Parte da programação da 9ª edição da Ubuntu - Festa Afro-Brasileira do município, o "IMC nas Redes – Conversas Culturais" de hoje (17/11) vai debater a realização do evento neste ano. O encontro virtual será transmitido nas redes sociais da prefeitura (Facebook e Youtube), às 19h, com a participação de Maria Clara dos Santos, Apóstola Ana Paula e Cintia Silva Xavier. A mediadora da roda de conversa on-line será a gerente do Centro de Cultura.

Maria Clara dos Santos é pedagoga formada pela Faculdade de Educação da Baixada Fluminense, mestranda em Educação, Cultura e Comunicação em Periferias Urbanas pela UERJ e professora da rede municipal de Teresópolis. Integrante do Grupo de pesquisa Afrovisualidades - Estética e política da imagem negra/ UERJ. Ela é militante e ativista da pauta preta.

Cintia Silva Xavier é advogada, presidente da comissão de igualdade racial da OAB Petrópolis. Faz parte da diretoria do Instituto Brasileiro do Direito das Famílias de Petrópolis (IBDFAM). Ela cursa pós-graduação em direito de família e crimes cibernético. Já a Apóstola Ana Paula é presidente da Escola de Profeta e da Fundação Luz das Nações. Advogada. Coordenadora da Área do Ministério Mães Unidas em Oração Internacional em Jacarepaguá, Rio de Janeiro. Relações Públicas Do Ministério e membro da Equipe MIPI-BR.

Cidade tem prévia de ocupação hoteleira de 76,25% no Centro Histórico e distritos entre os dias 13 e 15 de novembro

Os principais atrativos turísticos de Petrópolis estarão em pleno funcionamento neste fim de semana e também no feriado da Proclamação da República, na segunda feira (15). A prévia da ocupação hoteleira, registrada pelo Disque Turismo na última quinta-feira (11) era de 76,25% no Centro Histórico e distritos, a expectativa é de que a cidade esteja movimentada e, por isso, são inúmeras as opções para curtir o feriadão no município. Museus, parques, circuitos de compras, cervejeiro, ecorrural e uma feira literária que acontece em Itaipava são algumas para que visitantes e petropolitanos curtam o feriado na cidade imperial.

O Museu Imperial funciona no sábado (13), das 10h às 18h, com a bilheteria aberta das 9h30 às 17h30. Desde o último dia 02 de novembro, o palácio recebe a visitação simultânea de até 80 pessoas sem agendamento prévio. No domingo e na segunda, como de praxe, o Museu estará fechado. O Museu Casa de Santos Dumont abre sábado, domingo e segunda-feira, das 9h às 17h; e o Museu Casa do Colono também nesses três dias, das 9h às 14h.

O Hortomercado Municipal José Carneiro Dias funciona no sábado (13) e no domingo (14) das 8h às 15h. No feriado do dia 15, estará aberto das 8h às 13h. Os parques municipais também estarão abertos no feriado. O Parque Cremerie funciona sábado, domingo e segunda, de 8h às 16h30. Já o Parque Municipal Prefeito Paulo Rattes, em Itaipava, estará aberto normalmente nos três dias, das 7h às 18h.

No local, a partir deste sábado, acontece o Circuito LER PARA VA-LER, um grande festival de leitura que vai até o dia 20 de novembro, onde serão realizados oficinas, debates, saraus, contações de histórias, teatro e atividades multiculturais. Encontros entre renomados autores e profissionais de diversas áreas também fazem parte da programação. O evento tem como objetivo fomentar a cultura e a literatura, especialmente, entre as crianças e adolescentes.

Os parques naturais também são uma excelente opção para o final de semana. O Parque Nacional da Serra dos Órgãos, em Corrêas, pode ser visitado das 7h às 16h. Já o Parque Natural Municipal Padre Quinha, no Centro Histórico, abre sábado e domingo, das 8h30 às 17h30, e estará fechado na segunda-feira (15).

Outras informações também podem ser obtidas pelo Disque Turismo, pelo telefone: 0800 024 1516, e pelo WhatsApp: (24)2237-3321, de segunda a sábado, das 9h às 17h, e domingo e feriado de 9h às 14h.

Serviços essenciais mantidos

Serviços essenciais como coleta de lixo e atendimentos de Saúde estarão mantidos no feriado da Proclamação da República: as Unidades de Pronto Atendimento (UPA) Centro e Itaipava, a UPA Cascatinha (ponto de atendimento para pacientes com sintomas de covid), o Pronto Socorro do Hospital Municipal Leônidas Sampaio (Alto da Serra) e as unidades de pronto atendimento da Posse e Pedro do Rio funcionarão normalmente. O serviço de coleta de lixo será realizado normalmente.

As repartições públicas não funcionarão no dia 15. O expediente voltará, normalmente, na terça-feira, dia 16. As linhas de ônibus funcionarão seguindo horário de feriado na segunda. As aulas na rede municipal também retornam no dia 16. Já a campanha de vacinação segue até sábado (13) e retorna na terça.

Petrópolis vai celebrar o dia da Consciência Negra com uma vasta programação cultural, incluindo palestras, contações de história e apresentações. A partir de quarta-feira, dia 17, até domingo, 21 de novembro, será realizada a 9ª edição da Ubuntu – Festa Afro-Brasileira do município, com atrações na Casa de Educação e Praça da Liberdade. O objetivo é valorizar e preservar a memória das tradições africanas e afro-brasileira. A iniciativa é do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial (COMPIR) em parceria com a Coordenadoria da Promoção da Igualdade Racial (COPIR), Conselho Municipal de Cultura (CMC) - através do segmento de Culturas Afro-brasileiras, quilombolas e de matrizes africanas -, Movimento Negro Unificado, além do apoio do Instituto Municipal de Cultura (IMC) e da Turispetro.

Na quarta-feira (17/11), na Casa de Educação, acontece a palestra "Ensino da Formação Cultural Afro-brasileira e Direitos na Cidade" com o secretário de Educação do município. O público-alvo são os professores e a atividade começa às 9h. No mesmo dia e local, a partir das 14h, serão realizadas oficinas e contações de histórias, voltadas para o público infantil.

“Teremos a programação, todos os cuidados necessários em função da covid-19. Ressalto que o Ubuntu é uma celebração elaborada com a participação popular, através dos conselhos de Cultura e de Promoção da Igualdade Racial”, disse o governo interino. Ainda na quarta, às 17h, acontece o lançamento da Campanha "Negro Sangue Bom" na Praça Dom Pedro, com a distribuição de um informativo sobre a importância da doação de sangue. Mais tarde, às 19h, o "IMC nas Redes – Conversas Culturais" terá como assunto a Semana Afro-Brasileira.

Na quinta e sexta-feira, a Casa de Educação também vai abrir para palestras, oficinas e contações de histórias nos mesmos horários. Ainda na quinta, acontece uma edição especial do IMC nas Redes, também às 19h, nas redes da prefeitura. Já na sexta, a Praça da Liberdade se torna palco de apresentações locais, a partir das 18h. O espaço também vai contar com barracas de artesanato, comida e bebida.

“Essa é uma festa tradicional no calendário da cidade. Estamos com uma programação cultural bastante diversificada celebrando a cultura afro que é tão importante não só em nosso país, mas em todo o mundo”, destacou o presidente do IMC.

O evento que celebra Zumbi - líder do Quilombo dos Palmares - continua no sábado, dia 20, data em que é celebrado o Dia da Consciência Negra. Às 9h acontece uma solenidade na Praça da Liberdade, seguida por uma roda de capoeira. A premiação dos concursos de poesia e de desenho, promovidas pelo IMC, será às 10h. O público conta também com oficina de dança, concurso de beleza e apresentações locais. Com ampla programação, a celebração acontece durante todo o dia em outros locais da cidade, como Nogueira (no Centro Cultural) e na Posse (Praça CEU).

No domingo, último dia do evento, as atividades começam às 9h com oficinas de turbante, contação de história, apresentações locais e rodas de capoeira. O encerramento está previsto para às 17h.

Programação, organizada pela Dellarte, vai se estender até 9 de janeiro, com música, dança, teatro e atividades esportivas e recreativas

O Natal Imperial, em Petrópolis, será aberto no dia 2 de dezembro, com acionamento da iluminação e abertura da programação oficial. A data foi confirmada pela Prefeitura e pela Dellarte, empresa vencedora da licitação para organização da programação da festa, após aprovação do projeto de incentivo junto à Secretaria de Cultura e Economia Criativa. Significa que os custos da programação serão arcados por patrocinador, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura (uso de recursos de ICMS para investimento em ações culturais). A programação, que terá música, dança, teatro e atividades esportivas e recreativas, se estenderá até 9 de janeiro.

“Os detalhes da programação estão sendo definidos pela Dellarte, em conjunto com a Prefeitura, e serão divulgados em breve. O mais importante é que temos a garantia de uma programação de qualidade, com opções para todas as idades, totalmente custeada por um patrocinador que será divulgado em breve. É uma enorme conquista para a cidade! Esperamos dar aos petropolitanos momentos de alegria, de esperança. Momentos de lazer e entretenimento, que marquem o momento que vivemos. O avanço da vacinação contra a covid-19 nos permitiu chegar aqui e não podíamos deixar este momento passar em branco”, frisou o governo interino.

Presidente do Instituto Municipal de Cultura (IMC) celebrou a confirmação da aprovação do projeto e lembrou a importância do evento para a cidade. O Natal é um evento para os moradores e também os visitantes. Este respiro será importante, especialmente depois de tudo o que passamos em função da pandemia. Teremos uma vasta programação cultural, que está sendo preparada pela Dellarte com todo o carinho para o povo petropolitano", disse.

O CEO da Dellarte informou que a programação completa deve ser divulgada no dia 22 de novembro. “Estamos preparando tudo para oferecer ao público uma programação variada e que realmente marque este momento”, finalizou.

Petrópolis será a primeira cidade do Estado do Rio de Janeiro a receber o Circuito LER PARA VA-LER, organizado pela equipe da LER – O Festival do Leitor. De 13 a 20 de novembro, no Parque Municipal, em Itaipava, serão realizadas oficinas, debates, saraus, contações de histórias, teatro e atividades multiculturais. Encontros entre renomados autores e profissionais de diversas áreas também fazem parte da programação. O evento tem como objetivo fomentar a cultura e a literatura, especialmente, entre as crianças e adolescentes.

No primeiro dia, acontece um encontro com a escritora Marília Pirillo, além da narração de Histórias Indígenas, com Lucia Morais Tucuju. Também serão realizadas oficinas de passinho, com Passinho Petrópolis, e outra intitulada "Descobrindo que a vida não é só redes sociais", com biblioteca Comunitária Atelier das Palavras. Segundo os organizadores, o circuito oferece ao público uma programação multicultural reunindo autores e artistas em torno da paixão transformadora da literatura.

“O Circuito LER PARA VA-LER é grandioso, com ênfase na questão da cultura, da leitura, dos livros e contato com autores. É um evento de extrema importância para nossa rede de ensino nesse momento pós-pandemia, quando os alunos retornam as aulas presenciais. Essa parceria que se inicia é importante não só para os professores e alunos, mas também para a Educação do Estado do Rio de Janeiro”, diz o Secretário de Educação Estado do Rio de Janeiro.

“É a literatura contribuindo para uma rede de ensino mais integrada, levando para o interior uma programação que normalmente é privilegiada nas capitais. Acreditamos que a LER, seus autores e conteúdo, expressões culturais e artísticas contribuirão para o retorno dos alunos às escolas. Vamos usar o poder da leitura e da escrita para transformar a vida, a comunidade e a sociedade”, explica Jerônimo Vargas, diretor da LER.

A LER busca transformar cada local em que passa em uma “Vila Literária e Cultural”. Dessa maneira, os petropolitanos e os moradores dos municípios do entorno terão a oportunidade de conversar com escritores renomados e criadores de conteúdo, além de ter acesso a oficinas de escrita e leitura e apresentações diversas. Nomes da cena nacional estarão presentes, como Eduardo Bueno, Mary Del Priore, Jessé Andarilho, Eliana Alves Cruz, João Barone, Adriana Falcão, Luly Trigo, Braulio Tavares, Clara Alves, entre outros.

“Vamos percorrer cidades fluminenses, colocando a LER no mapa, e semeando cultura por onde passarmos”, diz Paula Taitelbaum, uma das curadoras do Circuito. Para Débora Thomé - autora de 50 Brasileiras Incríveis para conhecer antes de crescer e Mulheres e poder, cientista política e fundadora do primeiro bloco de carnaval feminista do Rio de Janeiro, Mulheres Rodadas – a chegada da LER ao interior do estado é um presente para meninas e meninos que poderão celebrar este encontro com a maravilha que são o livro e a leitura. “Foi numa sala de colégio de freiras do interior do Rio de Janeiro que li meus primeiros livros escondidos sob a carteira e escrevi meus primeiros textos. Não existia uma livraria na cidade”, conta.

Ainda segundo a organização, o circuito vai abraçar as 14 regiões do estado, ampliando o acesso às atividades multiculturais e investindo na formação de novos leitores, sobretudo crianças, adolescentes e jovens, além de valorizar alunos e professores fluminenses. São 14 regiões contempladas, 92 municípios envolvidos, durante 8 dias de eventos que focam em milhares de jovens e crianças do ensino médio, fundamental e básico, além de educadores e mediadores de leitura.

SERVIÇO:

Passaporte R$70,00
Diariamente serão divulgadas promoções para ampliar o acesso ao evento! Fique ligado! Acompanha nossas redes.

facebook LER - https://www.facebook.com/lersalaocarioca/

youtube LER - https://www.youtube.com/channel/UCoBLTGq1gjSgxKhkVNtT3ag

instagram LER - https://www.instagram.com/lersalaocarioca/

#vempraLER #LERjuntos #amoLER https://www.lersalaocarioca.com.br

As ocupações culturais urbanas é o assunto do "IMC nas Redes – Conversas Culturais" da próxima quarta-feira (10/11). O encontro virtual será transmitido nas redes sociais da prefeitura (Facebook e Youtube), às 19h, com a participação de André Foks, Bernardo Canela, DurangoKid e Emily Santos. A mediadora da roda de conversa on-line será a produtora cultural e funcionária do Instituto Municipal de Cultura (IMC).

André Foks é artista plástico, graffiteiro, designer gráfico e arquiteto. Atua no graffiti desde 1997. É formado em Designer de Interiores pelo SENAC- RJ, além de ser técnico em Artes Plásticas pelo Parque Lage. Também possui formação em Arquitetura pela Estácio Petrópolis. Já Bernardo 'Canela' Freitas, nascido e criado em Petrópolis, skatista há 10 anos, artista, professor de Inglês e formado em economia pela PUC-RJ, representante do coletivo #skatepetropolis.

Com 16 anos de atividades, DurangoKid, músico, MC e produtor cultural, é um nome consolidado na cena hiphop petropolitana, e também da Região Serrana. Estreou seu segundo álbum, DKMERON - Delírios Distópicos, este ano. Já produziu e co-fundou diversos eventos de Cultura de Rua na cidade, tais como Roda do CdC, Festival de Cultura Urbana e Roda Viva.

Emily é militante da Cultura, pelo direito das mulheres e dos jovens e, atualmente, ingressou na luta pelos direitos das mulheres mães. Participou do Movimento Estudantil da cidade pela Associação Petropolitana dos Estudantes e organizou o 1° bloco de carnaval estudantil e a Caravana Cultural da APE, durante a sua gestão na organização. Com poesias que falam sobre sua vivência como uma jovem, mãe, pobre e moradora de periferia.

Os prazos para inscrição nos dois concursos artísticos lembrando o Dia da Consciência Negra em Petrópolis foram prorrogados até a próxima quinta-feira (11/11). Com o tema “Diga não ao racismo”, a Prefeitura de Petrópolis está realizando os prêmios Literário de Poesia e o de Desenho, Ilustração e Pintura. Os dois regulamentos preveem premiação para os três primeiros colocados em cada concurso, que serão entregues no Dia da Consciência Negra, 20 de novembro, na Praça da Liberdade, em horário a ser informado pela organização.

O Prêmio Literário de Poesia será realizado em três categorias: infantil (até 12 anos), juvenil (de 13 aos 18 anos) e adulto (petropolitanos, moradores ou não de Petrópolis, ou moradores de Petrópolis nascidos em qualquer cidade). Os poemas devem ser enviados para o e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. , com assunto PRÊMIO LITERÁRIO – UBUNTU. Serão selecionados 10 trabalhos de cada categoria para serem apresentados em varal poético durante o evento.

Já o Prêmio de Desenho, Ilustração e Pintura será realizado na categoria infantil (de oito até 12 anos) e cada participante somente poderá se inscrever com um trabalho. O mesmo deverá ser entregue na recepção do Centro de Cultura Raul de Leoni, em envelope fechado, contendo no exterior o texto: Prêmio de desenho ilustração e pintura – Semana da Consciência Negra. Também serão selecionados 10 trabalhos para serem apresentados em exposição durante o evento.

Para outras informações, o interessado em participar pode entrar em contato pelo telefone: 2233-1212. "Nossa equipe está à disposição para mais esclarecimentos. É importante a participação popular para uma data tão importante no nosso calendário", disse o presidente do IMC.

Interessados em participar gratuitamente do evento tem até a próxima quarta-feira (10) para adesão

A Prefeitura de Petrópolis, por meio da Secretaria de Turismo, em parceria com o Conselho Municipal da Promoção da Igualdade Racial (COMPIR), realizará o Festival da Gastronomia Afro-Brasileira, entre os dias 17 e 21 de novembro, paralelamente à Ubuntu – Festa da Consciência Negra, que acontecerá na cidade no mesmo período. Será o quarto festival gastronômico realizado este ano (os outros três foram os da Bauernfest, Bunka-Sai e Serra Serata), com o objetivo de fomentar a economia da cidade, em especial à ligada ao segmento gastronômico no período de retomada.

Para isso, a TurisPetro estará recebendo, até o próximo dia 10 de novembro, inscrições de restaurantes e bares interessados em participar do festival, de forma totalmente gratuita, em uma das três categorias que serão oferecidas: pratos típicos, petiscos e somente delivery. As inscrições poderão ser realizadas pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou pelos telefones (24) 2246-9462 ou 2237-3321 (whatsapp do Disque Turismo).

Os interessados deverão solicitar uma ficha de cadastro a ser preenchida e enviada, assim como a logomarca do estabelecimento e três fotos dos pratos escolhidos para serem oferecidos no festival (que serão submetidos a uma curadoria do evento). Além disso, assinarão um termo de responsabilidade onde se comprometem, entre outras, a cumprir as exigências sanitárias ainda em vigor no município.

Uma das mais ricas e mais saborosas culinárias do mundo, a brasileira, tem suas origens em uma mistura das tradições indígenas, européias e africanas. Mas não há dúvida que a contribuição africana foi uma das mais importantes para a formação dos nossos hábitos alimentares. Durante o período da colonização, os comerciantes de escravos traziam os ingredientes (especiarias), os escravos traziam na memória os usos e os gostos de sua terra.

Atualmente, os pratos da cozinha de origem africana fazem parte da nossa alimentação, sendo saboreados no dia a dia das famílias e também nas festas populares. Os caldos, extraídos dos alimentos assados, misturados com farinha de mandioca (o pirão) ou com farinha de milho (o angu), são uma herança dos africanos. Podemos lembrar que da África também vieram ingredientes tão importantes como o coco e o café. O azeite de dendê e o uso de pimentas deram origem a diferentes comidas salgadas e doces.

Fazem parte dessa tradição receitas como o acarajé, o vatapá, o angu, o mingau, a pamonha e a canjica. Para terminar, não se pode deixar de mencionar um dos pratos favoritos do país: a feijoada, que também se originou nas senzalas. Enquanto as melhores carnes iam para a mesa dos senhores, os escravos ficavam com as sobras: pés e orelhas de porco, linguiça, carne-seca e outras partes eram misturados com feijão preto ou mulatinho e cozidos num grande caldeirão.

A única condição exigida para a participação no festival é que o estabelecimento ofereça um diferencial para moradores de Petrópolis nos dias 17 e 18 de novembro (quarta e quinta-feira, respectivamente), que pode ser um desconto, brinde ou cortesia em algum tipo de produto, a critério do participante. Em caso de dúvidas, poderá fazer contato através do telefone da Turispetro (24) 2246-9462, de segunda a sexta-feira, de 9h às 17h.

Encontro, que contou com a presença do governador Cláudio Castro e do senador Romário, foi realizado em Teresópolis

O governo interino participou hoje (05/11) do evento ‘Construindo um novo Estado do Rio’, promovido pela prefeitura de Teresópolis com o apoio do Mercoserra. O encontro, que contou com a presença do governador Cláudio Castro e do senador Romário, visou a integração e o fortalecimento da economia das cidades da Região Serrana do Estado do Rio de Janeiro. Outra novidade foi a presença de representantes dos municípios de Guapimirim e Areal, que passam a integrar também o Mercoserra.

A reunião teve como objetivo principal tratar do desenvolvimento turístico e econômico da Região Serrana. O governo interino, que esteve acompanhado dos secretários de Desenvolvimento Econômico, de Turismo e do presidente da Câmara, vereador Fred Procópio, ressaltou a importância da união entre os municípios.

"Essa integração entre os municípios fortalece a Região Serrana. Hoje nós temos diálogo com todas as prefeituras que integram o Mercoserra. Coloquei a cidade à disposição para que a gente possa avançar ainda mais no turismo e nas demais áreas", disse.

O governador do Estado do Rio de Janeiro destacou a importância do empreendedor em meio à crise causada pela pandemia. "Muita gente está segura em investir no nosso Estado. Isso é muito importante. A Região Serrana é muito próspera em diversas áreas e vamos fortalecer o investimento aqui. O mais importante é enxergarmos aqui essa integração entre os municípios, assim como o governo do Estado dialoga com todas as cidades do nosso Estado", disse.

Evento realizado no Copacabana Palace teve por objetivo conectar noivas aos fornecedores mais renomados do setor

A Prefeitura de Petrópolis esteve oficialmente representada no IC Week, evento realizado pela Revista Inesquecível Casamento, que aconteceu nesta quarta e quinta-feira (3 e 4/11) no Copacabana Palace, no Rio de Janeiro. A convite da Secretaria de Estado de Turismo (Setur-RJ), o secretário da Turispetro representou o município no dia inaugural, que teve também a presença do presidente da AssociEventos e do gerente administrativo do Petrópolis Convention & Visitors Bureau.

No IC Week, que já tem mais de 40 edições realizadas com enorme sucesso, além de exposições, acontecem mesas redondas, desfiles, palestras e talk shows, sempre com os melhores profissionais nacionais e internacionais. Lá as noivas se inspiram e conhecem as melhores tendências para o casamento, os profissionais lançam produtos e serviços novos e se relacionam com o mercado.

O governo interino destaca a importância da cidade como destino para o mercado de casamentos. "Há alguns anos que Petrópolis vem conquistando os noivos, como uma ótima opção para um destination wedding de fácil acesso. A qualidade e o profissionalismo dos nossos profissionais, além dos incomparáveis locais que temos a oferecer, fazem essa diferença. Importante participar de um evento deste porte nesse momento de retomada", disse.

"Todo esse potencial que temos a oferecer vem sendo amplamente divulgado nas feiras em que o município e toda a sua cadeia produtiva está sendo representada, como aconteceu recentemente na ação O Rio Continua Lindo. E perto!, que apresentou um pouco dos atrativos turísticos para vários destinos emissores de turismo para a nossa cidade", lembra o secretário de Turismo.

O subsecretário de Grandes Eventos do Estado destacou a presença de Petrópolis no evento. "São eventos como este que divulgam os destinos e fazem movimentar a cadeia produtiva de todo o estado, inclusive no interior. Petrópolis tem uma excelente infraestrutura de atendimento e a participação na IC Week foi importante para divulgar o trabalhos dos atrativos e profissionais da cidade", disse.

Vários profissionais de Petrópolis participaram do evento como expositores. Entre estes, a estilista Roberta Calazans, que mantém um ateliê no centro. Segundo ela, a participação no IC Week pode representar um divisor de águas para muitos profissionais do setor. "Mostrar o que Petrópolis tem a oferecer em eventos desse porte é fundamental. Tenho muitas clientes do Rio, que sobem a Serra em busca do meu ateliê. Isso é importante pois assim estou levando o nome de Petrópolis para onde minhas peças forem", destacou.

Também estiveram presentes a diretora admnistrativa da Turispetro, Marília Mills e a diretora da AssociEventos, Rosana Cândido. A proposta é levar o nome da cidade como um dos principais "Destination Wedding" no Estado, neste que é o mais elegante evento voltado a noivas de cunho nacional. O evento tem programação online até o dia 13 de novembro, que pode ser acompanhada pelo site www.icweekonline.com.br

Pagina 7 de 252