As inscrições para o Fórum de Meio Ambiente permanecem abertas até o dia 1º de setembro. Os interessados em participar devem se cadastrar de forma on-line (https://forms.gle/wqYwwkDvrjFEu17M6). Qualquer pessoa pode acompanhar o evento como ouvinte. Já para participar da eleição das cadeiras que representam a sociedade civil no Conselho Municipal de Meio Ambiente (Comdema), é necessário ser integrante de alguma instituição com pelo menos dois anos de atuação na área ambiental no município. O Fórum será realizado no dia 2 de setembro, na Casa dos Conselhos, das 15h às 20h.

Também neste dia, toma posse o novo presidente do Comdema. Após dois anos dirigido por Roberta D'Ângelo, representante da sociedade civil, o poder público assume a presidência através do secretário da pasta. "O Comdema é um conselho deliberativo que permite a sociedade civil organizada e o governo municipal discutirem as questões ambientais em nosso município. Ele exerce um papel muito importante na elaboração de políticas públicas", ressalta o secretário de Meio Ambiente.

Neste ano, o Fórum de Meio Ambiente será realizado de maneira híbrida: o auditório da Casa dos Conselhos será restrito para apenas 25 pessoas. Pela internet, as pessoas podem acompanhar a transmissão através do aplicativo meet (URL da reunião: https://meet.google.com/kyt-sjjo-dnr).

"As inscrições já estão abertas. Qualquer pessoa pode participar como ouvinte. Para participar das eleições, somente pessoas que representem instituições com pelo menos dois anos em atuação na área de meio ambiente na cidade. Importante ressaltar também que o Comdema é o espaço para a criação de políticas públicas para o nosso município", disse o secretário executivo do Conselho e membro da comissão organizadora do Fórum.

A recuperação viária na avenida Koeller começa hoje à noite.

A Prefeitura iniciou mais uma etapa do programa Acelera Petrópolis. Nesta quarta-feira (25) o governo municipal deu início ao asfaltamento da rua Teresa. A intervenção começou próximo ao acesso à rua Lopes Trovão e segue até a rua Chile. Ainda hoje, a secretaria de Obras dá início ao trabalho de recuperação da pavimentação da avenida Koeller, no Centro Histórico. A primeira etapa do programa já foi concluída no Bingen. O trabalho acontece também em Nogueira e Itaipava.

“Com o Acelera Petrópolis estamos levando melhorias para diferentes áreas da cidade. São intervenções que melhoram o dia-a-dia dos moradores. Já concluímos o trabalho no Bingen, onde a próxima etapa será a renovação da sinalização viária. Em Nogueira já estamos asfaltando a Rua Belo Horizonte e a Estrada do Calembe e em Itaipava, liberando uma rota alternativa para o tráfego na rua Joaquim Agante Moço. Seguiremos agora para o centro, Alto da Serra e também pelo Morin, Siméria, Quitandinha, Itaipava, Nogueira, Mosela, Quarteirão Brasileiro, Sargento Boening e Valparaíso”, destacou o governo interino.

Na segunda-feira (23), o governo municipal começou o trabalho na rua Belo Horizonte, em Nogueira, a terceira rua do bairro a receber a melhoria na pavimentação, que já passou pela rua Promenade e pela Estrada do Calembe. No bairro serão cerca de 5km de recuperação viárias com verbas do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento - Finisa, da Caixa Econômica Federal - CEF, além de recursos próprios do município.

Já na última sexta-feira (20), o trabalho de pavimentação foi concluído na Rua Dr. Paulo Hervê, em um dos principais acessos à cidade, no Bingen, e finalizado na segunda-feira na Rua Dr. Henrique Cunha, em um trecho de 400 metros. Além das duas vias, já haviam sido asfaltadas a Avenida Lúcio Meira e as Ruas Luiz Winter e João Xavier, totalizando quase cinco quilômetros de pavimentação nova. Em toda a cidade serão mais de 60 ruas (44km). A secretaria de Obras, iniciou o trabalho no dia 13 de julho, aplicando piso CBUQ (concreto betuminoso usinado a quente).


A Prefeitura, por meio da Secretaria de Assistência Social, deu sequência ao Programa Acelera Petrópolis. O Cras Volante esteve nesta quarta-feira (25), na comunidade do bairro Floresta, onde 44 pessoas foram atendidas na Escola Municipal Professor Joaquim Deister, onde realizaram a atualização de dados em vários programas sociais. A ação se estende até esta sexta-feira (27) de 9h às 16h.

Cadastrada no Cartão Imperial, Gisele Veriato Dias, de 38 anos, foi ao local para regularizar os dados cadastrais. Desempregada, ela diz que o benefício concedido pelo Governo Municipal faz a diferença em casa. "É um valor que ajuda muito na compra de comida", disse ela. O cartão é voltado para a compra de alimentos em estabelecimentos conveniados.

A equipe volante do Cras inclui orientadores educacionais, uma assistente social e um motorista. Eles se deslocam para diversas localidades do município garantindo o acesso de todos aos serviços, projetos, programas e benefícios de assistência social. Outra função é encontrar novas famílias que ainda não estão cadastradas nos programas assistenciais.

De acordo com o calendário, a equipe cumpre no Floresta a sexta etapa do programa e na semana que vem irá para Cascatinha.

Através do Acelera Petrópolis, o Cras Volante já atendeu moradores do Condomínio Habitacional Vicenzo Rivetti, Roseiral, Jardim Salvador, Meio da Serra e Caxambú. Mais de 450 famílias já foram regularizadas.

Segundo a secretária de Assistência Social, o Cras Volante desenvolve serviços para identificar as vulnerabilidades e as potencialidades de cada região, facilita o acesso da população a direitos sociais, e desenvolve uma metodologia de trabalho social de caráter descentralizado e participativo.

O material entorpecente foi localizado em praças, após denúncias recebidas pela Guarda Civil.

Na tarde desta terça-feira (24), guardas civis, com o auxílio do Chico, um Golden Retriever, de três anos, que pertence ao Grupamento de Operações com Cães, do canil Rufus Von Kru Gdorf, da Guarda Civil de Petrópolis, localizaram material entorpecente em duas ações no Centro Histórico: na Praça Visconde de Mauá (Praça da Águia) e na Praça da Liberdade. A ação foi resultado de denúncias.

“A apreensão do material entorpecente na praça Visconde de Mauá foi resultado de um patrulhamento preventivo que a Guarda tem realizado com regularidade no Centro Histórico e de denúncias feitas pela população. A atividade suspeita foi detectada no local, mas quando nossa equipe chegou já não havia ninguém. O cão, no entanto, identificou o cheiro da droga, que estava escondida em um arbusto”, informou o superintendente geral da Guarda Civil de Petrópolis.

Os guardas, da equipe k9, encontraram pinos de cocaína. Alguns com vestígios de uso recente. Em seguida, a equipe seguiu para a Praça da Liberdade, onde perceberam a atividade suspeita de dois rapazes. Ao averiguar o local que eles haviam acabado de deixar, encontraram erva prensada e um isqueiro.

Treinamento e resultado nas ações

Segundo o treinador do canil da Guarda, o resultado das ações desta terça-feira estão conectados ao trabalho de treinamento do cão e capacitação dos agentes para entender os sinais que o animal dá, ao mudar de comportamento. “Ele é um animal treinado para farejar material entorpecente e indicar a seus tutores, durante o trabalho de patrulhamento, que há esse tipo de material próximo. Ele percebeu ali o odor e farejou até localizar o material. Essa ação é resultado de um trabalho de continuidade, que envolve toda a equipe nesse estímulo ao animal, como se fosse uma brincadeira”, informa.

No dia 26 do mês passado, o mesmo cão ajudou Guardas a localizarem 21 pinos de cocaína na rua do Encanto, também no Centro Histórico. Material que estava escondido próximo à uma banca de jornal. Na última sexta-feira, durante a ação de Choque de Ordem deflagrada na Praça Princesa Isabel, outras duas ações com a equipe K9 resultaram na apreensão de drogas e de dois menores, que foram encaminhados à 105ª Delegacia de Polícia.

“É muito importante saber que nossa Guarda e nosso grupamento com cães participaram dessas ações, ajudando a localizar o material entorpecente. Neste ano tivemos também o retorno do trabalho de cinoterapia, do qual o Chico também faz parte com a Jujuba (uma cadela, também da raça Golden Retriever). Hoje, o canil da Guarda Civil de Petrópolis já é referência em todo o Estado”, pontua a secretária de Serviços, Segurança e Ordem Pública - SSOP


Programação contou com palestras, contação de histórias, e troca de experiências entre profissionais da educação

A Secretaria de Educação encerrou nessa quarta-feira (25/08) o Seminário: “Entre o Virtual e o Real - Integrando saberes na Educação Infantil”, realizado pelo Departamento de Educação Infantil. Foram oito dias de transmissão pelo facebook e youtube da Prefeitura de Petrópolis e participação de professores e especialistas em educação, com palestras e apresentação de trabalhos desenvolvidos na rede. No último dia do evento, o tema abordado foi a integração das creches e pré-escolas aos sistemas de ensino.

Há vente anos as creches, hoje chamadas de Centros de Educação Infantil, passaram a ser geridas pela Secretaria de Educação. “Um marco. Os espaços passaram a ser administrados sob a ótica da educação, levando em consideração as possibilidades pedagógicas de aprendizagem para as crianças já nos primeiros anos. A rede evoluiu muito e os profissionais estão de parabéns por todas as conquistas”, afirmou o governo interino.

A secretária de Educação agradeceu à equipe do Departamento de Educação Infantil pela programação e pela abordagem do tema. “Todos que participaram desse momento estão de parabéns. O empenho de todos mostra o quanto a educação evoluiu nesse tempo e vem mostrando a sua força e capacidade de modificar a vida escolar dessas crianças para melhor. Ao pensarmos na primeira infância, temos que considerar que é nesse momento em que a criança está fortalecendo suas capacidades cognitivas e as descobertas as ajudarão no restante do caminhar pedagógico. Só tenho a agradecer aos profissionais da rede pelo trabalho feito com tanto desempenho”.

A diretora do Departamento de Educação Infantil agradeceu o apoio da prefeitura e Secretaria de Educação. “Sem um olhar diferenciado para a educação infância, para a primeira infância nenhuma das conquistas da rede seria possível como os espaços especialmente preparados para acolhimento das crianças, brinquedos pedagógicos e formações para os servidores. Tudo isso e o incentivo da secretária de Educação nos faz caminhar”.

O encontro contou com a participação de Maria Fernanda Nunes, professora Titular-Livre em Educação Infantil do Departamento de Didática da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, psicóloga, mestra em Educação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1995) e que possui doutorado em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2005). Maria Fernanda também é professora do Programa de Pós-Graduação em Educação da UNIRIO.

“Muito bom estar participando deste momento em uma rede de ensino que está comemorando 20 danos de integração das creches na educação infantil. Nesses 25 anos da promulgação da Lei de Diretrizes e Bases da Educação, muita coisa mudou e ainda são muitos os desafios, até hoje renovados na educação, por isso, os debates devem ser atualizados sempre. Não podemos deixar nunca de discutir, mas, a educação infantil vem se modificando e melhorando muito nas etapas de ensino. Com inteligência, estudo e muita vontade preservamos a memória histórica de todas as etapas e conseguimos sempre avançar para conseguirmos o melhor para as crianças”, afirmou.


Município será um dos três do Estado do Rio a ter a programação

O governo interino anunciou, nesta quarta-feira (25), que Petrópolis vai sediar o Festival Paralímpico Loterias Caixa 2021. A informação foi confirmada pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), por meio do departamento Desporto Escolar. No Estado do Rio, serão quatro sedes, em três municípios. A terceira edição do Festival Paralímpico Loterias Caixa tem como objetivo promover a experimentação esportiva a crianças com e sem deficiência. O evento será realizado no dia 4 de dezembro, das 8h30 às 12h, em 70 espaços pelo Brasil.

“É uma conquista importante para a cidade. É a primeira vez que a cidade é selecionada. Não há limitação no esporte: as atividades mudam vidas e transformam realidades. Esta notícia, justamente durante as Paraolimpíadas em Tóquio, onde o Brasil já está marcando presença com medalhas, incentiva ainda mais os nossos futuros atletas”, afirmou o governo interino.

O Festival é destinado a crianças de 8 a 17 anos, com e sem deficiência. Assim como em 2019, a programação oferecerá três modalidades por sede e terá duração de 3h30 - das 8h30 às 12h. A intenção é mobilizar pessoas com deficiência em todo o território brasileiro por meio das atividades físicas.

A inscrição para participação no festival foi feita pela Secretaria de Educação, através do Departamento de Educação Especial. “Vamos fazer uma campanha para que os alunos da rede participem conosco desse momento. É uma vitória”, comentou a secretária de Educação.

A primeira edição do Festival, em 2018, foi realizada em 48 cidades. Em 2019, o evento teve 70 sedes. Não houve edição em 2020. Vale salientar que, no Rio de Janeiro, também foram selecionadas as seguintes sedes: Volta Redonda, Engenheiro Paulo de Frontin (Rio) e Clube Regatas do Vasco (Rio).


Mudança em texto de lei de 1986 vai ajudar no processo para liberação de recursos junto à CEF

O governo municipal está dando, nesta semana, um importante passo para garantir que servidores municipais que passaram, na década de 80, do regime de contratação por CLT para estatutário consigam a liberação, junto à Caixa Econômica Federal, do Fundo Garantia por Tempo de Serviço a que tinham direito na época. A Prefeitura conseguiu a aprovação na Câmara Municipal, com 13 votos a favor, do projeto que altera a Lei Municipal nº 4.401, de 15 de maio de 1986, que previa renúncia dos direitos trabalhistas depositados até aquele momento. Cerca de 2.300 funcionários e ex-funcionários que trabalhavam na época podem ter direito a receber os valores.

O Projeto de Lei encaminhado à Câmara pelo Poder Executivo altera a redação do artigo 3º da Lei Municipal nº 4.401, que previa que “todo servidor que pretender a sua transferência para o Quadro Permanente deverá assinar opção, desligando-se do Quadro Celetista e renunciando, com exceção de férias e 13º salário referente ao ano de 1986, a todos os seus direitos trabalhistas em favor do Município, com efeitos retroativos à data do início de seu contrato de trabalho, que será rescindido, e a rescisão submetida a homologação judicial, para que surta e produza todos os seus jurídicos e legais efeitos”. O tema, no entanto, passou a ser discutido judicialmente e muitos servidores ganharam a causa.

A mudança da lei, feita agora pela atual gestão da Prefeitura, tem como objetivo facilitar o acesso dos antigos funcionários ao dinheiro do fundo, que é de cada um. Isso porque o texto da lei de 86 é, apesar das decisões judiciais, considerado um entrave para que os antigos funcionários consigam a liberação dos recursos junto à Caixa Econômica Federal. A individualização dos valores, outro item citado como entrave, consta como sanado em processos anteriores registrados na Prefeitura. A individualização, segundo consta em antigos processos, foi feita pela própria CEF na década de 90 e, depois, em 2004.

No novo texto proposto pela Prefeitura, o trecho que fala sobre a renúncia aos direitos trabalhistas será suprimido, sendo substituído pela seguinte redação: “Art. 3º Para que opere o enquadramento, todo servidor que pretender a sua transferência para o Quadro Permanente deverá assinar opção, desligando-se do Quadro Celetista. Parágrafo único: O tempo de serviço do servidor optante, entretanto, será aproveitado e contado integralmente, para todos os fins e efeitos previstos no Estatuto dos Funcionários Públicos Municipais e legislação correspondente”. Com a mudança, o município reconhece o direito dos servidores que optaram pela troca do regime Celetista para Estatutário aos valores depositados do FGTS.


A Prefeitura de Petrópolis, por meio da Secretaria de Turismo, trabalha para inserir Petrópolis de forma mais efetiva no calendário nacional do antigomobilismo. Em reunião realizada na manhã desta terça-feira (24/8), na Secretaria de Turismo, o secretário recebeu o presidente do Veteran Car Club do Brasil com o objetivo de alinhar ações futuras, incluindo, no pós-pandemia, eventos ligados aos passeios e exposições de carros antigos no calendário turístico da cidade.

O dirigente manifestou o interesse do clube, o mais antigo clube de carros antigos do país, de promover mais ações na cidade imperial. A Turispetro agora vai avaliar o calendário e estuda modelos de ações que possam ser adaptadas aos dias atuais, como um "passeio de época" em parceria com o clube, que serviria de prévia para um evento no próximo ano, após a pandemia.

O Veteran Car Club do Brasil nasceu do sonho de alguns apaixonados pelo automóvel antigo. Entre os principais objetivos do clube, que possui cerca de 200 associados ativos, está os de restauração, manutenção e a preservação da memória automobilística nacional.

A taxa de ocupação de leitos para pacientes com covid-19 no Sistema Único de Saúde está, nesta quarta (25/08), em 47,92% em leitos clínicos e 66,18% em UTIs. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, incluindo hospitais públicos e privados, são 125 pacientes internados, sendo 80 em UTIs e 45 em leitos clínicos. Três óbitos foram confirmados e inseridos na base estatística.

Até agora foram realizados no município 187.162 testes para Covid-19, com 45.807 resultados positivos e 140.741 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab).

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 1.435 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erro na informação divulgada pela Secretaria de Saúde.

A Secretaria acrescenta, ainda, que trabalha na atualização de dados de notificações e casos em análise no sistema, inserindo ainda dados pendentes de meses anteriores. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Óbitos registrados:

Homem, 77 anos, morador no Caxambu. Internado em 15.08.2021 no HST. Óbito registrado em 22.08.2021 no HST. Paciente com pneumopatia crônica e doença cardiovascular crônica.

Homem, 74 anos, morador na Castelanea. Internado em 12.08.2021 no Hospital Unimed. Óbito registrado em 24.08.2021 no Hospital Unimed. Paciente com pneumopatia crônica e doença cardiovascular crônica.

Mulher, 92 anos, moradora em Corrêas. Internada em 22.08.2021 na UPA Cascatinha e transferida para o HMNSE. Óbito registrado em 25.08.2021 no HMNSE. Paciente com hipertensão arterial e diabetes.

As duas contam com o apoio da prefeitura, através da SEPJIL

O título de campeãs brasileiras de jiu-jitsu da Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu (CBJJ). Esse é o objetivo em comum de duas petropolitanas: Thauany Xavier Corrêa (faixa preta) e Maynne Freitas Corrêa (faixa marrom), atletas da equipe Gracie Barra núcleo Itaipava. A competição será disputada na Vila Militar, em Deodoro, entre os dias 25 de setembro e 4 de outubro. Elas contam com o apoio da prefeitura de Petrópolis, através da secretaria de Esportes, Promoção da Saúde, Juventude, Idoso e Lazer (SEPJIL).

Na manhã de hoje (25/08), as atletas estiveram reunidas com o secretário da SEPJIL apresentando um pouco da trajetória delas até aqui. A dupla já representou o país em competições da modalidade nos Estados Unidos, por exemplo, e estão em busca de mais títulos para Petrópolis.

"O esporte trouxe para a gente experiências que vão além do tatame. Hoje, passamos metade do nosso ano nos Estados Unidos, participando de competições em alto nível. Para a gente é motivo de orgulho e satisfação representar o nosso país, e dentro do Campeonato Brasileiro, representar a nossa cidade", disse Thauany.

Ela já conquistou resultados expressivos no jiu-jitsu, como o primeiro lugar no brasileiro de equipes da CBJJ e o campeã absoluto American National IBJJF, em 2019. Também foi vice-campeã do Sul-americano CBJJ em 2021, na faixa preta. Por outro lado, na faixa marrom, Maynne venceu o Rio Winter e o Rio Open da CBJJ e o Grand Slam de Abu Dhabi da UAEJJF.

"Eu procurei o jiu-jitsu por causa da Thauany, que começou quatro anos antes de mim. Na época, não imaginava chegar tão longe. Hoje nós duas vivemos do esporte, somos instrutoras também, é uma grande satisfação para a gente estar aqui", disse Maynne.

Parceira das meninas nessa competição, a prefeitura planeja a realização do Agita Lutas até o fim do ano. A proposta do governo interino é reunir atletas de diversas artes marciais em uma apresentação visando incentivar a prática esportiva entre as crianças e adolescentes


O processo de regularização fundiária dos apartamentos do Conjunto Habitacional Sérgio Fadel, no Samambaia, já está em fase de conclusão. O anúncio foi feito pelo governo interino que esteve no local na tarde desta segunda-feira (23). Os moradores aguardam, há 26 anos, a entrega do documento.

“Agora restam apenas alguns ajustes burocráticos. É um momento importante para todas essas famílias que há mais de duas décadas aguardam por esse documento. Essa é a segurança que todos precisavam”, disse o governo interino. O vereador Marcelo Chitão acompanhou a visita.

A moradora Lucimar Gomes Netto, que mora no local desde a entrega dos apartamentos, no fim de 1995, comemorou a notícia. “É uma grande vitória para todos nós. Isso sempre foi o que sonhamos. Em todos esses anos foram várias as promessas, mas agora isso está saindo do papel e eles serão, de fato, de nossa propriedade”, disse Lucimar.

O local também receberá a visita do CRAS Itinerante. Serviços, como a atualização do Cad-único para manutenção ou obtenção das tarifas sociais de água e energia elétrica, por exemplo, poderão ser realizadas.

O Conjunto Habitacional Sérgio Fadel tem 60 apartamentos divididos em 4 blocos e foi entregue às vítimas das chuvas de 1988 em 1995. O local também está recebendo uma série de melhorias, como ações de limpeza, capina e roçada. Melhorias nos jardins e no parquinho infantil também estão previstas.