Iniciativa faz parte do Plano Inverno que está na reta final de elaboração para ações de prevenção e enfrentamento ao período de estiagem

A Secretaria de Defesa Civil antecipa parte das ações do Plano Inverno – que será lançado no mês de junho - e já conta com equipe especializada para o suporte ao combate a incêndios florestais. No último fim de semana - sábado (28) e domingo (29) – os agentes atuaram em apoio ao Corpo de Bombeiros em focos de incêndio registrados em Itaipava, Provisória e Caxambu. As equipes também já retomaram as Rondas Preventivas, que nesse período ajudam na identificação de focos de fogo em vegetação, além de conscientização da população.

Neste fim de semana, as Rondas Preventivas foram realizadas em Cascatinha, Corrêas, Itaipava, Pedro do Rio e Posse. “Agora vamos unir nossos esforços para um novo momento. Vamos atuar com frentes principalmente na conscientização da população sobre os cuidados que são necessários nessa época”, destacou o prefeito Rubens Bomtempo.

A Defesa Civil passa a atuar com equipe especializada na realização das Rondas Preventivas e apoio ao combate a incêndios. “Agora, além do nosso efetivo padrão, temos equipe específica para o apoio no combate ao incêndio florestal. Em muitos casos conseguimos identificar o início do foco do incêndio e atuar preventivamente. Durante as rondas também conseguimos orientar melhor a população, principalmente no que se refere aos riscos da prática de queima de lixo”, pontua o secretário de Defesa Civil, Tenente Coronel Gil Kempers, que chama a atenção ainda para os riscos da soltura de balões e para da queima de vegetação para a limpeza de terrenos.

O secretário reforça que em muitos casos o fogo se alastra por conta da queimada de lixo verde. “Existe maneira correta para o descarte desse material e, no entanto, verificamos que muitas vezes as pessoas optam por queimar o lixo verde por desconhecerem o serviço que o município oferece. A queimada dessa vegetação seca oferece grande risco, pois estamos entrando numa época de clima mais seco, que contribui em muito para que o fogo se alastre, colocando vidas em risco, além de degradar o meio ambiente”, explica o Kempers.

A retirada do lixo verde pode ser solicitada por meio do serviço oferecido pela COMDEP, por meio do Disque Entulho, pelo número 2243-7822. “Estamos com esse serviço à disposição da população para a retirada desse material de forma segura”, destacou o diretor da COMDEP, Léo França. Alertas sobre focos de incêndio podem ser feitas pelos telefones da Defesa Civil (199) ou Corpo de Bombeiros (193).

Defesa Civil retoma Boletins de Risco de Incêndio

Neste período de estiagem, entre junho e agosto, a Secretaria de Defesa Civil retoma o envio diário do Boletim de Risco de Incêndio em Vegetação. Esse documento aponta o risco de incêndio florestal em cada distrito, a partir de índice que considera a umidade relativa, a temperatura do ar e o volume de chuva ocorrida na cidade. “A partir desse boletim e de estatísticas de áreas com maiores ocorrências que obtemos com o Corpo de Bombeiros, conseguimos mapear as áreas de maior risco para atuar de forma mais assertiva nas rondas que realizamos pela cidade”, pontua o secretário.

As ações de prevenção de agora geram resultados inclusive durante o verão, levando-se em conta que as áreas que sofrem com as queimadas no período de estiagem são as que estarão mais suscetíveis a deslizamentos. “Existe relação direta entre o incêndio florestal e o escorregamento. Toda vez que tem incêndio, tem empobrecimento do solo e as áreas afetadas fatalmente ficam suscetíveis a escorregamentos”, explica o Kempers.

Adolescentes com idade entre 12 e 17 anos começaram a ser imunizados nesta segunda-feira (30), com a terceira dose (reforço) da vacina contra covid-19, no município. A vacinação começou após a divulgação da Nota Técnica do Ministério da Saúde (MS), que foi recebida pela Secretaria de Saúde na última sexta-feira.

“Todo avanço é um passo a mais em direção ao fim da pandemia e alcançarmos esse público é uma etapa a mais vencida. Estamos acompanhando todos os índices de evolução da doença, mas está claro que a vacina salva vidas, por isso é fundamental que as pessoas continuem se imunizando e levando seus filhos para receberem as suas doses”, frisa o prefeito Rubens Bomtempo.

Seguindo a Nota Técnica publicada pelo Ministério da Saúde, serão aplicadas vacinas da Pfizer ou Coronavac, independente do imunizante que tenha sido utilizado no esquema primário (as duas primeiras doses), conforme disponibilidade e envio de novas doses pelo Ministério.

A vacina contra covid-19 está disponível em sete salas de imunização do município. “As equipes estão preparadas e os pontos de imunização serão abastecidos diariamente para receber esses jovens. No entanto, é importante que os protocolos sanitários sejam respeitados, como o uso de máscaras por pessoas que apresentem sintomas gripais e unidades de saúde, assim como o uso de álcool em gel e o distanciamento social”, pontua o secretário de Saúde, Marcus Curvelo,

Todos que estiverem aptos a tomar a terceira dose – reforço que deve ser aplicada quatro meses após a segunda dose -, deverão procurar uma das salas de vacinação disponibilizadas pelo município. É essencial que a pessoa leve o Cartão de Vacina, o CPF e o Cartão SUS. Não é necessário agendamento.

Pontos de vacinação:

- CENTRO DE SAÚDE (CENTRO)
Segunda a sexta-feira 8h30 às 19h00
Sábado 08h30 às 16h30

- UBS MORIN
Segunda a sexta-feira de 8h30 às 16h30

- UBS ITAIPAVA
Segunda a sexta-feira de 8h30 às 19h

- UBS QUITANDINHA
Segunda a Sexta feira, de 8h30 às 19h
Aos sábados de 8h30 às 16h30

- UBS ITAMARATI
Segunda a Sexta feira de 8h30 às 19h
Aos Sábados 8h30 às 16h30

- ESF POSSE
Segunda a Sexta de 7h30 às 16h30

- ESF MENINO JESUS DE PRAGA
Segunda a Sexta de 8h às 16h

Os passageiros que utilizam as linhas "Coronel Veiga via Quitandinha X Bingen" passaram a contar, nesta segunda-feira (30), com 83% a mais de viagens por dia. Até a semana passada, eram 18 viagens por dia útil. Agora, são 33.

São duas linhas que fazer o trajeto entre a Rua Coronel Veiga e o Terminal Bingen: a 180 (da viação Cidade Real) e a 480 (da viação Petro Ita).

A mudança foi uma determinação da CPTrans, atendendo aos pedidos dos usuários. Além disso, a medida busca adequar a oferta do transporte público coletivo à nova configuração da demanda, após a diminuição dos índices da pandemia.

"A CPTrans vem monitorando a demanda pelo transporte público na nossa cidade. Como a atividade vem economia vem sendo retomada, a CPTrans vem determinando o aumento de número de horários. Além disso, é uma medida que busca incentivar o uso de ônibus, pela maior facilidade que os usuários terão para utilizar essas linhas", disse o diretor-presidente da CPTrans, Jamil Sabrá.

Itinerário

As linhas 180 e 480 conectam as regiões do Quitandinha e do Bingen. Nos dias úteis, elas passam a operar agora com um intervalo, em média, de meia hora entre as viagens.

Na ida, passam pelas vias: Rua Washington Luiz, Rua Coronel Veiga, Rua General Rondon, Avenida Estados Unidos, Avenida Getúlio Vargas, Rua São Salvador, Avenida Ayrton Senna, BR-040 e Terminal Bingen.

Na volta, as linhas passam pelas vias: Rua Ministro Lúcio Meira, Rua Doutor Paulo Hervê, Rua Bingen, Rua Paulino Afonso, Rua Montecaseros, Avenida Sete de Abril, Avenida Roberto Silveira, Praça da Liberdade, Rua Monsenhor Bacelar e Rua Rocha Cardoso.

Premiação visa reconhecer e valorizar trabalhadores do audiovisual em Petrópolis

O Instituto Municipal de Cultura, por meio da Petrópolis Film Comission, inicia nesta quarta-feira (01) as inscrições para o Prêmio Argila, que visa reconhecer e valorizar os trabalhadores do setor audiovisual. Podem concorrer obras produzidas na cidade ou feitas por petropolitanos entre 2019 a 2021. Os interessados deverão preencher a ficha disponível no instagram @petropolisfilm até o dia 15 de junho.

“O setor audiovisual tem um potencial enorme para o desenvolvimento econômico de Petrópolis. Este prêmio visa estimular e valorizar a nossa produção local. Poderão participar obras de curta, média e longa metragem, série, websérie, gêneros ficção, documentário, animação, experimental, publicidade, videoclipe, audiovisual expandido, entre outros”, explicou a presidente do Instituto Municipal de Cultura, Diana Iliescu.

Das inscrições, 10 obras serão selecionadas e concorrerão entre si em quatro categorias, sendo Melhor Direção e Roteiro, Melhor Fotografia, Melhor Montagem e Melhor Filme. As três primeiras serão escolhidas por júri próprio da organização, já para a última haverá júri popular, através da contagem de likes no Youtube.

“Especialmente nos últimos 10 anos, notamos um aumento na produção de diretores petropolitanos e sua consequente participação em diversas atividades exibitivas, como cineclubes, mostras, festivais, fortalecendo a cadeia produtiva local e divulgando o nome da cidade pelo Brasil e pelo Mundo. O Prêmio Argila visa exibir e premiar esta nova safra de filmes petropolitanos, de forma a incentivar a produção local”, afirmou a gerente do Centro de Cultura e representante da Petrópolis Film Commission na realização do prêmio, Aline Castella.

O resultado da competição será divulgado no dia 3 de agosto, em cerimônia de premiação transmitida no canal do Youtube da Petrópolis Film Comission. Todos os 10 selecionados receberão um cachê de exibição e os vencedores nas quatro categorias, o troféu Argila. Em caso de dúvidas, o contato é feito pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Próximas edições

A premiação continuará a ser realizada anualmente. A partir de 2023, obras do ano anterior poderão concorrer. A cada edição, também haverá um homenageado, que tenha tido relevância e notório reconhecimento do audiovisual petropolitano. Em 2022, o escolhido foi o Acervo César Nunes, composto por mais de 1800 filmes realizados pelo jornalista César Nunes, dos quais 540 foram sobre Petrópolis.