Quinta, 23 Setembro 2021 10:36

Boletim vacinação – 22/09/2021 (quarta)

As equipes de enfermagem, sob coordenação do departamento de Vigilância em Saúde, deram sequência na quarta (22/09) a vacinação contra a covid-19. Durante todo o dia, 2.578 pessoas foram vacinadas na cidade. Destas 1.215 receberam a primeira dose, 1.262 receberam a segunda dose e 101 receberam a dose de reforço. Até o momento 220.611 pessoas receberam a primeira dose, 119.659 receberam a segunda dose, 6.805 receberam a dose única e 1.305 idosos institucionalizados maiores de 70 anos, idosos com mais de 90 anos, e pacientes imunossuprimidos receberam a dose de reforço do imunizante. Por conta da logística de informações para fechamento dos dados o boletim da vacinação passou a ser divulgado na parte da manhã.

Nos pontos de imunização cinco idosos foram vacinados, sendo um com a primeira dose e quatro com a segunda dose. Receberam a dose de reforço também 80 idosos institucionalizados e 21 pacientes imunossuprimidos.

A primeira dose da vacina foi aplicada ainda em 61 pessoas com idade entre 18 e 59 anos sem comorbidades. Na faixa etária abaixo de 59 anos, 1.154 pessoas também receberam a segunda dose.

Também receberam com a primeira dose 1.153 adolescentes sem comorbidades. Foram vacinadas ainda com a segunda dose, 26 pessoas com comorbidades. Equipes vacinaram ainda uma gestante e 21 puérperas com a segunda dose. Também foram vacinados com a segunda dose 22 profissionais de Saúde, 13 profissionais de Educação e 21 trabalhadores do setor se transportes. A vacinação contra a covid-19 segue nesta quinta-feira em 13 pontos distribuídos nos cinco distritos.

Em caso de dúvidas é possível utilizar o Whatsapp da Saúde - assistente virtual que fornece informações sobre a vacinação, locais de atendimento a pacientes com sintomas da doença e boletins. O atendimento está disponível pelo número (24) 9.9200-1428

Posse será o primeiro local a receber a ação

O governo municipal anunciou a ampliação da campanha de adoção de animais promovida pela Coordenadoria de Bem-Estar Animal (Cobea) para os distritos. A iniciativa, que já promoveu 87 acolhimentos responsáveis em 11 edições feitas no Centro de Petrópolis, é realizada a cada duas semanas e, agora, ganha novas edições em outros pontos visando alcançar novos tutores. A primeira etapa fora do Centro já tem data e local agendado: será no dia 2 de outubro, na Posse. Um calendário da ação nos bairros já está sendo montado e, em breve, será divulgado pela prefeitura.

“Com o sucesso das etapas realizadas no Centro, enxergamos a possibilidade de levar a ação também para os distritos. Acreditamos que é uma oportunidade para alcançarmos mais pessoas e garantir novos lares para cães e gatos na cidade. Por meio do incentivo à posse responsável, estamos conseguindo orientar e conscientizar a população”, disse o governo interino.

A coordenadora de Bem-estar Animal afirmou que, além da ampliação da campanha, a Cobea está alinhando os trabalhos com a Vigilância Ambiental para o planejamento de ações da causa animal no município. O controle populacional de cães e gatos no município e a realização de postos itinerantes de vacinação antirrábica são temas que estão em pauta.

“Temos uma união de esforços para atender as demandas da causa animal da cidade de forma eficiente. Vamos ampliar a campanha de adoção, que já é um sucesso no Centro, agora também para os distritos. Queremos também buscar uma interação entre os técnicos da Vigilância Ambiental da Secretaria de Saúde para complementar os serviços e fazer o melhor em prol dos animais”, completou a coordenadora.

A taxa de ocupação de leitos para pacientes com covid-19 no Sistema Único de Saúde está, nesta quarta (22/09), em 28% em leitos clínicos e 33,33% em UTIs. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, incluindo hospitais públicos e privados, são 95 pacientes internados, sendo 51 em UTIs e 44 em leitos clínicos. Um óbito foi confirmado e incluído na base de dados da Secretaria de Saúde nesta quarta.

Até agora foram realizados no município 195.513 testes para Covid-19, com 47.886 resultados positivos e 147.067 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab).

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 1.504 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erro na informação divulgada pela Secretaria de Saúde.

A Secretaria acrescenta, ainda, que trabalha na atualização de dados de notificações e casos em análise no sistema, inserindo ainda dados pendentes de meses anteriores. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br)

Óbito:

1- Homem, 75 anos, morador da Mosela. Internado em 09/09/21 no SMH. Óbito registrado em 19/09/21 no SMH. Paciente com doença cardiovascular crônica.

O governo interino abriu oficialmente ontem (21.09) a IV Semana Internacional de Mediação de Conflitos e Justiça Restaurativa de Petrópolis. O evento on-line, promovido pela Prefeitura, por meio do programa Petrópolis da Paz, está sendo transmitido pelo canal da Prefeitura de Petrópolis no Youtube (https://www.youtube.com/c/PrefeituradePetr%C3%B3polisOficial).

A programação explorará diversos temas relacionados à mediação de conflitos e seguirá até o próximo dia 30, com a participação de profissionais de renome da área no Brasil e no mundo.

O governo interino lembrou, durante a abertura do evento, sobre a importância do trabalho realizado em Petrópolis por meio do programa Petrópolis da Paz. "É um trabalho que é referência para o Brasil e também para o mundo. Tem como base o diálogo, a conciliação, a promoção da paz. Ver este projeto, ouvir sobre ele, participar disso de alguma forma me enche de orgulho porque é algo em que eu realmente acredito. Só tenho que parabenizar a toda a equipe do governo. Será, sem dúvida, uma semana enriquecedora", destacou.

A coordenadora especial de Articulação Institucional lembrou a importância do trabalho e exemplificou falando sobre a Justiça Restaurativa, que é um dos pilares do programa, voltada para os adolescentes em medidas socioeducativas. “O governo procura a todo tempo promover a inclusão desses adolescentes e a Justiça Restaurativa é a ferramenta que oferece esse futuro, para que o ciclo de violência seja quebrado. Estamos olhando para além dos muros e temos orgulho de fazer parte deste grupo”, aponta.

A coordenadora do programa Petrópolis da Paz salientou que o evento é importante para difundir estratégias “O evento é pioneiro. A nossa preocupação é trazer renovação dos pensamentos, atitudes e ações. Tudo se renova. Nosso intuito é identificar as estratégias e soluções para enfrentar os conflitos. Temos que pacificar a sociedade e a cultura da paz é um conjunto de valores, como respeito a vida, a não violência por meio do diálogo e a educação”.

Durante o evento, serão apresentados temas como a Mediação na América Latina, Mediação Desportiva, Justiça Restaurativa, Mediação em planejamento sucessório, A mediação no direito de família, Violência doméstica, Mediação no Brasil, entre outros. Além dos brasileiros, participam profissionais de países como a Argentina, Espanha e Portugal.

Programação completa da IV Semana Internacional de Mediação de Conflitos e Justiça Restaurativa de Petrópolis segue durante a semana:

22/09
16h - Ricardo Ariel Riva - Mediação na América Latina
18h - Klever Paulo Leal Filpo - Mediação Judicial ou Extrajudicial? Reflexões a partir de uma perspectiva empírica
20h - Adolfo Braga Neto - Mediação e administração pública: desafios e vantagens

23/09
18h - Leoberto Narciso Brancher - Justiça Restaurativa: uma trajetória em Caxias do Sul
20h - Eduardo Antonio Aciem - Benefícios do Pensamento Sistêmico na Mediação de Conflitos.

24/09
16h - Maria Dolores Hernandez - Lançamento do livro: ?Qué le dice la liebre al soldadito de plomo?
18h - Cristiano Augusto Nogueira - A mediação no direito de família
20h - Rovena Lopes Paranhos - Mediação e psicologia: um encontro nobre

25/09
16h - Nuria Calvo Boizas - Mediação Desportiva
18h - Solon Michalski - A mediação junto da Lei do Superendividamento

26/09
16h - Luciana Asper y Valdes - Projeto na moral: o combate à corrupção começa na escola
18h - Sávio Cesar Reis - Violência doméstica

27/09
16h - Adriana Almeida Souza - Escuta ativa: acolhimento pedagógico em atenção, cuidado e carinho

28/09
14h - Juliana Loss de Andrade - Mediação no Brasil
16h - Luísa Tavares - Justiça Restaurativa
18h - Yulli Rotter Maia - A paz é uma responsabilidade de cada pessoa

29/09
18h - Lívia de Barros Lima - Mediação em planejamento sucessório
20h - Moacyra Verônica C. R. - A Mediação como protagonista de uma jornada a caminho de uma Justiça mais humanizada

30/09
16h - Célia Nóbrega dos Reis - A jornada do mediador - o autoconhecimento e o mindset como ferramentas “fora da caixa”
20h - Flávia Moreira Guimarães - A atuação do Conselho Nacional de Justiça na democratização do acesso à justiça

Além dessa, outras quatro caminhadas ecológicas serão realizadas pela prefeitura

Conhecer e preservar. Com esses objetivos, a prefeitura, através das secretarias de Meio Ambiente e de Esporte, Promoção da Saúde, Juventude, Idoso e Lazer (SEPJIL), criou um calendário de caminhadas ecológicas guiadas gratuitas para a população. A primeira delas será realizada no próximo domingo, 26, na trilha do Alto da Ventania, no Caxambu. Serão 40 vagas e os interessados podem se cadastrar amanhã (23/9), a partir das 13h, no Instagram da prefeitura (@petropolis_pmp). No dia, os participantes terão que usar máscara e levar o álcool em gel.

O ponto de encontro é a Praça Dom Pedro, no Centro, às 8h. Um ônibus da Cidade das Hortênsias – que apoia a iniciativa – leva todos os participantes até o início da trilha. Cada participante deve levar para a caminhada comidas leves, como frutas e barras de cereais, além de água, boné, protetor solar, álcool em gel e máscara. Em caso de chuva no dia anterior, o passeio estará automaticamente suspenso.

"A prática de atividade física, aliada ao contato com a natureza, proporciona benefícios para a saúde física e mental das pessoas. Esporte é promoção da saúde. A ideia é que os petropolitanos ocupem as trilhas da cidade e ajudem a cuidar e preservar", disse o governo interino.

Segundo o secretário de Meio Ambiente, o percurso é de aproximadamente quatro quilômetros, com um desnível de 500 metros e inclinação bem leve. O retorno está previsto para às 12h. “Com essa ação, queremos aproveitar as belezas naturais de Petrópolis e reforçar a importância da preservação ambiental”, disse.

“Caso chova no sábado, a caminhada não será realizada. Fica perigoso e escorregadio”, explica o assessor de Educação Ambiental e de Parques da secretaria de Meio Ambiente. “A nossa ideia é que os petropolitanos possam conhecer esses locais. Muita gente quer ir, mas não conhece, fica com receio de ir sozinho. Essa é uma boa oportunidade”, completou o assessor.

Além do Alto da Ventania, o governo municipal promove as caminhadas ecológicas no Castelinho (31 de outubro), Trilha do Ouro (28 de novembro), Trilha da Cuca (19 de dezembro) e Estrada do Inconfidente (30 de janeiro). Os interessados em participar devem ficar atentos a página da prefeitura no Instagram.


Quinta, 23 Setembro 2021 10:21

Mesa diretora do COMED é eleita

Integrantes ficarão à frente do Conselho até 2023

Os conselheiros do Conselho Municipal de Educação – COMED - decidiram, de forma unânime, pela recondução de Jelcy Corrêa na presidência do conselho, durante reunião ordinária realizada na terça-feira (21/09). Jelcy também foi a escolha do poder executivo que fez questão de optar pela continuidade da liderança da Sociedade Civil à frente do conselho.

“O conselho tem uma representatividade essencial, legítima e faz o acompanhamento das políticas públicas e diretrizes da educação, assuntos importantes para o desenvolvimento da nossa cidade”, defendeu a coordenadora Especial de Relações Institucionais da Prefeitura.

Após a recondução, Jelcy agradeceu a confiança dos demais integrantes do conselho. “É uma missão grata. São muitos desafios, mas a educação faz tudo valer a pena”.

Durante o encontro também ficou definida Ana Carolina Kapler, subsecretária de Educação, como vice-presidente do conselho. A professora e orientadora Márcia Biasuz continuará como secretária geral do conselho. Os integrantes do COMED se reúnem em toda segunda terça-feira de cada mês, às 14h. Devido à pandemia, os encontros estão ocorrendo de forma remota.

Vale destacar que o COMED foi criado pela Lei nº 5028/90 e tem caráter deliberativo, normativo e consultivo, no que se refere às matérias educacionais de sua competência, como propor normas para organização e funcionamento do sistema municipal de ensino; propor medidas que julgar necessárias à melhor resolução dos problemas educacionais do Município; propor medidas e modificações que objetivem a expansão e o aperfeiçoamento do ensino; emitir parecer sobre assuntos de natureza pedagógica e educativa e propor sindicâncias em qualquer dos estabelecimentos de ensino sob sua competência, sempre que julgar conveniente, entre outros.


Moradores ainda não vacinados continuam recebendo a primeira dose

Idosos com mais de 80 anos acamados também estão recebendo dose de reforço

Dando sequência às ações de busca ativa em 50 unidades de saúde básica (PSFs e UBSs), equipes da Divisão de Imunização iniciaram esta semana a etapa de aplicação da segunda dose da vacina CoronaVac em moradores que receberam a primeira dose no mês passado. O trabalho de busca ativa realizado pela Secretaria de Saúde visa garantir a imunização de todos os petropolitanos aptos a receberem o imunizante. Moradores cadastrados nos postos que eventualmente ainda não tenham sido vacinados também podem receber a vacina. Em paralelo, as equipes realizam também a aplicação da dose de reforço em idosos com mais de 80 anos acamados.

“Temos números muito positivos, mas a busca ativa é fundamental para encontrarmos pessoas que, por alguma razão, ainda não tomaram a vacina”, destaca o governo interino.
Desde o dia 20 de agosto, quando teve início este trabalho, 3 mil pessoas foram vacinadas nos postos pelas equipes que fazem a busca ativa, sendo 2.831 com a primeira dose e 169 com a segunda dose.

“Com a busca ativa facilitamos o acesso e conseguimos vacinar pessoas que por algum motivo ainda não tinham se imunizado. É fundamental que todos se protejam deste vírus”, destaca o secretário de Saúde, lembrando que os resultados positivos da vacinação são claros. “Quando analisamos os dados dos últimos meses verificamos redução dos casos graves e diminuição na demanda por atendimentos e internações de pacientes com covid-19. Isso é resultado da vacinação. Seguimos trabalhando para que todos sejam vacinados”, destaca.

A exemplo do que foi feito no início da busca ativa, a aplicação da segunda dose é feita de forma escalonada por profissionais de saúde em áreas de unidades de saúde existentes em bairros distribuídos nos cinco distritos, entre Postos de Saúde da Família (PSFs) e Unidades Básicas de Saúde (UBSs) com Estratégia de Saúde da Família. O cronograma prevê a busca ativa até 13/10, e foi elaborado por equipes da Divisão de Imunização e da Superintendência de Atenção à Saúde. O trabalho é voltado exclusivamente para moradores que já são cadastrados e atendidos pelas equipes de estratégia de Saúde da Família, que são avisados com antecedência sobre o dia de vacinação na sua área.

Petrópolis tem até o momento 92% da população adulta vacinada - 51% destas pessoas com o esquema de vacinação completo com a segunda dose ou dose única da vacina. Dados da Secretaria de Saúde mostram que as pessoas estão retornando para receber a segunda dose: o município tem 96,4% de retorno para a aplicação da segunda dose, índice que está acima do que estabelece o Ministério da Saúde, 90%.