Prefeitura divulga posicionamento sobre a Companhia Petropolitana de Transportes (CPTrans). Veja a nota oficial.

Distrato com terceirizada renderá economia de mais de 1,8 milhão por ano

A Prefeitura assumiu, neste sábado (4), o fornecimento da alimentação dos pacientes e funcionários das unidades de Pronto Atendimento (UPAS) Centro, Cascatinha e Itaipava. A partir de agora, o Serviço Social Autônomo do Hospital Alcides Carneiro (Sehac) é o responsável por todas as etapas do serviço, desde o planejamento realizado pela sua equipe de nutricionistas, à aquisição, preparo e distribuição de mais de 1.100 refeições diárias para as unidades de saúde.

“Funcionários e pacientes merecem uma alimentação saudável e de qualidade e é isso que estamos buscando. Além disso, assumindo o serviço, estamos garantindo uma economia de aproximadamente R$ 150 mil mensal, ou seja, são cerca de R$ 1,8 milhões que deixarão sair dos cofres públicos”, explica o prefeito Rubens Bomtempo.

Segundo o secretário de Saúde, Marcus Curvelo, a intenção é garantir um serviço adequado, com custo balanceado e reduzido. “Nossa preocupação é oferecer melhores condições de trabalho e bem-estar aos pacientes e funcionários, pois é cuidando de quem cuida que iremos conseguir melhorar a assistência dos nossos pacientes, pois, por mais que a tecnologia esteja agregada a saúde é o ser humano que cuida das pessoas. É o nosso dever enquanto Secretaria de Saúde apoiar essa nova missão do Sehac”, disse Curvelo.

O diretor-presidente do Sehac, Ricardo Patuléa, comemorou a medida. "É uma data emblemática para a nossa gestão, que mais uma vez oferece melhorias nos serviços. Aliada a reduções de custo para o município, é uma iniciativa que comprova nosso respeito aos cidadãos e o comprometimento com os pacientes e funcionários", ressaltou.

O governo municipal visitou, na manhã desta quinta-feira (2), a comunidade da 24 de Maio, e anunciou o início das intervenções na quadra da Escola Clemente Fernandes. Na sexta-feira (3), equipes da Comdep começam a retirada da barreira e da estrutura metálica que foi danificada pelo deslizamento. A visita foi ao lado da procuradora do Ministério Público, Denise Tarin; e dos secretários de Obras, Almir Schmidt; e Educação, Adriana de Paula; além do presidente da Comdep, Leonardo França.

“Nesses mais de 100 dias das chuvas de fevereiro já conseguimos avançar em várias frentes de trabalho e ações de reconstrução da 24 de Maio. A reforma da quadra e as obras de contenção vão garantir o retorno das aulas na escola e também dos projetos sociais que aconteciam na região. Vamos avançar com o diálogo com o Governo do Estado e pedir que sejam incluídas intervenções em algumas pedras e contenções que ainda não foram contempladas”, disse o prefeito Rubens Bomtempo.

A procuradora Denise Tarin ressaltou a gestão participativa e a importância do comprometimento da comunidade no trabalho de reconstrução. “Toda essa região teve uma nova reconfiguração depois da chuva e por isso a importância da participação de todos. É importante que haja uma mobilização da comunidade e uma reflexão sobre como queremos a 24 de Maio a partir de agora. A responsabilidade para garantir uma Petrópolis segura e resiliente é de todos”, enfatizou.

A presidente da Associação de Moradores da 24 de Maio, Odete Silva, também participou da visita. Ela frisou a importância de ter todos as esferas unidas na reconstrução da comunidade e pontou a participação dos moradores nesse processo. “É um momento muito feliz de estarmos todos juntos reunidos e dialogando. Temos um problema sério aqui na comunidade que é sobre o despejo de lixo e essa questão precisa ser resolvida por todos, poder público e moradores”, comentou a líder comunitária. “Queremos reconstruir nossa comunidade e que ela volte a ser feliz e alegre”, disse outro líder comunitário, o morador Lucas Carvalho.

Após a limpeza da quadra e retirada da estrutura danificada, será feito um estudo que apontará quais intervenções poderão ser feitas no local. Após a chuva de fevereiro, os alunos da Escola Municipal Clemente Fernandes foram transferidos para a Casa da Educação Visconde de Mauá. A escola não foi afetada pelos deslizamentos, mas está em uma área interditada pela Defesa Civil (DC).

Além da reforma da quadra, a Prefeitura também vai fazer pequenas intervenções no prédio da escola enquanto a área não é liberada pela Defesa Civil.

A Prefeitura apresentou, na noite de terça-feira (31), o balanço do primeiro quadrimestre de 2022 da Saúde Pública do município. A apresentação aconteceu na Câmara Municipal e contou com a participação do secretário de Saúde Marcus Curvelo, de representantes de diferentes setores da pasta e do presidente do Serviço Social Autônomo do Hospital Alcides Carneiro (Sehac) Ricardo Patuléa.

“Nesses primeiros quatro meses enfrentamos desafios, como a chegada da variante ômicron ao município e, logo em seguida, as duas catástrofes climáticas dos meses de fevereiro e março. Apesar dessas situações, conseguimos manter todos os atendimentos. Isso foi uma grande vitória. Porém, a apresentação do quadrimestre não se trata apenas do cumprimento de uma questão legal. Essa prestação de contas sobre as ações realizadas no município e do uso dos recursos da Saúde é fundamental para toda a sociedade, usuária ou não da saúde pública”, frisa o secretário de Saúde, Marcus Curvelo.

Para Marcus Curvelo a retomada do Hospital Alcides Carneiro (HAC) foi uma das principais ações do governo municipal. “Estamos fortalecendo a assistência do hospital e garantindo melhores condições de trabalho para os funcionários. Dessa forma, a Prefeitura está oferecendo um hospital mais resolutivo para toda a população”, completa.

Além dos dados assistenciais do Hospital Alcides Carneiro e das Upas Centro, Cascatinha e Itaipava nos meses de janeiro, fevereiro, março e abril o diretor-presidente do Sehac, Ricardo Patuléa, apresentou os avanços nas unidades neste período, como por exemplo, a retomada do pagamento do FGTS e do 1/3 de férias (que não vinham sendo depositado desde 2017), a redução da fila de espera para exames como ressonâncias magnéticas e tomografias e a inauguração da Central de Abastecimento Farmacêutico e Insumos Antônio Alves Moreira.

No primeiro quadrimestre também houve a legalização da farmácia do Hospital Alcides Carneiro, a aquisição de um veículo novo para o transporte de medicamentos e insumos e o rompimento do contrato oneroso com a empresa de higienização e a retomada deste serviço pelo Sehac. “Também providenciamos a contratação de médicos para o ambulatório, o retorno da Clínica da Dor e desde o mês de abril, estamos disponibilizando de forma online o resultado de exames laboratoriais. São avanços importantes”, destaca Patuléa.

O retorno de dispensação de medicamentos nas Upas, a retomada do diálogo com o sindicato dos funcionários da saúde, a aquisição e manutenção de equipamentos junto a Engenharia Clínica e a TI, a ampliação de leitos pediátricos e cirúrgicos por meio da aquisição novas camas e poltronas, assim como o aumento da oferta de exames e procedimentos cirúrgicos, também foram conquistas importantes apresentadas na audiência.

Segurança, mobilidade, iluminação pública e ordenamento do espaço público foram elencados como prioridades

O governo municipal realizou, nesta segunda-feira (30/5), um encontro com comerciantes do Itamarati. Os lojistas apresentaram várias demandas. Melhoria na iluminação pública e no estacionamento, recuperação de abrigos e instalação de pontos de ônibus e a segurança pública foram elencados como prioridades no local.

De acordo com o prefeito Rubens Bomtempo, a ideia é que esses encontros com os lojistas do Itamarati aconteçam de forma periódica. “Estamos atuando junto aos comerciantes com o objetivo de fortificar o comércio dos bairros. A cada encontro vamos estabelecer as prioridades e planejar metas para atender as demandas. Dessa forma vamos fortalecer o comércio local e promover as melhorias necessárias no bairro”, disse.

Morador do Itamarati desde 1986, Eduardo Passos de Almeida, destacou a importância do encontro para o desenvolvimento do bairro. “Foi uma reunião muito boa e construtiva, conseguimos pontuar muitas coisas importantes que estão acontecendo no Itamarati”, disse.

A comerciante Marlene Haubrick destacou a segurança do bairro como uma das principais demandas. “A reunião foi muito produtiva, as principais demandas foram atendidas. A segurança é uma das nossas principais prioridades hoje. Agora, vamos caminhar passo a passo", disse.

Um projeto de lei adequando o piso salarial dos agentes comunitários de saúde (ACSs) e de combate às endemias (ACEs) municipais à lei federal está sendo elaborado pela Prefeitura. O anúncio foi feito pelo governo municipal depois de assinar a minuta apresentada pelos servidores. A expectativa é que o documento seja encaminhado para votação na Câmara Municipal ainda no mês de junho.

A lei federal – promulgada no último dia cinco de maio - prevê equiparação a pelo menos dois salários mínimos, ou seja, a partir da sanção, os vencimentos terão reajuste superior a 56,3% por cento. Atualmente, o salário dos agentes é de R$ 1.550,00 e com a medida o valor passa a ser R$ 2.424,00.

“Pela nova legislação, além da equiparação dos salários, esses profissionais deverão receber adicional de insalubridade e ainda terão direito à aposentadoria especial por conta dos riscos da função. Eles merecem cada um desses benefícios, pois são profissionais dedicados que trabalham com empenho”, disse o secretário de Saúde Marcus Curvelo.

A reunião com os representantes dos ACEs e ACSs aconteceu na tarde desta quarta-feira (25) quando foi apresentada a minuta elaborada pela categoria. “Não temos dúvidas de que o projeto será aprovado na Câmara e em breve já teremos esse reforço nos nossos contracheques”, disse a agente de combate a endemias, Cláudia Renata Ramos.

O Parque Municipal Prefeito Paulo Rattes, em Itaipava, terá o horário de funcionamento para o público alterado neste domingo (29) e ficará aberto das 7h às 14h. A mudança se dá pois o espaço receberá à noite o show Samba Itaipava.

O governo municipal recebeu neste sábado (21.05) o cônsul geral do Japão no Rio de Janeiro, Ken Hashiba, e o vice-cônsul Hiroki Muya, além de representantes da Bunka-Sai, evento que homenageia a colônia japonesa em Petrópolis. A reunião teve como objetivo estreitar os laços e reforçar a troca de experiências culturais, técnicas e científicas.

Durante a visita, os representantes do consulado japonês no Rio de Janeiro puderam conhecer mais sobre o município que foi o primeiro do país a receber uma representação diplomática japonesa, em 1897.

“É importante reforçar essa parceria e encurtar essa distância. Vamos fomentar no município ainda mais as tradições japonesas e promover intercâmbios culturais, técnicos e científicos. Estamos marcando reuniões de trabalho para estabelecer vínculos mais fortes com o governo japonês e construir uma agenda institucional”, disse o prefeito Rubens Bomtempo.

Além do objetivo de manter viva a história da imigração japonesa na cidade e reforçar a permanência do Bunka-Sai no município, o cônsul destacou a importância de estreitar relações com o município de Petrópolis. “Espero desenvolver novas áreas de cooperação com Petrópolis”, disse o cônsul, que ressaltou o interesse nas relações de intercâmbio e parcerias com o município. “Vamos aprofundar pontos que possam favorecer parcerias nas áreas da economia, turismo e principalmente da cultura”, frisou.

O coordenador de articulação Institucional do município, Rafael Simão, destacou a importância de um estreitamento nas relações com o Japão que, através de sua grande colônia no país, mantém um histórico de relações positivas nos mais variados campos de atuação. “Eu acredito que o Japão tem muito a nos ensinar. Vamos trocar experiencias e agregar valores e conhecimento. Essa parceria vai proporcionar que engenheiros, geólogos, educadores e arquitetos do município conheçam os métodos japoneses", explicou o secretário.

Segunda, 23 Maio 2022 - 10:16

Nota - Luto oficial


A Prefeitura de Petrópolis decretou luto oficial de três dias em solidariedade aos pais, familiares e amigos de Maria Thereza Vitorino Ribeiro, 1 ano, aluna do CEI Carolina Amorim (localizado em Cascatinha), que faleceu neste domingo.

Na sexta-feira (20/05), por volta das 14h, segundo a unidade educacional, Maria Thereza se engasgou quando ingeria uma fatia de maçã. Ela foi imediatamente atendida pelos educadores.

Maria Thereza foi levada para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Cascatinha, onde foi reanimada e intubada. A criança foi transferida para internação no Hospital Alcides Carneiro. Maria Thereza morreu na manhã deste domingo. As causas da morte estão sendo investigadas.

A Prefeitura agradece aos funcionários da Educação que acolheram a família neste momento difícil e informa que está abrindo uma sindicância para apurar os fatos ocorridos com a criança na creche.

A Prefeitura tem 78 centros de educação infantil e atende diariamente 7.293 crianças.

Governo municipal percorreu a comunidade e ouviu as demandas da população

A Prefeitura se reuniu com moradores e representantes da associação de moradores da comunidade Chapa 4 e Dr. Thouzet, na manhã desta terça-feira (03.05). O Governo Municipal conversou com a direção da associação de moradores e ouviu as demandas da população.

O governo municipal percorreu a comunidade e acompanhou uma vistoria no posto de saúde, onde anunciou que reparos emergências serão feitos no local. Também participaram: o diretor-presidente da Comdep, Léo França; técnicos da Secretaria de Obras e o presidente da Associação de Moradores da Comunidade Chapa 4, Vinicius da Silva Diniz.

“Já iniciamos um mutirão de serviços nos bairros e vamos continuar avançando. Os reparos emergenciais do posto de saúde é um dos alvos. Vamos buscar recursos para fazer a troca do telhado que é muito necessário”, ressaltou o prefeito Rubens Bomtempo.

A Comdep iniciou essa semana um mutirão de ações nas duas localidades. As equipes estão fazendo a capina, roçada, recolhimento de entulho e limpeza de casas atingidas por deslizamentos. No local ainda estão previstos melhorias e reparos na iluminação pública.

“A barreira atingiu a minha casa e destruiu a maior parte de tudo que eu tinha. Seria muito difícil fazer qualquer coisa sem ajuda. Com o apoio da Comdep, toda a terra que invadiu a casa foi retirada. Estou muito agradecido por essa ajuda, com essa força, consegui salvar algumas coisas que eu tinha”, contou o morador da Rua Dr. Thouzet, Arthur Gonçalves da Silva.

Outro trabalho que foi iniciado nos bairros é a limpeza e desobstrução de bueiros, que é feito tanto de forma manual quanto com auxílio de um caminhão sugador. A operação é realizada em conjunto entre a Comdep e a Secretaria de Obras do município.
Pagina 1 de 88