As equipes de enfermagem, sob coordenação do departamento de Vigilância em Saúde, deram sequência na terça (17/08) a vacinação contra a covid-19. Durante todo o dia, 3.576 pessoas foram vacinadas na cidade. Destas 2.087 receberam a primeira dose e 1.489 receberam a segunda dose do imunizante. Até o momento 175.894 pessoas receberam a primeira dose e 77.766 receberam a segunda dose e 6.805 receberam a dose única do imunizante. Por conta da logística de informações para fechamento dos dados o boletim da vacinação passou a ser divulgado na parte da manhã.

Nos pontos de imunização foram vacinados 117 idosos, sendo seis com a primeira dose e 111 com a segunda dose. A primeira dose da vacina foi aplicada em 2.049 pessoas com idade entre 28 e 59 anos sem comorbidades. Na faixa etária abaixo de 59 anos, 473 pessoa também receberam a segunda dose.

Também receberam a vacina 774 pessoas com comorbidades, sendo uma dela a primeira dose e 773 a segunda dose. Equipes vacinaram ainda seis deficientes, sendo um com a primeira dose e cinco com a segunda.
Foram vacinadas ainda 24 gestantes, das quais 11 com a primeira dose e 13 com a segunda. Além destas, 54 puérperas foram vacinadas: 17 com a primeira dose e 37 com a segunda dose.

Também foram vacinados 74 profissionais de saúde dos quais dois receberam a primeira dose e 72 receberam a segunda. A segunda dose foi aplicada também em cinco integrantes de Forças de Segurança.

A campanha de imunização contra a covid-19 segue na quarta-feira (18/08), com a vacinação de pessoas acima de 27 anos sem comorbidades.

Nesta quarta-feira, a prefeitura abre o cadastro para imunização de pessoas a partir dos 26 anos, cuja vacinação começa na quinta. Aqueles que tem 25 anos podem se cadastrar a partir de quinta-feira (19/08) para vacinação a partir de sexta. O cadastro deve ser preenchido no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

A vacinação contra a covid-19 acontece em 13 pontos distribuídos nos cinco distritos.

Em caso de dúvidas é possível utilizar o Whatsapp da Saúde - assistente virtual que fornece informações sobre a vacinação, locais de atendimento a pacientes com sintomas da doença e boletins. O atendimento está disponível pelo número (24) 9.9200-1428.

O governo municipal abriu, nesta terça-feira (17), as inscrições para o processo seletivo de estagiários de nível superior, matriculados nos cursos de Direito, Informática e Comunicação Social, para atuar em setores da administração direta e indireta do município. O edital foi publicado no Diário Oficial do município do dia 16 de agosto e está disponível no site da Prefeitura, no link https://www.petropolis.rj.gov.br/e-gov/sad/estagio/2021/.

As inscrições se encerram na próxima sexta-feira (20). De acordo com o edital, a prova de conhecimento, com duração de duas horas, está marcada para o dia 22 de agosto e será realizada de forma remota. Ela será objetiva de múltipla escolha e composta por trinta questões, sendo 15 de Língua Portuguesa e 15 de Matemática – Lógica. Para aprovação, o candidato deverá obter, no mínimo, 15 pontos. Os valores da Bolsa Auxílio são de R$ 693,00 e de R$ 866,00, dependendo do período do curso superior. A carga horária é de seis horas diárias.

O gabarito das provas e o resultado parcial serão divulgados no dia 27 de agosto, no site da Prefeitura. Ao ser convocado, o candidato aprovado deverá estar matriculado e frequentando uma Instituição Superior. O processo seletivo terá a validade de um ano, podendo ser prorrogado pelo mesmo período.

Levantamento da Divisão de Imunização da Secretaria de Saúde, aponta que em Petrópolis a taxa de retorno para aplicação de segunda dose da vacina contra covid-19 está em 98,5% - índice acima do estabelecido pelo Ministério da Saúde (90%). O município tem 83.082 pessoas que já concluíram o esquema de vacinação, sendo 6.805 com a dose única e 76.277 com a segunda dose. O levantamento aponta que 502 pessoas deixaram de comparecer, o que corresponde a 1,5% do total de pessoas cujo prazo para concluir o esquema de vacinação já venceu.

“É um resultado muito positivo, que mostra que o trabalho das equipes da Secretaria de Saúde está no caminho certo. Estamos acima da meta estabelecida pelo Ministério da Saúde, mas seguiremos trabalhando para imunizar toda a população apta a receber a vacina. A vacinação é o único caminho que temos hoje para controle da pandemia e todos os esforços estão sendo feitos neste sentido”, destaca o governo interino.

“Nossa meta é que toda a população seja imunizada e que isso seja feito o quanto antes, pois os resultados positivos da vacinação já apareceram. A vacina salva vidas. As equipes de atenção básica estão intensificando a busca ativa dentro das áreas de PSF para reforçar junto aos moradores a importância da vacinação e do retorno para a segunda dose”, destaca o secretário de Saúde.

No município, 180.612 pessoas já foram vacinadas, o que corresponde a 74,61% dos 242.058 pessoas maiores de 18 anos que moram no município. São 6.805 petropolitanos que receberam a dose única e 173.807 pessoas que receberam a primeira dose. No município 34,32% da população com mais de 18 anos já concluiu o esquema de vacinação.

“Seguimos avançando com a vacinação, com a meta de, até o fim do mês, chegarmos às pessoas com 18 anos. É fundamental, no entanto, que mesmo as pessoas já vacinadas não abandonem os cuidados: uso de máscara, higienização das mãos e distanciamento social. Ainda é muito importante que as pessoas evitem as aglomerações”, orienta o secretário de Saúde.

A taxa de ocupação de leitos para pacientes com covid-19 no Sistema Único de Saúde está, nesta terça (17/08), em 55,32% em leitos clínicos e 74,60% em UTIs. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, incluindo hospitais públicos e privados, são 120 pacientes internados, sendo 76 em UTIs e 44 em leitos clínicos. Um óbito foi confirmado e inserido na base estatística.

Até agora foram realizados no município 184.673 testes para Covid-19, com 45.059 resultados positivos e 139.115 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab).

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 1.403 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erro na informação divulgada pela Secretaria de Saúde.

A Secretaria acrescenta, ainda, que trabalha na atualização de dados de notificações e casos em análise no sistema, inserindo ainda dados pendentes de meses anteriores. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Óbitos registrados:

Mulher, 87 anos, moradora no Itamarati. Internada em 29.07.2021 no HST. Óbito registrado em 15.08.2021 no HST. Paciente com doença cardiovascular, doença neurológica, diabetes e hipotireoidismo.

Com a ampliação da campanha de vacinação contra Covid-19 em Petrópolis, a Coordenadoria da Juventude iniciou a abordagem nos pontos de imunização para coleta do projeto Juventude em Dados. A ação consiste em uma pesquisa formada por 15 perguntas objetivas sobre gostos e interesses dos jovens, direcionadas ao público entre 14 e 30 anos, com a intenção de traçar o perfil social do jovem petropolitano.

Petrópolis atualmente está vacinando pessoas a partir dos 28 anos. Nesta terça-feira (17) foi aberto o cadastro para pessoas com 27 anos. Seguindo o calendário de vacinação, o agendamento para o público de 26 anos estará disponível nesta quarta-feira (18), e de 25 anos na quinta-feira (19).

“Vamos aproveitar que o público dos postos de vacinação é o mesmo que a gente busca alcançar com a pesquisa do Juventude em Dados. A pesquisa pode nos trazer mais informações sobre nossa juventude, possibilitando ações mais assertivas para este público”, disse o governo interino, lembrando que a pesquisa foi prorrogada até o dia 31/08.

A ação é realizada pela Coordenadoria Especial de Articulações Institucionais, por meio da Coordenadoria da Juventude. A pesquisa está sendo feita em alguns bairros de forma presencial, além de possibilitar o acesso ao formulário de forma online através do link: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdIWr-uvd7RiOzkYcIIwL1M4mzztxeo6ADg0YS6wdYzmxs1nA/viewform.

Nesta terça-feira (17) a coordenadora de Políticas Públicas para a Juventude esteve no Clube Petropolitano, um dos 13 pontos de vacinação contra Covid-19 em Petrópolis: “Esse é um trabalho de mapeamento dos gostos e interesses dos jovens de nossa cidade. Vamos realizar nossas futuras ações, programas e projetos a partir desses levantamentos. O objetivo da pesquisa é identificar como cada faixa etária se comporta em determinados assuntos. Entendemos que precisamos conhecer melhor os nossos jovens”, detalhou ela.

A Coordenadoria da Juventude está promovendo essa ação em parceria com a Universidade Estácio de Sá, que está cedendo pesquisadores para o desenvolvimento de todo trabalho.

O novo presidente do Conselho Municipal de Meio Ambiente (Comdema) toma posse no dia 2 de setembro, durante o Fórum de Meio Ambiente, que será realizado na Casa dos Conselhos entre 15h e 20h. Após dois anos dirigido pela sociedade civil, o poder público assume a presidência através do secretário da pasta. Neste mesmo dia, ocorrem as eleições para a vice-presidência e demais conselheiros da sociedade civil organizada.

O Fórum de Meio Ambiente será realizado de maneira híbrida: o auditório da Casa dos Conselhos será restrito para 25 pessoas. Pela internet, as pessoas podem acompanhar a transmissão através do aplicativo meet (URL da reunião: https://meet.google.com/kyt-sjjo-dnr). Os interessados em participar do evento devem se cadastrar também de forma on-line (https://forms.gle/wqYwwkDvrjFEu17M6).

"As inscrições já estão abertas e seguem até o dia 01 de setembro. Qualquer pessoa pode participar como ouvinte. Para participar das eleições, somente pessoas que representem instituições com pelo menos dois anos em atuação na área de meio ambiente na cidade", explica o secretário executivo do Comdema e membro da comissão organizadora do Fórum.

"O Comdema é um conselho deliberativo que permite a sociedade civil organizada e o governo municipal discutirem as questões ambientais em nosso município. Ele exerce um papel muito importante na elaboração de políticas públicas", ressalta o secretário de Meio Ambiente.

Iniciativa é mais uma medida que visa aproximar a atuação de jovens em ações do governo

Em fortalecimento às ações realizadas pelo governo municipal no Mês da Juventude, a Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias faz parceria com o Grupo de Castores do Lions Clube. Os jovens integrantes da instituição serão voluntários na secretaria com o intuito de troca de experiência e atuação em projetos desenvolvidos pela Defesa Civil na cidade. Em reunião nesta terça-feira (17), os representantes dos Castores mostraram interesse em expandir as atividades sociais já realizadas, com a proposta de somar forças com a secretaria pelas comunidades.

“Essa é mais uma iniciativa do governo municipal que abre portas para a nossa juventude em diferentes seguimentos de trabalho. É um incentivo para que os jovens conheçam não apenas do trabalho técnico das nossas secretarias, mas principalmente a função humanitária que desempenhamos”, destaca o governo interino.

Na secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias os 13 jovens integrantes do Grupo de Castores participarão de palestras online com a equipe técnica e serão convidados para ações que sejam adequadas ao perfil dos voluntários. “Temos diferentes atividades em que esses jovens podem ser inseridos e vamos aproveitar essa parceria, para fazer do Grupo de Castores, multiplicadores de nossas iniciativas nas comunidades”, pontua o secretário de Defesa Civil.

De acordo com o secretário a ideia é que os jovens tenham conhecimento do processo de trabalho da Defesa Civil e tenham ciência da gama de atuação voltada para a prevenção de desastres na cidade. A imersão no universo da secretaria terá o intuito de mostrar todas as ações desenvolvidas pelo governo municipal para garantir maior segurança da população. “Essa proximidade com nosso trabalho pode inclusive servir de motivação para esses jovens no processo de formação profissional”, acrescenta o secretário.

Uma das inciativas da Defesa Civil que pode ganhar força a partir do trabalho voluntário do Grupo de Castores é a Parede Solidária. No momento o projeto é voltado para a campanha de arrecadação de agasalhos, mas será um constante instrumento de trabalho social desempenhado pela secretaria. As cartilhas de prevenção de acidentes e desastres, elaboradas pela Defesa Civil, também serão distribuídas aos jovens, que poderão ser inseridos ainda nos Núcleos Comunitários de Defesa Civil (Nudec), desenvolvidos até o momento em 22 regiões da cidade.

O Grupo de Castores é um segmento de atuação do Lions Club, fundado em 1953 voltado ao trabalho solidário. Foi a primeira Sociedade Jovem do Brasil e também o primeiro movimento jovem do Lions Club International no mundo. A parceria com a Defesa Civil visa fortalecer esse trabalho. “Acompanhamos o trabalho que vem sendo desempenhado pela Defesa Civil e consideramos esse, um órgão de referência para o trabalho em prol do bem-estar da sociedade. Estamos sempre em busca de atividades que motivem nossos jovens a serem mais atuantes. Teremos muito a aprender e queremos ser atuantes nas ações realizadas”, pontua um dos representantes do Grupo de Castores, Wilson Gualberto.


Intervenção na Rua Dr. Paulo Hervê está próxima de ser concluída, na Estrada do Calembe foi iniciada e a recuperação da Rua Joaquim Agante Moço já teve dois terços finalizados.

O governo interino segue, através do programa Acelera Petrópolis, com o trabalho de pavimentação viária que vai recuperar mais de 60 ruas, 42 quilômetros de vias públicas por toda a cidade. Em Nogueira, onde as intervenções feitas pela secretaria de Obras começaram no início do mês, a próxima etapa é a Estrada do Calembe. No bairro, serão 5km de vias asfaltadas, já tendo sido concluída a pavimentação da Rua Promenade. Simultâneamente, o trabalho, que também acontece na Rua Dr. Paulo Hervê, no Bingen, será concluído nesta semana.

“Sabemos na necessidade de melhoria da pavimentação em Nogueira. Já recuperamos 1,6 quilômetros da rua Promenade e agora temos pela frente quase dois quilômetros da Estrada do Calembe. Além disso, serão outros 750 metros da rua Dr. Bina, 350 metros da rua Padre Correa Lima e ainda incluímos a Rua Belo Horizonte. Serão quase 5km de ruas asfaltadas. Estamos avançando com o programa Acelera Petrópolis, que neste momento também está asfaltando ruas no Bingen e em Itaipava”, destaca o governo interino.

A Estrada do Calembe, receberá, assim como a Rua Promenade, camadas de piso CBUQ (concreto betuminoso usinado a quente), material que está sendo colocado com recursos do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento - Finisa, da Caixa Econômica Federal - CEF, além de recursos do próprio município. O mesmo material vem sendo utilizado para melhoria da pavimentação no Bingen. onde a secretaria de Obras vai recuperar 4,6km de vias públicas. “Estamos próximos d.e concluir a pavimentação da na rua Dr. Paulo Hervê, o que deve acontecer ainda nesta semana, a depender das condições climáticas”, afirmou o secretário de Obras, que lembra ainda que o trabalho também foi realizado na avenida Lúcio Meira, no pórtico, e nas ruas João Xavier e Luiz Winter, “que em breve serão sinalizadas horizontal e verticalmente”.

Alternativa para o trânsito em Itaipava

O secretário de Obras destaca também que está em fase final o asfaltamento das ruas Joaquim Agante Moço e Desembargador Luiz Antônio Severo, que ficam na parte de trás do Parque municipal em Itaipava e servirão como rota alternativa à Estrada União e Indústria nesse momento de execução das obras do DNIT. Em toda a cidade, o trabalho de recuperação envolve mais de 60 ruas, 42 quilômetros de vias asfaltadas. Além da recuperação da malha viária.


As peças, que são resultado de escavações no ponto turístico, estão expostas na entrada do palácio.

O trabalho de arqueologia, que já resultou em mais de dois mil objetos desenterrados do jardim do Palácio de Cristal, agora pode ser visto por quem passa pela Rua Alfredo Pachá, no Centro Histórico. Parte do acervo está exposto na entrada do cartão postal, junto com um cartaz que explica como vem sendo executado o trabalho de resgate cultural e histórico, assim como dá a dimensão do valor dessas peças para a história do país.

“É um resgate importante da história da nossa cidade, que faz parte, claro, da história do país. A gente quer ver logo o palácio reaberto. Mas, esse trabalho vai dar a esse importante pólo de visitação turística mais um atrativo”, destacou o prefeito interino de Petrópolis.

O trabalho de arqueologia, autorizado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - Iphan e executado pela Engeprat, através da Grifo Arqueologia, já escavou mais de 260 metros de trincheiras no jardim do palácio, de onde já foram retiradas mais de 2 mil peças. “Mais de dois terços das trincheiras já foram analisadas. Nesse trabalho conseguimos remover do solo louças finas, ferraduras antigas e garrafas de bebidas importadas da Europa no século XIX. Há ainda o fragmento de um cachimbo de porcelana que indica que quem utilizou o objeto pertencia à uma classe favorecida Mas também há moedas dos anos 60. Houve um aterramento em período posterior à construção do palácio. Talvez mais do que um. Por isso, só a análise técnica em laboratório vai nos permitir descobrir o real valor histórico de cada peça”, avaliou o arqueólogo que acompanha o trabalho.

“Estamos numa fase intermediária. Peneiramos boa parte da terra removida das valetas. Nós temos duas histórias aqui: a do material arqueológico do século XIX e talvez artefatos do século XVIII, além da história dos aterros que foram feitos em diversas fases da história do local. Quando terminarmos o peneiramento, ainda continuaremos com o monitoramento das atividades aqui, além das sondagens mais profundas, em busca de materiais mais antigos. Esse trabalho é lento. Estamos ainda em uma primeira abordagem, que além da identificação envolve a questão da datação. Esse material ainda ficará à disposição de pesquisadores”, detalha o arqueólogo que é diretor da empresa que executa o serviço especializado no Palácio de Cristal.

A previsão é de que o trabalho iniciado no fim de maio seja concluído em cinco meses. “Nesse momento, em que o Palácio ainda não está aberto, disponibilizamos parte do acervo encontrado aqui, para que possa ser visto, ainda que do lado de fora, pela população. Serve para que a população entenda o que é o trabalho de arqueologia e a importância desse trabalho para enriquecer ainda mais a história desse local tão importante para a cidade”, disse o arqueólogo.

Visitantes já podem ver as peças

A historiadora Rosilene Martins, que também pertence à empresa que executa o trabalho de arqueologia no Palácio de Cristal, em visita ao palácio, orientou turistas sobre o trabalho Material arqueológico encontrado no Palácio de Cristal já está exposto ao público que está sendo realizado. “Quando a gente expõe algum material ou fala sobre ele, a gente está falando sobre cultura da sociedade. E isso é importantíssimo porque resgata um passado, que não se viu e que a arqueologia possibilita visualizar materialmente através dos artefatos. Aqui exposto está um pequeno recorte desse grande trabalho que vem sendo realizado, que já é representativo do patrimônio social. Devolvendo ao povo o que está sendo achado aqui, ajudando a manter o interesse das pessoas pelo palácio nesse período de intervenções”, ressalta a historiadora.

O Palácio de Cristal é responsável por contar parte da história do Brasil. Localizado na cidade planejada pelo imperador D. Pedro II, foi erguido em um local onde ficava a Praça da Confluência ou de Passeio Público, onde aconteciam exposições hortícolas e cultos religiosos públicos. A construção ocorreu no ano de 1984. Uma estrutura pré-montada foi encomendada da Sociedade Anônima Saint-Souver Lês Arras, na França pelo Conde d’EU e inspirada no Palácio de Cristal de Londres e no Palácio de Cristal do Porto. Trata-se de um presente entregue à sua esposa Princesa Isabel para que ela pudesse cultivar suas flores e hortícolas.

O trabalho de arqueologia faz parte do trabalho de obras de restauração do Palácio de Cristal, que tiveram início em 4 de outubro de 2019 e que foram paralisados no início de fevereiro de 2020 por uma determinação do IPHAN, que solicitou acompanhamento arqueológico. Ao longo de 2020, a empresa vencedora da licitação acabou desistindo dos trabalhos e a segunda colocada – Engeprat – assumiu o serviço em setembro.

Neste ano, ao assumir o governo municipal, a gestão interina se empenhou e passou a atuar junto à empresa para garantir a retomada dos trabalhos. Em março, as equipes chegaram a iniciar serviços no terreno (sem, no entanto, mexer nos jardins), enquanto preparavam a contratação do arqueólogo e, em seguida, a elaboração do projeto arqueológico. Tudo com o apoio da Secretaria de Obras. O projeto foi enviado para aprovação do IPHAN e, com o retorno positivo do órgão de preservação.

“Nas demais intervenções necessárias no espaço e que foram possíveis executar durante o trabalho de arqueologia, fizemos a reforma dos banheiros e a instalação de um novo piso na entrada do palácio. Assim que o trabalho de arqueologia for concluído, daremos início à reforma das instalações elétricas”, pontuou o secretário de Obras.


Encontros remotos

A Secretaria de Educação está dando continuidade ao calendário de formação para os professores da rede municipal. Ainda há vagas para os encontros destinados aos profissionais que atuam nas disciplinas de Língua Portuguesa e Língua Inglesa. Os encontros serão realizados nessa semana no formato remoto.

A formação de Língua Inglesa contará com conteúdo atual e prático para quem estuda e se interessa pelo inglês numa perspectiva de vanguarda. As inscrições podem ser feitas pelo email para: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. "> O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  

O encontro será no dia 18/08, das 9h30 às 11h. “As formações são importantes para a troca de informações e aproximação entre a equipe da Secretaria de Educação e os profissionais que estão atuando com os alunos. São encontros dinâmicos e preparados por professores que têm a vivência de sala de aula”, explica o governo interino.

Já a formação de Língua Portuguesa, para os profissionais que atuam nas turmas dos anos finais do Ensino Fundamental, Ensino Médio e EJA – Educação de Jovens e Adultos, ocorrerá no dia 19/08, pelo google meet, das 9h30 às 11h. As Inscrições podem ser feitas até as 17h do dia 18/08 também pelo email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Importante que na inscrição o professor informe o nome completo, instituição e telefone. O link para participação será encaminhado por email.

“Essas formações são para os professores que atuam no segundo segmento, Ensino Médio e EJA. O calendário preparado pelo Departamento de Ensino Fundamental é muito atual e vale a pena participar. Mas, vale a pena conferir, também, o Seminário de Educação Infantil que teve início nessa semana e segue até dia 25 com participação de vários profissionais discutindo temas inerentes à rotina pedagógica nos primeiros anos de escolaridade”, explica a secretária de Educação.

O Seminário de Educação Infantil “Entre o Virtual e o Real - Integrando saberes na Educação Infantil” está sendo transmitido no Youtube e Facebook da Prefeitura de Petrópolis. Confira a programação:

Quarta-feira - 18/08/2021

9h30 - "Docência com os bebês: relações e práticas construídas nos detalhes"
Maria Nazareth de Souza Salutto de Mattos
Professora da Faculdade de Educação da Universidade Federal Fluminense. Coordenadora do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação, Infância, Bebês e Crianças-GERAR

10h30 – Nutrição Infantil
Priscila Ferreira Leite Pereira
Nutricionista da Secretaria de Saúde – Petrópolis/RJ
NASF

Quinta-feira - 19/08

9h30 - Neurociência na Educação Infantil
Prof. Maria de Fátima Vasconcelos

Sexta-feira - 20/08

9h30 - Musicalizando a Educação Infantil
Ana Laura Simão
Licenciada em Música, especialista em Educação Integral e mestranda em Música - UFRGS

Segunda-feira - 23/08

9h30 - “Organizando atividades no novo cenário da Educação”
Angela Maria Paiva Gama
Pedagoga, especialista em Filosofia com Crianças, Coordenadora e Professora dos Cursos de Letras e Pedagogia no Campus R9 Taquara, da Universidade Estácio de Sá

Terça-feira - 24/08

9h30 – “Desafios e possibilidades nos Museus: O Programa Educacional do Museu Imperial”
Carolina Moreira da Silva Knibel
Graduada em Turismo, especialista em Gestão do Patrimônio Cultural e responsável pela Área de Atividades Educativas e Culturais do Museu Imperial

Quarta-feira - 25/08

9h30 – “Atualizando o debate sobre a integração das creches e pré-escolas aos sistemas de ensino: uma conversa necessária”
Maria Fernanda Nunes
Professora Titular-Livre em Educação Infantil do Departamento de Didática da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, psicóloga, mestra em Educação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1995) e doutorado em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2005). Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação da UNIRIO.