As equipes de enfermagem, sob coordenação do departamento de Vigilância em Saúde, deram sequência na segunda (23/08) a vacinação contra a covid-19. Durante todo o dia, 3.932 pessoas foram vacinadas na cidade. Destas 3.299 receberam a primeira dose e 633 receberam a segunda dose do imunizante. Até o momento 190.238 pessoas receberam a primeira dose e 81.269 receberam a segunda dose e 6.805 receberam a dose única do imunizante. Por conta da logística de informações para fechamento dos dados o boletim da vacinação passou a ser divulgado na parte da manhã.  

Nos pontos de imunização foram vacinados 47 idosos, sendo oito com a primeira dose e 39 com a segunda dose. A primeira dose da vacina foi aplicada em 3.258 pessoas com idade entre 24 e 59 anos sem comorbidades. Na faixa etária abaixo de 59 anos, 317 pessoa também receberam a segunda dose.  

Também receberam a vacina 187 pessoas com comorbidades, sendo nove com a primeira dose e 178 com a segunda. Um deficiente também recebeu a primeira dose.

Equipes vacinaram ainda 19 gestantes, das quais 11 com a primeira dose e oito com a segunda. Além destas, 22 puérperas foram vacinadas: 12 com a primeira dose e 10 com a segunda dose. 

Também foram vacinados com a segunda dose nove profissionais de Educação, 65 profissionais de saúde e sete integrantes de Forças de segurança.

A campanha de imunização contra a covid-19 segue na terça  (24/08), com a vacinação de pessoas acima de 23 anos sem comorbidades.  O cadastro deve ser preenchido no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br). 

A vacinação contra a covid-19 acontece em 13 pontos distribuídos nos cinco distritos.

Em caso de dúvidas é possível utilizar o Whatsapp da Saúde - assistente virtual que fornece informações sobre a vacinação, locais de atendimento a pacientes com sintomas da doença e boletins. O atendimento está disponível pelo número (24) 9.9200-1428

A taxa de ocupação de leitos para pacientes com covid-19 no Sistema Único de Saúde está, nesta segunda (23/08), em 47,92% em leitos clínicos e 73,53% em UTIs. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, incluindo hospitais públicos e privados, são 135 pacientes internados, sendo 82 em UTIs e 53 em leitos clínicos. Nove óbitos foram confirmados e inseridos na base estatística.

Até agora foram realizados no município 186.309 testes para Covid-19, com 45.577 resultados positivos e 140.204 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab).

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 1.420 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erro na informação divulgada pela Secretaria de Saúde.

A Secretaria acrescenta, ainda, que trabalha na atualização de dados de notificações e casos em análise no sistema, inserindo ainda dados pendentes de meses anteriores. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Óbitos registrados:

Mulher, 32 anos, moradora no Centro. Internada em 25.12.2020 na UPA Itaipava e transferida para UPA Centro. Óbito registrado em 30.12.2020 na UPA Centro. Paciente com fibrose pulmonar, imunodepressão e hipertensão arterial.

Homem, 48 anos, morador no Duarte da Silveira. Internado em 06.08.2021 já UPA Centro e transferido para o HST. Óbito registrado em 12.08.2021no HST. Paciente com hipertensão arterial.

Homem, 77 anos, morador no Alto da Serra. Internado em 14.08.2021 no HNSA. Óbito registrado em 15.08.2021 no HNSA. Paciente com doença pulmonar obstrutiva crônica e doença cardiovascular crônica.

Mulher, 84 anos, morador no Vila Militar. Internada em 28.06.2021 no SMH. Óbito registrado em 17.08.2021 no SMH. Paciente com doença respiratória crônica.

Homem, 21 anos, morador no Cascatinha. Internado em 20.05.2021 no Hospital Unimed. Óbito registrado em 21.08.2021 no Hospital Unimed. Paciente com doença neurológica crônica.

Homem, 66 anos, morador na Estrada da Saudade. Internado em 11.08.2021 na UPA Cascatinha. Óbito em 14.08.2021 na UPA Cascatinha. Paciente com doença neurológica crônica e doença cardiovascular.

Homem, 70 anos, morador no Samambaia. Internado em 22.07.2021 no HST e transferido para o HMNSE. Paciente com doença pulmonar obstrutiva crônica e diabetes.

Homem, 79 anos, morador no Centro. Internado em 15.08.2021 na UPA Cascatinha e transferido para o SMH. Óbito registrado em 21.08.2021 no SMH. Paciente com diabetes e doença cardiovascular crônica.

Homem, 50 anos, morador no Meio da Serra. Internado em 26.07.2021, na UPA Cascatinha e transferido para o SMH. Óbito registrado em 23.08.2021 no SMH. Paciente com hipertensão arterial, diabetes e obesidade.

Evento vai até domingo e traz pratos especiais da culinária japonesa oferecidos por restaurantes no Centro e nos distritos

O governo interino participou na tarde de hoje do lançamento oficial do Bunka-Sai Gastronômico, festival que promete destacar delícias da culinária japonesa entre os dias 25 e 29 de agosto, numa iniciativa da Turispetro, com mais de 20 restaurantes. Adaptado aos tempos atuais, haverá opção de atendimento presencial, take away e também delivery. O evento vem complementar a parte cultural do Bunka-Sai, que foi apresentada no último sábado (21) através das redes sociais.

Além do prefeito, participaram do lançamento os secretários de Turismo, o presidente do Instituto Municipal de Cultura e a coordenadora de Relações Institucionais. A Associação Nikkei de Petrópolis foi representada por Masao Nagashima, relações públicas da instituição. O evento aconteceu na Pousada Dom Petrópolis, no Centro Histórico, onde está situado o "Museu do Japão".

O governo interino agradeceu a participação de todos os comerciantes e disse que o festival vem consolidar a tradição da Bunka-Sai, festa que já é parte integrante do calendário oficial da cidade. "É um momento importante para todos nós. É mais uma celebração desta relação que Petrópolis tem com o Japão. Precisamos manter esta chama acesa", disse.

"O festival certamente vai movimentar o circuito gastronômico da cidade. A expectativa é muito positiva para este evento", destaca o Secretário de Turismo.

Para Wallace Braz, que é proprietário de um restaurante especializado na culinária japonesa com três filiais em Petrópolis, o evento vem contribuir com algo além do movimento durante o período do festival, mas traz também um oportunidade ímpar de unir os envolvidos no segmento, entre proprietários, funcionários e as entidades que divulgam o turismo e a cultura na cidade, em torno de ações que possam fazer de Petrópolis um grande polo da culinária japonesa.

"Estou muito feliz em poder participar deste momento, e a expectativa é muito boa. Vamos todos unidos fazer do Bunka-Sai Gastronômico um grande sucesso para Petrópolis", disse ele, que além de empresário do setor é sushiman responsável pelos cardápio dos estabelecimentos.

O local escolhido para o lançamento foi o imóvel onde hoje está situado o Museu do Japão, um casarão do século XIX, antiga sede da primeira legação japonesa no Brasil entre 1897 e 1903. No local, foi criado um espaço em parceria com a Associação Nikkei de Petrópolis, onde a proprietária da pousada, Fernanda Fonseca, expõe peças que nos contam um pouco mais sobre a imigração japonesa para o Brasil.

Para acompanhar os detalhes do festival, como lista completa dos participantes, pratos oferecidos, fotos e valores, basta acessar o site https://web2.petropolis.rj.gov.br/bunka-sai/gastronomico.


Governo interino, ao lado de secretários municipais, visitou o local hoje (23/08)

O shopping em construção na Rua Marechal Deodoro, no Centro, tem previsão de começar a funcionar em setembro de 2022. O espaço vai contar com 128 lojas, quase 800 vagas de estacionamento, cinco salas de cinema, um centro de convenções e um apart-hotel com 60 quartos, além de praça de alimentação e outros atrativos que estão sendo projetados. O governo interino, ao lado de secretários municipais, visitou a construção hoje (23/08).

O novo empreendimento conta com uma área de aproximadamente 60 mil metros quadrados de construção e a expectativa é que gere mais de três mil vagas de empregos. “É uma construção moderna, que chama atenção pela arquitetura. Acredito que, além da geração de empregos, será um diferencial para o nosso turismo”, disse.

Em oito anos de obra, mais de mil pessoas já foram empregadas pelos responsáveis pela construção, que vai se chamar “Pátio Petrópolis Shopping”. “Grande parte das nossas salas contam com terraços, algo que não é muito comum, e os espaços são integrados. Trouxemos um conceito de estacionamento que é muito usado em ginásios pelo mundo, para que não ocorram problemas na hora de estacionar”, contou um dos responsáveis pelo empreendimento.

“Grandes marcas estão interessadas em vir para a cidade e se instalar nesse empreendimento”, destacou o secretário de Desenvolvimento Econômico. “Isso também vai ajudar no turismo. Um espaço como esse, com uma gama de atividades e serviços em um único lugar, vai atrair um grande público para a nossa cidade”, completou, secretário da Turispetro.

Também estiveram presentes na visita o presidente do Instituto Municipal de Cultura (IMC) e a coordenadora Especial de Articulação Institucional.


Nesta terça-feira (24), a Prefeitura de Petrópolis finaliza a programação de lives do Agosto Dourado, mês de incentivo à amamentação. Nesta última transmissão, a fonoaudióloga Márcia Freitas vai falar sobre os benefícios do aleitamento materno para a fala. Já a nutricionista Catarina Ricardo Guimarães vai abordar o tema "leite materno e seus benefícios". A exibição online acontece às 17h no Facebook e no Youtube oficial da Prefeitura.

A programação do Agosto Dourado encerra na próxima sexta-feira (27), de 09h às 16h, quando será realizado o segundo PitStop na Praça da Inconfidência, no Centro da cidade, com orientações ao público sobre o aleitamento materno. As ações são realizadas por meio das Áreas Técnicas da Secretaria de Saúde. O secretário parabeniza as equipes de saúde pelo trabalho realizado ao logo do mês.

“A nossa programação durante o mês de agosto foi muito especial, o objetivo foi conscientizar as pessoas sobre a importância da amamentação. E além disso, com ações e eventos em locais públicos, como o PitsStop, aproximamos a Secretaria da população” disse o secretário.

No Hospital Alcides Carneiro (HAC) também foram realizadas ações com gestantes e pais na maternidade. Foram feitas artes gestuais com as grávidas, colóquio para os profissionais de saúde e café com os pais, com orientações e cuidados da saúde deles e dos filhos.

Recuperação viária também chega no Centro Histórico, que receberá 3,4km de pavimentação em ruas pela cidade

O governo municipal avança nesta semana em mais uma etapa do trabalho de asfaltamento realizado através do programa Acelera Petrópolis. A Rua Belo Horizonte, em Nogueira, será a terceira via do bairro a receber a melhoria na pavimentação, que já passou pela rua Promenade e pela Estrada do Calembe. No bairro serão feitos cerca de 5km de recuperação viária com verbas do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento - Finisa, da Caixa Econômica Federal - CEF, além de recursos próprios do município.

“Havia uma demanda por melhoria na infraestrutura viária de Nogueira e, felizmente, o Acelera Petrópolis está levando o asfalto novo na porta dos moradores. É um retorno à população das demandas antigas de melhoria nas ruas. Já avançamos com o asfalto no Bingen, no primeiro distrito, e ainda seguiremos outras localidades” destacou o governo interino. O Acelera Petrópolis atende demandas do Centro da cidade, Morin, Siméria, Quitandinha, Itaipava, Nogueira, Mosela, Quarteirão Brasileiro, Alto da Serra, Sargento Boening e Valparaíso”, completou.

Em Nogueira, já foram concluídos 1,6km da Rua Promenade e um trecho de 1,7km da Estrada do Calembe. “A Rua Belo Horizonte é a etapa que começa hoje (23). Além disso, serão outros 750 metros da rua Dr. Bina e 350 metros da rua Padre Correa Lima. Serão quase 5km de ruas asfaltadas também em Nogueira”, destaca o secretário de Obras.

Trabalho próximo de ser concluído no Bingen

Na última sexta-feira (20), o trabalho de pavimentação foi concluído na Rua Dr. Paulo Hervê, em um dos principais acessos à cidade, no Bingen, e será finalizado nesta semana na Rua Dr. Henrique Cunha, em um trecho de 400 metros. Além das duas vias, já haviam sido asfaltadas a Avenida Lúcio Meira e as Ruas Luiz Winter e João Xavier, totalizando quase cinco quilômetros de pavimentação nova.

Em toda a cidade serão mais de 60 ruas (44km). A secretaria de Obras, iniciou o trabalho no dia 13 de julho. A Rua João Xavier recebeu 2,7 quilômetros de piso CBUQ (concreto betuminoso usinado a quente), material que também foi aplicado em pouco mais de 500 metros da Rua Luiz Winter, 500 metros da Avenida Lúcio Meira e 1,1km da Rua Dr. Paulo Hervê.

Trabalho terá início também no Centro Histórico

Amanhã (24), o trabalho de asfaltamento do Acelera Petrópolis será feito na Avenida Koeller. “A execução do trabalho será à noite, em função do intenso fluxo de veículos que a via recebe durante o dia”, informou o secretário de Obras, que lembra que no centro ainda estão previstas as pavimentações das ruas Benjamin Constant, Paulo Barbosa, Dr. Porciúncula, Travessa Prudente Aguiar, Washington Luiz, Hélio Bitencourt e Quissamã, totalizando cerca de 3,4km.

Rua Joaquim Agante Moço está próxima de ser concluída

O distrito de Itaipava está prestes a ganhar uma alternativa para o trânsito, especialmente neste momento em que o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes - DNIT executa a obra de recuperação da Estrada União e Indústria. Segundo o secretário de Obras, o asfaltamento das ruas Joaquim Agante Moço, que utiliza o asfalto usinado a frio (PMF), está com pouco mais de 60% concluído. “Já terminamos a aplicação do CBUQ na Rua Desembargador Luiz Antônio Severo, que se junta a Agante Moço, nesse trajeto alternativo, na parte de trás do Parque municipal em Itaipava. Ambas servirão como rota alternativa”.


Feira de adoção deu novos lares a 80 animais nas últimas edições realizadas

A nona Campanha de adoção de animais promovida pela Prefeitura de Petrópolis, através da Coordenadoria de Bem-estar Animal (Cobea), promoveu o acolhimento de três pets no último sábado (21). O evento contou com o apoio do Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais (COMUPA) e com a presença das instituições Cão Amor, Cães do Quarteirão, Turma do Peludo, além da protetora Marilei Cogliati, que ficaram responsáveis pelos cães e gatos para serem adotados. A iniciativa conta ainda com a parceria de empresas do segmento do mercado pet que oferecem brindes e serviços aos animais acolhidos.

Segundo o governo interino, as feiras possuem um grande potencial de conscientização e também de influência no papel social. “Com a regularidade da campanha, estamos conseguindo fomentar a conscientização sobre a causa animal na população. Queremos destacar a importância de adotar e, com isso, desestimular de alguma forma a expansão do comércio de cães e gatos”, afirmou.

Nesse fim de semana, a campanha teve uma visitante especial. A agente Jujuba, a Golden Retriever que serve à Guarda Civil Municipal, compareceu ao evento e fez a alegria das crianças que passavam pelo local. O público, principalmente os mais jovens, aproveitaram para tirar fotos e tiveram a oportunidade de brincar com a cadela.

“Muito legal ter a presença da Jujuba na feira. Nos deixa muito felizes, além de atrair mais pessoas para o evento, o que é ótimo. Infelizmente, ainda há bichinhos sem um lar e o que mais buscamos em nossas campanhas é poder promover adoções responsáveis para possibilitar aos pets uma moradia repleta de amor, carinho e cuidado", ressaltou o coordenador de Bem-estar Animal.

A próxima edição da campanha já tem data e horário marcado. Será neste sábado (28), das 10h às 15h, na Praça Dom Pedro II. Em nove etapas, 80 animais ganharam um novo lar. Os interessados em adotar algum pet deverão ter mais de 18 anos, comprovar residência fixa e apresentar os documentos: RG e CPF. Em caso de dúvidas, a Coordenadoria disponibiliza contatos por e-mail e telefone para a população.
Telefone: (24) 2291-1505
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.


Estudantes estão no 6º ano da Escola Municipalizada Hercília Henriques Moret

Motivo de comemoração para a rede municipal de ensino: duas alunas da Escola Municipalizada Hercília Henriques Moret foram classificadas para a 2ª fase da Olimpíada Nacional de Ciências – ONC - iniciativa que integra o Programa Ciência na Escola e é uma realização de cinco Sociedades Científicas: a SBF (Sociedade Brasileira de Física) a ABQ (Associação Brasileira de Química), o Instituto Butantan, a Sociedade Astronômica Brasileira e a Universidade Estadual de Campinas. As provas da segunda fase serão realizadas em setembro, de forma online.

A Olimpíada Nacional de Ciências é resultado de um convite do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) às Sociedades e se destina a estudantes do Ensino Médio e do 6ª a 9º ano do Ensino Fundamental, alunos da 4ª série do Ensino Técnico, bem como estudantes da Educação de Jovens e Adultos. As duas alunas classificadas, Nicolle Vicente Pereira e Sarah do Couto Fiaux, estão no 6º ano do Ensino Fundamental. Elas fizeram a primeira prova da olimpíada e garantiram pontuação para a 2ª fase.

“Ótima notícia para a rede e que serve de incentivo para todos os estudantes. Parabéns às alunas pelo desempenho e um agradecimento aos professores e equipe da escola que não medem esforços na motivação aos estudantes”, afirma o governo interino.

A diretora da escola, Rosiane Sanches, destaca o comprometimento das alunas. “ Como diretora, tenho um grande orgulho de todos os alunos. Principalmente neste período de ensino remoto, ter essa conquista, nos enche de esperança. Saber que, apesar de todos os obstáculos que estamos passando em virtude da pandemia, ainda podemos nos superar e conquistar a vitória. Essas alunas foram guerreiras, acreditaram e conquistaram essa vitória. Também destaco os trabalhos dos professores, Roseli Egydio de Mello e Vinicius Castro Santos que foram grandes incentivadores para a participação dos alunos”, contou Rosiane.

A Escola Municipalizada Hercília Henriques Moret atende 950 alunos matriculados do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental. A unidade também tem turmas da EJA – Educação de Jovens e Adultos. A secretária de Educação agradece a equipe gestora, os professores, parabeniza as estudantes e deixa um recado.

“A segunda fase já está chegando. Agora, mais do que nunca, é preciso atenção, calma e também a continuidade dos estudos de forma tranquila. Já terem chegado nesse ponto mostra o quanto essas alunas são dedicadas, podem e devem se inscrever em novos desafios e mostrar aos demais estudantes da rede que eles têm capacidade para participar de todas as olimpíadas. Temos muitos talentos”.

As provas da 2ª fase envolverão questões de Astronomia, Biologia, Física, História e Química. Os resultados de todas as fases são divulgados na página oficial da ONC (http://www.onciencias.org). A ONC concederá medalhas até o limite percentual de 5% dos estudantes participantes da 2ª fase, divididas em 03 (três) categorias: ouro, prata, bronze. Farão jus a certificados de menção honrosa os estudantes que acertarem pelo menos 50% das questões da 2ª fase da ONC 2021.

A premiação final da Olimpíada será em 27 de outubro. Os objetivos da competição são: Despertar e estimular o interesse pelo estudo das ciências naturais; Aproximar as instituições de ensino superior, os institutos de pesquisa e sociedades científicas das instituições do ensino médio e do ensino fundamental; Identificar estudantes talentosos e incentivar seu ingresso nas áreas científicas e tecnológicas, nas universidades ou nos setores produtivos; Proporcionar desafios aos estudantes visando o aprimoramento de suas formações e contribuir para a melhoria da qualidade da educação básica e promover a inclusão social por meio da difusão do conhecimento.


Município já cadastrou 30 moradores que serão beneficiados com o tratamento de esgoto

A prefeitura, em parceria com a Águas do Imperador, vai instalar cinco biodigestores na Comunidade do Ingá, na Posse. A ação vai beneficiar 30 moradores da Rua Oswaldo Perlingeiro com o tratamento de esgoto residencial. Ontem (22/08), uma equipe da secretaria de Meio Ambiente esteve no local cadastrando as famílias que serão atendidas.

"O esgoto aqui está sendo jogado em meio à natureza e em parceria com a Águas do Imperador, vamos evitar que isso aconteça, ajudando na preservação ambiental dessa localidade. Os moradores esperavam por isso há muito tempo. Estamos protegendo a saúde das pessoas e mantendo a qualidade dos nossos recursos naturais", disse o secretário de Meio Ambiente, que acompanhou o cadastramento das famílias.

A instalação dos biodigestores deve ocorrer em 30 dias. Além da Posse, a prefeitura instala fossas sépticas na comunidade da Vila São Francisco – localidade conhecida também como Horta, que fica no Meio da Serra. Essa ação garante o tratamento de esgoto para cerca de 70 pessoas daquela região.

"Estamos falando de um assunto muito sério que é o saneamento básico. Com as fossas sépticas e os biodigestores garantimos que o esgoto produzido deixe de ser despejado na natureza, o que contribui para a preservação do meio ambiente e qualidade de vida dos moradores”, frisa o governo interino.