A taxa de ocupação de leitos para pacientes com covid-19 no Sistema Único de Saúde está, neste domingo (29/08), em 39,58% em leitos clínicos e 67,65% em UTIs. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, incluindo hospitais públicos e privados, são 134 pacientes internados, sendo 86 em UTIs e 48 em leitos clínicos.

Até agora foram realizados no município 188.183 testes para Covid-19, com 46.059 resultados positivos e 141.456 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab).

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 1.441 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erro na informação divulgada pela Secretaria de Saúde.

A Secretaria acrescenta, ainda, que trabalha na atualização de dados de notificações e casos em análise no sistema, inserindo ainda dados pendentes de meses anteriores. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br)

As equipes de enfermagem, sob coordenação do departamento de Vigilância em Saúde, deram sequência no sábado (28/08) a vacinação contra a covid-19. Durante todo o dia, 2.323 pessoas foram vacinadas na cidade. Destas 1.124 receberam a primeira dose e 1.199 receberam a segunda dose do imunizante. Até o momento 201.940 pessoas receberam a primeira dose, 88.634 receberam a segunda dose e 6.805 receberam a dose única do imunizante. Por conta da logística de informações para fechamento dos dados o boletim da vacinação passou a ser divulgado na parte da manhã.  

Nos pontos de imunização foram vacinados 20 idosos, sendo dois com a primeira dose e 18 com a segunda dose. A primeira dose da vacina foi aplicada em  1.086 pessoas com idade entre 20 e 59 anos sem comorbidades. Na faixa etária abaixo de 59 anos, 659 pessoa também receberam a segunda dose.  

Também receberam a vacina 490  pessoas com comorbidades, sendo três delas a primeira dose e 487 com a segunda. Um deficiente também recebeu a segunda dose. Foram vacinados também 21 adolescentes com comorbidades na faixa etária entre 12 e 17 anos.

Equipes vacinaram ainda 16 gestantes, das quais nove com a primeira dose e sete com a segunda. Além destas, 24 puérperas foram vacinadas: três com a primeira dose e 21 com a segunda dose. 

Também foram vacinados com a segunda dose quatro profissionais de Saúde e dois  profissionais de Educação.

A campanha de imunização contra a covid-19 segue na segunda-feira (30/08), com a vacinação de pessoas acima de 19 anos sem comorbidades. O cadastro deve ser preenchido no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br). 

A vacinação contra a covid-19 acontece em 13 pontos distribuídos nos cinco distritos.

Em caso de dúvidas é possível utilizar o Whatsapp da Saúde - assistente virtual que fornece informações sobre a vacinação, locais de atendimento a pacientes com sintomas da doença e boletins. O atendimento está disponível pelo número (24) 9.9200-1428

A taxa de ocupação de leitos para pacientes com covid-19 no Sistema Único de Saúde está, neste sábado (28/08), em 37,50% em leitos clínicos e 63,24% em UTIs. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, incluindo hospitais públicos e privados, são 130 pacientes internados, sendo 83 em UTIs e 47 em leitos clínicos.

Até agora foram realizados no município 188.183 testes para Covid-19, com 46.059 resultados positivos e 141.456 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab).

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 1.441 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erro na informação divulgada pela Secretaria de Saúde.

A Secretaria acrescenta, ainda, que trabalha na atualização de dados de notificações e casos em análise no sistema, inserindo ainda dados pendentes de meses anteriores. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br)

Uma espera de mais de 12 anos chegou ao fim: o governo entregou, na tarde de hoje (28/08), o documento de doação de uma rua projetada – mas que nunca foi construída – no meio da Feirinha de Itaipava. A cessão do terreno para a Associação garante que o espaço continue sendo usado somente para as atividades comerciais e permite mais investimento em infraestrutura. O local gera cerca de dois mil empregos diretos e quase quatro mil indiretos, beneficiando mais de oito mil famílias petropolitanas.

“Fico muito feliz em entregar este documento para a Associação da Feirinha de Itaipava. É a concretização de um sonho de muitos anos, que abre o caminho para vários outros projetos. É uma ação que estimula o desenvolvimento econômico”, disse o governo.

Na Feirinha de Itaipava são 390 estandes, todos ocupados para atividades comerciais. Segundo Sérgio G-Tão, administrador da feirinha, foram mais de 12 anos lutando para que essa doação acontecesse. Dessa maneira, será possível, entre outros projetos, a construção de um Centro de Convenções, um desejo antigo dos empresários da região.

“Antes da compra, em 1991, o terreno da Feirinha era dividido em lotes. No meio desses lotes existia uma rua, que nunca foi construída. Desde que fui eleito administrador em 2007, luto para que essa parte do terreno fosse doada para a associação. Agora, sim, podemos pensar em novos investimentos, como o Centro de Convenções, garantindo cada vez mais público para cá”, disse G-tão.

Segundo o secretário de Turismo, a doação possibilitará a execução de um antigo projeto da Associação Feirinha de Itaipava, que é a criação de um grande centro de convenções, que vai ajudar muito na recuperação do setor de eventos no município. "Todo projeto que possa contribuir para o desenvolvimento econômico da região e movimentar a cadeia produtiva do turismo é sempre bem-vindo. Essa doação certamente renderá dividendos positivos para os lojistas do espaço comercial, que é tão importante nos distritos, e também de forma indireta para os setores da hotelaria, gastronomia, comércio e serviços", destaca.

O terreno onde funciona a Feirinha de Itaipava era chamado de “Loteamento Vilar do Carmo” antes de ser adquirido pela Associação. A chamada “Rua B” fica exatamente no meio do local. O espaço foi planejado como via, mas nunca foi utilizado com esse fim, nem recebeu as características necessárias para isso. Agora, oficialmente, o terreno pertence a feirinha.

"A prefeitura está resolvendo um pleito antigo da feirinha de Itaipava para dar mais tranquilidade aos comerciantes que atraem grande público da cidade e também de turistas", completa o secretário de Desenvolvimento Econômico.

Restaurantes estão com pratos especiais e preços promocionais para o festival, que visa movimentar o circuito gastronômico da cidade

Continua até o próximo domingo (29/8) o Bunka-Sai Gastronômico, festival que reúne mais de 20 restaurantes que oferecem pratos da culinária japonesa na cidade de Petrópolis, com atendimento presencial e através de take away e delivery, tudo seguindo os protocolos de segurança para o combate à covid-19. O evento vem complementar a parte cultural do Bunka-Sai, que foi apresentado no último sábado (21) através das redes sociais.

"Nossa proposta é fazer com que o festival movimente o circuito gastronômico da cidade, sendo mais uma ação do governo no sentido de fomentar a cadeia produtiva do turismo", destaca o Secretário de Turismo.

Os estabelecimentos participantes se dividem em três categorias: restaurantes especializados (que servem exclusivamente a culinária japonesa), outros restaurantes (que incluem em seus respectivos cardápios a culinária nipônica, entre outras especialidades) e Só Delivery (para empresas que trabalham a culinária japonesa apenas nesta modalidade).

A avaliação foi feita por uma curadoria especial, e todos os restaurantes estão obedecendo à risca os protocolos sanitários de proteção contra o Covid-19. Além da criação de cardápios especiais para este evento, os "japoneses" estão com preços promocionais para os clientes que buscarem os pratos selecionados para o Bunka-Sai Gastronômico.

"Estou muito feliz em poder participar deste momento. Esse é um evento especial, que visa, antes de tudo, unir os representantes da gastronomia japonesa, entre proprietários, funcionários e as entidades que divulgam o turismo e a cultura na cidade. O Bunka-Sai Gastronômico já está sendo um grande sucesso para Petrópolis", destaca o que é proprietário de um restaurante especializado na culinária japonesa com três filiais em Petrópolis.

Para acompanhar os detalhes do festival, como lista completa dos participantes (com localização no mapa, endereço, telefone e horário de funcionamento, além dos pratos oferecidos, fotos e valores), basta acessar o site https://web2.petropolis.rj.gov.br/bunka-sai/gastronomico.

Durante evento, o governo fez homenagem a morador que deu nome à quadra do bairro

A edição do Festival das Comunidades deste sábado (24), foi realizada com os moradores do Duques, no bairro Quitandinha. Além de atividades de recreação e de incentivo a prática de esportes, o governo interino prestou homenagem a um morador local que deixou sua marca pela paixão por jogar bola. A quadra de jogos da localidade ganhou placa com nome de Carlos Alberto Batista de Queiroz Júnior, o "Indin", que faleceu em 2016, quando tinha 27 anos.

"Ele adorava jogar bola, vivia nessa quadra e com certeza está muito feliz com essa homenagem", contou a mãe do homenageado, a moradora Deise Morais da Silva, que é uma das incentivadoras para a promoção de melhorias na região. A quadra beneficia cerca de 80 crianças e pré-adolescentes da comunidade e na manhã deste sábado, a equipe do Agita Petrópolis, formada por profissionais de Educação Física, promoveu atividades com os jovens.

"Essa é uma homenagem muito merecida. Esta quadra é da comunidade, com atividades para a comunidade. Nada mais justo do que receber o nome de alguém daqui, que todos conheceram. Fazer esta homenagem no festival, desta forma, me enche de orgulho. O Esporte, assim como a Cultura e a Educação, tem um enorme poder transformador", destacou o governo interino, lembrando que o festival, além de estimular a prática de atividades físicas, fortalece os vínculos entre os moradores

O secretário de Esportes, Promoção da Saúde, Juventude, Idoso e Lazer (SEPJIL) destaca o trabalho itinerante do Festival das Comunidades, promovendo o esporte através do Agita Petrópolis. "A criação de áreas de lazer é uma preocupação do governo. A ideia é melhorar cada vez mais essas estruturas e fortalecer a ação com a promoção de projetos nas localidades. O Agita Petrópolis leva atividades para jovens e adultos. A expectativa é oferecer influência positiva na formação dessas crianças e mostrar que através do esporte mesmo com dificuldade, atravessamos barreiras", ressaltou o secretário.

O Festival das Comunidades é realizado duas vezes por mês em diferentes localidades e este ano já passou pelo Vila Rica, Moinho Preto, Atílio Marotti. Em setembro o projeto acontecerá na Vinte Quatro de Maio e Bela Vista.

Pela primeira vez municipio terá sede do Cis-Serra
 

Escolha da cidade teve o apoio de representantes de 11 municípios

Petrópolis foi a cidade escolhida para abrigar a nova sede do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região Serrana. A proposta de trazer a sede do Cis-Serra para a cidade Imperial foi apresentada pelo governo interino e pelo secretário de Saúde, em reunião com prefeitos e representantes de outros 11 municípios da região na tarde de sexta-feira (27/08), em Itaipava. É a primeira vez que o município abrigará a sede do Consórcio. A transferência da sede foi aprovada por unanimidade e é o primeiro passo dentro do processo de reestruturação do Consórcio de Saúde entre os municípios. Hoje a sede está instalada no município de Cordeiro. O CIS-Serra foi criado em 2004 com o objetivo de fortalecer as ações de Saúde entre municípios, como compra de insumos e prestação de serviços.

“Agradecemos a todos os prefeitos e representantes que aqui estão pela confiança em transferir a sede para Petrópolis. Isso nos honra muito. Temos muitas demandas em comum, que começaram a ser discutidas hoje aqui. Esta união entre os municípios é fundamental, pois nos fortalece. O consórcio é um instrumento importante na busca por melhorias na estrutura da rede de saúde, para que posamos fazer as coisas saírem do papel de forma mais ágil. Contem conosco, com o nosso empenho e com o nosso trabalho neste sentido”, destacou o governo interino. 

Durante o encontro, representantes das prefeituras trocaram informações sobre serviços prestados na rede pública de Saúde e destacaram a importância da instalação de um hospital para tratamento de pacientes oncológicos na região.

“A união de todos no Consórcio nos dará capacidade de alavancarmos cada vez mais a região Serrana. É uma união que nos fortalece para lutarmos juntos por causas maiores, como a instalação do hospital do câncer. Também abre a possibilidade de troca, entre os municípios, com cada um indicando o que pode fazer, o que pode disponibilizar para que possamos, juntos, melhorar o atendimento aos usuários da rede SUS”, pontua o secretário de Saúde.

O encontro teve a presença de prefeitos, secretários de Saúde e representantes de 11 municípios: Nova Friburgo, Teresópolis, Sumidouro, Bom Jardim, Casemiro de Abreu, Duas Barras, Macuco, Cantagalo, Cordeiro, São José do Vale do Rio Preto e Trajano de Moraes, além de integrantes do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Estado do Rio de Janeiro (Cosems RJ).

“Tivemos hoje uma reunião bastante produtiva em que todos concordaram com a escolha de Petrópolis para receber a nova sede e em que ainda demos andamento às discussões importantes neste processo de reconstrução do consórcio, como, por exemplo, a eleição da nova mesa diretora – que ocorrerá no fim do ano - a importância dos aportes financeiros do Estado e ainda sobre as melhorias nas prestações de serviços”, explica o vice-presidente regional do Cosems, e secretário de Saúde de Bom Jardim.

“Foi um encontro bastante positivo aqui em Petrópolis. Dentre os 16 municípios da nossa região, 11 compareceram. A boa interlocução entre gestores de Petrópolis, Teresópolis e Friburgo que vemos hoje também fortalece o consórcio. É uma união importante para que juntos possamos defender interesses em comum, como por exemplo a instalação de um hospital de oncologia na região, a distribuição igualitária de vacinas contra a Covid-19, e tantas outras demandas comuns a todos os municípios na área de Saúde” lembra o diretor regional do Cosems e secretário de Saúde de Teresópolis.

Representantes dos municípios voltam a se encontrar para discutir a implementação de melhorias na rede da Saúde no dia 1º de outubro no município de Bom Jardim.

A capela Nossa Senhora Aparecida, do Hospital Alcides Carneiro (HAC), voltou a ser utilizada para realização de missas. Após a interrupção por causa da pandemia, as atividades na paróquia estão sendo retomadas, abertas ao público, com todos os protocolos de segurança em função da covid-19. Nesta sexta-feira (27), o padre Rodrigo Alberti celebrou a quarta missa na capela desde a reabertura.

“A capela sempre foi um espaço importante do hospital, muito procurado por acompanhantes de pacientes e também moradores da região. É um ambiente de reflexão, de fé. É uma forma de acolher, de trazer esperança. Na capela as pessoas encontram amparo nos momentos em que mais precisam de forças, lembrou o governo interino.

Com novo dia e horário, as missas na paróquia agora são realizadas na última sexta-feira de cada mês, a partir das 15 horas. Na celebração desta sexta-feira, também foi concedida a bênção para os aniversariantes presentes e pelo dia do psicólogo, celebrado em 27 de agosto.

A Mitra Diocesana de Petrópolis que organiza as missas da capela. O bispo Dom Gregório Paixão, OSB, valoriza a retomada das celebrações: "A retomada das missas na capela do Alcides Carneiro é muito importante porque atende aos pacientes do hospital e profissionais de Saúde que desejam ter um contato com Deus. É um espaço para que eles possam rezar e ter seu momento de fé".

O diretor presidente do Sehac explica que a capela do Alcides Carneiro mantém as portas abertas: “Estamos aqui prontos para receber quem quiser ter esse momento de buscar força e exercitar a fé. Ter a capela ao lado do hospital permite que, nas horas difíceis e também nas horas boas, de celebração, as pessoas possam fazer seus pedidos e agradecer. Estamos com todos os cuidados de distanciamento e realizando essa volta com cautela”.

A partir da próxima semana, em todas as sextas-feiras, a capela contará com a exposição do santíssimo e com a oração do terço da misericórdia, das 15 às 17 horas. Nos dias em que houver missa, a exposição do santíssimo será ao fim da celebração, no momento da bênção final.

Segunda, 30 Agosto 2021 10:43

Boletim vacinação – 27/08/2021 (sexta)

As equipes de enfermagem, sob coordenação do departamento de Vigilância em Saúde, deram sequência na sexta (27/08) a vacinação contra a covid-19. Durante todo o dia, 4.403 pessoas foram vacinadas na cidade. Destas 2.449 receberam a primeira dose e 1.954 receberam a segunda dose do imunizante. Até o momento 200.816 pessoas receberam a primeira dose, 87.435 receberam a segunda dose e 6.805 receberam a dose única do imunizante. Por conta da logística de informações para fechamento dos dados o boletim da vacinação passou a ser divulgado na parte da manhã.  

Nos pontos de imunização foram vacinados 47 idosos, sendo um com a primeira dose e 46 com a segunda dose. A primeira dose da vacina foi aplicada em  2.344 pessoas com idade entre 20 e 59 anos sem comorbidades. Na faixa etária abaixo de 59 anos, 960 pessoa também receberam a segunda dose.  

Também receberam a segunda dose da vacina 802 pessoas com comorbidades. Um deficiente também recebeu a primeira  dose. Foram vacinados também 52 adolescentes com comorbidades na faixa etária entre 12 e 17 anos, além de 19 adolescentes da APAE.

Equipes vacinaram ainda 21 gestantes, das quais 16 com a primeira dose e cinco com a segunda. Além destas, 25 puérperas foram vacinadas: 11 com a primeira dose e 14 com a segunda dose. 

Também foram vacinados 131 profissionais de saúde dos quais cinco  com a primeira dose e 126 com a segunda. Um profissional de Educação também recebeu a segunda dose.

A campanha de imunização contra a covid-19 segue neste sábado (28/08), com a vacinação de pessoas acima de 20 anos sem comorbidades.  O cadastro deve ser preenchido no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br). 

A vacinação contra a covid-19 acontece em pontos distribuídos nos cinco distritos.

Em caso de dúvidas é possível utilizar o Whatsapp da Saúde - assistente virtual que fornece informações sobre a vacinação, locais de atendimento a pacientes com sintomas da doença e boletins. O atendimento está disponível pelo número (24) 9.9200-1428

Pais poderão optar pelo retorno presencial ou continuidade do atendimento remoto

A Prefeitura vai manter, no retorno às aulas presenciais na rede municipal de Educação, no modelo híbrido, a partir de 13 de setembro, o mesmo escalonamento previsto no Plano de Retorno, aprovado anteriormente pelo Conselho Municipal de Educação. As aulas começarão gradualmente, incluindo períodos online e presenciais. As escolas seguirão os seus planos de retornos individuais para garantir que todos os protocolos de segurança possam ser seguidos conforme está definido no Plano de Retorno às Atividades Presenciais.

A divisão será feita em quatro grupos, com espaçamento de datas:

Grupo 1: Retorno em 13 de setembro
Quem volta: Turmas do Ensino Médio + Turmas ciclo (1º / 2º / 3º ano do Ensino Fundamental I)
Observação: A única escola da rede municipal que oferece Ensino Médio é o Liceu Municipal Prefeito Cordolino Ambrósio.

Grupo 2: Retorno em 27 de setembro
Quem volta: Turmas do 5º e 9º do Ensino Fundamental + Turmas do 4º ano do Ensino Fundamental + Turmas da EJA (Educação de Jovens e Adultos) Diurno e Noturno.

Grupo 3: Retorno em 4 de outubro
Quem volta: Turmas do 4º e 5º períodos da Educação Infantil + as turmas do 6º / 7º e 8º anos do Ensino Fundamental + classes especiais + salas de recursos multifuncionais.

Grupo 4: Retorno em 11 de outubro
Quem volta: Turmas de Centros de Educação Infantil – 0 a três anos + 3º período das Escolas de Educação Infantil.

O horário de atendimento será reduzido, com máximo de três horas diárias, e os professores terão as cargas adaptadas para garantir tanto o atendimento dos alunos que estarão no presencial, quanto dos que estiverem no remoto. Os protocolos sanitários serão respeitados e retornarão as unidades com a certificação Escola Segura – Das 186 unidades da rede, 170 já têm o selo.

Vale salientar que as normas pedagógicas sobre o retorno presencial na rede municipal estão especificadas na resolução nº 16 de 13 de julho de 2021, publicada no DO de 29 de julho de 2021, que dispõe sobre a oferta do ensino presencial e das atividades não presenciais a partir da determinação do retorno presencial gradativo, conforme Plano de Retorno às Atividades Presenciais, aprovado pelo Conselho Municipal de Educação – COMED. Entre os pontos definidos na resolução está o modelo de ensino híbrido que será adotado, o de rotação, em que os alunos se revezam semanalmente entre atividades realizadas presencialmente e atividades remotas pré-determinadas com a mediação do professor.

Pais poderão optar pelo retorno presencial ou continuidade do atendimento remoto

“É importante salientar que os pais e responsáveis continuam podendo optar por manter com os crianças e jovens no ensino remoto, caso essa seja a escolha da família. Sendo assim, ao estudante que optar pelo ensino presencial será oferecido também o conteúdo total da disciplina na plataforma Educa em Casa, assim como interações presenciais e remotas com a mediação do professor”, explica a secretária de Educação.

Já àqueles que optarem por permanecer no ensino remoto continuará sendo ofertado o conteúdo correspondente à carga horária total de cada disciplina, publicado na plataforma Educa em Casa, cujo acesso é livre ao aluno, ou por meio de material impresso, assim como tempo destinado à interação com a mediação do professor para discussões, resolução de atividades, devolutivas e outras propostas pedagógicas.


Medida vai garantir, agora, a imunização completa de quase 2.900 profissionais que tomaram esta vacina e retornariam para completar o ciclo de imunização em setembro

Cinco dos 13 postos de vacinação contra a covid-19 farão a aplicação da segunda dose antecipada

Profissionais da Educação da rede municipal de ensino que tomaram a 1ª dose da vacina contra covid-19 da Oxford/AstraZeneca em Petrópolis e têm data de retorno prevista para setembro serão os primeiros a terem a 2ª dose antecipada. A redução do intervalo entre as duas doses, de 12 para 8 semanas, segue orientação do Ministério da Saúde e da Secretaria Estadual de Saúde, após deliberação do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) e do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS), junto com a Câmara Técnica Assessora de Imunização Covid-19 (CETAI). Planejamento da Secretaria de Saúde prevê a aplicação da segunda dose neste público na segunda (30 de agosto) e na terça-feira (31 de agosto), em cinco dos 13 pontos de vacinação, no Esporte Clube Corrêas (Corrêas), Parque Municipal (Itaipava), ao lado do ginásio da UCP (Bingen), na Casa de Portugal (Quitandinha) e no Hipershopping (Alto da Serra). Como é a 2ª dose, não é necessário fazer o agendamento. Os postos funcionam das 9h às 16h.

A orientação é que, na segunda-feira (30/08) compareçam aos postos de vacinação os profissionais que atuam com turmas que retornam às aulas presenciais (no modelo híbrido) no dia 13 de setembro - turmas do Ensino Médio e turmas do 1º, 2º e 3º ano do Ensino Fundamental I. Na terça-feira (31/08) será a vez dos demais profissionais, que têm previsão de retorno ao ensino presencial a partir de 27 de setembro. Com a medida, a Prefeitura garante que os quase 2.900 profissionais da Educação que tomaram a vacina Oxford/AstraZeneca completarão o ciclo de imunização antes do retorno das aulas, garantindo mais segurança às equipes, conforme pleito que vinha sendo apresentado desde o início do planejamento para o retorno presencial.

Após os profissionais da rede municipal de Educação, os demais profissionais de redes pública e privada também terão a 2ª dose antecipada. O calendário para este grupo será divulgado posteriormente, sempre de acordo com a disponibilidade de doses, assim como para o público em geral. “O público mais vulnerável, com profissionais de saúde, idosos e pessoas com comorbidades, já tomou ou vai tomar agora a segunda dose. Então, seguindo o cronograma de liberação da primeira dose, o público seguinte é exatamente o da Educação. Vamos começar a redução deste intervalo entre 1ª e 2ª dose pelos profissionais da rede municipal e avançar para os demais, de forma a alcançarmos todos os profissionais que atuam na área. Faremos o chamamento separadamente por públicos, para manter a organização do trabalho e evitar transtornos nos pontos de vacinação”, explicou o secretário de Saúde.

Neste momento, a orientação é que todos os profissionais da Educação da rede municipal que tomaram a Oxford/AstraZeneca na cidade verifiquem, em seus cartões de vacinação, a data prevista para aplicação da segunda dose. Se o retorno estiver marcado para qualquer dia do mês de setembro, eles devem comparecer, nesta segunda (30 de agosto) ou terça-feira (31 de agosto), conforme orientações, em um dos cinco postos de vacinação que aplicarão a dose antecipadamente. Não é preciso agendar – basta comparecer ao ponto mais próximo e apresentar documento pessoal, comprovante de que atua na rede (contracheque ou declaração, por exemplo) e cartão de vacina.

“Estamos seguindo o prevê o Plano Nacional de Operacionalização da Covid-19 no país. Vamos conseguir iniciar a antecipação da 2ª dose da AstraZeneca na próxima semana para uma boa parcela dos profissionais da Educação porque já temos no município remessas para que este público complete o ciclo de imunização. Estamos trabalhando para planejar toda esta operação também para os demais públicos. Queremos, o quanto antes, ver toda a população imunizada”, frisou o secretário de Saúde.


Uma série de palestras marcaram o encerramento da Semana de Luta da População em Situação de Rua, realizada pela Prefeitura, através da Secretaria de Assistência Social e do Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop). A programação foi elaborada em alusão ao Dia Nacional da Luta da População em Situação de Rua, celebrado em 19 de agosto.

“A programação incluiu ações que possuem o propósito de garantia dos direitos das pessoas em situação de rua, incluindo saúde, segurança, educação, trabalho, autocuidados e cidadania. As atividades visam informar as pessoas sobre seus direitos e garantias de acesso a proteção social”, explica o governo interino.

De acordo com a secretária de Assistência Social, seguindo a programação, coordenadores dos equipamentos da assistência social estiveram na Unidade de Atendimento Temporário (Unat), no Retiro, onde realizaram palestras sobre o funcionamento dos sistemas de proteção social para os usuários da unidade. “Além disso, realizamos uma roda de bate papo com assistentes sociais e psicólogos, que ouviram de pessoas com risco de vulnerabilidade social sobre seus dramas pessoais e suas expectativas de vida”, explica a secretária.

O Dia Nacional da Luta da População em Situação de Rua, foi instituído em memória à maior chacina contra a população em situação de rua da cidade de São Paulo, conhecida como “Massacre da Sé”, em 2004. Na ocasião, dez pessoas foram atacadas enquanto dormiam na Praça da Sé, na capital paulista.

O foco é o recebimento de livros literários para serem utilizados por crianças e adolescentes

Conscientizar, orientar e incentivar o hábito da leitura. Esse é objetivo do projeto “Brincando com quem brinca”, que tem a intenção de levar conhecimento literário para crianças e adolescentes da cidade. A Coordenadoria de Articulações Institucionais, através do Gabinete da Cidadania, está iniciando a campanha doações de livros. A ação acontece entre os dias 30/08 e 24/09. Eles serão disponibilizados em uma biblioteca itinerante que vai atender diferentes bairros do município. As entregas poderão ser feitas em três locais: Secretaria de Educação e Gabinete da Cidadania - de segunda à sexta - e no Parque Municipal Prefeito Paulo Rattes, todos os dias.
A coordenadora Especial de Articulação Institucional atentou para o conteúdo dos livros doados. “Estamos pedindo para que as pessoas evitem a doação de livros que possuem conteúdo inapropriado para o público envolvido, pois serão destinados a crianças e adolescentes, dos 5 aos 16 anos. Queremos receber histórias leves, divertidas e que possam ajudar no desenvolvimento mental e intelectual da nossa juventude”, afirma.

Segundo a coordenadora do Gabinete da Cidadania, o principal intuito desse projeto é recolher apenas livros literários e não didáticos, que são aqueles que possuem cunho pedagógico ou envolvimento no processo de ensino-aprendizagem.

“Queremos envolver nossas crianças com histórias, gerar sonhos e abrir a cabeças delas para novos horizontes. Muitos jovens estão deixando os livros de lado e focando em outras ocupações. Pretendemos resgatar essa prática e trazer mais conhecimento para elas”, contou a coordenadora, que assegurou também que a ideia inicial é atrair os jovens até a biblioteca. “No primeiro momento, pretendemos criar o hábito da leitura dentro da biblioteca itinerante. Não iremos impedir os jovens de levar esses livros para casa, mesmo não sendo esse o propósito. O mais importante vai ser estimular o hábito da leitura nessa geração”, completou.

Um cronograma de locais já está sendo estipulado pelas coordenadorias. A primeira região que vai receber a visita da biblioteca será o bairro Amazonas. A coordenadora de Políticas Públicas para a Juventude vai estar presente e ficará responsável por ser contadora de histórias para o público. “Estou muito contente em participar dessa ação. Estimular as nossas crianças a um hábito tão legal é algo que nos faz criar expectativas de um futuro brilhante para essa geração.

Além da Coordenadoria de Articulações Institucionais, Gabinete da Cidadania e Coordenadoria da Juventude, as Secretarias de Educação e Assistência Social também são apoiadoras do projeto.

Confira os pontos de arrecadação e os horários para entrega:

Secretaria de Educação - Praça Visconde de Mauá, Centro - 10h às 16h.
Gabinete da Cidadania - Avenida Koeler, 260, Centro - de 9h às 17h.
Parque Municipal Prefeito Paulo Rattes - Estrada União e Indústria, 10.000, Itaipava - 9h às 16h.

Empreendimento gera 80 empregos diretos e 40 indiretos

O governo interino visitou a nova loja do Mercadinho Itaipava, que vai gerar 80 empregos diretos e 40 indiretos. A nova unidade, inaugurada nesta sexta-feira (27.08), também vai comercializar produtos de fábricas estabelecidas em Petrópolis e da agricultura local, valorizando também os empreendedores petropolitanos. A expectativa dos proprietários é que 800 a 1.000 clientes passem pela nova unidade por dia. A empresa familiar está estabelecida em Itaipava há 58 anos e passa a contar com três lojas no distrito, com a abertura da nova filial.

A cidade vive bom momento na recuperação de empregos, como apontado na última parcial do Caged de julho deste ano, com o saldo positivo de 596 novos postos de trabalho. O governo interino destaca que o governo municipal está empenhado e trabalhando para avançar no desenvolvimento econômico da cidade, dando todo o suporte necessário aos novos e aos empreendimentos que já atuam em Petrópolis.

“Esta nova loja já nasce gerando 80 empregos diretos e 40 indiretos. Uma empresa familiar que nasceu em Itaipava e que contribui muito para a movimentação econômica da região e da cidade como um todo. É um sinal de confiança em relação ao crescimento sustentável da cidade”, disse.

O proprietário do empreendimento destaca que vai valorizar o produtor local, na comercialização de produtos hortifrutigranjeiros. “Vamos valorizar os produtores da cidade, com a comercialização dos seus produtos na nossa loja, gerando mais empregos de forma indireta. Queremos crescer e estamos confiantes no bom momento do município, mesmo com as dificuldades impostas pela questão da pandemia”, aponta ele.

O secretário de Desenvolvimento Econômico aponta que o município já dava sinais de recuperação do emprego e que a abertura de empreendimentos como a nova loja do Mercadinho de Itaipava, fortalece esse viés.

“Temos apontado que a cidade já demonstrava uma recuperação da capacidade de geração de empregos, com novos empreendimentos de porte médio, que geram em média cerca de 100 vagas diretas. Continuamos a prospectar para que mais empresas venham a se instalar na cidade. Temos hoje uma nova Lei de Incentivos Fiscais muito mais moderna, que tenho certeza vai gerar frutos para a cidade”.

Primeiro mutirão em Itaipava no último sábado atendeu 60 pacientes

A Prefeitura de Petrópolis, por meio da Secretaria de Saúde, realizará neste sábado (28) o quarto mutirão de atendimentos psicológicos. De 08h às 19h, serão atendidos 160 pacientes pelos psicólogos da unidade e 50 pessoas de neurologia adulta, já pré-agendados. As consultas serão realizadas no Ambulatório de Saúde Mental, no Centro da cidade. Ao todo, 240 pessoas já foram atendidas com os mutirões de atendimentos psicológicos.

O governo interino ressalta a importância dos mutirões. “Estamos dando sequência às ações para oferecer suporte psicológico às pessoas que vêm buscando auxílio no Ambulatório de Saúde Mental. Esse suporte é importante para a população, sobretudo neste momento de pandemia”.

Desde maio o Departamento de Saúde Mental vem realizando mutirões no Ambulatório de Saúde Mental, no Centro. No último sábado (21), aconteceu o primeiro em Itaipava, no Centro de Atenção Psicossocial Nubia Helena. Pela primeira vez o Caps abriu as portas para um mutirão, que atendeu 60 pessoas na unidade, entre consultas de psiquiatria e psicologia.

“Além de realizar os mutirões de atendimentos psicológicos no Centro da cidade, queremos levar também as consultas para os distritos e facilitar o acesso de moradores aos atendimentos de saúde mental. Em função do aumento na demanda, ampliamos em cerca de 30% o número de psicólogos disponíveis para as consultas de saúde mental”, ressaltou o secretário de Saúde.

O diretor do Departamento de Saúde Mental da Secretaria de Saúde, é Oswaldo Alberto Filho, que atua há 33 anos na rede pública. Ele lembra que os atendimentos não foram paralisados durante a pandemia: “Redimensionamos as nossas consultas, para que elas pudessem ser feitas de forma segura no ambulatório e nos quatro Centros de Atendimento Psicossocial (Caps). Nos adequamos às medidas sanitárias e em nenhum momento interrompemos o serviço durante a pandemia”. A chefe do Ambulatório, Luciana Matheus, completa agradecendo o apoio da equipe: “Temos uma equipe qualificada e com desejo de oferecer o melhor atendimento para o público. Eles fazem a força do nosso serviço”.

Os mutirões realizados pela Secretaria de Saúde tem o objetivo de reduzir a demanda reprimida de atendimentos. Os pacientes atendidos realizam a primeira consulta com os psicólogos da unidade. A partir deste primeiro atendimento, estas pessoas passam a ser acompanhadas, recebendo o suporte necessário. O Ambulatório de Saúde Mental do Centro fica na Rua Dom Pedro, nº 1.185.

A taxa de ocupação de leitos para pacientes com covid-19 no Sistema Único de Saúde está, nesta sexta (27/08), em 35,42% em leitos clínicos e 64,71% em UTIs. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, incluindo hospitais públicos e privados, são 130 pacientes internados, sendo 84 em UTIs e 46 em leitos clínicos. Seis óbitos foram confirmados e inseridos na base estatística.

Até agora foram realizados no município 188.183 testes para Covid-19, com 46.059 resultados positivos e 141.456 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab).

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 1.441 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erro na informação divulgada pela Secretaria de Saúde.

A Secretaria acrescenta, ainda, que trabalha na atualização de dados de notificações e casos em análise no sistema, inserindo ainda dados pendentes de meses anteriores. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Óbitos registrados:

Homem, 42 anos, morador no Carangola. Internado em 29.07.2021 na UPA Cascatinha e transferido para o SMH. Óbito registrado em 23.08.2021 no SMH. Paciente sem comorbidades.

Mulher, 75 anos, moradora no Alto da Serra. Internada em 18.08.2021 no HCC e transferido para o SMH. Óbito registrado em 23.08.2021 no SMH. Paciente com hipertensão arterial e diabetes.

Homem, 57 anos, morador no Caxambu. Internado em 04.08.2021 no HCC e transferido para o HNSA. Óbito registrado em 24.08.2021 no HNSA. Paciente com doença cardiovascular crônica.

Homem, 78 anos, morador em Santa Rosa. Internado em 24.08.2021 na UPA Centro e transferido para o HNSA. Óbito registrado em 25.08.2021 no HNSA. Paciente com Doença cardiovascular crônica e AVE Prévio.

Homem, 69 anos, morador no Centro. Internado em 17.08.2021 no HST. Óbito registrado em 25.08.2021 no HST. Paciente com angioplastia recente.

Homem, 30 anos, morador na Castelânea. Internado em 15.08.2021 na UPA Cascatinha e transferido para o HNSA. Óbito registrado em 25.08.2021 no HNSA. Paciente com obesidade.

Para encerrar a programação do Agosto Dourado, a Prefeitura de Petrópolis, por meio das Áreas Técnicas da Secretaria de Saúde, realizou nesta sexta-feira (27) o PitStop de atendimentos na Praça da Inconfidência. A equipe que esteve no local, promoveu ações de orientação e estímulo ao aleitamento materno para as pessoas que passaram pela Praça, em virtude do mês de incentivo à amamentação.

Durante todo mês de agosto foi realizada uma série de lives nas redes sociais da Prefeitura de Petrópolis, relacionadas a importância da amamentação. A campanha do Agosto Dourado tem como tema “Proteja a Amamentação: uma responsabilidade compartilhada”. Este foi o segundo PitStop realizado na Praça da Inconfidência. O primeiro aconteceu no dia 06/08.

“O contato da Prefeitura diretamente com o público é de extrema importância para que exista um diálogo entre o poder público e a sociedade. O leite materno é o alimento essencial para os bebês nos primeiros seis meses de vida, e indicado até os dois anos de idade. Nosso principal objetivo é conscientizar as pessoas sobre a importância da amamentação”, disse o governo interino.

Na ação foram distribuídos kits com álcool gel, máscaras, sabonete e uma cartilha com orientações sobre a amamentação. Além disso, bolsas da Rede Cegonha Imperial, com trocador e pasta para armazenamento de exames e documentos do bebê foram entregues para algumas mães que estiveram no local.

O secretário de Saúde valorizou a programação realizada pela Secretaria: “A nossa programação foi muito especial, com a realização de lives com temas educativos sobre o Agosto Dourado. Agradeço o empenho de toda a Secretaria em levar a conscientizar a população sobre um tema muito importante, que é o aleitamento materno. O leite reduz os níveis de mortalidade infantil, possui anticorpos que protegem contra infecções e desnutrição”.

A coordenadora das Áreas Técnicas da Secretaria de Saúde salientou sobre a necessidade da conscientização da população sobre o assunto: “Essa é uma forma de explicar às gestantes e mamães sobre o aleitamento materno e seus benefícios. Aqui também explicamos sobre a importância da participação do pai no processo de amamentação”.

No Hospital Alcides Carneiro (HAC) também foram realizadas ações com gestantes e pais na maternidade. Foram feitas artes gestacionais com as grávidas, colóquio para os profissionais de saúde e café com os pais, com orientações e cuidados da saúde deles e dos filhos. Além disso, as unidades de saúde do município realizaram atividades de incentivo à amamentação.

Candidatos devem manter dados atualizados e recadastrar currículo no site da prefeitura

De acordo com os mais recentes números do Caged, Petrópolis tem apresentado uma recuperação sustentável nos níveis de emprego em todos setores. Foram criados 596 postos de trabalho somente no mês de julho. Ao longo destes sete meses foram realizadas 11.676 admissões. Essa tendência também aparece nas oportunidades ofertadas pelo Balcão de Emprego da Prefeitura, que é coordenado pelo Departamento de Trabalho e Renda (Detra), da Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Nessa semana estão disponíveis 35 vagas, sendo 22 para o setor de serviços, 11 na área de comércio e duas para atuar na área da saúde.

"Temos trabalho para estimular a economia e a geração de emprego. O governo municipal tem feito contato com as empresas petropolitanas para que as mesmas utilizem o Balcão de Empregos. O serviço une quem precisa de mão de obra, nas mais diferentes áreas, e quem busca uma oportunidade no mercado", lembra o governo interino, acrescentando que empresários interessados em oferecer vagas de emprego podem disponibilizar as vagas, de forma gratuita, diretamente no site da prefeitura www.petropolis.rj.gov.br/e-gov/sde/balcao_de_empregos/empresas/index. Basta fazer o cadastro e informar a vaga.

Para que o candidato possa pleitear uma das vagas é necessário que o cadastro e o currículo também estejam atualizados, para que as empresas possam fazer o contato correto com aquelas pessoas que possuam o perfil para a oportunidade ofertada. Essa atualização é feita diretamente no site da prefeitura www.petropolis.rj.gov.br/e-gov/sde/balcao_de_empregos/candidatos/add/. Caso o candidato tenha alguma dúvida ou interesse pode procurar o atendimento presencial no Detra, que fica na Dr. Porciúncula 75, Centro. O telefone para contato é o 2246-8942.

Vale ressaltar que a prefeitura é responsável apenas pela divulgação das vagas e os encaminhamentos dos candidatos para processo seletivo. Sendo assim, fica a cargo do empregador a responsabilidade pelas entrevistas e possíveis contratações. As 35 vagas disponíveis desta semana são essas:

1. Gerente de Loja / Feminino / Uma vaga / Faixa Etária de 35 a 55 anos / Ensino Médio Completo / Experiência de 2 anos em CTPS

2. Agente de Manobra / Masculino / Uma vaga / Faixa Etária de 30 a 50 anos / Ensino Médio / Experiência de 6 meses / CNH D

3. Contador / Ambos os sexos / Uma vaga / Faixa Etária de 25 a 60 anos / Ensino Médio Completo / Experiência de 6 meses

4. Auxiliar em Saúde Bucal / Ambos os sexos / Duas vagas / Faixa Etária de 20 a 40 anos / Ensino Médio Completo / Experiência de 6 meses

5. Técnico em Saúde Bucal / Ambos os sexos / Uma vaga / Faixa Etária de 20 a 40 anos / Ensino Médio Completo / Experiência de 6 meses

6. Supervisor de Digitação e Operação/ Ambos os sexos / Uma vaga / Faixa Etária de 35 a 50 anos / Ensino Superior / Experiência de 6 meses / CNH B

7. Recepcionista de Consultório / Ambos os sexos / Seis vagas / Faixa Etária de 20 a 40 anos / Ensino Médio Completo / Experiência de 6 meses

8. Supervisor de Transportes / Masculino / Uma vaga / Faixa Etária de 25 a 50 anos / Ensino Médio / Experiência de 6 meses / CNH B

9. Cozinheiro Geral / Ambos os sexos / Uma vaga / Faixa Etária de 28 a 55 anos / Ensino Fundamental / Experiência de 1 ano

10. Auxiliar de Corte / Ambos os sexos / Duas vagas / Faixa Etária de 18 a 55 anos / Ensino Fundamental / Experiência de 1 ano

11. Cortador / Ambos os sexos / Uma vaga / Faixa Etária de 18 a 55 anos / Ensino Fundamental / Experiência de 1 ano

12. Montador de Móveis / Ambos os sexos / Duas vagas / Faixa Etária de 18 a 55 anos / Ensino Fundamental / Experiência de 1 ano

13. Supervisor de Operação / Ambos os sexos / Uma vaga / Faixa Etária de 35 a 50 anos / Ensino Superior / Experiência de 6 meses / CNH B

14. Auxiliar de Serviços Gerais / Ambos os sexos / Duas vagas / Faixa Etária de 30 a 60 anos / Ensino Médio Incompleto / Experiência de 1 ano

15. Motorista de Caminhão / Masculino / Quatro vagas / Faixa Etária de 30 a 50 anos / Ensino Médio / Experiência de 6 meses / CNH

16. Caixa / Ambos os sexos / Uma vaga / Faixa Etária de 18 a 60 anos / Ensino Médio Completo / Experiência de 6 meses

17. Auxiliar de Serviços Gerais / Ambos os sexos / Uma vaga / Faixa Etária de 18 a 60 anos / Ensino Médio Completo / Experiência de 6 meses

18. Repositor de mercadorias / Ambos os sexos / Uma vaga / Faixa Etária de 18 a 60 anos / Ensino Médio Completo / Experiência de 6 meses

19. Cozinheiro / Ambos os sexos / Uma vaga / Faixa Etária de 18 a 60 anos / Ensino Médio Completo / Experiência de 6 meses

20. Técnico de Enfermagem / Ambos os sexos / Uma vaga / Faixa Etária de 25 a 55 anos / Ensino Superior

21. Fonoaudiólogo em Linguagem / Ambos os sexos / Uma vaga / Faixa Etária de 25 a 55 anos / Ensino Superior

22. Ajudante de Armazém / Masculino / Duas vagas / Faixa Etária de 25 a 50 anos / Ensino Médio Incompleto / Experiência de 6 meses

Convocação será feita por telefone e e-mail fornecidos pelos candidatos no ato da inscrição

O Diário Oficial desta sexta-feira (27.08) vai trazer em sua edição o resultado final do processo seletivo de estagiários de nível superior, matriculados nos cursos de Direito, Informática e Comunicação Social, para atuar em setores da administração direta e indireta do município. O sistema de convocação será feito pelo RH da Prefeitura, por meio telefônico e e-mail informado pelo candidato no cadastro de inscrição. São, ao todo, 40 vagas para estagiários de Direito, 15 de Informática e quatro de Comunicação Social. Conforme consta no edital, há vagas reservadas para pessoas com deficiência. Duzentos e nove candidatos participaram do processo seletivo.

Os valores da Bolsa Auxílio são de R$ 693,00 e de R$ 866,00, dependendo do período do curso superior. A carga horária é de seis horas diárias. Ao ser convocado, o candidato aprovado deverá estar matriculado e frequentando uma Instituição Superior. O processo seletivo terá a validade de um ano, podendo ser prorrogado pelo mesmo período.

“O estágio é uma alavanca importante para inserção dos jovens no mercado de trabalho. Para muitos, será o primeiro emprego dentro da área que escolheram para atuar", destaca o governo interino.

A prefeitura de Petrópolis, através da Secretaria de Esportes, Promoção da Saúde, Juventude, Idoso e Lazer (SEPJIL), promove amanhã (28/08) mais uma edição do Festival das Comunidades. A ação será realizada seguindo todos os protocolos de segurança contra a Covid-19. Dessa vez, o programa acontece na quadra comunitária do Duques, no Quitandinha. Serão realizadas atividades diversas como recreação infantil, alongamento e futebol. A programação acontece das 9h às 12h e será acompanhada por profissionais de educação física e estagiários.

O objetivo do Festival das Comunidades é estimular a prática de atividade física nas comunidades, em especial, entre as crianças e adolescentes. Neste ano, o Festival das Comunidades já foi realizado no Atílio Marotti, Moinho Preto (Vila São Francisco) e Vila Rica.

"Criamos o programa em 2017, quando eu era secretário de Esportes, e desde aquela época sempre foi um sucesso. É uma atividade itinerante, que acontece em toda a cidade, e que abre espaço para crianças e adolescentes participarem e mostrarem seus talentos", ressaltou o governo interino.

Todas as edições de 2021 foram consideradas um sucesso pelo governo municipal e também pelos moradores das comunidades. "No Atílio Marotti a gente conseguiu receber crianças de outros locais, como do Quarteirão Brasileiro, por exemplo. No Moinho Preto também, com as crianças do Alto da Derrubada. Vamos oferecer o programa em todas as regiões da cidade", afirmou o secretário da SEPJIL.

O Diversão com Arte apresenta no próximo domingo (29/08), às 16h, no canal oficial da prefeitura no Youtube, o quarto episódio da minissérie Lendas do Rio São Francisco para Crianças. A história mostra as irmãs Ana e Lia em uma aventura desvendando os mistérios e encantos do Velho Chico e convidam a todos para navegar junto com elas. A produção, feita por artistas locais, foi contemplada pelo edital da Lei Aldir Blanc.

A minissérie conta com cinco capítulos, sendo o quarto deles intitulado “Por um fio”. A gerente do Centro de Cultura ressaltou a importância da cultura em meio à pandemia. “Temos certeza que todos vão curtir muito essa história maravilhosa. Estamos precisando de arte e diversão nestes momentos de necessário afastamento social enquanto a vacinação continua avançando", disse.

O Rio São Francisco é um dos mais importantes cursos de água do Brasil. Possui enorme valor econômico, social e cultural para o país. A partir da experiência de contadora de histórias de Rose Assis, unida ao desenvolvimento estético da diretora de arte Raquel Theo, foram criados bonecos, desenhos e formas animadas. Ambas também são atrizes e estão em cena interpretando as irmãs Ana e Lia.

Episódio 1 (08/08) - O começo comecinho (Disponível no canal da prefeitura)
Episódio 2 (15/08) - Minhocão ou Surubim? (Disponível no canal da prefeitura)
Episódio 3 (22/08) - Mistérios do Rio (Disponível no canal da prefeitura)
Episódio 4 (29/08) - Por um fio!
Episódio 5 (05/09) - Shhh...

Sobre o Diversão com Arte

O Diversão com Arte apresenta sempre aos domingos, às 16h, no canal de Youtube oficial da Prefeitura de Petrópolis, vídeos contemplados pelos editais da cultura no município. O objetivo é abrir espaço para os artistas petropolitanos.