Quarta, 03 Junho 2015 - 08:43

Festa do Aipim é opção para o feriado

Não faltam opções de lazer para quem vai curtir o próximo feriado em Petrópolis. Uma delas é a Festa do Aipim, que em sua 10ª edição traz uma programação saborosa com muita música, atrações culturais e, claro, delícias feitas à base de aipim. Promovida pela Associação dos Produtores Rurais do Bonfim com apoio da Prefeitura de Petrópolis, por meio da Fundação de Cultura e Turismo e da Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Produção, a festa acontece entre os dias 04 e 07 de junho, a partir das 14h, na Comunidade Rural do Bonfim.

O ambiente rural e a beleza cênica da região do Bonfim são características perfeitas para a realização de um evento como a Festa do Aipim, que tem proporcionado aos visitantes do lugar uma grande oportunidade de lazer e entretenimento. Nesta edição pretende-se continuar o resgate das antigas festas juninas tradicionais através da caracterização caipira da decoração, da música e da culinária típica.

Na Praça de Alimentação, quitutes da culinária regional rural como aipim frito, bolo de aipim, tapioca, cuscuz, caldos, vaca atolada, bolinho de aipim, bobó de camarão e escondidinho de aipim poderão ser saboreados pelos participantes. Restaurantes locais também estarão servindo pratos feitos à base do ingrediente da festa, como a Pousada Paraíso Açu, Pousada da Alcobaça e Campo de Aventuras Açu Expedições.

Ainda na programação, apresentações musicais, teatrais e circenses, oficinas gastronômicas, feira de artesanato e de produtos da indústria rural caseira. A X Festa do Aipim vai atingir, mais uma vez, o público de todo o município de Petrópolis e os visitantes da cidade durante o período da sua realização.


Confira a programação completa da X Festa do Aipim:


4 jun / Qui

14h – DJ

17h – Show com Mauro Sant’Anna

20h – Show com Marcos Paulo Magá

 

5 jun / Sex

14h – DJ

15h – Oficina com o chef Ivo Guitarelli

16h – Gui e Talita Malabares

20h – Show com Ronny – O Balanço do Forró

 

6 jun / Sáb

14h – DJ

15h – Oficina com o chef Antônio Lo Presti

16h – Trupe do Parque Nacional (Parnaso)

16h30min – Ciência de pés descalços com Edgard Bessa

19h – Mestre Índio Karuna Capoeira

20h – Show com Alex Rocha e Fabiano

 

7 jun / Dom

14h – DJ

14h – Tatá Diversões

15h – Oficina com a chef Carol Cox

15h30min – Oficina com o chef Tiago Castro

20h – Show com MM – A Energia do Forró

O Festival das Flores com exposição, venda e distribuição de cinco mil mudas de hortênsias irá marcar a chegada da primavera, no próximo fim de semana. Petrópolis é o terceiro maior produtor de flores do Estado e mostrar essa característica do município é um dos objetivos do evento.

No sábado, das 9h às 17h, a Praça Dom Pedro irá se transformar numa pequena amostra de flores produzidas na cidade. Treze tendas estarão montadas na Praça Dom Pedro, 15 vitórias serão decoradas com flores e 20 árvores ao redor do espaço serão enfeitadas, assim como o tradicional trenzinho.

“As origens da produção de flores, em Petrópolis, estão ligadas ao clima e, principalmente, às famílias portuguesas. Dos quatro maiores produtores da cidade, três são descendentes. Além disso, Petrópolis abriga o primeiro orquidário do país. O Binot foi fundado no século 19 e existe até hoje, no Retiro”, disse o secretário de Agricultura, Leonardo Faver.

De acordo com Leonardo, Petrópolis conta com uma média de 800 produtores rurais e, desses, 15% estão focados na cultura de flores e mais concentrados nas regiões do Caxambu e no Bonfim. Entre as principais flores cultivadas na cidade se destacam as da espécie Monsenhor de diversas cores.

A produção abastece o município principalmente nas feiras livres e no hortomercado. Também é levada para a Cadeg (Central de Abastecimento da Guanabara), que é um grande centro de comércio de flores.

A Secretaria de Meio Ambiente também estará participando do Festival das Flores e, numa das tendas, fará a distribuição de mudas de plantas e flores nativas da Mata Atlântica.

O clima da primavera chegou neste sábado (21/09) com um perfume especial na Praça Dom Pedro: mais de cinco mil mudas de hortênsias foram distribuídas no Festival das Flores, evento da Prefeitura em comemoração à chegada da estação mais florida do ano e em reconhecimento aos produtores rurais do município que cultivam várias mudas na região. Treze tendas foram montadas na Praça para exposição e venda de várias espécies, como orquídeas e monsenhores. Além disso, 15 vitórias receberam flores e 20 árvores ao redor do espaço foram enfeitadas, assim como o tradicional trenzinho que percorre os pontos turísticos do Centro Histórico.

Segundo o secretário de Agricultura, Leonardo Faver, o evento superou todas as expectativas e os petropolitanos aprovaram a ideia. Nas tendas, as flores produzidas no município tiveram que ser rapidamente repostas devido ao sucesso da ação. “Os produtores ficaram satisfeitos e a iniciativa agradou os turistas, mas o petropolitano foi o publico principal. A praça enfeitada foi um atrativo a mais”, disse o secretário.

A possibilidade de instalação de um ponto fixo de venda de flores, de acordo com o secretário, está sendo estudada. “O público gostou muito e pediu que o evento fosse realizado mais vezes. Estamos analisando para encontrar uma forma de atender essa demanda”, complementa Faver.

A produtora rural Ângela Hissako Katsumot, do Brejal, ficou satisfeita com o resultado. “Ficamos felizes com o festival e ainda mais com o resultado. Vendemos cerca de 80% de tudo o que levamos”, disse Ângela, que trabalha na produção de mudas de flores de diferentes espécies, como lavandas, por exemplo.

Outro que comemorou a iniciativa foi o produtor Avelino Medeiros de Souza, do Caxambu, que trabalha na produção de flores de diferentes espécies como monsenhor, palmas e rosas. “Vendemos quase cem por cento do nosso produto e todos elogiaram”, salienta.

Petrópolis é o terceiro maior produtor de flores do Estado e mostrar essa característica do município, segundo o secretário, foi um dos objetivos do evento. As origens da produção de flores na cidade estão ligadas ao clima e, principalmente, às famílias portuguesas: dos quatro maiores produtores da cidade, três são descendentes. Além disso, Petrópolis abriga o primeiro orquidário do país: o Binot foi fundado no século 19 e existe até hoje, no Retiro. Petrópolis conta com uma média de 800 produtores rurais e, desses, 15% estão focados na cultura de flores e mais concentrados nas regiões do Caxambu e no Bonfim.

O espaço exclusivo dentro do Parque Municipal em Itaipava para os produtores rurais da cidade, está fazendo sucesso entre os visitantes. O Galpão do Produtor Rural, tem cerca de 30 expositores com as mais diversas fabricações artesanais e naturais, além das informações sobre o turismo ecorural no município. O local reúne produções de cinco comunidades do município - Caxambú, Bonfim, Brejal, Taquaril e Jacó. O local fica aberto de 8h às 20h e funciona até domingo (05.05).

Quem visitar o espaço poderá experimentar iguarias como mel, geleias, compotas, hortaliças, antepastos, embutidos, doce de leite, caldo de cana, milho, biscoito artesanato, plantas todas produções frescas vindas das comunidades rurais da cidade. O espaço conta também locais de informações institucionais do Inea, Emater, GT Rural, Núcleo de Defesa Animal do Estado, além da presença do Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA), que produzem em pequena quantidade.

O objetivo do Galpão do Produtor Rural é levar uma pequena amostra do que é produzido em Petrópolis. O produtor de lúpulo, Bruno Marzulo, contou que o local é uma grande oportunidade. “Eu produzo lúpulo e isso é novo aqui na cidade, passei pelo processo experimental e hoje vejo que posso produzir aqui. O Galpão é uma oportunidade de divulgar meu produto que não serve só como ingrediente da cerveja, mas para gastronomia, cosméticos e medicamentos”, contou o produtor.

“Aqui na exposição conseguimos ganhar visibilidade do nosso trabalho, mostrando um pouquinho no Brejal, que é uma região bem rural e linda. Queremos fomentar a região para as pessoas saberem de onde vem os produtos que elas consomem. Nós somos retirantes urbanos”, contou o produtor Reinaldo Tenório que é arquiteto e veio morar com a esposa Sandra Loreiro no Brejal e se sentem realizados trabalhando na comunidade rural. O empreendimento do casal participa do Caminhos do Brejal, que faz parte do Turismo Rural que está sendo ampliado no município.

A 30ª Expo conta com exposições e campeonatos de cavalos de raça

Na área da agropecuária, a Expo conta com a exposição e campeonato de cavalos das raças Campolina e Pampa. São 108 animais vindos de Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro, participando do evento, movimentando a festa, trazendo visitantes e aquecendo a economia local. Os cavalos são julgados pelos quesitos andamento - marchas, morfologia, harmonia e estilo.

“O nível da competição este ano está bem alto, estamos julgando as categorias e os melhores participarão da grande disputa. São cavalos de alto padrão e com qualidade”, contou o jurado João Augusto Varella, que veio de Cruzilhas no Sul de Minas Gerais para participar do evento com os cavalos. A grande final acontece neste sábado (04.05).

As feiras livres de Petrópolis terão o horário de funcionamento ampliado neste fim de ano. Nas próximas sextas-feiras (23 e 30 de dezembro), os espaços funcionarão das 6h às 15h; e às vésperas do Natal e da passagem do Ano Novo (dias 24 e 31), o atendimento ao público será das 6h às 16h. O objetivo é garantir que o consumidor tenha mais tempo para comprar os produtos, que vêm diretamente dos produtores locais. Nas demais datas, o funcionamento será normal.

O secretário de Agricultura, Abastecimento e Produção, Leonardo Faver, destacou que a feira livre representa uma atividade econômica importante para a cidade e lembrou que a ampliação do horário de funcionamento é positiva tanto para quem compra quanto para quem vende. “O consumidor terá a possibilidade de comprar, com calma e comodidade, produtos saudáveis para as ceias de Natal e Ano Novo. Da mesma forma, os feirantes poderão alcançar um número maior de clientes”, destacou.

As medidas valem para as todas as feiras de Petrópolis, localizadas no Centro, Alto da Serra, Cascatinha, Nogueira, São Sebastião, Corrêas, Manga Larga (em Itaipava), Praça Pasteur, Henrique Raffard e Francisco Manoel (as duas últimas na região do Bingen) e Valparaíso. “Estamos aguardando os consumidores, que sempre encontram na feira livre uma excelente qualidade dos alimentos, produzidos nas áreas rurais de Petrópolis, além de boa variedade”, destacou o presidente da Associação dos Feirantes de Petrópolis, Gênesis Pereira.

Referência na oferta de produtos agrícolas de qualidade, o Hortomercado Municipal José Carneiro Dias funcionará no feriado da Proclamação da República, comemorado na próxima sexta-feira (15.11), inclusive com programação especial do Mercado Gourmet, que faz parte do Petrópolis Gourmet.

Já na véspera (14.11) o local estará aberto das 8h às 18h. No feriado, das 8h às 18h, e no mesmo horário no sábado (16.11). Já no domingo o Horto funcionará das 8h às 13h.

No local há 35 boxes mais três lojas, sendo uma lanchonete, um total de 38 cadastrados.

Programação especial: Mercado Gourmet

No fim de semana o Hortomercado também será palco de uma edição especial do Mercado Gourmet, organizado pelo Polo Gastronômico, que faz parte da programação do Petrópolis Gourmet. Funcionamento: sexta - 10h às 20h, no sábado, no mesmo horário e no domingo, a programação terminará as 17h. O tema será: “Receitas das Colônias - Alemanha, Itália e Portugal”.

Na ocasião os visitantes terão oportunidade de participar de oficinas de culinária, música e danças típicas, além de adquirir queijos, cerâmica autoral, doces portugueses, pipoca de vários sabores, batata prussiana, mais de 10 tipos de cervejas, pizza à lenha, massas, geleias e conservas orgânicas, pães italianos e flores.

Expositores confirmados: Gaiatri, Pão & Pão, Adrianah Cerâmica, Alter Cervejaria, Pipoca Imperial, Majórica, Cervejaria Criatura, Oliveiras da Serra, Duas Ervilhas, Geleia Imperial, Armazém Sustentável, Maribel, Leite Puro e Orquidário D´Ajuda.

No último fim de semana, estudantes do curso de Nutrição da Fase também marcaram presença no Horto, mostrando receitas diferenciadas e tirando dúvidas dos frequentadores sobre alimentação saudável.

Inaugurado em 1989, o horto recebeu o nome do empresário e jornalista José Carneiro Dias. Além dos boxes, flores e produtos de artesanato são vendidos na parte externa do horto.

Frutas frescas e orgânicos estão entre os produtos mais procurados para a festa

Mais de 3 mil pessoas devem passar pelo Hortomercado Municipal, em Itaipava, entre este sábado (29.12) e segunda-feira (31), véspera de Réveillon. Os 35 boxes e duas lojas - que vendem as delícias produzidas, em sua maioria, por produtores da cidade, além do Bar do Horto, vão funcionar normalmente durante todo o fim de semana, de 8h às 18h, e abrem também na segunda, com horário até 14h. A expectativa é de que frutas frescas, laticínios, sementes e orgânicos sejam os produtos mais procurados para incrementar a ceia de virada de ano. Neste período, os produtores chegam a faturar até 10% a mais do que outros meses.

Legumes, verduras, shitakes, frios, entre diversos outros produtos estão entre as opções oferecidas no Hortomercado, que leva o nome de José Carneiro Dias. 

A expectativa é de receber também muitos turistas que estão hospedados em hotéis para o Réveillon e também veranistas, já acostumados a fazer uma parada no Hortomercado.

Além de Itaipava, outra opção são as feiras livres. Na Rua Souza Franco, no Centro, ela funciona neste sábado, de 6h às 15h e na segunda até às 14h30. Já no Alto da Serra, os produtos serão vendidos no domingo, de 6h às 15h. 

“Esperamos que as pessoas procurem muito por frutas frescas, ou queijos, nozes e orgânicos, no caso do Horto. Neste período os produtores costumam comemorar o aumento nas vendas”, completa o diretor do Departamento de Agricultura da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, José Maurício Soares.

Sábado, 23 Agosto 2014 - 08:23

Hortomercado municipal completa 25 anos

Um café da manhã marcou, nesta sexta-feira (22/8), as comemorações pelos 25 anos do Hortomercado Municipal José Carneiro Dias, em Itaipava. O espaço é considerado modelo no cenário da agricultura estadual e foi criado com o intuito de organizar o espaço rural no município. Atualmente conta com 36 boxes que comercializam produtos artesanais e de horticultura (hortaliças, leguminosas e flores), além de frutas e laticínios.

“Todos os corredores do mercado são destinados às comunidades rurais da cidade, de maneira que, para conhecer o que nós produzimos, basta fazer uma visita”, explica o secretário de Agricultura, Abastecimento e Produção Leonardo Faver “Queremos que o horto seja, nos próximos anos, polo de turismo rural e gastronômico, sendo referência em segurança alimentar e reaproveitamento de produtos. Vale lembrar que é estruturado de forma sustentável, com energia solar, economia de água e reciclagem”, completa.

Os produtos comercializados no espaço são na maioria frutos negócios familiares, que passam de pai para filho. Esmeraldo Duarte de Souza, de 58 anos, é um exemplo disso. O agricultor vende legumes no box 24 do mercado desde a sua fundação e tira dali sua renda mensal. “Moro no Vale das Videiras desde que nasci e sempre mexi com plantação. Ia para escola e plantava depois. Tudo que faço é cultivado com muito amor”, conta.  Já o florista Américo Martins, do Santa Mônica,  vende seus produtos há 13 anos no hortomercado e administra a plantação junto com seu filho. “Plantamos mais de 50 espécies de flores, entre flores do campo, tropicais, orquídeas e vasos ornamentais” disse.

Phillipe Guédon foi um dos idealizadores do hortomercado e estava presente no café da manhã desta sexta-feira. “Na época, eu era secretário de administração e já tínhamos o espaço físico pronto. Então pensamos em montar um ambiente que seria entregue a cada região rural da cidade para que pudessem vender seus produtos e atingir principalmente os turistas. Hoje, é um prazer ver o horto com todo aparato e incentivo, dando certo e muito bem mantido”, concluiu.

Boa opção para quem deixar as compras da comemoração do Réveillon para a última hora: tanto o Hortomercado Municipal quanto a feira livre funcionarão no dia 31 de dezembro, em horário diferenciado.

A feira livre vai funcionar na Rua Souza Franco - Centro - no sábado, dia 28, das 6h às 16h; no domingo, dia 29, a feira vai ser no Alto da Serra, das 6h às 14h. Já no dia 31 de dezembro, terça-feira, a feira retorna para a Rua Souza Franco e funciona das 6h às 16h.

Já o Hortomercado Municipal vai funcionar no sábado, dia 28 de dezembro, das 8h às 18h. Domingo e segunda-feira, 29 e 30 de dezembro, das 8h às 14h e na véspera do Réveillon, dia 31 de dezembro, das 8h às 13h.

“Além dos preços justos, a oportunidade de negociar diretamente com o produtor é sempre vantajosa na venda direta. Para os agricultores, oportunidade de vender um pouco mais nessa época do ano”, disse o diretor do Departamento de Agricultura da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, José Maurício Soares.

Legumes, verduras e frutas ficarão à venda na Praça 14 Bis até domingo (03.06)
No Horto, produtos são vendidos do pátio

Para facilitar a venda dos produtos agrícolas dos produtores petropolitanos – o escoamento da produção foi prejudicado devido à falta de combustível nos últimos dias – o Departamento de Agricultura da Secretaria de Desenvolvimento Econômico permitiu que agricultores colocassem produtos à venda no pátio do Hortomercado Municipal, em Itaipava, e na Praça 14 Bis, no Centro, nessa terça-feira (29.05). Nos dois locais todos os produtos foram vendidos rapidamente, em até três horas.

Nesta quarta-feira (30.05) a venda também será permitida nesses dois locais. Vale salientar que o Hortomercado Municipal será aberto na quinta-feira (31.05) – feriado de Corpus Christi e funcionará normalmente até domingo. A venda direta na Praça 14 Bis também está autorizada a funcionar até domingo.

A preocupação é com a venda dos produtores que foram afetadas nessa semana. Ao permitir a venda nesses pontos, em Itaipava e no Centro, os produtores têm a oportunidade de vender diretamente para a população. O funcionamento do Hortomercado Municipal no feriado e final de semana está garantido, bem como as feiras que ocorrem no fim de semana.

Laranja, tangerina, tomates, alface, brócolis, repolho, couve e cebola foram alguns dos itens que ficaram à venda no Hortomercado. “A Secretaria de Desenvolvimento Econômico está em contato direto com os produtores ouvindo as demandas e tentando ajuda-los no escoamento da produção. A venda direta no Horto e na Paça 14 Bis foi adotada nessa semana também para ajudar a população que está em busca de produtos como legumes e frutas, já que alguns itens estavam em falta em alguns pontos de venda”, disse o secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Fiorini.

A venda direta na Praça 14 Bis ocorrerá até domingo, a partir das 7h30. “Isso possibilitará que as pessoas que moram no Centro e bairros próximos também possam comprar direto com os produtores. Além dessa venda direta, estamos em contato com as grandes redes de supermercados mostrando as vantagens de se comprar direto dos produtores de Petrópolis”, contou o diretor do Departamento de Agricultura, José Maurício Soares.

Henrique Mesquita, produtor há 35 anos, explicou que os cerca de 600 quilos de produtos, entre hortaliças e legumes, que foram colocados à venda nessa terça-feira na Praça 14 Bis terminaram em três horas. “Estamos trabalhando com 70% da nossa capacidade porque alguns produtos que chegam de fora para completar a nossa venda, como determinadas frutas, ainda não chegaram. Mas tudo o que foi colocado na banca hoje foi vendido rapidamente, principalmente para as pessoas que moram no Centro da cidade. As pessoas que estão precisando comprar os produtos agrícolas podem encontrar alimentos de qualidade tanto na Praça 14 Bis quanto no Hortomercado. A possibilidade de venda durante a semana está ajudando a categoria”, explicou.

Pagina 6 de 13

Notícias por data

« Fevereiro 2021 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

turispetro

iluminacao

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo