O Centro de Referência em Atendimento à Mulher (CRAM) está realizando atendimentos pelo telefone (24) 98839-7387, que também funciona como whatsapp. Nesta sexta e sábado foram sete atendimentos.

A mulher que precisar do auxílio do CRAM pode entrar em contato e, após o processo de identificação do caso, ela é encaminhada para o atendimento com a assistente social, advogada ou psicóloga que atua na instituição de proteção.

O telefone também está servindo para que as profissionais possam realizar atendimentos online, promovendo encaminhamentos de situações de urgência e até sessões de videochamadas com a psicóloga do CRAM.

A maioria das mulheres atendidas pelo CRAM relata que o principal motivo para não deixarem o ciclo de violência é a dependência financeira do companheiro. Nos casos denunciados elas geralmente ganham menos ou não conseguem trabalhar fora por causa do trabalho doméstico e o cuidado com os filhos.

Responsáveis por estudantes matriculados na rede municipal após 15 de fevereiro têm que pedir o desbloqueio do cartão

O crédito de R$ 70 relativo ao mês de março do Cartão Merenda Certa será liberado neste sábado (20.03) para os mais de 40 mil estudantes matriculados na rede municipal de ensino até o dia 15 de fevereiro. Os alunos matriculados após esse período que já estão com o cartão devem pedir o desbloqueio por meio de contato com o setor de atendimento ao consumidor da empresa responsável no site (www.msbeneficios.com.br). Na carta que cada responsável recebe com o cartão também estão contidas as orientações para o uso e desbloqueio do mesmo.

O programa foi criado pelo governo municipal para fortalecer a compra de alimentos durante o período em que os mais de 40 mil alunos da rede municipal estão fora das escolas e Centros de Educação Infantil.

O Dia Internacional da Mulher, comemorado em todo o mundo no dia 8 de março, é um símbolo das lutas e reivindicações pelos direitos das mulheres. Em celebração a data e em homenagem as mulheres, o Centro Pop vai promover nesta segunda-feira (08) o “Café com Elas”, reunindo mulheres em situação de rua. O encontro acontecerá na sede da unidade a partir das 09 horas.

O café da manhã será oferecido para mulheres que se encontram em situação de rua e são atendidas pelo Centro Pop. A direção da unidade estima que cerca de 15 mulheres participarão da ação. Serão realizadas atividades dinâmicas, musicais e de conscientização sobre a importância da data.

No cronograma do Centro Pop em celebração ao Dia Internacional da Mulher ainda estão previstas ações envolvendo dias de beleza e distribuição de kits de higiene para as mulheres em situação de rua.

Por conta da pandemia, o encontro acontecerá seguindo os protocolos de segurança e higiene, com o uso obrigatório de máscara, distribuição de álcool gel e distanciamento social.

Centro Pop

O Centro Pop destina-se ao atendimento de pessoas em situação de rua, em razão da condição de extrema pobreza e inexistência de moradia convencional regular, cujos vínculos familiares estão fragilizados ou rompidos. O trabalho é o de acolher essa população para a retomada da convivência em sociedade dessas pessoas. O Centro Pop oferece café da manhã, encaminhamento para o almoço no Restaurante Popular, lanches, atendimentos psicossociais, banho, lavanderia, espaço para guarda de pertences, embarques interestaduais além das atividades semanais, como por exemplo, rodas de conversas, oficinas de música e sensibilização profissional. É um espaço de socialização e convivência.

Segunda, 15 Fevereiro 2021 - 15:21

Ônibus Lilás em ação no Vila Rica

Durante a manhã deste sábado (13.02), o prefeito interino Hingo Hammes acompanhou a ação do Ônibus Lilás, do Centro de Referência em Atendimento à Mulher (CRAM), que está retomando as atividades neste ano de 2021. Na estrutura, as equipes ofereceram serviços multidisciplinares, psicólogos e auxílio jurídico. A ideia é acolher e orientar as mulheres, especialmente as vítimas de violência doméstica. Os atendimentos estavam suspensos desde o início da pandemia, em março de 2020. O veículo fez atendimentos das 9h às 13h, em frente à Escola Municipalizada Santa Terezinha.

O Ônibus Lilás é uma estrutura móvel, voltada para o atendimento de moradoras em comunidades mais distantes.

O ônibus começa a circular neste sábado, dia 13 de fevereiro e os atendimentos acontecem sempre de 9h às 14h. Veja o cronograma:

27/02 – Praça de Secretário, em Secretário.
06/03 – Posto de Saúde da Posse
13/03 – Posto de Saúde do Brejal
20/03 – Escola M. Amélia Antunes Rabelo, em Madame Machado
27/03 – Escola Paulo Montes, em Araras.
03/04 – Escola Abelardo Delamare, no Caxambu.

A Prefeitura, por meio da Secretaria de Assistência Social, vai traçar um perfil dos frequentadores do Restaurante Popular. O estudo será conduzido pela coordenadora do Restaurante Popular, a psicóloga Fernanda Medeiros, que tenta entender os impactos da pandemia na vida daquele público. A pesquisa de campo deverá trazer respostas que vão fazer parte da estratégia de atuação do Governo Municipal com as famílias, principalmente aquelas em estado de vulnerabilidade social.

No Restaurante Popular são oferecidos, de segunda a sexta-feira, 1 mil cafés da manhã (a R$ 0,50 cada) e mil almoços (a R$ 1 cada). A pesquisa será iniciada ainda este mês permitir a identificação de pessoas que precisam de outros atendimentos sociais.

A meta é dar continuidade ao serviço que já são oferecidos. O número alto de pessoas que procuram uma alimentação barata pode fornecer dados importantes que irão abastecer um plano de ação da secretaria. Dessa forma, a intenção é ter um perfil geral desta população, com identificação das suas necessidades e poderemos fazer encaminhamentos a outros serviços como o Centro Pop, Cras e Creas.

Um fato observado pela coordenadora e autora da pesquisa é com relação à influência da pandemia no público que frequenta o estabelecimento popular. De acordo com a coordenadora, há pessoas que levam as quentinhas para outras pessoas que estão em quarentena. Essa ação solidária também será alvo da pesquisa. A aposentada Celinha Almir Gonçalves, de 72 anos, pega refeições para seu esposo, que tem 84 anos e uma vizinha que mora sozinha e tem complicações de saúde.

A Secretaria de Assistência Social vai criar um perfil detalhado do público, o que vai contribuir para que diferentes setores que cuidam das famílias em situação de vulnerabilidade possam identificar e atuar na assistência.

A Prefeitura de Petrópolis anunciou nesta quarta-feira (20.01) que os valores referentes ao Cartão Imperial estão disponíveis para as famílias cadastradas, que recebem mensalmente o recurso de R$ 70. O auxílio é direcionado para pessoas que comprovem viver em situação de vulnerabilidade social, de insegurança alimentar e/ou nutricional. Ao todo mais de quatro mil famílias garantem o acesso ao Cartão Imperial.

Vale destacar que os beneficiários do Cartão Imperial podem adquirir os alimentos em mais de 170 estabelecimentos comerciais cadastrados pela Prefeitura. O subsídio também é direcionado as famílias que possuem integrantes com deficiência ou portadores de doenças crônicas.

Cartão Merenda Certa será recarregado em fevereiro

O Cartão Imperial, programa social municipal que garante complemento de renda para compra de alimentos a famílias em situação de risco social na cidade, terá os valores depositados nesta semana. A Prefeitura trabalha para garantir os recursos o mais rapidamente possível, assegurando o benefício aos cadastrados no programa. O auxílio mensal é de R$ 70.

O Cartão Imperial é voltado para a compra de alimentos em estabelecimentos conveniados. O benefício é concedido a quase 4 mil famílias, que contam com a contribuição do programa social para complementar seu sustento. Todas as famílias cadastradas no programa estão registradas no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico).

Merenda Certa

O governo municipal também confirmou que o Cartão Merenda Certa voltará a ser recarregado em fevereiro. A informação é da secretária Municipal de Educação, Márcia Palma, que lembrou que, legalmente, o benefício não pode ser concedido em janeiro, por ser período de férias, segundo o calendário escolar.

Sabendo da importância do programa como auxílio no reforço alimentar das crianças que estão fora do ambiente escolar devido à pandemia, o governo municipal está agilizando todos os trâmites necessários para garantir a formalização da administração do Cartão Merenda por empresa do ramo, o que garantirá que a recarga do cartão volte a ser feita já em fevereiro.



Perdida e morando nas ruas em Pedro do Rio, uma mulher de 43 anos, com transtorno mental, foi reinseria nesta sexta-feira (17/07) à sua família após ser encontrada e receber o acompanhamento da equipe da Secretaria de Assistência Social por cerca de um mês. Ela é um dos 15 casos de reinserção da população em situação rua em Petrópolis neste ano. Só em 2019, foram outras 40 pessoas que retornaram à casa de suas famílias ou foram reinseridas na sociedade.

Em Petrópolis, a estimativa é de que tenham entre 120 e 150 pessoas em situação de rua. No caso da usuária reinserida nesta sexta-feira, ela foi encontrada pela equipe de abordagem de rua em Pedro do Rio no dia 18 de junho. Uma ação em conjunta entre o Centro Pop e o Consultório na Rua, da Secretaria de Saúde.

“A equipe de abordagem, após encontrar a usuária, verificou a necessidade de ela ser avaliada pelo Consultório na Rua, que a levou para a psiquiatria, onde foi medicada, estabilizada e acolhida na Unidade de Acolhimento Temporário. E desde então a gente vem oferecendo acompanhamento médico, acompanhamento psicossocial. Conseguimos contatar a família dela, que mora em Areal. A equipe do Centro Pop da abordagem social fez todo esse trabalho de entendimento, conscientização e reflexão com ela, que aceitou retornar para o seio da família”, explica a coordenadora do Centro Pop, Telma Resende.

Esse trabalho da Assistência Social é feito pela equipe de Abordagem Social. É por intermédio da equipe que os usuários chegam até o Centro Pop e então começa o trabalho para localização de familiares, enquanto os usuários são encaminhados ao NIS (Núcleo de Inclusão Social) ou a Unidade de Acolhimento Temporário (que está funcionando apenas neste período de pandemia) com acompanhamento de pedagogos e psicólogos. Em todos os equipamentos, os usuários recebem alimentação, orientações, atendimentos com psicólogos, assistentes sociais e pedagogos, além de máscaras.

“É um trabalho muito gratificante. Todo mês conseguimos reinserir pelo menos uma pessoa. É um desafio diário, no momento em que cada pessoa consegue sair dessa situação de risco, de vulnerabilidade social. A equipe dessa forma pode ver que está no caminho certo. E assim a gente continua atuando na perspectiva de realizar um trabalho com qualidade e eficiência”, completa Telma, lembrando que algumas pessoas também são reinseridas no mercado de trabalho e conseguem sair das ruas com a ajuda da equipe.

 

Centralizar importantes atividades da Secretaria de Assistência Social é o objetivo do novo Núcleo de Programas Socioassistenciais. O prédio, que fica na Rua D. Pedro, no número 199, no Centro Histórico, onde antes funcionava um CREAS e o NAPE-IJ (Núcleo de Atendimento Psicológico Especializado Infanto-Juvenil), agora abriga seis serviços voltados para a população em vulnerabilidade social. O objetivo é facilitar a comunicação e melhorar a capacidade de gestão dos programas, além de torná-los mais acessíveis aos usuários. O espaço também passou por reformas.

Nesta segunda-feira (13/07), o prefeito visitou o espaço e acompanhou o trabalho que é realizado no núcleo. No Núcleo de Programas Socioassistenciais continua funcionando o NAPE-IJ, que agora foi ampliado - além do container, é usada também uma sala. E o espaço abriga ainda o Programa Criança Feliz (o atendimento é domiciliar e lá funciona a gestão do programa); o Acessuas Trabalho (programa do Governo Federal de acesso ao mercado de trabalho); a gestão do Cartão Imperial; o cadastro de famílias para o Minha Casa, Minha Vida, e também é ali que se concentra toda a gestão das concessões de cestas básicas do primeiro distrito, dando assim mais acesso a população.

Só o Programa Criança Feliz atende mais de 500 famílias. É uma iniciativa do Governo Federal para ampliar a rede de atenção e o cuidado integral das crianças na primeira infância. Já o Cartão Imperial tem 4 mil beneficiários. O Programa de Segurança Alimentar e Nutricional tem como objetivo atender famílias em situação de vulnerabilidade social e de insegurança alimentar/nutricional.

O Programa Acessuas busca promover a integração dos usuários da assistência social ao mundo do trabalho, por meio de ações articuladas e mobilização social. E o programa Petrópolis Criança Cidadã - um convênio celebrado entre a Prefeitura de Petrópolis, Exército Brasileiro, Mitra Diocesana de Petrópolis, Vara da Infância e Governo do Estado - tem como objetivo prestar assistência a adolescentes do sexo masculino entre 14 e 17 anos em situação de vulnerabilidade social, visando a conquista da cidadania, através da educação integral.

O Nape realiza a escuta qualificada de crianças e adolescentes supostamente vítimas de violência sexual.  Lá é feito um trabalho especializado para a análise de cada denúncia de abuso sexual infantil. As crianças e adolescentes são encaminhadas pelo Conselho Tutelar, Delegacia ou Ministério Público.

A segunda etapa da campanha “#Petrópolis no combate ao coronavírus. Seja Solidário” – que começou no último dia 13 – já arrecadou mais três toneladas de alimentos. A Secretaria de Assistência Social entregou 190 cestas básicas a famílias em vulnerabilidade social. No total, desde o início da ação (no fim de março), foram 1.259 cestas, com o total de 21 toneladas de alimentos doados. A campanha é uma parceria entre a prefeitura, o Covida (Grupo Remir) e a Associação Petropolitana dos Pacientes Oncológicos (APPO).

Os atendimentos para as famílias necessitadas estão sendo feito pelos números: 08000242526/ 2233-8108/ 2233-8110. Todas as solicitações passam por análise de técnicos da Secretaria de Assistência ou visita domiciliar.

As doações continuam sendo recebidas nos pontos de coleta, espalhados por mercados, farmácias e petshops. Estão sendo recolhidos alimentos, produtos de higiene pessoal e ração para os animais. E elas também podem ser feitas em dinheiro, através da conta da APPO: Banco Itaú, agência 9244, conta corrente 24940-6, CNPJ: 36.548.949/0001-78. Uma porcentagem das doações fica para ajuda dos pacientes oncológicos e outra é revertida em compras para as famílias em vulnerabilidade social

Durante a campanha, novos parceiros têm surgido, como a Pizzaria Sottile’s, o Armazém do Grão e a DIB, além da sociedade civil. Os pontos de coleta estão nos seguintes estabelecimentos: Armazém do Grão; Terê Frutas; DIB; Megadelli e Grandelli; Super Market; Super Bingen; Super Serra; Mercado Delei; Empório Multimix; Multimix; Xodó de Minas; Super Bingen; Rede Economia; Tá no Gosto, Bread Fruit, Green Fruit e Petro Verde.

Pagina 9 de 82