O ano de 2022 começou de uma maneira muito especial para Vanessa de Oliveira Silva e Lucas Amorim: o primeiro filho do casal, João Lucas Oliveira da Silva Amorim, foi o primeiro bebê nascido neste ano no Hospital Alcides Carneiro. O menino veio ao mundo à 00h54, com 3,1 quilos e medindo 48,5 cm.

"A ficha não cai até o nascimento. Quando a gente vê o nosso filho, tudo muda, é uma sensação totalmente diferente", disse a agora mãe orgulhosa Vanessa. "Foi um sonho realizado. O parto durou 24 minutos, mas graças a Deus correu tudo bem. Agradeço a equipe, que foi muito prestativa", disse o pai Lucas.

O primeiro bebê nascido no Hospital Alcides Carneiro passa bem. A maternidade do HAC é referência regional, com estrutura que inclui a UTI neonatal.

Com registro de chuva de intensidade fraca a moderada, de forma contínua ao longo da noite desta sexta (31) e madrugada de sábado (1), a prefeitura, por meio das secretarias de Defesa Civil e Comdep, atuou para o atendimento de 15 ocorrências. A maior parte dos chamados foi de quedas de árvores obstruindo vias. Não houve danos a residências ou vítimas. Na manhã deste sábado, o prefeito Rubens Bomtempo percorreu alguns pontos da cidade para acompanhar a limpeza, liberação de vias e restabelecimento de serviços de energia e telefonia nas localidades atingidas.

A região do Vista Alegre, em Araras, foi uma das visitadas pelo prefeito, que acompanhou o trabalho dos agentes da Defesa Civil, Comdep e Enel. “Estamos reforçando nossas equipes para atender de forma célere todas as ocorrências que tivemos pela cidade ao longo dessa noite. Identificamos a necessidade imediata de um trabalho intensificado para a poda de árvores da cidade”, destacou o prefeito Rubens Bomtempo, que busca o apoio da Prefeitura do Rio de Janeiro para a obtenção de caminhão específico para a realização de poda de árvore. “Identificamos que muitos dos casos de queda de árvore são resultado da falta do serviço de poda, que vamos retomar com esse apoio", reforçou o prefeito.

Após percorrer os locais afetados, o prefeito esteve na sede da Defesa Civil para acompanhar as demais ocorrências registradas pela cidade. Até a manhã deste sábado, houve chamados de queda de árvore nas localidades da Fazenda Inglesa (2), Centro (2), Castelânea (1), Duarte da Silveira (1) , Bingen (1), Samambaia (1), Caxambu (1), Vale do Cuiabá (1) e Mosela (1). Houve registro de três deslizamentos em Corrêas (2) e Bataillard (1). Os agentes também atuaram em uma situação de risco de queda de poste no Vale do Cuiabá. “Estamos com nossas equipes reforçadas para realizar o atendimento de forma ágil por toda a cidade. Estamos em monitoramento contínuo para a identificação de riscos para a cidade. Pedimos que a população fique atenta aos nossos alertas e ao sinal de riscos, entrem em contato com 199”, destacou o secretário de Defesa Civil, o Tenente Coronel Gil Kempers.

Com a previsão de continuidade de chuva fraca a moderada para este sábado (01), com a possibilidade de afetar de forma mais intensa os terceiro e quarto distritos, a prefeitura estabeleceu um ponto de apoio na região de Barra Mansa. Como medida preventiva, agentes da Defesa Civil e Comdep montaram uma base de trabalho em Pedro do Rio para agilizar o atendimento a possíveis ocorrências pelas localidades. “Isso vai facilitar o acesso a essas regiões mais distantes e garantir o atendimento mais rápido para a população”, destacou o diretor-presidente da Companhia Municipal de Desenvolvimento de Petrópolis (Comdep), Leo França.

Até o momento, o maior acumulado de chuva foi no terceiro distrito, onde na região da Estrada do Cantagalo houve quase 40 milímetros nas últimas 24 horas. Para este sábado, a previsão é de céu encoberto a nublado, com chuva moderada durante o período. Para amanhã (2) as condições do tempo se repetem, com temperatura podendo variar de 17°C e máxima de 25°C.

Acumulados de chuva:

1º Distrito: Barão do Rio Branco - 21.75 mm/24h, 58 mm/48h, 58.5 mm/72h, 60.5 mm/96h;
2º Distrito: Bonfim - 22.75 mm/24h, 50.25 mm/48h, 51.5 mm/72h, 54.75 mm/96h;
3º Distrito: Estrada do Cantagalo - 39.09 mm/24h, 70.66 mm/48h, 81.46 mm/72h, 103.26 mm/96h;
4º Distrito: Capim Roxo - 27.25 mm/24h, 53.75 mm/48h, 53.75 mm/72h, 60.5 mm/96h;
5º Distrito: Posse - 33.5 mm/24h, 64.75 mm/48h, 64.75 mm/72h, 77 mm/96h.

Para este Réveillon, setor hoteleiro registra 85% de ocupação nos meios de hospedagem da cidade

A programação do Natal Imperial já atraiu mais de 300 mil pessoas para a cidade neste mês de dezembro. Segundo dados divulgados pela Turispetro, o número engloba o montante referente tanto às pessoas que se hospedaram no município quanto ao turismo individual de pessoas que visitam a cidade, mas não se hospedam.

E esse número pode crescer ainda mais nos próximos dias, já que a programação segue até o dia 9 de janeiro. Segundo dados do Disque Turismo, a ocupação hoteleira na cidade já é de 85,27% para este fim de semana. No 1º distrito, que corresponde a região do Centro e arredores, a taxa é de 80,04%. Nos distritos, já chega a 90,49%.

Para o prefeito Rubens Bomtempo, a realização de grandes eventos é de suma importância para a cidade, uma vez que aquece o turismo e movimenta diversos setores, representando um importante segmento na retomada econômica do município após dois anos de pandemia.

"Eventos como a Bauernfest e o Natal Imperial precisam ser pensados e planejados com antecedência, sabendo do grande potencial que possuem de movimentar a economia de Petrópolis, gerando trabalho e renda ", diz Bomtempo.

Secretária da Turispetro, Silvia Guedon diz que o setor está otimista e a expectativa é de atrair ainda mais turistas para a cidade nessa reta final da programação do Natal Imperial.

"Muitos meios de hospedagem já chegam a 100% de ocupação para este feriado e ainda há muita procura neste período. Notamos que os turistas estão buscando programações na cidade para este Réveillon em espaços que oferecem programação ao ar livre e proporcionam o contato com a natureza", afirma Silvia.

Diretora de turismo e eventos, Evany Noel destaca a importância de ter a cidade movimentada em um período que não é de alta temporada.

"Nosso maior movimento tende a ser no inverno e vemos que a programação do Natal Imperial se consolidou a ponto de fazer com que a cidade experimente um fluxo turístico que não era comum nesta época do ano", conclui.

As equipes da Secretaria de Saúde aplicaram 1.823 doses da vacina contra a covid-19 nos 10 postos disponíveis.

Foram 1.526 doses de reforço, 272 aplicações de segunda dose e 25 de primeira.

No total, a cidade conta com 240.386 vacinados com a primeira dose, 220.951 com a segunda dose e 50.993 com a dose de reforço. A dose única chegou a 6.805 pessoas desde o início da campanha de vacinação.

Nesta quinta-feira, 767 idosos foram vacinados, sendo três com a segunda dose e 764 com a dose de reforço. A dose de reforço também foi aplicada em uma pessoa com comorbidade.

Três gestantes foram imunizadas, sendo duas com a primeira dose e uma com a segunda. Dentre as puérperas, foi feita uma aplicação de primeira dose.

As equipes também aplicaram a primeira dose em 14 adolescentes e a segunda em 145 indivíduos entre 12 e 18 anos. Houve ainda a vacinação de cinco trabalhadores da saúde com o reforço.

Por faixa etária, foram 756 adultos vacinados com a dose de reforço, 122 com a segunda dose e nove com a primeira.

O acompanhamento da situação da covid-19 na cidade pode ser feito através do portal de monitoramento, disponível no site da Prefeitura: https://petropolis.rj.gov.br/pmp/