de 59 anos também receberam a segunda dose, 734 pessoas.

Também receberam a segunda dose da vacina, 331 pessoas com comorbidades e um deficiente.

A vacina foi aplicada ainda em 11 gestantes, sendo três com a primeira dose e oito com a segunda. Também foram vacinadas 38 puérperas, sendo uma com a primeira dose e 37 com a segunda.

Equipes vacinaram também 194 profissionais de Saúde, sendo sete com a primeira dose e 187 com a segunda. Também receberam a primeira dose da vacina, dois profissionais de transportes. . Foram vacinados ainda com a segunda dose, 10 profissionais de Educação e quatro integrantes de Forças de Segurança.

A campanha de imunização contra a covid-19 segue neste sábado (14/08), com a vacinação de pessoas acima de 30 anos sem comorbidades, e abertura de cadastro para pessoas com 29 anos – público cuja vacinação começa na segunda-feira. O cadastro deve ser preenchido no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

A vacinação contra a covid-19 acontece em pontos distribuídos nos cinco distritos.

Em caso de dúvidas é possível utilizar o Whatsapp da Saúde - assistente virtual que fornece informações sobre a vacinação, locais de atendimento a pacientes com sintomas da doença e boletins. O atendimento está disponível pelo número (24) 9.9200-1428.

A taxa de ocupação de leitos para pacientes com covid-19 no Sistema Único de Saúde está, nesta sexta (13/08), em 50% em leitos clínicos e 60,32% em UTIs. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, incluindo hospitais públicos e privados, são 104 pacientes internados, sendo 66 em UTIs e 38 em leitos clínicos. Dois óbitos foram confirmados e inseridos na base estatística.

Até agora foram realizados no município 184.033 testes para Covid-19, com 44.868 resultados positivos e 138.654 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab).

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 1.401 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erro na informação divulgada pela Secretaria de Saúde.

A Secretaria acrescenta, ainda, que trabalha na atualização de dados de notificações e casos em análise no sistema, inserindo ainda dados pendentes de meses anteriores. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Óbitos registrados:

Homem, 71 anos, morador do Centro. Internado em 25.07.21 no Hospital Unimed. Óbito registrado em 30.07.21 no Hospital Unimed. Paciente com obesidade.

Mulher, 74 anos, moradora do Centro. Internada em 07/08/21 no HST. Óbito registrado em 11/08/21 no HST. Paciente com imunossupressão.

Cadastro para quem tem a partir de 29 anos será aberto neste sábado, para vacinação na segunda-feira (16.08)

A chegada de novos lotes de vacinas contra a covid-19 nesta sexta-feira (13.08) levou a Prefeitura de Petrópolis a anunciar uma nova ampliação da campanha de vacinação na próxima semana. A aplicação das doses será feita de acordo com calendário, permitindo o atendimento de pessoas a partir dos 25 anos, sempre com cadastramento prévio no site da Prefeitura, em www.petropolis.rj.gov.br. Neste sábado (14/08) a Secretaria de Saúde abre o cadastro para agendamento da vacinação de pessoas com 29 anos, que começam a ser vacinadas na segunda-feira (16/08). Seguindo o calendário, na segunda-feira (16/08) poderão se cadastrar pessoas com 28 anos, que começam a ser vacinadas já no dia seguinte. Pessoas com 27 anos poderão se cadastrar a partir de terça (17/08) e, com 26 anos, na quarta-feira (18/08). Na quinta-feira (19) o cadastro será liberado para quem tem a partir dos 25 anos.

“A chegada de mais lotes de vacinas esta semana está permitindo que possamos avançar e organizar um novo calendário de vacinação, chegando às pessoas com 25 anos. Com isso estamos dando mais alguns passos em direção à nossa meta de chegarmos, até o fim do mês, ao público de 18 anos. A vacinação já vem mostrando resultados positivos na cidade e todos os esforços estão sendo feitos pela prefeitura, em especial pela equipe da Secretaria de Saúde, para que os petropolitanos sejam imunizados o quanto antes”, destaca o governo interino lembrando que a chegada de mais lotes de vacinas é fundamental para que tal objetivo seja alcançado.

“Seguimos trabalhando na logística e no planejamento para que a vacinação continue avançando de forma ágil e organizada. Isso é o que vem garantindo, desde o início da campanha, que todas as pessoas cadastradas recebam a vacina. Petrópolis tem hoje mais de 72% da população maior de 18 anos vacinada com pelo menos uma dose e mais de 33% do grupo vacinável, que já completou o esquema de vacinação - recebendo a vacina em dose única ou as duas doses necessárias para a imunização. Isso é o resultado do trabalho de uma equipe dedicada e responsável que temos na Secretaria. Seguiremos trabalhando de forma incansável até que toda população esteja vacinada”, destaca o secretário de Saúde.

Os agendamentos para vacinação devem ser feitos pelo site da prefeitura – www.petropolis.rj.gov.br. A Secretaria de Saúde orienta que as pessoas estejam atentas ao preenchimento dos dados até a finalização do cadastro. A confirmação de data e local de agendamento pode ser feita com a digitação do CPF ao fim do cadastro.

A vacinação segue sendo realizada em 13 pontos distribuídos nos cinco distritos. Até quinta-feira (12/08) Equipes da Divisão de Imunização da Secretaria de Saúde vacinaram 167.621 pessoas com a primeira dose e 174.426 pessoas com a segunda dose. Outras 6.805 pessoas receberam a vacina em dose única.

Nesta sexta-feira (13/08) o município recebeu 7.200 doses – 5 mil destinadas à aplicação de primeira dose e 2.200 referentes a segunda doses, e há previsão de nova remessa neste fim de semana.

Em caso de dúvidas é possível utilizar o Whatsapp da Saúde - assistente virtual que fornece informações sobre a vacinação, locais de atendimento a pacientes com sintomas da doença e boletins. O atendimento está disponível pelo número (24) 9.9200-1428.


O governo interino anunciou nesta sexta-feira (13/08) a ampliação do Agita Petrópolis para mais um local: o Itamarati. A partir de setembro, a prefeitura vai oferecer o programa – primeiro próprio do município para estimular a prática de atividade física – na Paróquia São José do Itamarati, as quartas e sextas-feiras pela manhã. Os interessados em participar das atividades podem entrar em contato pelo telefone (24) 2233-1218 para mais informações.

Na semana passada, o prefeito interino já havia anunciado a ampliação do programa para a Fazenda Inglesa e Vila São José. Com mais esses três núcleos, o Agita Petrópolis passa a estar em 19 locais, atendendo, em média, 550 pessoas com ginástica, alongamento, dança e funcional.

"Esporte é sinônimo de saúde e qualidade de vida. O Agita Petrópolis é um grande marco, um divisor de águas do município. Tenho um grande orgulho de ter criado esse programa, quando era secretário de Esportes, possibilitando de forma democrática levar atividade física gratuita para toda a cidade", destacou o governo interino.

O Agita Petrópolis acontece ainda no Alto da Serra, Bataillard, Benfica, Cascatinha, Caxambu, Centro, Contorno, Madame Machado, Oswaldo Cruz, Pedro do Rio, Posse, Quitandinha, São Sebastião, Vale do Cuiabá, Vicenzo Rivetti, Vila Rica. Os interessados em participar podem entrar em contato com a SEPJIL para se cadastrar.

Cabe ressaltar que nos locais em que são realizadas as aulas são usados tapetes sanitizantes, termômetros e também é disponibilizado o álcool em gel para os alunos. “O esporte melhora a saúde física e mental das pessoas. Vamos continuar ampliando o Agita, abrindo espaço para que mais pessoas participem", disse o secretário da SEPJIL, ressaltando a importância dos protocolos de saúde.

"Nesse momento é fundamental que a população mantenha os cuidados, respeitando as regras sanitárias e o uso de máscara, por exemplo. Precisamos praticar esporte, mas de forma segura, respeitando os protocolos determinados por decreto", completou o secretário.

O I Colóquio sobre aleitamento materno realizado nesta quinta-feira (12) no Hospital Alcides Carneiro, deu início às atividades relacionadas ao Agosto Dourado na unidade, no mês que simboliza a luta pelo incentivo à amamentação. A conferência contou com a participação de cerca de 40 profissionais de saúde, entre enfermeiros, técnicos do hospital, e alunos de curso técnico e de enfermagem. Na programação do mês ainda estão previstos cursos de capacitação para os profissionais, arte gestual com as gestantes e o café com os pais.

Durante o evento foram abordados temas como: a rede que envolve e sustenta o aleitamento materno, aspectos emocionais e os estabelecimento da amamentação, aleitamento materno e prematuridade, os desafios para implantação do Banco de Leite Humano, e como ser mulher que amamenta. O Dr. Vander Guimarães Silva, a Dra. Adriana Duringer Jacques, a Enfª. Obstetra Rafaela Bragança, a assistente social Maria da Conceição Lopes e a mamãe Daniela Brum, foram os palestrantes do colóquio.

“O leite materno é o principal alimento do bebê. Ele oferece nutrientes que são importantes tanto para ele, como para as mães. A capacitação dos profissionais da rede de saúde e do hospital é necessária para que a gente consiga oferecer o melhor atendimento para as pessoas, em um momento tão especial”, disse o diretor presidente do Sehac, destacando que o HAC é referência no atendimento às gestantes.

A campanha do Agosto Dourado de 2021 tem o tema, “Proteja a amamentação: uma responsabilidade compartilhada”, e é formada por quatro pilares: informar as pessoas sobre a importância de proteger a amamentação, apoiar a amamentação como uma responsabilidade vital de saúde pública, se articular com indivíduos e organizações para maior impacto e potencializar ações para proteger o aleitamento materno para melhorar a saúde coletiva.

A obstetra coordenadora da maternidade do HAC, destaca o trabalho de capacitação dos profissionais no hospital: “A ideia é sensibilizar os profissionais da rede para a importância da amamentação no mínimo até o sexto mês de vida. É um tema importantíssimo, já que a amamentação oferece mais saúde para o bebê. E a capacitação atualiza nossos profissionais ao orientar as gestantes”.

Alimentos e óleo de soja foram doados à Paróquia do Rosário, e vão beneficiar famílias carentes do Caxambu e da 24 de Maio

Nesta sexta-feira (13/8), a Prefeitura, por meio da Secretaria de Turismo de Petrópolis realizou a entrega dos donativos arrecadados com o passaporte da Estrada Real para a Paróquia de Nossa Senhora do Rosário, que destina os alimentos para famílias carentes das comunidades do Caxambu e 24 de Maio (Capela de São Charbel, São Pio X, Santa Isabel, Nossa Senhora da Penha e São Paulo Apóstolo). Ao todo, foram entregues 73,5 quilos de alimentos e 900 ml de óleo de soja.

A Estrada Real surgiu no século XVII com a instituição pela Coroa Portuguesa dos caminhos oficiais para transporte do ouro e dos diamantes mineiros até os portos no Rio de Janeiro. São mais de 1.630 quilômetros de extensão, passando por Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. Hoje a estrada compõe a maior rota turística do país com quatro caminhos. Petrópolis esta incluída no Caminho Novo, que tem 595 quilômetros e passa ainda pelas cidades de Ouro Preto, Juiz de Fora e Paraíba do Sul.

Na cidade, o Centro de Informação Turistica (CIT) localizado na Praça da Liberdade está cadastrado para distribuir o passaporte e efetuar o carimbo, através de parceria firmada há alguns anos entre a Prefeitura e o Instituto Estrada Real. Os visitantes que percorrem os quatro caminhos da Estrada Real podem fazer seu cadastro no site e durante o percurso, ir carimbando o passaporte pelas cidades que passam.

Esse trabalho é acompanhado pelo Observatório Regional do Turismo (ORT), instrumento da Turispetro responsável por avaliar e monitorar os indicadores do desempenho do Turismo em Petrópolis para dar suporte ao planejamento, estruturação, captação de recursos, de investimentos e promoção do município como destino turístico.

O passaporte só é entregue mediante o cadastro no site e doação de um quilo de alimento não perecível que, todos os meses, a Secretaria de Turismo de Petrópolis doa para alguma instituição da cidade que realiza trabalhos sociais.


Pessoas com deficiência (PcD) tem seis vagas à disposição

O Balcão de Emprego, administrado pelo Departamento de Trabalho e Renda (Detra), da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, continua a oferecer empregos para a população. Nesta semana são 53 vagas disponíveis. Na listagem desta semana, seis são destinadas para os portadores de deficiência (PcD).

O governo interino destaca importância desse espaço para o petropolitano. “Temos que auxiliar as pessoas que precisam retornar ao mercado de trabalho. O Balcão de Emprego tem essa função, de facilitar o contato das empresas que precisam de mão de obra, com aquela pessoa que precisa voltar a trabalhar”, afirma.

Os empresários interessados em oferecer vagas de emprego podem disponibilizar as vagas, de forma gratuita, diretamente no site da prefeitura www.petropolis.rj.gov.br/e-gov/sde/balcao_de_empregos/empresas/index. Basta fazer o cadastro e informar a vaga.

Para que o candidato possa pleitear uma das vagas é necessário que o cadastro e o currículo também estejam atualizados, para que as empresas possam fazer o contato correto com aquelas pessoas que possuam o perfil para a oportunidade ofertada. Essa atualização é feita diretamente no site da prefeitura www.petropolis.rj.gov.br/e-gov/sde/balcao_de_empregos/candidatos/add/. Caso o candidato tenha alguma dúvida ou interesse pode procurar o atendimento presencial no Detra, que fica na Dr. Porciúncula 75, Centro. O telefone para contato é o 2246-8942.

Vale ressaltar que a prefeitura é responsável apenas pela divulgação das vagas e os encaminhamentos dos candidatos para processo seletivo. Sendo assim, fica a cargo do empregador a responsabilidade pelas entrevistas e possíveis contratações. As 48 vagas disponíveis desta semana são essas:

1. Repositor de Mercadorias PCD / Ambos os sexos / Três vagas / Faixa etária de 20 a 55 anos / Ensino Fundamental / Experiência de 6 meses em CTPS

2. Atendente de Loja e mercados PCD / Ambos os sexos / Uma vaga / Faixa etária de 20 a 55 anos / Ensino Fundamental / Experiência de 6 meses em CTPS

3. Estampador de Tecido / Ambos os sexos / Cinco vagas / Faixa etária de 18 a 60 anos / Ensino Fundamental

4. Auxiliar de Cortes / Masculino / Duas vagas / Faixa etária de 18 a 48 anos / Ensino Fundamental / Experiência de 6 meses em CTPS

5. Costureiro / Ambos os sexos / 18 vagas / Faixa etária de 18 a 60 anos / Ensino Fundamental / Experiência de 6 meses em CTPS

6. Arrematadeira / Ambos os sexos / Quatro vagas / Faixa etária de 18 a 60 anos / Ensino Fundamental / Experiência de 6 meses em CTPS

7. Ajudante de Motorista / Masculino / Seis vagas / Faixa etária de 18 a 50 anos / Ensino Fundamental / Experiência de 6 meses em CTPS

8. Motorista de Caminhão / Masculino / 10 vagas / Faixa etária de 30 a 50 anos / Ensino Médio / Experiência de 6 meses em CTPS / CNH D

9. Embalador PCD / Ambos os sexos / Uma vaga / Faixa etária de 20 a 55 anos / Ensino Fundamental / Experiência de 6 meses em CTPS

10. Ajudante de Açougueiro PCD / Ambos os sexos / Uma vaga / Faixa etária de 25 a 55 anos / Ensino Fundamental / Experiência de 6 meses em CTPS

11. Pedreiro / Masculino / Uma vaga / Faixa etária de 18 a 60 anos / Ensino Fundamental / Experiência de 6 meses em CTPS

12. Açougueiro / Ambos os sexos / Uma vaga / Faixa etária de 25 a 55 anos / Ensino Médio / Experiência de 6 meses em CTPS


Material será disponibilizado a todo público e nos canais de comunicação do governo municipal

Prefeitura, por meio da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias, lança esta sexta-feira (13), a cartilha de prevenção de acidentes em piscinas, rios e cachoeiras. O material visa conscientizar sobre os riscos para a população como um todo, mas faz um alerta principalmente para os cuidados que os adultos devem ter com as crianças. De acordo com a avaliação da secretaria, baseada em análises de registros de afogamentos em todo o Brasil, em metade dos casos, as vítimas são crianças de 1 a 9 anos, que chegam a óbito por ocorrências em piscinas. A nova cartilha será disponibilizada aos colaboradores dos Núcleos Comunitários de Defesa Civil (Nudec), oferecida para a inclusão na plataforma do Educa em Casa, gerido pela Secretaria de Educação do Município e estará disponível no site da Defesa Civil.

A ideia é que o documento seja compartilhado com instituições e público em geral que possam contribuir para disseminar as orientações, chamando a atenção para cuidados básicos que estão sendo deixados de lado, mas que podem salvar vidas. “Essa é mais uma importante iniciativa que visa a prevenção de acidentes que podem ser fatais. É muito importante que essa cartilha seja disseminada para o maior número de pessoas possível”, destaca o governo interino.

O secretário de Defesa Civil reforça que a cartilha é mais uma iniciativa que segue a conduta de atuação preventiva, para orientar a população para minimizar riscos. “A Defesa Civil atua para o trabalho de prevenção a ocorrências, desta forma, o intuito é se antecipar sempre que identificamos situações de risco potencial para a população. Nossa intenção é evitar ocorrências, tendo o olhar para uma gama de situações que podem representar riscos”, reforça o secretário.

A cartilha chama a atenção para cuidados mínimos que vão garantir a segurança de crianças e adultos em piscinas particulares ou coletivas e atenta para medidas de grande relevância para a segurança em cachoeiras e rios. Entre as principais regras para se garantir a diversão segura está o monitoramento constante. Uma criança nunca deve ser deixada sozinha em uma piscina, mesmo que saiba nadar. Quando a diversão for em piscinas de clubes, os pais ou adulto responsável devem assegurar que haja a presença de um guarda-vidas, mas os olhos atentos dos pais é medida que faz a diferença, seja qual for o cenário.

Todo o cuidado é fundamental quando a atividade de lazer envolve piscina. A Defesa Civil orienta para o uso de instrumentos de segurança corretos e acessórios proibidos em piscinas, cachoeiras e rios. A conduta correta para esses locais é outro elemento fundamental para a segurança. O documento, por exemplo, chama a atenção para mergulhos e competições praticadas como lazer dentro da água, que podem colocar vidas em risco.

Além desta, a Prefeitura, por meio da Defesa Civil, já lançou esse ano as cartilhas de uso consciente da água, de prevenção contra incêndios florestais e desastres naturais, além da voltada para o treinamento de voluntários para os Núcleos Comunitários de Defesa Civil (Nudecs).


A partir de setembro, a Receita Federal encaminhará os débitos para inscrição em Dívida Ativa

Os microempreendedores individuais (MEI) que estão com parcelas da contribuição em atraso devem ficar atentos: o prazo para regularizar suas dívidas vai até o dia 31 de agosto. A situação pode ser resolvida pelo pagamento dos débitos, utilizando o Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS), ou parcelamento, que deve ser feito até o final deste mês. A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico tem equipe no Espaço do Empreendedor para esclarecer dúvidas e oferecer informações sobre cadastro do MEI, pelo número 2242-8750.

“É muito importante que o empreendedor esteja atento a todos os prazos, principalmente do pagamento referente a contribuição. A Secretaria de Desenvolvimento está à disposição para esclarecer quaisquer dúvidas relacionadas as questões da inscrição para os microempreendedores”, destaca o secretário de Desenvolvimento Econômico.

O diretor do Departamento de Desenvolvimento Econômico e responsável pelo Espaço Empreendedor lembra que as pessoas devem procurar o atendimento para realizarem o procedimento de regularização de seus registros de MEI. “Estamos prontos para atender essa parcela de profissionais, com as orientações para que possam realizar o procedimento correto na hora de quitar ou parcelar seus débitos referente ao registro do MEI”, aponta ele.

Ele ainda reforça que, a partir de setembro, a Receita Federal encaminhará os débitos apurados nas Declarações Anuais Simplificadas para o Microempreendedor Individual (DASN-Simei) não regularizados para inscrição em Dívida Ativa. “Essa dívida será cobrada na Justiça com juros e os demais encargos que são previstos em lei. Por isso oriento os empreendedores que procurem nosso atendimento”.

MEIs podem perder registro por conta de dívidas

Com a inscrição em dívida ativa, o MEI deixa de ser segurado do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS); tem o CNPJ cancelado; é excluído dos regimes Simples Nacional e Simei pela Receita Federal, estados e municípios, além de ter dificuldade na obtenção de financiamentos e empréstimos.

Se o microempreendedor não regularizar sua situação, o registro da dívida previdenciária (INSS) e demais tributos federais serão encaminhados à Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) para inscrição em Dívida Ativa da União, com acréscimo de 20%. A dívida relativa a ISS ou ICMS será transferida ao município, conforme o caso, para inscrição em Dívida Ativa municipal, com acréscimo de encargos de acordo com a legislação.

“Após a inscrição em Dívida Ativa, o recolhimento do débito de INSS deverá ser feito em DAS DAU (documento específico para Dívida Ativa da União), enquanto o de ISS e ICMS diretamente em guia própria do município”, complementa o diretor do Departamento de Desenvolvimento Econômico e responsável pelo Espaço Empreendedor.


A Prefeitura de Petrópolis, por meio da Secretaria de Saúde, realizará neste sábado (14) um mutirão de atendimentos odontológicos para o procedimento de endodontia, no tratamento de canal e implante de próteses. A ação será realizada no Centro de Especialidades Odontológicas, do Centro, de 8h às 16h. A previsão é de que 32 pacientes pré-agendados sejam atendidos.

“Muitas pessoas não têm como arcar com os custos deste tipo de tratamento na rede particular. No Centro de Especialidades Odontológicas, realizamos de forma gratuita e pela rede de saúde. Com os mutirões esperamos atender a demanda que ficou acumulada em função da pandemia”, disse o governo interino.

O secretário de Saúde ressalta que os próximos mutirões já estão sendo organizados. “Os mutirões serão realizados de maneira responsável, respeitando a capacidade de atendimento dos dentistas da rede. Já estamos trabalhando para que, nos próximos, tenhamos também tratamentos com prótese. Além disso, vamos voltar a realizar os mutirões de consultas e exames ambulatoriais”, antecipou.

Para atendimentos no Centro Odontológico, os pacientes precisam de encaminhamentos da unidade de saúde em que são atendidos. Na UBS ou PSF, é realizada a triagem e o direcionamento para o Centro Odontológico, que possui regulação própria. A unidade do Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) do Centro fica localizada na Rua Monsenhor Bacelar – 352.