O projeto Nossa Loja, criado através de uma parceria entre os Conselhos Municipais dos Direitos da Mulher – Comdim e Economia Popular Solidária, será lançado neste fim de semana, na Feira da Ecosol, na Praça Visconde de Mauá (Praça da Águia), no Centro. O objetivo é arrecadar e doar roupas e acessórios para pessoas carentes.

Uma barraca será disponibilizada para receber as doações das peças que serão oferecidas gratuitamente para quem não têm condições de comprar. “O Projeto Nossa Loja, está sendo criado nesse momento ímpar de nossas vidas para ajudar os diversos desafios encontrados na rua: fome, frio, violência, falta de oportunidade, desemprego, entre outros”, explica a presidente do Comdim.

Para humanizar ainda mais o processo de doação, o projeto permite a escolha da roupa doada. "Assim daremos a essas pessoas a sensação de liberdade e aquecendo suas escolhas. Para muitos, esta será a primeira experiência de escolher, de verdade, a roupa que irá usar”, completa.

A taxa de ocupação de leitos para pacientes com covid-19 no Sistema Único de Saúde está, nesta quinta (09), em 37,50% em leitos clínicos e 63,24% em UTIs. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, incluindo hospitais públicos e privados, são 135 pacientes internados, sendo 77 em UTIs e 58 em leitos clínicos. Três óbitos foram confirmados e inseridos na base estatística.

Até agora foram realizados no município 192.005 testes para Covid-19, com 46.911 resultados positivos e 144.274 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab).

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 1.467 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erro na informação divulgada pela Secretaria de Saúde.

A Secretaria acrescenta, ainda, que trabalha na atualização de dados de notificações e casos em análise no sistema, inserindo ainda dados pendentes de meses anteriores. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Óbitos registrados:

Homem, 75 anos, morador no Quissamã. Internado em 23.08.2021 na UPA Cascatinha e transferido para o HNSA. Óbito registrado em 02.09.2021 no HNSA. Paciente com doença cardiovascular crônica, diabetes e pneumonia crônica.

Mulher, 86 anos, moradora no Samambaia. Internada em 22.08.2021 na UPA Cascatinha e transferida para o HNSA. Óbito registrado em 03.09.2021 no HNSA. Paciente com doença cardiovascular crônica e diabetes.

Mulher, 89 anos, moradora em Nogueira. Internada em 17.08.2021 na UPA Cascatinha e transferida para o HNSA. Óbito registrado em 05.09.2021 no HNSA. Paciente com doença cardiovascular crônica.

A Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias emitiu na tarde desta quinta-feira (9) aviso meteorológico alertando para a possibilidade de chuva intensa para a sexta-feira (10), nos períodos da tarde e noite. A previsão se estende até o sábado (11), período em que a cidade pode permanecer sob influencia de chuva forte, gerando significativo acumulados pluviométricos. Com essa possibilidade, as equipes da Defesa Civil estão de sobreaviso para garantir agilidade de atuação em caso de ocorrências.

A previsão para essa sexta-feira (10) é de temperatura que pode variar entre 16°C e 26°C, com céu nublado a encoberto. A Defesa Civil orienta que a população fique atenta para as emissões de alertas e em situação de emergência as equipes podem ser acionadas pelo número 199.

Nos próximos dias vacinação acontece em seis unidades com Estratégia de Saúde da Família

Equipes de Saúde que estão fazendo a busca ativa por pessoas ainda não vacinadas contra a covid-19 aplicaram desde o início dos trabalhos, no dia 23 de agosto, 2.398 vacinas em pessoas que moram em áreas atendidas por equipes de Estratégia de Saúde da Família. Em 11 dias, 2.256 pessoas receberam a primeira dose da vacina e 142 receberam a segunda dose do imunizante, totalizando 2,398 vacinas aplicadas. O trabalho está entrando na reta final. Nesta quinta-feira (09/08) a busca ativa está sendo realizada nas regiões de Secretário e do Vila Rica. Na sexta o trabalho segue em Araras e no Vale das Videiras. Na próxima terça (14/09) serão vacinados moradores cadastrados às unidades de saúde da Posse e do Brejal.

“É um trabalho importante, que vem somar a todos os esforços da Secretaria de Saúde para ampliar as frentes de imunização na cidade, para que tenhamos o mais breve possível toda população apta a receber o imunizante, vacinada”, avalia o governo municipal.

Até quarta-feira (08/09) Petrópolis tinha 218.776 pessoas vacinada, o que significa que 90% da população maior de 18 anos já recebeu uma dose ou a dose única do imunizante. Destes, 110.125 receberam a segunda dose ou a dose única do imunizante, o que significa que 45,49% dos vacinados concluíram o esquema de vacinação.

A busca ativa está sendo feita de forma escalonada por profissionais de saúde em áreas de 41 unidades existentes em bairros distribuídos nos cinco distritos, entre Postos de Saúde da Família (PSFs) e Unidades Básicas de Saúde (UBSs) com Estratégia de Saúde da Família.

“A busca ativa é voltada para moradores já cadastrados nas unidades que têm a estratégia de Saúde da Família e são atendidas nas unidades. Antes disso, as equipes já vinham fazendo o levantamento junto a população atendida pelas unidades com chamamento para aplicação de segunda dose. A Secretaria de Saúde está buscando entre os atendidos, pessoas que ainda não tenham sido vacinadas com a primeira dose ou que por algum motivo perderam o prazo para receber a segunda dose. É um trabalho muito importante dentro da campanha de imunização”, frisa o secretário de Saúde.

A Secretaria de Saúde lembra que as famílias atendidas pela equipe de Estratégia de Saúde da Família são informadas previamente sobre a data da ação em sua região.

O planejamento da busca ativa foi feito pelas equipes da Divisão de Imunização e da Superintendência de Atenção a Saúde. O trabalho é voltado exclusivamente para moradores que já são cadastrados e atendidos pelas equipes de estratégia de Saúde da Família.

A Secretaria de Saúde frisa, que a vacinação é fundamental para o controle da pandemia e reforça a orientação para que a população mantenha as medidas para conter a covid-19.

“A vacinação está avançando, temos hoje mais de 90% da população adulta que já recebeu pelo menos uma dose da vacina e 45% que concluíram o esquema de vacinação. Mas ainda é preciso que a população mantenha os cuidados: uso de máscara, higienização das mãos com água e sabão ou álcool em gel quando não for possível lavar as mãos, e distanciamento social, evitando as aglomerações”, destaca o secretário de Saúde.

O governo municipal recebeu hoje (9), na sede do governo municipal, na avenida Koeller, o novo comandante do 26º Batalhão da Polícia Militar, o coronel André Henrique de Oliveira, que assumiu a unidade na última semana, substituindo o tenente-coronel Augusto Valentim. No encontro, que contou com a presença da secretária de Serviços, Segurança e Ordem Pública, do superintendente geral da Guarda Civil Municipal, da coordenadora de Articulação Institucional, e do secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias, a pauta foi a integração entre as forças do município e do Estado.

“Temos uma relação próxima com a Polícia Militar, que sempre apoia as secretarias do município nas ações de fiscalização e de garantia da ordem. O encontro de hoje estreita a relação com o novo comandante. Falamos sobre a cidade, os nossos desafios e oferecemos, claro, apoio às ações da Polícia Militar, nas ações que garantem mais segurança à população”, ressaltou o governo interino.

O novo comandante do 26º BPM sabe que em Petrópolis vai encontrar uma realidade diferente. “Já passei por batalhões de muitas cidades como Macaé, Cabo Frio, Magé, Itaboraí e Rio Bonito e sempre tive vontade de passar pela serra. A gente sabe que Petrópolis tem uma realidade diferente, que está entre as cidades mais seguras do Estado e o objetivo é manter essa segurança”, ressaltou o comandante do 26º BPM.

O novo comandante reforçou ainda o interesse em dar apoio ao município nas ações de fiscalização das motos irregulares, em apoio à Guarda Civil e à Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes - CPTrans. Já o governo municipal lembrou da atuação de programas em vigor como o Proeis (Programa de Integração na Segurança). O governo também agradeceu a presença do comandante na última ação de Choque de ordem, no Centro, e se colocou à disposição para auxiliar a PM nas ações de segurança pública.
Também foi lembrada a importância da ação da PM e da prefeitura no atendimento às mulheres vítimas da violência.

A prefeitura de Petrópolis, através da Secretaria de Meio Ambiente, está participando do curso de aprimoramento do Programa Municipal de Educação Ambiental (ProMEA) oferecido em parceria pela Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade (Seas), o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e o Centro de Estudos Ambientais e Desenvolvimento Sustentável da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Ceads/Uerj). As atividades iniciaram ontem (08) e vão até o dia 5 de novembro. A carga horária é de 40h.

Petrópolis já conta com uma lei que institui o ProMEA – ela foi sancionada em março desse ano pelo governo municipal. "Com o programa os funcionários recebem formação contínua. Dessa maneira, vamos fortalecer a elaboração das políticas públicas nessa área da nossa cidade”, disse o governo interino.

As atividades do curso – como palestras, mesas-redondas, fóruns de debates e os encontros – estão previstos para ocorrerem às segundas, quartas e sextas-feiras, das 14h às 16h. Para facilitar a realização dos fóruns e encontros, os alunos serão agrupados de acordo com as Regiões Hidrográficas de seus municípios.

“A participação da equipe da secretaria de Meio Ambiente vai permitir que a gente avance na criação de programas Educação Ambiental. Esse treinamento em conjunto, com a troca de experiências com outros municípios, também vai ajudar bastante a equipe”, afirma o secretário de Meio Ambiente.

No início desse ano, o governo municipal também foi o responsável por sancionar a lei criando o Fundo Municipal de Conservação Ambiental (FMCA), um passo importante para garantir mais recursos para a área de meio ambiente no município.

"É sempre importante ressaltar a participação do Conselho do Meio Ambiente nessas novidades. Esse trabalho em conjunto vai trazer outras novidades no futuro, como a atualização do código ambiental, por exemplo", completa o secretário de Meio Ambiente.

Neste sábado (11), a Prefeitura de Petrópolis, por meio da Coordenadoria de Vigilância Ambiental do Departamento de Vigilância de Saúde, realizará a quarta etapa da campanha de vacinação antirrábica animal no município. A aplicação da vacina será realizada na região de Araras, Itaipava e Vale do Carangola, em locais fixos e postos volantes. Até o momento, 9.823 animais foram vacinados na campanha deste ano, sendo 7.687 cães e 2.136 gatos.

A Secretaria de Saúde tranquiliza a população em relação aos problemas registrados em Magé. “Vamos manter a vacinação antirrábica animal para este sábado. O que aconteceu em Magé foi um caso totalmente isolado, em que foi constatado que os cães mortos receberam insulina em vez de vacina contra a raiva. A situação foi investigada, houve apuração do caso e, seguindo a orientação da Secretaria de Estado, vamos manter a vacinação em Petrópolis”, disse o secretário de Saúde, tranquilizando a população.

A recomendação pela continuidade da campanha aconteceu após reunião realizada entre o Ministério da Saúde, Secretaria de Estado de Saúde, Secretaria de Saúde de Magé e Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFFRJ), nesta quarta-feira (08). A indicação ocorreu após conclusão que os animais receberam injeções de insulina em vez da vacina contra raiva. Ao todo, naquela cidade, 30 cães tiveram reação após a vacina.

A Coordenadoria de Vigilância Ambiental de Petrópolis ressalta que, para a vacinação, os cães e gatos devem ter a partir de três meses de idade. Animais conduzidos por crianças, prostrados, com diarréia ou vômito não serão vacinados. A responsabilidade de deslocamento do animal é do tutor. É obrigatório o transporte de gatos em bolsas pet ou caixas. Os cães devem estar com coleira e guia, e os animais bravos usando também focinheira.

“A raiva é uma doença infecciosa viral aguda, que acomete mamíferos, podendo ser transmitida aos seres humanos. Vacinar os animais contra a raiva é a única forma de prevenir a doença e manter os animais saudáveis. Pedimos que a população esteja atenta às recomendações e chegue com antecedência aos pontos de vacinação”, ressalta o governo municipal.

Além disso, a Coordenadoria orienta que tutores ou responsáveis com mais de cinco animais na mesma residência com dificuldade de mobilidade, compareçam ao ponto de vacinação com antecedência para que seja avaliada a possibilidade da vacinação dos animais em domicílio. “É necessária a apresentação de documento de identidade com foto, CPF e comprovante de residência. Após às 14h, a nossa equipe não conseguirá realizar a vacinação em domicílio. Por isso pedimos que as pessoas compareçam com antecedência”, ressalta a coordenadora da Vigilância Ambiental da Secretaria de Saúde.

A campanha de vacinação antirrábica terá continuidade no dia 25 de setembro na região de Nogueira, Corrêas, Samambaia, Retiro, Mosela, Bingen e Carangola. A aplicação da vacina no Centro, Coronel Veiga, Quitandinha, Valparaíso, Castelânea e Meio da Serra, ocorrerá no dia 16 de outubro. Em 27 de novembro, a campanha será finalizada atendendo os moradores da Estrada da Saudade, Cascatinha, Itamarati, Alto da Serra, Morin e Caxambu.

Confira os locais e horário de vacinação:

E.M. Celina Schechner - Santa Mônica - Itaipava – 09h às 17h
UBS Itaipava – 09h às 17h
C.E.I Luis Marchiori - Estrada do Gentio - Itaipava – 09h às 12h30
E.M. Paula Buarque - Estrada das Arcas - Itaipava – 13h30 às 17h
PSF Cuiabá – 10h às 13h30
Associação de Moradores Madame Machado – 09h às 12h
PSF 1° de Maio – 13h às 17h
PSF Vale do Carangola – 09h às 12h30
Poço dos Peixes - Araras – 14h30 às 17h
Associação de Moradores do Malta - Araras – 9h às 17h
Associação de Moradores Vista Alegre - Araras – 9h às 12h30
Associação de Moradores Santa Luzia - Araras – 13h30 às 17h
Colégio Anglicano de Araras – 9h às 17h

A prefeitura, através da Secretaria de Esportes, Promoção da Saúde, Juventude, Idoso e Lazer (SEPJIL), promove no próximo sábado (11/09) mais uma edição do Festival das Comunidades. A ação será realizada seguindo todos os protocolos de segurança contra a Covid-19. Dessa vez, o programa acontece na quadra comunitária da Rua 24 de Maio. Serão realizadas atividades diversas como recreação infantil, alongamento e futebol. A programação acontece das 9h às 12h e será acompanhada por profissionais de educação física e estagiários.

"O objetivo é estimular a prática de atividade física nas comunidades, em especial, entre as crianças e adolescentes. Aproveitamos as estruturas que já existem nos bairros para isso", explica o governo municipal. Neste ano, o Festival das Comunidades já foi realizado nas quadras comunitárias do Atílio Marotti, Moinho Preto (Vila São Francisco), Vila Rica e no Duques.

Todas as edições deste ano foram consideradas um sucesso pelo governo municipal e também pelos moradores das comunidades. Em cada uma havia, pelo menos, 20 pessoas participando das atividades, como explica o secretário da SEPJIL.

"No Atílio Marotti a gente conseguiu receber crianças de outros locais, como do Quarteirão Brasileiro, por exemplo. No Moinho Preto também, com as crianças do Alto da Derrubada. Essa integração é muito importante para os nossos jovens. Vamos oferecer o programa em todas as regiões da cidade", disse o secretário.