Comissão atuará em eventos públicos e cidade que acontecem na cidade

Petrópolis já conta com uma comissão permanente para organizar e monitorar os eventos públicos e privados que acontecem em Petrópolis ao longo do ano. A proposta é que os diferentes atores envolvidos com os eventos participem da comissão, para garantir o sucesso dos eventos, sem que haja impactos negativos na mobilidade urbana, na limpeza única e na saúde pública.

A Comissão de Organização e Monitoramento de Eventos foi criada pela Prefeitura, neste início de governo, será coordenada pela Turispetro e se reunirá a cada 15 dias. A primeira reunião foi realizada na manhã desta terça-feira (4), na sede do Turispetro, na Avenida Koeler.

“A proposta é que os eventos sempre tenham uma organização, com impacto negativo em nada para a cidade, seja no trânsito ou na limpeza urbana. Para que a população não sofra com esses eventos que trazem muitos benefícios para a cidade, para o turismo e para a geração de emprego e renda. A Secretaria de Saúde, por exemplo, sempre estará muito presente, por conta da nossa preocupação com a pandemia. Assim, com antecedência e planejamento, nós profissionalizamos os eventos. Os guias de turismo poderão trabalhar melhor esses eventos”, disse a secretária da Turispetro, Silvia Guedon.

Na primeira reunião, entre os participantes, estavam os secretários municipais Paulo Roberto Patuléa (Fazenda), Marcelo Soares (Desenvolvimento Econômico), Miguel Barreto (Procuradoria-Geral) e Diana Iliescu (Instituto Municipal de Cultura). Também participaram representantes da Secretaria de Saúde e da CPTrans.


Para este Réveillon, setor hoteleiro registra 85% de ocupação nos meios de hospedagem da cidade

A programação do Natal Imperial já atraiu mais de 300 mil pessoas para a cidade neste mês de dezembro. Segundo dados divulgados pela Turispetro, o número engloba o montante referente tanto às pessoas que se hospedaram no município quanto ao turismo individual de pessoas que visitam a cidade, mas não se hospedam.

E esse número pode crescer ainda mais nos próximos dias, já que a programação segue até o dia 9 de janeiro. Segundo dados do Disque Turismo, a ocupação hoteleira na cidade já é de 85,27% para este fim de semana. No 1º distrito, que corresponde a região do Centro e arredores, a taxa é de 80,04%. Nos distritos, já chega a 90,49%.

Para o prefeito Rubens Bomtempo, a realização de grandes eventos é de suma importância para a cidade, uma vez que aquece o turismo e movimenta diversos setores, representando um importante segmento na retomada econômica do município após dois anos de pandemia.

"Eventos como a Bauernfest e o Natal Imperial precisam ser pensados e planejados com antecedência, sabendo do grande potencial que possuem de movimentar a economia de Petrópolis, gerando trabalho e renda ", diz Bomtempo.

Secretária da Turispetro, Silvia Guedon diz que o setor está otimista e a expectativa é de atrair ainda mais turistas para a cidade nessa reta final da programação do Natal Imperial.

"Muitos meios de hospedagem já chegam a 100% de ocupação para este feriado e ainda há muita procura neste período. Notamos que os turistas estão buscando programações na cidade para este Réveillon em espaços que oferecem programação ao ar livre e proporcionam o contato com a natureza", afirma Silvia.

Diretora de turismo e eventos, Evany Noel destaca a importância de ter a cidade movimentada em um período que não é de alta temporada.

"Nosso maior movimento tende a ser no inverno e vemos que a programação do Natal Imperial se consolidou a ponto de fazer com que a cidade experimente um fluxo turístico que não era comum nesta época do ano", conclui.

Prefeito se reuniu com secretários e agentes responsáveis pelas obras, que estão paradas há dois anos

O prefeito Rubens Bomtempo visitou, nesta terça-feira (28), o Palácio de Cristal. O ponto turístico, um dos símbolos de Petrópolis, está fechado aos visitantes há mais de dois anos. Bomtempo esteve acompanhado por secretários municipais e representantes da empresa responsável pela obra, e estipulou uma meta: abrir o atrativo ao público a tempo da Bauernfest do ano que vem.

“Foi a primeira reunião de trabalho com todos os atores envolvidos no trabalho de recuperação e gestão do espaço. Nossa ideia é garantir a retomada das obras de maneira organizada, em conjunto. O desafio de todos nós é entregar o Palácio de Cristal antes da Bauernfest, que é o principal evento do nosso calendário”, disse Bomtempo, que informou ainda que o Clube 29 de Junho será chamado para acompanhar as obras.

O prefeito esteve acompanhado do vice e secretário de Obras, Paulo Mustrangi; da diretora-presidente do Instituto Municipal de Cultura (IMC), Diana Iliescu; da diretora-presidente da Turispetro, Silvia Guedon; do diretor-presidente da Comdep, Leonardo França; do diretor da empresa responsável pela obra – a Engeprat – Luiz Fernando Gomes e o superintendente da Águas do Imperador, Márcio Salles.

O vice-prefeito e secretário de Obras, Paulo Mustrangi, destacou outro ponto importante da retomada das obras do Palácio de Cristal: o resgate da autoestima dos petropolitanos. “Foi a primeira reunião para focar na restauração desse patrimônio histórico, cultural e social, que gera um impacto não apenas para o turismo ou para a economia, mas também para a autoestima dos cidadãos”, disse Mustrangi.

Prédio não foi contemplado

As obras no Palácio de Cristal tiveram início em dezembro de 2019, mas foram paralisadas três meses depois. O processo foi retardado porque a gestão à época não previu a contratação de arqueólogo, determinação do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) para as intervenções devido ao valor histórico do espaço. Apenas em maio deste ano a empresa Grifo Arqueologia, responsável pelo monitoramento, começou a trabalhar no local.

Durante a visita, também foi destacada outra questão importante: além das obras estarem paralisadas há praticamente dois anos, o prédio – que precisa de melhorias, incluindo até mesmo placa de cristal solta e coberta por tapume – não foi contemplado pelas intervenções.

“Infelizmente, tudo o que foi feito até agora não contemplou o Palácio de Cristal em si, contemplando apenas a parte externa e elétrica. Teremos que fazer uma nova licitação para reformar não só o gradil, mas o prédio como um todo. Isso terá que ser feito com recursos municipais, o que preocupa, devido à situação financeira do município. Mas nós temos compromisso com a recuperação do patrimônio público”, frisou o prefeito.

Os pontos turísticos do município de Petrópolis terão alterações no horário de funcionamento nas datas de Natal e Ano Novo. Nos dias 25/12 e 1º de janeiro, o governo municipal determina ponto facultativo, portanto, a maior parte dos atrativos turísticos não funciona. Nas vésperas, dias 24/12 e 31/12, alguns funcionam em horário especial.

Tanto o Museu Casa de Santos Dumont, quanto o Museu Casa do Colono, funcionam nos dias 24/12 e 31/12, mas com horário de visitação reduzido, indo de 9h às 13h. Ambos estarão fechados nos dias 25/12 e 01/01.

Outros atrativos privados como La Grande Vallée (Casa do Pequeno Príncipe), o Museu de Cera, o Museu de Porcelana, entre outros, também funcionam nas vésperas em horários alternados e fecham as portas no Natal e Ano Novo. Informações específicas sobre as atividades podem ser obtidas pelo Disque Turismo, por meio do número 0800-024-1516.

Novo documento, que terá vigência até 2030, norteará a política municipal de turismo nos próximos anos

A Prefeitura de Petrópolis, por meio da Secretaria de Turismo, cumpriu nesta quinta-feira (16/12) a primeira etapa prevista na contratação da Fundação de Apoio à Pesquisa Científica e Tecnológica (FAPUR), da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFFRJ), para a elaboração do Plano Diretor do Município. O secretário de Turismo recebeu do professor Joilson de Assis Cabral, coordenador da fundação, o contrato assinado e conheceu a equipe técnica que vai atuar na pesquisa de avaliação e consolidação de dados para a elaboração do plano.

A contratação de uma instituição especializada para a elaboração do documento, que norteará a política municipal de turismo nos próximos anos, foi viabilizada por meio de recursos do Fundo Municipal de Turismo (Fumtur), após aprovação unânime pelo Conselho Municipal de Turismo (Comtur).

Em junho deste ano, após aprovação no Comtur, a Prefeitura encaminhou à Câmara um projeto de lei que propunha, em síntese, a prorrogação do documento até dezembro de 2022. O Plano Diretor tinha validade até 2019. A proposta foi aprovada por unanimidade e a Lei Municipal 8.147, de 2 de julho de 2021 foi sancionada. "O novo documento será construído através da união de todos os interessados em ver a cidade crescer no setor do turismo. A nova lei, certamente vai ajudar na elaboração de estratégias e ações do novo plano", acredita o governo interino.

Após esse trâmite, a cidade - que figura na Categoria A do Turismo Nacional - se manteve apta para receber projetos custeados pelo governo federal para o fomento do setor. "O documento é uma ação que estamos realizando em parceria com a sociedade civil, objetivando a promoção e o desenvolvimento sustentável do turismo em Petrópolis, mantendo o município como um dos principais destinos turísticos do país, gerando trabalho e renda, ajudando a nossa economia e toda a cadeia produtiva do setor", destaca o secretário de Turismo.

A equipe técnica da FAPUR se comprometeu a apresentar a proposta metodológica para a construção do plano já na primeira reunião do Comtur em 2022, que está marcada para o dia 17 de janeiro, cumprindo assim o cronograma previsto.

Anúncio é fundamental para facilitar o planejamento de toda a cadeia produtiva do turismo

A Prefeitura de Petrópolis, por meio da Secretaria de Turismo e do Instituto Municipal de Cultura (IMC), apresentou nesta terça-feira (14), durante o Fórum Regional do Turismo Fluminense - Edição Serra Verde Imperial, realizado no Sesc Quitandinha, o Calendário Oficial de Eventos da cidade para 2022. A apresentação foi feita pelo secretário de Turismo como uma das atrações previstas na programação do evento, e foi acompanhada pelo secretário de Estado de Turismo e pelo presidente da TurisRio.

"O calendário, com as principais atrações oficiais e as respectivas datas de realização, foi oficializado após reuniões realizadas pela a iniciativa privada, incluídos representantes do trade turístico da cidade, das associações comerciais e culturais e da AssociEventos", destaca o governo interino, que acredita que, com o avanço da vacinação, os eventos e as respectivas datas serão confirmados.

"Petrópolis já se consolidou como um dos principais destinos turísticos do estado e até mesmo do país. Assim, esse anúncio é fundamental para facilitar o planejamento de toda a cadeia produtiva para receber a demanda turística que os grandes eventos sempre atraem para a cidade", explica o secretário de turismo.

“É um momento que saímos de uma situação crítica para avançarmos com a possibilidade de pensar em eventos culturais que não puderam ser executados este ano. Além destes anunciados, que são os eventos de ponta da cidade, muitos outros poderão integrar este calendário", acredita o presidente do IMC.

Entre as principais atrações previstas, estão o aniversário da cidade (no dia 16 de março); a Exposição Agropecuária (entre 29 de abril e 08 de maio), a Festa da Cultura Portuguesa (de 13 15 de maio), a Bauernfest (de 23 de junho a 10 de julho), os festivais de inverno em julho; a Bunka-Sai entre 18 a 21 de agosto; o Serra Serata (de 15 a 25 de setembro); a Festa da Cultura Afro-Brasileira (de 16 a 20 de novembro) e o Natal Imperial (de 23 de novembro a 8 de janeiro de 2023).

Ingressos estão disponíveis a partir desta quarta-feira

Um dos balés mais populares do mundo, o clássico natalino O Quebra-Nozes, chega ao palco do Teatro Mecanizado do SESC Quitandinha nos dias 22 e 23 de dezembro, apresentado pela Companhia BEMO - Theatro Municipal do Rio de Janeiro, dentro da programação do Natal Imperial. Os ingressos, gratuitos, podem ser retirados nesta quarta e quinta-feira, dias 15 e 16, a partir das 10h, no Sesc Quitandinha, com entrada solidária de 2 kg de alimento não perecíveis, que serão revertidos para o Mesa Brasil. O limite de retirada é de dois ingressos por pessoa.


Um clássico do período de Natal, a obra mundialmente reconhecida com música de Tchaikovsky e coreografia de Marius Petipa e Lev Ivanov nos remete a um mundo de lindos sonhos e suaves sentimentos que faz a alegria de crianças e adultos.

Estreado em 1892 no Teatro Mariinsky de São Petersburgo, seu enredo se baseia em uma adaptação do conto infantil “O Quebra-nozes e o Rei dos Camundongos”, de E.T.A. Hoffmann, realizada por Alexandre Dumas pai. A primeira apresentação no ocidente só aconteceu em 1934, no Sadler’s Wells Theatre, em Londres. Desde então, tornou-se um dos balés mais montados em todo o mundo.

A programação completa do Natal Imperial está disponível no site oficial do evento (www.natalimperial.com.br). Mais informações no Disque Turismo de Petrópolis - 0800 024 1516 - e pelo whatsapp (24) 2237-3321, de segunda a sábado e feriados, das 9h às 17h, e aos domingos, das 9h às 14h. A edição de 2021 do tradicional evento natalino é realizada pela Prefeitura, Governo do Estado (por meio da Lei de Incentivo à Cultura) e a Dellarte, com patrocínio da Claro. O Sesc também entrou com programação, pela primeira vez incluindo suas atrações também no Natal Imperial.

CIA BEMO, berço de novos talentos

A CIA BEMO–TMRJ tem mantido suas atividades cultivando a arte e colaborando na descoberta de novos valores artísticos, inserindo talentosos jovens bailarinos no mercado de trabalho nacional e internacional. A metodologia de ensino da companhia permite que todos os alunos interpretem grandes e pequenos papéis, possibilitando a descoberta de novos talentos e o amadurecimento profissional dos alunos.

Teixeira e Bejani têm produzido espetáculos de balé clássico de repertório, neoclássico e dança contemporânea, criados especificamente para a companhia, que se apresenta regularmente no palco do Theatro Municipal do Rio de Janeiro e ao lado de diversas personalidades da dança nacional e internacional.

Entre elas, encontram-se: Ana Botafogo, Cecília Kerche, Cláudia Mota, Áurea Hämmerlli, Marcelo Misailidis e Vitor Luís, todos do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, além de Roberta Marques, Thiago Soares e Marianela Nuñez, do Royal Ballet; Renata Pavan e Herman Cornejo, do American Ballet Theatre; Juan Pablo Ledo do Teatro Colón e Aidos Zakan do Ballet Teatro Michailov e Rolando Sarabia numa co-produção do Ballet Don Quixote junto ao The Cuban Classical Ballet of Miami.

“Tive a oportunidade de assistir a ensaios da Companhia BEMO e constatar o trabalho sério que vem sendo desenvolvido com jovens bailarinos, que com talento e determinação mostram um resultado de grande profissionalismo no palco. Essa companhia deve ser incentivada a continuar seu trabalho, pois poucos grupos de dança conseguem reunir tantos jovens promissores com um trabalho tão competente”, sublinha a renomada bailarina do TMRJ, Ana Botafogo.

A história da CIA BEMO remonta aos anos 60. Fundada em 1967 pela bailarina Regina Ferraz, a companhia atendia pelo nome de Companhia Brasileira de Ballet (CBB), composta, primeiramente, por grandes bailarinos do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, entre eles Aldo Lotufo, David Dupré, Eliana Caminada, Silvia Barroso e compositores como Marlos Nobre e Edino Krieger.

A CBB funcionava, à época, no Teatro Novo (antigo Teatro da República, hoje sede da TV Brasil – RJ). Em 2001, o nome da companhia de balé foi cedida a Jorge Teixeira, por indicação de Emílio Martins e Marilda Azevedo (ambos bailarinos da Cia. Original de 1967), em reconhecimento a sua luta pelo resgate e divulgação do ballé clássico e pelo trabalho técnico e artístico desenvolvido por ele e por seus bailarinos.

Em 2018, após ter recebido o convite do Diretor Helio Bejani, para fundir-se à Escola Estadual de Dança Maria Olenewa do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, a companhia deixa de existir com o seu nome e passa a atuar como CIA BEMO – TMRJ, dentro do Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Ao todo, a companhia formou mais de 200 bailarinos.

A companhia em imagens

Video institucional de 2011
https://www.youtube.com/watch?v=HOzvfjqNCk4

Fotos backstage Cia Bemo TMRJ
http://gofile.me/3F5CJ/sjmEjwUXC

Projeto Cia Bemo
https://comercial.dellarte.com.br/cia-bemo

Em caso de chuva, a programação será cancelada

Começa hoje (14) em Petrópolis a Caravana Natalina, levando a magia e o encantamento do Natal para os bairros da cidade. A partir das 19h, três veículos iluminados e com uma trilha sonora com canções natalinas irão embalar os mais de dez personagens que estarão representados, como: reis magos, bailarina, boneca, doceira e anjos. Os figurinos são inspirados nas alas da Parada Iluminada, que, por conta da pandemia, nesta edição do Natal Imperial não será realizada. O bom velhinho também marcará presença. Em caso de chuva, a programação será cancelada.

O percurso de hoje começa na Rua 13 de Maio, seguindo por Av. Koeler, Praça da Liberdade, Av. Koeler, Rua da Imperatriz, Rua do Imperador (sentido Paulo Barbosa), Paulo Barbosa, Rua Santos Dumont, Rua Dr. Sá Earp (sentido Alto da Serra), Rua Teresa, Rua Chile, Av. Coronel Albino Siqueira, Saldanha Marinho, Duas Pontes, Rua Washington Luiz (sentido Quitandinha), Rua General Rondon, Independência, Palácio Quitandinha, General Rondon, Washington Luiz, Rua do Imperador, Rua Dr Nelson de Sá Earp, Praça da Liberdade, Av. Koeler, Rua da Imperatriz, Rua Ipiranga, Rua 13 de Maio e Av. Piabanha.

Dentro da programação, serão seis apresentações em quatro dias - 14, 15, 21 e 22 de dezembro. "Essa é uma atração muito esperada pelos petropolitanos. A Caravana Natalina começa no Centro e será itinerante. Importante a gente lembrar que o Natal Imperial 2021 é possível graças a uma união de esforços entre o poder público, iniciativa privada e o terceiro setor. Juntos, conseguimos montar uma programação bastante diversificada", destacou o governo interino.

Iniciado no dia 2 de dezembro, o Natal Imperial 2021 tem programação cultural gratuita até 9 de janeiro em Petrópolis. São mais de 300 atrações e mil artistas em cena, em 18 locais diferentes, incluindo o Centro e os distritos. Será possível prestigiar 12 concertos de orquestras, 15 apresentações de corais e, ainda, concertos e recitais no Museu Imperial. Juntos, o Natal Imperial e Natal Sesc RJ vão gerar mais de mil empregos diretos e indiretos, movimentando mais de R$ 200 milhões na economia da cidade.

A programação completa do Natal Imperial está disponível no site oficial do evento (www.natalimperial.com.br). Mais informações no Disque Turismo de Petrópolis: 0800 024 1516 e WhatsApp (24) 2237-3321. De segunda a sábado e feriados, das 9h às 17h, e aos domingos, das 9h às 14h. A edição de 2021 do tradicional evento natalino é patrocinada pela Claro e realizada pela Prefeitura, Governo do Estado (por meio da Lei de Incentivo à Cultura) e a Dellarte.

Mobilização promovida pela Prefeitura, Dog’s Heaven e lojistas da Rua 16 de Março chega a sua terceira edição

Fantasiados e cheios de estilo, cerca de 200 cães participaram na manhã de domingo (12) da terceira edição da Cãominhada de Natal. A concentração foi na Praça Dom Pedro e depois os animais e seus responsáveis seguiram pela Rua 16 de Março, no Centro da Cidade. A ação é em comemoração ao Dezembro Verde, mês de combate ao abandono de animais e é promovida pela Prefeitura, por meio da Coordenadoria Especial de Articulação Institucional (CEAI) e da Coordenadoria de Bem-estar Animal (Cobea), pela Dog’s Heaven e lojistas da Rua 16 de Março.

“A Cãominhada, além de ser uma confraternização natalina entre os amantes da causa animal no município, também é ato de conscientização contra o abandono de animais. Além disso, quem participou da mobilização pode doar ração para manutenção dos cães financiados pela Dog's Heaven, fazer uma adoção responsável e aproveitar para aplicar a vacina antirrábica no seu animal”, disse o governo interino, lembrando que Petrópolis tem avançado na implantação de políticas públicas pela causa animal.

A Cãominhada começou logo cedo, com concentração às 9h30. A cabeleireira Luciane Cristina, de 46 anos, fez questão de participar com as duas cachorrinhas – Julieta e Frida. Vestidas em clima natalino e com transporte próprio (as duas dividiam um carrinho todo enfeitado com as cores e peças do Natal e também um patinete) as duas fizeram sucesso. “Foi a primeira vez que venho e achei uma ótima iniciativa. As duas estão comigo há cinco anos e passear com elas é sempre uma atração”, comentou Luciane.

O casal de Golden Retriever do Grupamento de Operações com cães, do canil Rufus Von Kru Gdorf, da Guarda Civil de Petrópolis – Jujuba e Chico – também participaram da Cãominhada Natalina. Os animais fazem parte do trabalho de cinoterapia retomado pela Prefeitura em junho deste ano, em parceria com o Centro de Tratamento Oncológico (CTO).

"A Cãominhada foi linda e extremamente importante. A participação das ONGs, protetores independentes e dos amantes da causa foi muito valiosa. Precisamos dar voz e espaço àqueles que não conseguem pedir ajuda e juntos somos muito mais fortes", disse a coordenadora do Bem-Estar Animal.

O presidente da Comissão de Meio Ambiente, Defesa Civil e Proteção Animal da Câmara Municipal e incentivador da causa animal, também esteve presente na Cãominhada. “O evento foi de fundamental importância para a conscientização de não abandono dos animais”, afirmou, ressaltando o trabalho realizado pela Dog’s Heaven e a participação do público.

A voluntária da Dog’s Heaven Márcia Coelho Netto também falou sobre o sucesso da Cãominhada. "É tão bom ver tanta cachorreiro junto. Isso mostra o quanto os cachorros agregam e que adotar é uma alegria. Ter cachorro é ter amor na sua vida. Foi uma dia lindo".

A Cãominhada foi liderada por uma agente comunitária que estava acompanhada de um cão guia. Após o passeio pela Rua 16 de Março (ida e volta), a mobilização continuou na Praça Dom Pedro com a 15ª edição da Campanha de Adoção de Animais. Os pets disponíveis para acolhimento foram levados pelas instituições Dog’s Heaven, Irmão Animal, Projeto Cão Sem Dono, GAPA Itaipava e Cão Amor. Os interessados em ganhar um novo amigo precisaram apresentar carteira de identidade, CPF, comprovante de residência fixa, ser maior de 18 anos, além de atender os pré-requisitos exigidos pela Cobea para garantir que os animais estarão seguros de seus direitos básicos.

Também na Praça Dom Pedro aconteceu uma etapa extra da vacinação antirrábica promovida pela equipe da Vigilância Ambiental e foram feitos cadastramento de pessoas que possuem mais de 15 animais em sua residência para receberem as doses dos cães e gatos em casa.

través de um óculos de realidade virtual, o visitante pode visitar exposições de galerias virtuais, com vídeos e playlists especiais

Serão disponibilizados 500 NFTs gratuitos para as pessoas que visitarem o espaço

O Espaço Claro Metaverso, instalado ao lado da Casa do Papai Noel, na sede da prefeitura de Petrópolis, oferece para os visitantes a experiência de entrar no mundo virtual. Através de um óculos de realidade virtual, é possível estar em um edifício futurista e customizado de dois andares, exposições de galerias virtuais, com vídeos institucionais da operada e playlists especiais do Claro música. Além disso, através de um QR-Code, a pessoa terá acesso a um NFT (sigla em inglês para non-fungible token) com obras em homenagem a empresa de telefonia, de forma totalmente gratuita.

O governo interino, acompanhado do CEO da Dellarte, Steffen Daueslberg, e da gerente comercial da Claro, Michelle Nemer, esteve no local na semana passada. A operadora é a primeira a oferecer uma experiência em realidade virtual com metaverso no Brasil, que ficará disponível até o dia 9 de janeiro.

“Petrópolis é uma cidade com uma vocação tecnológica enorme. Ficamos muito felizes em trazer uma novidade como essa para o nosso Natal Imperial 2021”, destacou o governo interino.

“O metaverso é um negócio que tem movimentado milhões, impulsionado sobretudo pela economia das criptomoedas e a mudança cultural durante a pandemia. Este movimento que está acontecendo com as artes já ocorreu em diversos outros segmentos, onde inovação e tecnologia trazem oportunidades e mudanças”, ressalta Steffen Daueslberg, CEO da Dellarte.

“O Espaço Claro Metaverso chega para deixar o Natal Imperial 2021 ainda mais especial. É o nosso toque tecnológico na tradicional celebração natalina”, explica Michelle Nemer.

“Além de promover a imersão no mundo 3D, as pessoas podem ter acesso a um NFT totalmente gratuito. Isso é um dos pontos mais bacanas do nosso stand”, explica Fábio Pinto, gerente comercial da Metaverso Agency, parceira da Dellarte na elaboração do espaço. “Podemos dizer que o NFT é uma obra de arte no mundo virtual. A pessoa pode guardar esse material com ela ou colocar no mercado para a venda. Através do metaverso, a gente consegue trocar as criptosmoedas da venda em dinheiro real”, concluiu.

Iniciado no dia 2 de dezembro, o Natal Imperial 2021 tem programação cultural gratuita até 9 de janeiro em Petrópolis. São mais de 300 atrações e mil artistas em cena, em 18 locais diferentes, incluindo o Centro e os distritos. Será possível prestigiar 12 concertos de orquestras, 15 apresentações de corais e, ainda, concertos e recitais no Museu Imperial. Juntos, o Natal Imperial e Natal Sesc RJ vão gerar mais de mil empregos diretos e indiretos, movimentando mais de R$ 200 milhões na economia da cidade.

A programação completa do Natal Imperial está disponível no site oficial do evento (www.natalimperial.com.br). Mais informações no Disque Turismo de Petrópolis: 0800 024 1516 e WhatsApp (24) 2237-3321. De segunda a sábado e feriados, das 9h às 17h, e aos domingos, das 9h às 14h. A edição de 2021 do tradicional evento natalino é patrocinada pela Claro e realizada pela Prefeitura, Governo do Estado (por meio da Lei de Incentivo à Cultura) e a Dellarte.

Pagina 1 de 250