Sexta, 24 Setembro 2021 10:54

Boletim vacinação – 23/09/2021 (quinta)

As equipes de enfermagem, sob coordenação do departamento de Vigilância em Saúde, deram sequência na quinta (23/09) a vacinação contra a covid-19. Durante todo o dia, 3.721 pessoas foram vacinadas na cidade. Destas 683 receberam a primeira dose, 2,960 receberam a segunda dose e 78 receberam a dose de reforço. Até o momento 221.294 pessoas receberam a primeira dose, 122.619 receberam a segunda dose, 6.805 receberam a dose única e 1.383 idosos institucionalizados maiores de 70 anos, idosos com mais de 90 anos, e pacientes imunossuprimidos receberam a dose de reforço do imunizante. Por conta da logística de informações para fechamento dos dados o boletim da vacinação passou a ser divulgado na parte da manhã.

Nos pontos de imunização 18 idosos receberam a segunda dose. Equipes aplicaram também a dose de reforço em 70 idosos e oito pacientes imunossuprimidos. A primeira dose da vacina foi aplicada ainda em 179 pessoas com idade entre 18 e 59 anos sem comorbidades. Na faixa etária abaixo de 59 anos, 2.591 pessoas também receberam a segunda dose. Também receberam com a primeira dose do imunizante 489 adolescentes sem comorbidades - sete deles quilombolas. Três adolescente deficientes também foram vacinados

A segunda dose da vacina foi aplicada também em 84 pessoas com comorbidades e três deficientes. Equipes vacinaram ainda 26 gestantes, das quais cinco com a primeira dose e 21 com a segunda. A segunda dose foi aplicada ainda em 103 puérperas.

Também foram vacinados com a segunda dose 60 profissionais de Saúde, 53 profissionais de Educação, 22 trabalhadores do setor se transportes e um profissional de limpeza urbana.
Equipes vacinaram também 11 pessoas em situação de rua, sendo sete com a primeira dose e quatro com a segunda. A vacinação contra a covid-19 segue nesta sexta-feira em pontos distribuídos nos cinco distritos.

Em caso de dúvidas é possível utilizar o Whatsapp da Saúde - assistente virtual que fornece informações sobre a vacinação, locais de atendimento a pacientes com sintomas da doença e boletins. O atendimento está disponível pelo número (24) 9.9200-1428

Recursos obtidos com a coleta de recicláveis serão reinvestidos no próprio programa, garantindo a expansão do serviço também para outras regiões da cidade

Depois de anos sem qualquer expansão, o sistema de coleta seletiva do município está sendo ampliado. Comunidades do Vale das Videiras e Brejal, na Posse, estão sendo incluídas na rota do serviço, realizado pela Prefeitura, por meio da Companhia Municipal de Desenvolvimento – Comdep. A intenção é melhorar e expandir ainda mais as ações até o fim deste ano, utilizando, para isso, recursos gerados pela própria coleta, que serão reinvestidos no programa.

“Sei o quanto a coleta seletiva é importante para qualquer município. Nosso principal desafio é conscientizar as pessoas, estimular a mudança de hábitos e, ao mesmo tempo, ampliar o serviço. A ampliação do trabalho para o Vale das Videiras e o Brejal é um passo pequeno, mas importante. Vamos continuar trabalhando para ampliar cada vez mais o serviço, até alcançarmos 100% da cidade. Sabemos que temos uma longa estrada a percorrer, mas vamos trabalhar para isso. A coleta seletiva vai contribuir para uma cidade mais limpa, com menos resíduos e maior consciência ambiental”, disse o governo interino.

Tanto no Brejal quanto no Vale das Videiras, os coletores vão passar, pelo menos, uma vez por semana para recolher os resíduos recicláveis nas residências de ambas as regiões. “No Brejal, a coleta vai acontecer toda segunda-feira, enquanto no Vale das Videiras, será às quintas-feiras. O serviço está sendo muito bem recebido pelos moradores, que agora não vão mais precisar sair de casa para entregar os materiais recicláveis nos ecopontos, por exemplo”, destaca o presidente da Comdep.

A coleta

Para garantir a ampliação do programa, a Comdep está reformulando todo o serviço. O Centro de Triagem vai mudar de endereço e todo o recurso gerado por meio dos recicláveis será reinvestido no próprio programa, assegurando a ampliação do trabalho.

Segundo Leonardo Fernandes, às cooperativas que trabalham com recicláveis.

“Os recursos voltarão para o próprio programa, garantindo sustentabilidade à iniciativa. Vamos trabalhar para mobilizar a população e estimular a separação do lixo. Petrópolis tem tudo para servir de exemplo neste trabalho”, garante.

Seguindo um cronograma diário, o serviço de coleta seletiva também funciona no Bingen, Mosela, Valparaíso, Morin e Alto da Serra. Nesta última região a coleta é realizada no Vila Felipe, Chácara Flora e Sargento Boening. A Prefeitura disponibiliza ainda quatro ecopontos. Eles estão localizados na Rua General Rondon, em frente a Comdep; na Rua Mosela; Parque Municipal de Petrópolis, em Itaipava e Araras, na Estrada Bernardo Coutinho, nos números 30 e 35.

Com o objetivo de agilizar a identificação de possíveis casos de covid-19 em escolas e fortalecer os meios para maior controle sobre a pandemia, a Secretaria de Saúde está disponibilizando um novo canal de comunicação para que funcionários, alunos e seus responsáveis possam informar diretamente à Vigilância Epidemiológica a existência de pessoas com sintomas de covid-19 no ambiente escolar. O sistema criado pela Secretaria de Saúde permite a auto notificação de casos de covid nas escolas pelo link: www.smspetropolis.net.br/notificaeducacao e vem somar aos demais canais para informações, já disponibilizados pela Secretaria de Educação.

“Todas as medidas estão sendo adotadas o município, com a integração de ações entre as Secretarias de Educação e Saúde, para que tenhamos um ambiente seguro nas escolas. A intenção com a criação deste novo canal de comunicação é termos um processo de notificação mais ágil junto à Secretaria de Saúde”, destaca o governo interino.

Com a auto notificação, a Vigilância Epidemiológica passa a receber imediatamente as informações sobre possíveis casos. No canal direto com a Secretaria de Saúde, a pessoa preenche um questionário em que fornece todos os dados pessoais, assim como informações da unidade escolar que frequenta, informa se é atendida em alguma UBS ou PSF e relata os sintomas que apresenta. Tendo em mãos as informações, a Secretaria de Saúde fará de imediato três ações: investigação do caso pela Vigilância Epidemiológica; informação à Secretaria de Educação e informação à unidade escolar.

“Importante destacar que os dados pessoais informados são sigilosos e ficarão restritos à Vigilância Epidemiológica, que irá apurar mais detalhes sobre o caso relatado e fazer o monitoramento em caso de confirmação. Em paralelo, será repassado à Secretaria de Educação um relatório sobre o número de casos novos, especificando a unidade escolar. A escola também será informada que a Secretaria de Saúde recebeu uma notificação de caso na unidade”, explica o secretário de Saúde.

O novo canal de comunicação disponibilizado pela Secretaria de Saúde vem somar às ações da Secretaria de Educação, que já recebe informações pelo telefone 2246-8675 e o e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. . Inicialmente, a presença de pessoas com sintomas da doença em ambientes escolares era comunicada à direção das escolas, que repassavam as informações à Secretaria de Saúde para a adoção das medidas necessárias.

Evento foi oficialmente lançado esta semana, com a presença do Secretário de Estado de Turismo

A Prefeitura de Petrópolis, através da Secretaria de Turismo, em parceria com a Casa D´Itália Anita Garibaldi, abre oficialmente nesta sexta-feira (24/9) o Serra Serata - Tutti a Tavola, festival gastronômico que tem por objetivo manter viva a tradição da cultura italiana em Petrópolis. São 60 estabelecimentos inscritos no festival que vai até o dia 3 de outubro.

Adaptado aos tempos atuais, haverá opção de atendimento presencial, take away e também delivery. O lançamento do festival aconteceu na última terça (21), no Restaurante Locanda Centro Histórico, e contou com a presença do governo municipal, do secretário de Estado de Turismo, do subsecretário de Grandes Eventos da Setur-RJ; do Cônsul-Geral da Itália no Rio de Janeiro, Paolo Miraglia Del Giudice, do bispo de Petrópolis, Dom Gregório Paixão, entre outras autoridades.

O festival terá cinco categorias específicas: restaurantes especializados (que servem apenas a culinária italiana), pizzarias (que tenham a pizza como carro-chefe em seus cardápios), outros restaurantes (casas que oferecem gastronomia diversificada e incluem também a italiana), só delivery (que servem os pratos da culinária italiana apenas nesse formato) e produtos gastronômicos (para a inclusão de produtores de caponatas, antepastos, pães, massas, biscoitos e doces italianos, entre outros). A curadoria do evento será de Cristina Pellegrini e Walmir Ferreira, comerciantes diretamente ligados à gastronomia italiana em Petrópolis.

O governo interino destaca a importância do festival que, além de manter a tradição da homenagem às famílias de descendência italiana na cidade. "Agradeço à Casa d´Itália Anita Garibaldi pela oportunidade desta parceria, de mais uma vez festejar essa cultura através de uma de suas maiores tradições, que é a gastronomia", destaca.

O secretário de Estado de Turismo falou da felicidade de participar do lançamento do festival, evento importante para fomentar o segmento gastronômico local na retomada da economia. "São eventos como esse que queremos promover nos municípios: integrando a cadeia produtiva do turismo com o poder público e toda a sociedade. Vamos trabalhar muito neste fim de ano, promovendo o turismo do nosso estado. Quero agradecer ao convite e parabenizar a todos os envolvidos", disse ele.

Para o secretário de Turismo do município, o Serra Serata - Tutti a Tavola marca a abertura da temporada da primavera na cidade. "É mais uma ação voltada para moradores e visitantes, que terá opções gastronômicas diversas a preços diferenciados durante este período", disse, convidando a todos para visitarem os estabelecimentos e prestigiarem o festival até o dia 3 de outubro.

A presidente da Casa D´Itália Anita Garibaldi, Graça Vescovini, agradeceu o esforço da Prefeitura para que o evento acontecesse. "Em nome da nossa instituição, com seus 36 anos de existência, e de toda a diretoria, quero agradecer e dizer que estamos extremamente honrados com o apoio para a realização do festival, que vai aproximar cada vez mais a cidade da cultura italiana, através da gastronomia, e fomentar oportunidades para aqueles que trabalham com as nossas ricas e tradicionais receitas" comentou.

Na adesão ao festival, os representantes dos estabelecimentos assinaram um termo de responsabilidade, garantindo que o atendimento presencial será realizado com a atenção devida a todos os protocolos sanitários recomendados pelas autoridades de saúde, assim como as medidas de segurança alimentar previstas nas normativas da vigilância sanitária. Para acompanhar os detalhes do festival, como lista completa dos participantes, pratos oferecidos, fotos e valores, basta acessar o site www.petropolis.rj.gov.br/serra-serata.

Além do festival gastronômico, o Serra Serata deste ano contará com uma exposição e venda de artesanato, que acontecerá na Praça Visconde de Mauá, no Centro, no próximo fim de semana (25 e 26/09) e no seguinte (02 e 03/10). A Casa D´Itália Anita Garibaldi realizará uma missa, em celebração à cultura e as tradições italianas em Petrópolis, na quinta-feira, dia 30/9, às 19h30, na Igreja do Sagrado Coração de Jesus, que será transmitida também pelo facebook (facebook.com/casaditalia.garibaldi).


A taxa de ocupação de leitos para pacientes com covid-19 no Sistema Único de Saúde está, nesta quinta (23/09), em 22% em leitos clínicos e 33,33% em UTIs. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, incluindo hospitais públicos e privados, são 101 pacientes internados, sendo 51 em UTIs e 50 em leitos clínicos. Três óbitos foram confirmados e incluídos na base de dados da Secretaria de Saúde nesta quinta.

Até agora foram realizados no município 195.879 testes para Covid-19, com 48.021 resultados positivos e 147.557 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab).

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 1.507 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erro na informação divulgada pela Secretaria de Saúde.

A Secretaria acrescenta, ainda, que trabalha na atualização de dados de notificações e casos em análise no sistema, inserindo ainda dados pendentes de meses anteriores. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br)

Óbito:

1 – Homem, 68 anos, morador do Itamarati. Internado em 03.09.21 no HSM. Óbito registrado em 09.09.21 na UPA Cascatinha. Paciente com diabetes.

2 – Homem, 45 anos, morador do Fazenda Inglesa. Internado em 07.09.21 na UPA Cascatinha. Óbito registrado em 17.09.21 no HNSA

3 – Homem, 58 anos, morador de Bonsucesso. Internado em 06.09.21 na UPA Itaipava. Óbito registrado em 20.09.21 no HNSA.

O Museu lança convocatória durante a semana da Primavera dos Museus e busca parceiros que queiram colaborar com o espaço

O Museu Casa do Colono, dentro do Projeto HUB+, convoca pessoas físicas e jurídicas, que atuam na área da acessibilidade e com pessoas com deficiência para debater, apoiar e pensar um museu mais acessível, inclusivo e participativo. A convocatória será lançada dentro da Programação da 15ª Primavera dos Museus, que em face à pandemia, nesta edição propõe como tema – Museus: perdas e recomeços, uma reflexão sobre a atuação dos museus nesse momento tão delicado.

O Museu Casa do Colono já atua no fortalecimento de parcerias, principalmente com as universidades e institutos da cidade, colocando-se como campo de estudo para diversos temas de pesquisa. Agora, a partir da mentoria de Acessibilidade do Programa HUBMAIS, sob orientação do consultor Osvaldo Emery, arquiteto e especialista em Acessibilidade Cultural pela UFRJ, técnico e pesquisador da Secretaria Especial da Cultura/ Ministério do Turismo, o museu busca mapear quem atua e quem pode colaborar na área de acessibilidade na cidade, bem como dar legitimidade e alcançar o público com deficiência.

“Acreditamos e defendemos o princípio básico da acessibilidade, a partir do lema ‘Nada sobre nós, sem nós’, isto é, nenhum resultado, de uma discussão, política pública, programa, e etc., a respeito das pessoas com deficiência, poderá ser debatido sem a plena participação e o aval das próprias pessoas com deficiência, principal grupo atingido por essa proposta”, disse Ana Carolina Maciel, museóloga da prefeitura de Petrópolis, que atua no Instituto Municipal de Cultura (IMC), ressaltando a participação de toda equipe do Museu Casa do Colono - servidores como voluntários e colaboradores - na capacitação.

Quem tiver interesse em fazer parte dessa rede ativa e potente para pensarmos em conjunto como acessibilizar o Museu Casa do Colono, encaminhar o nome e principais contatos para o e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. , até o dia 30 de setembro de 2021. Para saber mais sobre o projeto HUBMAIS e os museus selecionados, acessar o site: www.projetohubmais.com.br.


A aplicação da vacina será realizada em oito bairros da cidade

A Prefeitura de Petrópolis realiza neste sábado (25), a quinta etapa da campanha de vacinação antirrábica animal da cidade. A aplicação da vacina será realizada em oito bairros da cidade, em locais fixos e postos volantes. Até o momento foram vacinados 9.716 cães e 2.816 gatos, totalizando 12.532 animais imunizados contra a raiva em 2021. A campanha é realizada por meio da Coordenadoria de Vigilância Ambiental do Departamento de Vigilância de Saúde.

“Nogueira, Corrêas, Samambaia, Jardim Salvador, Retiro, Carangola, Centro e Bingen serão os locais em que estaremos presentes neste sábado. A campanha vai alcançar todas as regiões da cidade, seguindo o calendário de aplicação da vacina”, disse o governo interino.

A Coordenadoria de Vigilância Ambiental de Petrópolis ressalta que, para a vacinação, os cães e gatos devem ter a partir de quatro meses de idade. Animais conduzidos por crianças, prostrados, com diarréia ou vômito não serão vacinados. A responsabilidade de deslocamento do animal é do tutor. É obrigatório o transporte de gatos em bolsas pet ou caixas. Os cães devem estar com coleira e guia, e os animais bravos usando também focinheira.

Além disso, a Coordenadoria orienta que tutores ou responsáveis com mais de cinco animais na mesma residência com dificuldade de mobilidade, compareçam ao ponto de vacinação com antecedência para que seja avaliada a possibilidade da vacinação dos animais em domicílio. “É necessária a apresentação de documento de identidade com foto, CPF e comprovante de residência. Após às 14h, a nossa equipe não conseguirá realizar a vacinação em domicílio. Por isso pedimos que as pessoas compareçam com antecedência”, ressalta a coordenadora da Vigilância Ambiental da Secretaria de Saúde.

O secretário de Saúde ressalta que, as orientações devem ser seguidas antes e durante a vacinação: “Vamos atender todas as comunidades com a vacinação. Vacinar os animais contra a raiva é a única forma de prevenir a doença e manter os pets saudáveis. Pedimos que a população esteja atenta às recomendações e chegue com antecedência aos pontos de vacinação”.

A campanha de vacinação antirrábica terá continuidade no dia 16 de outubro. A aplicação da vacina no Centro, Coronel Veiga, Quitandinha, Valparaíso, Castelânea e Meio da Serra. Em 27 de novembro, a campanha será finalizada atendendo os moradores da Estrada da Saudade, Cascatinha, Itamarati, Alto da Serra, Morin e Caxambu.

A primeira etapa da campanha foi realizada na região da Posse, Brejal, Córrego Grande, Taquaril, Pedro do Rio, Vila Rica e Secretário. A segunda fase ocorreu nos bairros do Independência, Bingen e Quitandinha. No Vale das Videiras ocorreu a terceira etapa. A quarta edição aconteceu em Araras, Itaipava e no Vale do Carangola.

Locais e horário de vacinação antirrábica animal:

E.M Magdalena Tagliaferro – Castelo São Manoel – 9h às 17h
E.M.Nilton Santiago – Nogueira – 9h às 17h
PSF Águas Lindas – 9h30 às 12h30
Estrada da Mineira –13h30 às 17h
E.M. Josemar Contage –Corrêas – 9h às 17h
E.M. Odete Y. Monteiro – Bonfim – 9h às 17
E. M. Marieta Gonçalves – Bairro da Glória – 9h às 17h
Capela Ascensão do Senhor Humberto Rovigatti – 9h às 12h
E.P. Loteamento Samambaia –13h às 17h
E.M. Cirilo Callaon – Jardim Salvador – 9h às 17h
E. M. São Geraldo – Carangola – 9h às 17h
E.M. Carlos Demiá – Retiro – 9h às 17h
E.M. Liceu Carlos Chagas – Centro – 9h às 17h
E.M Salvador Kling – Mosela – 9h às 17h
E.M. Bataillard – 9h às 17h
Quarteirão Brasileiro – 9h30 às 12h
Associação de Moradores Pedras Brancas – 13h às 17h
Associação de Moradores Alberto de Oliveira – 9h30 às 12h
Ponto final do Batista da Costa – 13h30 às 17h
Pátio da Secretaria de Obras – Bingen – 9h às 17h


A iniciativa é a continuação da campanha de adoção que a coordenadoria realiza desde fevereiro deste ano

A prefeitura de Petrópolis, através da Coordenadoria de Bem-estar Animal (Cobea), vai realizar no próximo sábado (25) a 1ª edição da Primavera de Adoção. A campanha, que começou em fevereiro deste ano, já está na 12ª etapa e, agora, pela primeira vez, vai ser realizada com tema sazonal. Com o lema “quem adota, colhe amor”, a ação vai acontecer na Praça Dom Pedro II, de 10h às 15h. As ONG’s Dog’s Heaven, Irmão Animal, GAPA Itaipava e Alma Peluda ficarão responsáveis por disponibilizar os animais para adoção. Os interessados em ganhar um novo amigo precisam atender os pré-requisitos exigidos pela Coordenadoria para garantir que os animais estarão seguros de seus direitos básicos. Além disso, é necessário a apresentação dos documentos pessoais, CPF e carteira de identidade, comprovante de residência fixa e ser maior de 18 anos.

Além das instituições parceiras, uma equipe da Vigilância Ambiental também estará no local orientando a população sobre os cuidados com animais peçonhentos. “Estamos conseguindo trazer conscientização e orientação durante as etapas. Nosso objetivo tem sido gerar posses responsáveis aos nossos bichinhos. Até o momento, 87 animais já foram acolhidos. Vamos continuar propagando essa ideia, sempre contando com o apoio de toda a nossa população”, afirmou o governo municipal.

Nesta etapa, o Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais (COMUPA) e a Universidade Estácio de Sá estarão como apoiadores da campanha. A loja Rospauth e a Escola de Tosa Cintia Lima também serão parceiros do evento e irão viabilizar benefícios aos novos tutores e aos pets que forem acolhidos. Uma das novidades deste fim de semana vai ficar por conta da nova coordenadora de Bem-estar Animal, que vai estar em sua primeira campanha à frente da pasta.

“Estou muito feliz de poder dar continuidade ao trabalho que começou no início deste ano. Uma das novidades que já acertamos para as próximas etapas das campanhas é que as levaremos também para os distritos. Na 13ª edição, agendada para o dia 02 de outubro, a Posse vai receber as nossas barracas. A intenção é, por meio dessas ações, ampliar a nossa atuação e gerar oportunidade de outros bichinhos ganharem novos lares”, disse a coordenadora.

Vale destacar que todos os animais que estarão presentes no evento já estão castrados, vacinados e vermifugados. Em caso de chuvas, a campanha poderá ganhar uma nova data de realização. Para esclarecimento de qualquer dúvida referente à iniciativa, a Coordenadoria disponibiliza contatos por e-mail e telefone.

E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ;

Telefone: (24) 2291-1505.