As equipes de enfermagem, sob coordenação do departamento de Vigilância em Saúde, deram sequência na quinta (16/09) a vacinação contra a covid-19. Durante todo o dia, 2.033 pessoas foram vacinadas na cidade. Destas 1.041 receberam a primeira dose, 925 receberam a segunda dose e 67 receberam a dose de reforço. Até o momento 216.997 pessoas receberam a primeira dose, 112.801 receberam a segunda dose, 6.805 receberam a dose única e 844 idosos institucionalizados maiores de 70 anos, idosos com mais de 90 anos, e pacientes imunossuprimidos receberam a dose de reforço do imunizante. Por conta da logística de informações para fechamento dos dados o boletim da vacinação passou a ser divulgado na parte da manhã.  

Nos pontos de imunização 24 idosos foram vacinados, sendo três com a primeira dose e 21 com a segunda dose.  Receberam a dose de reforço também 45 idosos, entre institucionalizados e pessoas com mais de 90 anos. Também receberam a dose de reforço 22 pessoas imunossuprimidas.

A primeira dose da vacina foi aplicada ainda  em  183 pessoas com idade entre 18 e 59 anos sem comorbidades. Na faixa etária abaixo de 59 anos, 617 pessoas também receberam a segunda dose.  

Foram vacinadas ainda 155 pessoas com comorbidades, sendo um com a primeira dose e 154 com a segunda dose. Um deficiente também recebeu a segunda dose. Receberam a primeira dose ainda 844 adolescentes.

Equipes vacinaram ainda oito gestantes. Destas, cinco receberam a primeira dose e três receberam a segunda dose. Além destas, 18 puérpera foram vacinadas:uma com a primeira dose e 17 com a segunda dose.

Também foram vacinados com a segunda dose 37 profissionais de Saúde, 18 profissionais de Educação e 48 trabalhadores do setor se transportes. Dois  integrantes de Forças de Segurança também receberam a primeira dose.

Equipes vacinaram também nove pessoas em situação de Rua, sendo duas com a primeira dose e sete com a segunda.

A vacinação contra a covid-19 segue nesta  sexta (17.09) em 13 pontos distribuídos nos cinco distritos.

Em caso de dúvidas é possível utilizar o Whatsapp da Saúde - assistente virtual que fornece informações sobre a vacinação, locais de atendimento a pacientes com sintomas da doença e boletins. O atendimento está disponível pelo número (24) 9.9200-1428

A taxa de ocupação de leitos para pacientes com covid-19 no Sistema Único de Saúde está, nesta quinta-feira (16/09), em 28% em leitos clínicos e 33,33% em UTIs. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, incluindo hospitais públicos e privados, são 99 pacientes internados, sendo 53 em UTIs e 46 em leitos clínicos. Dois óbitos foram confirmados em incluídos na base de dados da Secretaria de Saúde nesta quinta.

Até agora foram realizados no município 193.843 testes para Covid-19, com 47.389 resultados positivos e 145.686 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab).

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 1.491 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erro na informação divulgada pela Secretaria de Saúde.

A Secretaria acrescenta, ainda, que trabalha na atualização de dados de notificações e casos em análise no sistema, inserindo ainda dados pendentes de meses anteriores. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Óbitos:

1 – Homem, 61 anos, morador do Caxambu. Internado em 08.09.21 no HMNSE. Óbito registrado em 10.09.21 no SMH. Paciente com Neoplasia laríngea

2 – Mulher, 72 anos, moradora do Quitandinha. Internada em 26.08.21 no HCC. óbito registrado em 12.09.21 no SMH. Paciente com asma e pneumopatia crônica.

Com base em uma Nota Técnica emitida pela Secretaria de Estado de Saúde e pelo Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Estado do Rio de Janeiro (COSEMS), Petrópolis está suspendendo, a partir desta sexta-feira (17/09), a vacinação contra covid-19 de adolescentes com 17 anos sem comorbidades. A nota técnica foi liberada após determinação do Ministério da Saúde. O município, que, assim como os demais, foi surpreendido pela nova instrução, aguardará orientações do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado de Saúde em relação à vacinação deste grupo. Com isso, adolescentes na faixa etária de 17 anos sem comorbidades que estavam cadastrados para vacinação nesta sexta-feira (17/09) devem aguardar as novas orientações. "Petrópolis seguiu à risca o que previa o Plano Nacional de Imunização e, assim como os demais municípios, foi surpreendido por esta mudança na orientação do Ministério da Saúde. Estamos prontos para vacinar este público de 12 a 17 anos sem comorbidades, utilizando a vacina já autorizada para este grupo, mas, diante da nova nota técnica, estamos acatando a determinação e suspendendo a vacinação de adolescentes. Vamos seguir trabalhando para termos a população vacinada o quanto antes", afirmou o governo interino.

"Desde o princípio da campanha, Petrópolis vem seguindo as orientações do Ministério da Saúde. Neste sentido, a Divisão de Imunização fez todo o planejamento para que estivéssemos preparados para vacinar neste momento os adolescentes, conforme havia sido orientado pelo Ministério. Seguimos fazendo todos os esforços para imunizar a população o quanto antes", destacou o secretário de Saúde .

A nota da Secretaria de Estado foi emitida após orientação do Ministério da Saúde, que revisou a recomendação para imunização em adolescentes de 12 a 17 anos, “restringindo o seu emprego somente aos adolescentes de 12 a 17 anos que apresentem deficiência permanente, comorbidades ou que estejam privados de liberdade, apesar da autorização pela Anvisa do uso da Vacina Pfizer/Biontech”.

Seguindo as orientações do Ministério da Saúde, o município segue vacinando os adolescentes de 12 a 17 anos com comorbidades e deficiência permanente, e todos os demais públicos, cujo cadastro segue aberto na pagina da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Sexta, 17 Setembro 2021 10:22

Bairro da Glória terá horta comunitária

Iniciativa é dos moradores, que têm o apoio da Prefeitura. Região também receberá melhorias, além de cerca para preservação de poços

O secretário municipal de Meio Ambiente visitou ontem (15/09) um espaço no Bairro da Glória que receberá uma horta comunitária. A iniciativa reúne moradores da comunidade, o movimento Corrêas Sustentável, além do apoio do governo municipal. As intervenções no local devem começar nos próximos dias e, além do plantio, deve contar com a revitalização e preservação do espaço, onde moradores possuem diversos poços. A área, de mais de 8 mil metros quadrados, fica ao lado da Escola Municipal Marieta Gonçalves.

Além do Meio Ambiente, a ação também conta com o apoio da Comdep, Secretaria de Desenvolvimento Econômico - através do Departamento de Agricultura - e da Coordenadoria Especial de Articulação Institucional. O governo interino lembra a importância da união de esforços da comunidade com o poder público. "Ver a vontade da comunidade nos dá ainda mais ânimo. A iniciativa é dos moradores e a Prefeitura entra com o apoio necessário. A horta comunitária beneficiará a comunidade, além de oferecer melhor aproveitamento do espaço", lembrou o governo interino.

O secretário de Meio Ambiente explica que a horta também será irrigada com água do próprio local, que também é utilizada pelos moradores. “Esse é um terreno que os moradores utilizam uma parte para a captação de água, através de poços. Nossa ideia é fazer um cercamento e contar com o apoio da comunidade para a preservação do local”, afirmou.

De acordo com o diretor do Departamento de Agricultura, essa é uma demanda antiga dos moradores do Bairro da Glória. "Nós vamos dar todo o apoio necessário para a população. Vamos providenciar a limpeza do terreno, conseguimos a doação de mudas, além de passarmos o conhecimento técnico necessário para os moradores", disse ele, ressaltando ainda que o Departamento de Agricultura estará disponível para qualquer dúvida da comunidade.

Segundo Eduardo Qüentel, um dos representantes do movimento Corrêas Sustentável, a ideia é potencializar as iniciativas que envolvam as associações de moradores do bairro. No bairro são 12, entre elas, do Bonfim, Caetitu, Centro e Bairro da Glória. "Nosso objetivo é fazer que a região de Corrêas tenha uma qualidade de vida melhor. Vamos apoiar qualquer iniciativa neste sentido. Essa horta será importante para toda a comunidade", disse Eduardo.

O presidente da Associação de Moradores do bairro, acompanhou o secretário na vistoria. “A horta comunitária é dos moradores, que serão os beneficiados”, relatou o presidente, que também comemorou a revitalização que será feita no local. Nos próximos dias, as equipes farão a limpeza do terreno e a preparação para o plantio.


Defesa Civil de Petrópolis mostra para cidade vizinha como o trabalho integrado do setor contribui para a atuação no município

A estrutura do Centro Integrado de Monitoramento e Operações de Petrópolis (CIMOP) é modelo para a Secretaria de Defesa Civil do município de Areal. Na tarde desta quarta-feira (15), a equipe que está à frente do órgão na cidade vizinha, esteve nas instalações da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias para verificar tanto a tecnologia, quanto a dinâmica de trabalho usadas para garantir o serviço de monitoramento e segurança, de forma integrada, com diferentes órgãos de Petrópolis.

“Estamos tentando fazer com que a nossa cidade seja mais resiliente através da inteligência. Para isso, estamos buscando experiências em cidades que estão mais desenvolvidas nesse sentido e são referência, além de ter realidade próxima a nossa, como é o caso de Petrópolis. Somos uma região que está dentro de uma mesma bacia hidrográfica. Isso facilita muito para o aprendizado e a proximidade, facilita a obtenção de parcerias”, pontuou o coordenador de Defesa Civil de Areal.

Durante a visita, a equipe foi recebida pelo Secretário de Defesa Civil de Petrópolis que apresentou toda a estrutura de funcionamento atual do CIMOP. “Para nós é motivo de orgulho ver que nosso trabalho tem sido modelo para outras regiões. Conseguimos montar uma estrutura que contribui para monitoramento voltado para a gestão e principalmente, segurança da cidade. Estamos sempre disponíveis para partilhar os conhecimentos e abertos para novos projetos”, pontuou o secretário.

O CIMOP é uma ferramenta da secretaria de Serviços, Segurança e Ordem Pública – SSOP e conta atualmente com 56 câmeras instaladas em 46 locais diferentes em toda cidade. Além dessas, a Defesa Civil integrou ao sistema outras três câmeras, duas portáteis e uma móvel, utilizadas pelos agentes da secretaria durante as operações. Os aparelhos possuem tecnologia para filmagem em alta definição, com alcance de 1 km de distância e em 360°. O sistema de monitoramento permite ainda fazer investigações a partir de filtros de imagens por cor, direção, objeto, velocidade, ociosidade, entre outros. “Temos uma estrutura que atualmente facilita a atuação de diferentes setores. A integração sempre foi nosso foco e hoje vemos o quanto faz a diferença”, destaca a secretária da SSOP.

A estrutura de monitoramento conta hoje com agentes da Defesa Civil, Guarda Civil Municipal, Polícia Militar, SAMU e Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes - CPTrans. Todos os setores atuam diariamente no setor e acompanham o funcionamento de toda a cidade. Por exemplo, os acessos ao município como o do Quitandinha, Bingen, Alto da Serra, trevo de Bonsucesso e Posse são constantemente visualizados e no caso de identificação de veículos com restrições, o órgão competente atua imediatamente. O sistema é de utilidade inclusive para as investigações da Polícia Civil. “Esta união de esforços, com um trabalho integrado, contribui para melhores resultados", reforçou o governo interino.

Para o coordenador da Defesa Civil de Areal, a troca de experiências entre os municípios visa oferecer mais segurança e contribuir para o crescimento mais ordenado de Areal. Hoje o município conta com 13 mil habitantes e se tornou capital da uva no Estado do Rio de Janeiro, o que vai atrair maior movimento turístico para a região. “Temos baixos índices de criminalidade, mas queremos crescer de forma organizada. Nosso objetivo é tornar a cidade um destino turístico, voltado para o ecoturismo e para tanto, temos que oferecer mais segurança. Essa experiência aqui em Petrópolis foi muito proveitosa. Nosso objetivo é atuarmos de forma integrada e replicar o que for interessante para a nossa realidade”, destacou o coordenador da Defesa Civil de Areal.


Iniciativa vai beneficiar cerca de 50 pessoas que vivem na comunidade Unidos Venceremos

A prefeitura de Petrópolis, através da secretaria de Meio Ambiente e da Comdep, e em parceria com a Águas do Imperador, entregou hoje (16/9) quatro kits para a instalação de fossas sépticas que vão garantir o tratamento de esgoto residencial para cerca de 50 pessoas na comunidade Unidos Venceremos, no Quarteirão Brasileiro. Serão cerca de 15 famílias beneficiadas pela iniciativa do poder público.

O kit básico é composto de fossas, filtros, tubos e conexões e a previsão é que a instalação seja iniciada ainda nesta semana. Além do Quarteirão Brasileiro, a prefeitura também vai instalar fossas sépticas na comunidade da Vila São Francisco – localidade conhecida também como Horta, que fica no Meio da Serra e no Morro dos Anjos, no Caxambu. Essa ação garante o tratamento de esgoto para mais de 100 pessoas somando esses dois locais.

Já na Comunidade do Ingá, na Posse, serão colocados cinco biodigestores com o mesmo objetivo. Serão 30 pessoas beneficiadas. "São ações com foco no saneamento básico. Com as fossas sépticas e os biodigestores, garantimos que o esgoto produzido deixe de ser despejado na natureza, contribuindo com o meio ambiente e com a qualidade de vida dos moradores”, disse o governo interino.

O secretário de Meio Ambiente acompanhou a entrega do material na comunidade Unidos Venceremos. “Os moradores aguardavam o saneamento há bastante tempo. Essa ação, que conta com o apoio da Águas do Imperador, proporciona diversos benefícios para os moradores e garante a preservação dos recursos naturais das áreas atendidas. Nos próximos dias vamos iniciar a instalação aqui e nos outros locais já entregues”, disse.


A prefeitura, através da secretaria de Esportes, Promoção da Saúde, Juventude, Idoso e Lazer (SEPJIL) e da Comdep, deu início nesta semana à reforma estrutural da quadra comunitária do Bataillard. Entre os serviços realizados estão a reforma do piso, pintura, colocação de tabela de basquete e a marcação dos esportes coletivos. Além dessa, o governo municipal está realizando melhorias na quadra do Bela Vista, e a partir do mês que vem, no Vila Rica.

“Estamos elaborando um cronograma para atender os bairros. Mapeamos as quadras e já iniciamos os serviços em alguns locais. As quadras são para os moradores, para a promoção da saúde e do lazer”, explica o governo interino.

Na quadra do Bataillard são realizados programas regulares como o Agita Petrópolis e o Transformando Vidas Pelo Esporte, promovido pela Liga Petropolitana de Desportos (LPD) em parceria com a prefeitura. O espaço é muito utilizado pela comunidade para a prática esportiva.

"Nessas quadras surgem mais do que apenas futuros atletas, mas também cidadãos. São locais que contribuem com a formação dos jovens", disse o secretário da SEPJIL. "A gente quer investir nos bairros e melhorar a qualidade de vida das pessoas, promovendo saúde, qualidade de vida e bem-estar", salienta o secretário.

Neste ano, já foram atendidas as quadras do Siméria e da Posse. O governo interino também já entregou a reforma completa dos espaços na Vila São José e na Comunidade do Alemão. Na Oswaldo Cruz, a cobertura está sendo instalada e será entregue em breve para a população.

Oportunidade para professores

A Secretaria de Educação está recebendo inscrições para diversos cursos direcionados a professores de diferentes áreas de atuação. O objetivo é o de promover a troca de informações, atualização de conhecimento e aproximação dos docentes com a equipe técnica da administração.

Os cursos são ofertados regularmente e fazem parte do calendário enviado para as unidades escolares. “É importante que os docentes participem dos encontros. Além das formações da Secretaria, há parcerias com outras instituições que também oferecem a oportunidade de atualização, como o Rio + Alfabetizado, da Secretaria de Estado de Educação, que também está com inscrições abertas”, explicou o governo interino.

Para os professores de Educação Infantil será realizado um encontro no dia 20 de setembro, pelo google meet, de 9h às 11h. Interessados deverão se inscrever pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. . Assunto: Formação de Educação Infantil.

Os docentes de Língua Portuguesa (Anos Finais, Ensino Médio e EJA) terão encontro no dia 21 de setembro pelo google meet de 9h30 às 11h. As inscrições deverão ser feitas até as 17h do dia 20/09 pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. com assunto: Formação Língua Portuguesa.

Os professores dos Anos Iniciais estão sendo convidados para Encontro de Formação com foco no ensino de matemática que ocorrerá dia 24 de setembro pelo google meet, de 9h 30 às 11h. Os interessados deverão se inscrever até as 17h do dia 23 pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. com assunto: Formação de Anos Iniciais.

Nos três casos, o interessado deverá enviar no corpo do e-mail: Nome do inscrito, instituição de lotação (ou contrato) e telefone de contato. O Link será enviado por e-mail.

As escolas com educação infantil e Escolas Municipais de Educação Infantil poderão participar do encontro de formação que ocorrerá no dia 22 pelo google meet de 13h30 às 15h30. O link será encaminhado nos grupos.

“São cursos com conteúdos dinâmicos, atuais e que terão reflexo positivo na rotina pedagógica dos docentes”, confirmou a secretária de Educação.

Curso de extensão

Vale destacar que Petrópolis aderiu ao programa Rio + Alfabetizado, da Secretaria de Estado de Educação (Seeduc-RJ) através da Secretaria de Educação. Com a ação, docentes alfabetizadores e coordenadores pedagógicos das turmas dos anos iniciais da rede municipal de Petrópolis podem se inscrever para o processo seletivo de participação no curso de extensão "A Alfabetização no contexto do Programa Rio + Alfabetizado". O prazo é até o dia 20 de setembro.

As atividades do curso serão desenvolvidas no Ambiente virtual de Apoio Tecnológico da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura através da plataforma Moodle. O curso é desenvolvido por material didático (texto e videos), além de atividades interativas entre os participantes, com acompanhamento de equipe de apoio. Quanto ao critério de seleção, será realizada com reserva de vagas ao grupo prioritário por ordem de inscrição e dos professores regentes nas vagas restantes.
As inscrições devem ser feitas através do formulário:
https://www7.cepuerj.uerj.br/cepuerj.web2/login.do?method=login&;projeto=E11000&ano=2021

O comprovante de inscrição deverá ser encaminhado para o Departamento de Ensino Fundamental para o e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.