O Clima do Natal tomou conta de Petrópolis. Além da iluminação especial e de toda programação cultural, o artesanato e as cervejas produzidas em Petrópolis também fazem parte da festa.

O artesanato de 13 associações de Petrópolis estão à venda dentro do Palácio de Cristal. Tricô, crochê, costura criativa, macramê, MDF, guirlandas, roupas de bonecas, peças em resina e trabalhos temáticos feitos especialmente para o Natal Imperial, são alguns dos itens expostos.

“O trabalho produzido em Petrópolis é diferenciado e bastante procurado p ano inteiro por quem visita a nossa cidade. Em todas as festas promovidas pela Prefeitura o artesanato está presente. Este é mais um espaço para divulgar e fortalecer o segmento na nossa cidade”, ressaltou o prefeito Rubens Bomtempo.

Uma das Associações que expõe o trabalho de 7, dos seus 8 artesãos, é a Artes em Movimento, presidida pela artesã Rosania Martins. Todas as peças são produzidas em conjunto e o lucro é dividido igualmente entre os artistas. Neste ano, um dos diferenciais é o foco na sustentabilidade, como por exemplo nos mini presépios montados em sementes de árvores e guirlandas feitas com lanternas.

“O artesanato de Petrópolis é muito diverso em estilos e tem um refino especial no acabamento. Um trabalho com muita riqueza de detalhes e que traz ainda mais alegria para o Natal Imperial”, destacou Rosania. “Esperamos que todos venham apreciar, se encantem e levem para casa uma lembrança de Petrópolis feita com muito amor”, complementou.

Do lado de fora do Palácio, barracas de comida, bebidas e food bikes estão preparadas para receber o público com a gastronomia local e as cervejas artesanais, que estão, pela primeira vez, com seus produtos na Alfredo Pachá. No total, 9 marcas que fazem parte da Associação de Microcervejarias da Cidade recebem moradores e visitantes que queiram provar as variedades produzidas em Petrópolis que, não à toa, recebeu o título de Capital Estadual da Cerveja.

“Nesta época já participamos do Natal Cervejeiro, na Praça da Águia, e ficamos muito felizes com o convite para estarmos na Alfredo Pachá também! Um evento de mais de 40 dias que vai movimentar muito a economia das microcervejarias e gerar empregos. Formamos e treinamos equipes para trabalhar nas barracas e esperamos que o público compareça e experimente as cervejas produzidas por nós”, disse Leandro Leal, presidente da Associação das Microcervejarias de Petrópolis. Leandro ressaltou ainda a importância do diálogo com o poder público: “Temos muito a agradecer a todos da Prefeitura que estão sempre prontos para atender às nossas demandas. Uma abertura que tem sido fundamental para o desenvolvimento do setor”, finalizou Leandro.

Na Praça da Liberdade, podem ser encontradas ainda outras 4 barracas de alimentação e bebidas.

O espaço do artesanato, montado dentro do Palácio de Cristal funciona de domingo a quarta-feira, das 9h às 22h e de quinta a sábado, das 9h às 23h.

Já as barracas da Rua Alfredo Pachá, ficam abertas de segunda a quinta, das 14h às 22h; sexta-feira, das 14h às 24h; sábado, de 11h Às 24h; e domingo, das 11h às 22h.

Na Praça da Liberdade, as barracas funcionam nos seguintes horários: de segunda a quinta, de 12h às 23h; sexta-feira, de 12h às 24h; sábado, de 11h às 24h; e domingo, de 11h às 23h.

Luzes, música, apresentação, decoração temática e o Papai Noel marcaram o acendimento das luzes na Praça da Liberdade, na noite deste sábado (03). Em clima de Natal, centenas de pessoas acompanharam a contagem regressiva para o acendimento da iluminação especial. Um dos momentos mais esperados da noite foi a chegada do Papai Noel, que recebeu a chave da cidade das mãos do prefeito Rubens Bomtempo.

Durante a cerimônia, o prefeito agradeceu à todos que contribuíram para a realização do Natal Imperial 2022. "Esse foi um ano muito difícil para nossa cidade. Foi com muita perseverança e união de esforços – governo, sociedade civil e parceiros – que conseguimos construir esse evento tão especial", destacou Bomtempo.

O Natal Imperial é realizado pela Prefeitura, com patrocínio da Claro, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura (LIC), da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado do Rio de Janeiro, e com a produção da Dellarte (empresa licitada pela Prefeitura, por meio do IMC).

Para a advogada Patrícia Campos, 58 anos, o clima natalino é muito importante para a população. “Ver a cidade tão bonita e iluminada traz esperança para os moradores. Ainda estamos nos recuperando de tudo que passamos. Ver as pessoas nas ruas, felizes, as crianças encantadas com as decorações, e ver a cidade sendo cuidada, é muito importante para os moradores, contou.

Casa do Papai Noel: sucesso com as crianças e adultos

Após a cerimônia de acendimento das luzes, o Prefeito Rubens Bomtempo, abriu oficialmente um dos maiores atrativos do evento: a Casa do Papai Noel, que este ano está de volta ao Palácio de Cristal.

O “bom velhinho” foi recebido com muita alegria por crianças e adultos, que fizeram uma grande fila para visitar o espaço e fazer um pedido especial.

A recepcionista Amanda Santos acompanhou a filha Mirela, de 6 anos, entregar uma cartinha ao papai Noel. “Ela estava muito ansiosa aguardando a chegada do Papai Noel. Fiquei muito emocionada vendo a alegria dela. Toda a decoração que envolve essa época de Natal mexe com a imaginação das crianças. É muito bonito de se ver. Agora, preciso descobrir qual o foi o pedido dela, que não quis me mostrar a cartinha”, brincou a mãe.

Mais de 190 apresentações

A programação do Natal Imperial começou no dia 30 de novembro e se estende até o dia 08 de janeiro de 2023. São 40 dias de programação com mais de 190 apresentações em 17 espaços, superando 350 artistas envolvidos, incluindo bandas, orquestras, corais e companhias de balé e de teatro.

A programação completa do Natal Imperial está disponível no site da Prefeitura (https://web2.petropolis.rj.gov.br/natal-imperial/).