Centro Histórico vai receber programação gratuita com artistas da cena local 

Campeã do Carnaval carioca, Portela é uma das atrações da festa

A Praça da Liberdade, no coração de Petrópolis, vai se transformar em um grande palco para receber dois dias de arte e diversão na “Maratona Cultural”. A programação abre as comemorações dos 174 anos de Petrópolis. Nos dias 15 e 16, a Cidade Imperial vai se encher de música, teatro, dança e diversas manifestações valorizando um dos patrimônios do município, os artistas locais.  “Petrópolis e os petropolitanos serão presenteados com essa riqueza cultural nata dos artistas petropolitanos – talentos que são um diferencial da Cidade Imperial”, afirma o prefeito Bernardo Rossi.

Nomes como Taruíra, Tokaia, Gargamel Trio com participação da jovem Valentina, Dudu King, dança germânica e muito mais estão na programação gratuita. Mas não para por aí! O samba da campeã do Carnaval carioca 2017, a Portela, também está entre as atrações.

 “Estamos animados com a Maratona Cultural, que será um presente para o petropolitano que terá uma programação recheada para todos os gostos e idades com grandes nomes na nossa cena artística e cultural. E essa é a determinação do prefeito Bernardo Rossi, de resgatarmos nossos artistas valorizando o trabalho incrível que eles fazem. Somos berço de cultura e a classe artística é uma de nossas maiores riquezas”, frisou Leonardo Randolfo, diretor-presidente da Fundação de Cultura e Turismo, organizadora do evento.

São mais de 20 atrações contemplando todos os segmentos de cultura da cidade com shows musicais, apresentações de dança e teatro, rodas de leitura, contação de história, exibição de filmes, bate papos, palestras e intervenções artísticas. A programação musical tem João Felippe com seu samba; o rock de Gargamel Trio com participação de Valentina, participante do “The Voice Kids”; o jazz e blues de Dudu King; o chorinho do Taruíra; e o pop rock da banda Tokaia.

A programação terá, ainda, apresentação da Orquestra Ação pela Música do Brasil, Coral dos Canarinhos de Petrópolis, bandas marciais Wolney Aguiar e São José. Os espetáculos de dança Hip Boi e teatral “Circolando” também estão na “Maratona Cultural”. A programação dos segmentos de literatura e audiovisual será realizada em um dos equipamentos do município, o Centro de Cultura Raul de Leoni.

O samba da Portela vai encerrar o primeiro dia da programação da maratona embalando o público com o enredo campeão de 2017 “Quem nunca sentiu o corpo arrepiar ao ver esse rio passar”, entre outros sucessos da Escola de Samba, que tem o maior número de títulos - 22 vezes campeã. Completando a programação do aniversário da cidade acontece a entrega do Prêmio Maestro Guerra-Peixe de Cultura 2017 e shows com Leo Gandelman e Fafá de Belém, no Theatro D. Pedro, atrações do programa Sesi Cultural.      

PROGRAMAÇÃO MARATONA CULTURAL E 174 ANOS DE PETRÓPOLIS*

15 de março 

15h às 19h30: Feira de livros com a presença de autores e poetas petropolitanos 
Local: Centro de Cultura Raul de Leoni

15h - Roda de poesia
Local: Centro de Cultura Raul de Leoni

18h - Palestra “Do protagonista ao antagonista”, realizada pelo MiLEC sobre criação do personagem 
Local: Centro de Cultura Raul de Leoni

19h - Abertura Oficial da Maratona Cultural na Praça da Liberdade

19h30 - Gargamel Trio e participação especial da Valentina
Local: Praça da Liberdade

20h – Roda Cultural do CDC
Local: Rink Marowill

20h30 - João Felippe 
Local: Praça da Liberdade  

21h30 – Dança Local 
Local: Praça da Liberdade

22h – Portela
Local: Praça da Liberdade

16 de Março – Maratona Cultural / Aniversário de Petrópolis

9h - Aula de Tai Chi Chuan 
Local: Praça da Liberdade

9h a 12h30 - Atividades e performances de pintura em materiais diversos
Local: Coreto da Praça da Liberdade

9h45 – Aulão de Ritmos
Local: Praça da Liberdade

9h30 - Missa celebrada por Dom Gregório Paixão, com a participação do Coro e Orquestra da UCP
Local: Catedral São Pedro de Alcântara

10h - Dança folclórica germânica 
Local: Rink Marowill  

10h - Palestra “A contribuição da Cultura nas comunidades carentes”, por Catarina Santos 
Local: Centro de Cultura Raul de Leoni

10h30 - Homenagem a Júlio Frederico Koeler
Local: Monumento Koeler na Praça Princesa Isabel  

11h - Homenagem a D. Pedro II e corte de bolo do Aniversário de Petrópolis
Local: Praça D. Pedro  

11h – Circolando
Local: Praça da Liberdade   

11h30 - Contação de histórias 
Local: Centro de Cultura Raul de Leoni

12h - Orquestra Ação Social Pela Música do Brasil
Local: Praça da Liberdade

12h - Palestra “Trovas e Trovadores” com Roberto Francisco, presidente da União Brasileira dos trovadores 
Local: Centro de Cultura Raul de Leoni  

13h - Musical infantil “Quilombo Nossa Riqueza Imperial” 
Local: Rink Marowill

13h10 - Ritmos de Rua Dança Afro 
Local: Rink Marowill  

13h20 - Demonstração de capoeira, maculelê e puxada de rede 
Local: Rink Marowill  

13h40 - Roda de Samba e Jongo 
Local: Rink Marowill

14h - Coral das Meninas dos Canarinhos de Petrópolis 
Local: Praça da Liberdade

14h - Roda de poesia
Local: Centro de Cultura Raul de Leoni  

14h30 a 17h30 - Atividades e performances de pintura em materiais diversos 
Local: Coreto da Praça da Liberdade

15h - Bandas Marciais Wolney Aguiar e São José 
Local: Rink Marowill  

15h30 - Palestra “Do texto autoral à ilustração” com Rodrigo CB 
Local: Centro de Cultura Raul de Leoni

16h - Dudu King
Local: Praça da Liberdade

17h - Espetáculo Hip Boi 
Local: Praça da Liberdade

17h - Roda de leitura 
Local: Centro de Cultura Raul de Leoni

18h – Taruíra 
Local: Praça da Liberdade  

18h - Bate papo sobre “História do Cinema em Petrópolis”, com Aline Castella 
Local: Centro de Cultura Raul de Leoni

19h30 - Tokaia
Local: Praça da Liberdade

20h - Exibição “Cineclubes na Rua” - projeção de filmes em curta-metragem de diversos estilos cinematográficos 
Local: Centro de Cultura Raul de Leoni

15 a 18 de março

Deguste – Feira de Cervejas Artesanais Especial 174 anos de Petrópolis* 
Local: Praça Visconde de Mauá (Praça da Águia)

Apresentação do espetáculo “Petrópolis de Todos os Tempos” - todos os dias, às 20h, na fachada do Palácio Amarelo. O filme tem como diferencial a tecnologia de efeitos 3-D aplicados sobre a fachada do Palácio Amarelo, e reconta história de Petrópolis desde a chegada da Família Imperial até os dias de hoje.

* Horário de funcionamento: 15 e 17/03 de 18h às 22h e 16 e 18/03 de 11h às 22h.

17 de Março 

20h - Léo Gandelman – Realização: Sesi Cultural
Local: Theatro D. Pedro

18 de Março

20h – Entrega do Prêmio Maestro Guerra-Peixe de Cultura
Local: Theatro D. Pedro

23 de Março
20h - Fafá de Belém – Realização: Sesi Cultural
Local: Theatro D. Pedro

*Programação sujeita à alteração sem prévio aviso    

Parte da programação do Natal Imperial, a Praça Visconde de Mauá (Praça da Águia) recebe desta sexta-feira (06.12) até domingo (08) o “Natal Cervejeiro”. Uma parceria entre a Deguste e a Associação das Microcervejarias de Petrópolis (AMP), com o apoio da prefeitura, que vai reunir música, gastronomia, recreação infantil e, claro, cervejas artesanais. A feira, que é aberta ao público, ganhou uma decoração especial natalina.

Capital Estadual da Cerveja, o evento vai contar com a participação de 18 cervejarias. E, além deste fim de semana, o Natal Cervejeiro também funciona de 13 a 15 e de 20 a 22 de dezembro. Outras ações, como a pista de patinação no gelo, no Clube Petropolitano, e o Vale Encantado, em frente ao Palácio de Cristal, também acontecem no fim de semana.

Na Praça Visconde de Mauá, além das cervejarias que são o destaque da feira, também não vai faltar boa música. Nesta sexta, tem apresentação da banda Tokaia, às 20h30. No sábado (07), tem Double Three Project, às 14h; OitoZero às 17h; e S ou S às 20h30. No domingo, quem sobe ao palco é o Duo TPM às 15h; e Jompz às 19h. Por lá, o público também vai poder conferir os espetáculos de projeção mapeada na fachada da Câmara Municipal. Eles trazem modernas imagens em 3D e um vídeo com cenários de Natal. As exibições acontecem durante todo o Natal Imperial – até 12 de janeiro, sempre nas sextas-feiras e sábados, de 15 em 15 minutos, a partir de 19h até às 23h, e nos domingos das 19h às 21h.

O Natal Cervejeiro também realiza uma campanha de doação de sangue. “Os primeiros doadores ganharão um copo personalizado e um brinde exclusivo da Deguste”, explica Rodrigo Duarte, um dos organizadores da Deguste. A Campanha é uma parceria com o Banco de Sangue Santa Teresa, que fica na Rua Paulino Afonso, 477, no Bingen.

Setor cervejeiro em expansão

Com feiras mensais de produtores artesanais e a garantia de participação dos produtores em todos os principais eventos do município, o setor vem crescendo a cada ano e se tornando uma das mais recentes vocações da Cidade Imperial.

Ao todo, já são 24 marcas de cerveja produzidas em Petrópolis, três são grandes fábricas – Cidade Imperial, Bohemia (AmBev) e Grupo Petrópolis, e 21 artesanais, distribuídas entre fábricas (como a Duranz, BrewPoint, Odin, Real e Rocky Garden, por exemplo) e ciganas. Em 2018, só as microcervejarias produziram 1 milhão de litros da bebida que é uma das paixões dos brasileiros, com um investimento de R$ 10 milhões no setor, que emprega mais de 5 mil pessoas direta e indiretamente.

"Riscardo", produção vencedora da categoria Audiovisual do Prêmio Maestro Guerra Peixe de Cultura em 2012, abre o projeto "Glória" nesta terça-feira (16/03). O filme aborda assuntos como talento, esperança e destino. Bianca é uma atriz cuja carreira ainda não deslanchou. Para se manter, ela imita divas do cinema e trabalha como promotora de eventos. Sua sorte parece mudar quando Bianca faz uma audição e consegue o papel principal de uma grande produção internacional. Inspirado por sua personalidade e seu trabalho, o diretor do longa-metragem resolve transformar a protagonista em uma versão da própria Bianca. A criação é de Gustavo Pizzi. O curta estará disponível às 22h no canal do Youtube Cinema360graus.

"O projeto 'Glória' pretende exibir e dar visibilidade a produções audiovisuais indicadas e vencedoras na categoria Audiovisual do Prêmio Maestro Guerra Peixe de Cultura, incentivando e reconhecendo os trabalhos realizados ao longo da última década", explica Aline Castella, produtora do projeto. "Através de sessões online, disponibilizaremos 11 obras audiovisuais produzidas entre 2011 e 2019 de forma a ajudar a compor o imaginário petropolitano mostrado nas e através das obras", completa.

PROGRAMAÇÃO

16/03/2021- 22h- SESSÃO DE ABERTURA

"Riscado" de Gustavo Pizzi, 85’, 2011. VENCED0R 2012

Bianca é uma excelente atriz cuja carreira ainda não deslanchou. Para se manter, ela imita divas do cinema e trabalha como promotora de eventos. Sua sorte parece mudar quando Bianca faz uma audição e consegue o papel principal de uma grande produção internacional. Inspirado por sua personalidade e seu trabalho, o diretor do longa-metragem resolve transformar a protagonista em uma versão da própria Bianca. O filme aborda assuntos como talento, esperança e destino.

 

19/03/2021-22h- SESSÃO 1

"Hooji" de Marcello Quintella e Boynard, ficção, 17’40”, 2012. VENCEDOR 2013.

O dia de uma viúva preparando a celebração budista pela alma de seu marido – o “hooji”. Ela espera por seu casal de filhos, até que um misterioso telefonema muda tudo. Um conto sobre saudade, solidão e esperança. Livremente inspirado no haicai da morte do poeta japonês Umezawa Bokusui (1875-1914).

 

"O Acre em uma mesa de negociação" de Thiago Gomide, 14’53”, documentário, 2013. VENCEDOR 2014.

Os detalhes do acordo diplomático envolvendo o Brasil e a Bolívia, que originou a criação do território do Acre. A história, que envolve guerras, seringueiros, exércitos, corpos diplomáticos de ambos os países, teve fim no dia 17 de novembro de 1903, com a assinatura do Tratado de Petrópolis. Personagens como Rio Branco, Assis Brasil, Plácido de Castro e Claudio Pinilla estão envolvidos nessa trama.

 

"Petrópolis de todos os tempos", de Marcus Vinicius Freitas, videomapping, 12’55”, 2014. VENCEDOR 2015.

O vídeo mapping é uma técnica de projeções em 3D, executada com equipamento especial de última geração, que produz efeitos diferenciados de imagem e áudio. Com mais de 20 projeções realizadas, o roteiro propôs uma fantasia atemporal, uma aventura imaginária do mordomo Paulo Barbosa acompanhando o jovem Pedro II, numa viagem a Petrópolis dos dias de hoje. O jovem imperador se surpreende com as informações de Paulo Barbosa e com a eternização de sua imagem em nossa cidade.

 

"SoMa Virtual Reality Glasses" de Gregori Bastos, publicidade, 03’40”, 2019. VENCEDOR 2016.

E se fosse fácil ter locais ótimos para a prática do skate a qualquer momento? Em um presente alternativo um skatista frustrado com as opções que tinha para andar de skate na sua cidade descobre que uma loja local tinha a solução ideal para os seus problemas.

 

"Ordenha" de Diana Iliescu, ficção, 12’16”, 2016. VENCEDORA 2017.

Jovem garota prefere se alimentar de produtos cosméticos ao invés de viver uma ardente paixão. Ou Ordenha, os leites que alimentam uma mulher.


"Zikomo Zâmbia África" de Ricardo Braun, 30’, documentário, 2017. VENCEDOR 2018.

O modus vivendis ecológico de Naboye, uma comunidade no interior de Kafue. A dramática arena de vida selvagem do Parque Nacional de Mosi-oa-Tunya, incluindo as esplendorosas Cataratas de Victoria Falls no rio Zambeze, localizado entre a Zâmbia e o Zimbábue. E por fim a Reunião Internacional de Co-Design Summit realizada em Kafue e Naboye, que reuniu um grupo de designers, empresários e inovadores de diferentes países que trabalharam juntos na busca de soluções para nutrição infantil, saneamento, gestão da água, educação, manejo de pragas e produtos agregados de manga.

 

20/03/2021-22h-SESSÃO 2

"Halloween" de Dali e Gregori Bastos, vídeoclipe, 3”, 2019. INDICAD0 2020.

O clipe Halloween foi o primeiro desabafo de Dalí sobre o falecimento de sua irmã, Flora Müller, onde o artista buscou falar sobre isso sem que a motivação ficasse perceptível ao público desavisado. O clipe teve a participação do Pai do Dalí, Xykon, que atuou como o velho comendo macarrão. É uma co-relação da realidade e da ficção, sugerindo que a realidade é mais cruel que o cinema.

 

"Guarany- Eu sou o menino do Cinema Paradiso de Aline Castella", documentário, 16’, 2019. INDICADA 2020.

A história de Jacy Guarany pelas lentes de memória de seu filho Gilberto. De mecânico de aviões a produtor. De professor de Física a DJ. Arte e tecnologia costurando laços profundos na formação da cultura fluminense.

 

"Nos Jardins do Museu Imperial de Beatriz Galvão", documentário, 64”, 2019. INDICADA 2020.

O filme investiga e narra a história do Jardim do Imperador através das memórias de seus frequentadores, desde os ilustres moradores do Palácio Imperial do século XIX, às pessoas comuns.

 

"Rolezinho da Liberdade" de Lorran Kasesky, documentário, 08’32”, 2017. VENCEDOR 2020.

O filme aborda a realidade do movimento de ocupação da Praça da Liberdade, trazendo à tona a discussão do espaço público e a segregação sócio espacial.

A 10ª edição do Prêmio Maestro Guerra Peixe já tem sua lista de indicados. Contemplando petropolitanos ou moradores da cidade que mais se destacaram no cenário cultural em 2018, o prêmio é dividido em 11 categorias, sendo dez delas com quatro indicados e um vencedor. A única exceção é o “Notório Reconhecimento”, que avalia o conjunto da obra realizado ao longo dos anos e um único indicado é homenageado. Como tradição, a solenidade de entrega, organizada pela prefeitura por meio do Instituto Municipal de Cultura e Esportes (IMCE), acontece no dia 18 de março. A data escolhida presta uma homenagem ao dia de nascimento do patrono da premiação, o maestro, compositor e arranjador César Guerra-Peixe.

Para o “Notório Reconhecimento”, quem este ano leva a estatueta em bronze chamada de “Bandolim e Arte”, obra do artista visual Sérgio Cestari, é o ator, músico e locutor Reinaldo Gonzaga. Também já passaram pela homenagem nomes de peso do cenário nacional, como Leonardo Boff, Rodrigo Santoro, Lan, Ziraldo, Monáh Delacy e Myrian Dauelsberg. Os demais premiados só serão conhecidos no dia da festa.

A comissão julgadora que apurou o resultado durante todo o ano de 2018 foi formada pela artista plástica Elisabeth Ferraz; a bailarina, professora e coreografa Isabela Barenco; a jornalista, pesquisadora digital e professora Monica Winter; o jornalista e pesquisador musical Nelson Kuster; o artista plástico e animador cultural Paulo Campinho; o técnico em audiovisual e produtor cultural Rogério Avelino; o músico, compositor e ator Thiago Oliveira; o ator, artista plástico e cenógrafo Arthur Varella e o escritor, músico e professor Marcelo Fernandes. A premiação é coordenada pelo músico, ator e compositor Marco Aurêh.

Confira a lista de indicados:

1.Música Popular: Álcool 70; Alma Reggae; Dois no Samba; O Velho Blues.

2.Música Erudita: Coral Municipal de Petrópolis; Coral das Meninas e dos Meninos Canarinhos de Petrópolis (Réquiem de Mozart); Orquestra de Câmara de Petrópolis ASMB; Teatro Gregoriano Estrada Real.

3.Teatro: Cia de Teatro da UMEP (O Reino Enfeitiçado); Flávia Miranda (figurinos de O reino adormecido); Teatro Circense Andança (O Chororô do Rio); Trupe Inventada (O Grande Conscerto).

4.Dança: Ballet Heloísa Schanuel (The Fairy Doll);  Cia Corpoiesis (À flor da pele); Marcio Rodrigues (atuação 2018); Studio DNA (Mamma Mia).

5.Artes Visuais: Carolina Ponte e Pedro Varela (Diálogos); Josiana Oliveiras (Arvorecer); Novos Olhares (Coletiva); Projeto  Marcelo Lago e Grupo Açúcar (Diálogos).

6.Literatura: André Tavares (Todos os Pais do Mundo); Felipe Barenco (Dois, cinco, meia); José Afonso Vaz (Os Chinelos da Vó Mariquinha); Sylvio Adalberto (Sentir é Terno).

7.Comunicação: Arte e Cultura; Jornal de Itaipava; Um Programa e Tal.

8.Audiovisual: Carol Martins (Flores para quem está viva); Gustavo Pizzi (Benzinho); Milena Cafer e Mariana Diegues (Sexismo Insistente).

9.Produção Cultural: Deguste; Renata Garcia;  FEESPE;  Solstício do Som.

10.Categoria Especial: Concertos de Órgão da Catedral São Pedro de Alcântara; Museu da Cerveja; SESC; Televisual (30 anos).

11.Notório Reconhecimento: Reinaldo Gonzaga.

Festa continua nesse domingo (07.07)

Bolinho de aipim recheado, bolos, caldos, doces e programação cultural. Esses são os destaques da 12ª Festa do Aipim, que termina nesse domingo (07.07) com uma programação para todos os gostos. Realizada pela Associação dos produtores rurais do Bonfim, a atração ocorre na comunidade rural, Km 7 da Estrada do Bonfim, na quadra da região.

“A festa do Aipim é uma homenagem ao produto agrícola mais tradicional do Brasil. Faz parte da nossa gastronomia, cultura e até da tradição indígena, caiçara e de todo o povo brasileiro. Aqui no Bonfim muitos produtores rurais tem sua roça de aipim. Seja para a venda, seja para o consumo da família e ao resgatarmos a festa, mostramos o quanto o aipim é importante na nossa região”, contou o organizador do evento, Robson Silva.

Ainda segundo Robson, a comunidade está animada com a festa. “Tem delicias para todos os gostos e uma programação cultural para as crianças, um ótimo passeio para as famílias. Todos estão felizes com essa festa que representa a cultura agrícola da nossa região”, completou.

Gilvânia Maria Coelho mora no Bonfim desde que nasceu. Em sua barraca, os visitantes encontram o tradicional bolinho de aipim e, também, doces caseiros como suspiros, bolo de aipim, doce de casca de laranja e de limão, quindim e bala de coco.

“Essa festa é maravilhosa. Uma alegria imensa para a comunidade. Muitos moradores plantam aipim e produzem delicias a partir de produto tão rico. Eu e minha cunhada estamos apresentando, nessa barraca, tudo de bom que nossa família produz, com muito orgulho. Nossa comunidade fica realizada quando os visitantes apreciam nossos produtos e culinária”, contou.

A programação da 12ª Festa do Aipim continua nesse domingo. As vendas começam 12h e a partir das 14h, os visitantes poderão conferir, também, apresentações para a criança com o palhaço Piriri e Tatá Diversões. Está prevista uma oficina culinária e shows com Rony dos Teclados, Marcos Paulo e Banda e espetáculo do Teatro Andança. A entrada é franca.

“A festa exalta o aipim, um dos produtos produzidos com excelência na região do Bonfim. Ótima oportunidade para os petropolitanos conferirem de perto as delicias gastronômicas e a beleza natural da região”, explica o diretor do Departamento de Agricultura da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, José Maurício Soares.

A antiga Estação Ferroviária de Pedro do Rio, hoje Centro Cultural Celina de Oliveira Barbosa, está em festa. Administrado pela Prefeitura de Petrópolis, por meio da Fundação de Cultura e Turismo, o espaço completou 130 anos de existência no dia 9 de maio, e está promovendo grande programação comemorativa até dezembro, com exposições de artesanato e pintura, shows, espetáculos teatrais e de dança e saraus.

A abertura da programação foi realizada em grande estilo, com a apresentação da Banda Musical Euterpe no dia 7 de junho. Neste mês, no dia 25 de julho, às 19h, o Coral Tom e Voz cantará a Missa Gênesis,  dentro das comemorações de aniversário, com o flautista Roberto Simões como convidado especial. A missa em Ação de Graças será na Igreja Matriz de São Pedro, em Pedro do Rio, celebrada pelo Pároco Carlos Henrique.

O Centro Cultural oferece diversas atividades, como o Projeto Recriarte (oficina de artesanato com material reciclado, ministrada pela Prof.ª Hercília as segundas e quartas, a partir das 17h30), oficina de dança urbana (com a Prof.ª Vanessa Hocwart), aulas de informática, biblioteca, exposições e muitas outras.

A visitação fica aberta de segunda a sexta, das 9h às 17h, e aos sábados, das 10h às 12h. Os cursos e oficinas acontecem de segunda a sexta, das 9h às 22h, e aos sábados após as 12h acontecem exposições, shows e eventos da comunidade. A entrada é franca, e o centro fica na Rua Capitão José Leal, s/nº, Pedro do Rio. Mais informações pelo telefone 2246-9302 ou pelo email O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

História

Antigamente, Pedro do Rio era ponto de parada de tropeiros carregados de mercadorias com destino ao interior, até Minas Gerais. O lugar teve a sua evolução ligada à estação, local de embarque e desembarque de mercadorias e pessoas. Nos trens era embarcado o "ouro negro" proveniente das ricas fazendas de café da região.

A inauguração da estação foi realizada com presença do Imperador D. Pedro II e da Imperatriz Teresa Cristina, em 9 de maio de 1885. O casal imperial hospedou-se no Hotel Royal próximo à estação e participou de uma bela festa com banquete oferecido pela companhia União e Indústria.

A ferrovia dinamizou o escoamento da produção, até então feito em sacas carregadas a lombo de burro, ao longo da Estrada Mineira, hoje Monsenhor João de Deus Rodrigues. Apenas na safra de 1858/1859, 400 mil sacas de café foram despachadas para embarque, através desse antigo recurso. Com o trem, esse número foi triplicado.

A estação foi fechada em 5 de novembro de 1964, com a supressão da linha nessa data. Em 2003 ela foi resgatada pelo governo do prefeito Rubens Bomtempo como Centro Cultural Celina de Oliveira Barbosa, educadora e articuladora da Educação e Cultura do 4º Distrito.

O tema deste ano da 13ª Semana Nacional de Museus é “Museus para uma sociedade sustentável”, de 18 a 24 de maio, quando participam museus brasileiros e outras entidades culturais. A Prefeitura de Petrópolis, por meio da Fundação de Cultura e Turismo, participa da programação com seus museus e demais espaços culturais, como a Biblioteca Central Municipal Gabriela Mistral, que este ano também toma parte neste movimento exibindo espetáculo da Cia Teatral Língua de Trapo e leitura dramatizada do Projeto Paiol de Histórias, além da exposição de seu acervo voltado para a temática da sustentabilidade.

A Semana de Museus é responsável pelo aumento de mais de 100% do público nos museus do país durante sua realização. O intuito é aumentar o número de visitantes, bem como proporcionar maior visibilidade das instituições participantes chamando, assim, a comunidade a refletir, discutir e trocar experiências sobre o tema sugerido pelo ICOM (Conselho Internacional de Museus). Organizada pelo IBRAM – Instituto Brasileiro de Museus, esta temporada acontece anualmente para comemorar o Dia Internacional de Museus, 18 de maio.

A programação nos museus e espaços culturais da cidade está recheada de exposições diversas de artes, artesanato e acervo bibliotecário, palestras, espetáculo de teatro de bonecos, filmes diversos e leitura dramatizada de contos e poesias. Atualmente 1378 instituições culturais participam da Semana de Museus, num total de 4.500 atividades, sendo a maior ação em âmbito mundial comemorativa do Dia Internacional de Museus. O tema deste ano “Museus para uma sociedade sustentável”, foi escolhido com o objetivo de enfatizar a importância de uma maior conscientização da ação do homem sobre o planeta e reforçar a necessidade de alinhar o modelo econômico e social do país à perspectiva da continuidade e inovação. Os links da divulgação são: http://www.museus.gov.br/ibram-divulga-programacao-completa-da-13a-semana-de-museus/ e http://www.museus.gov.br/wp-content/uploads/2015/04/Guia-13-SNM.pdf

PROGRAMAÇÃO DA 13ª SEMANA NACIONAL DE MUSEUS - PETRÓPOLIS

A CASA - MUSEU DO ARTESANATO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

RUA CORONEL VEIGA, 1734 - CASA - CENTRO

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. Tel: (24) 3111-4944 (21) 9991-81887

- 18/12/2015 a 24/12/2015 - 11h às 17h

EXPOSIÇÃO - composta por obras de artesanato do grupo “Nós do ponto chic”, através do total reaproveitamento do material de malotes bancários.

- 22/12/2015 a 24/12/2015 - 14h às 16h

OFICINA - Junto com o grupo “Nós do Ponto Chic”, o artista plástico, designer e criador do museu Cocco Barçante realizarão oficinas dentro da temática do museu, reaproveitamento de materiais e sustentabilidade

- 23/12/2015 - 13h às 15h PALESTRA - Realizada pelo artista e designer Cocco Barçante referente ao tema “design sustentável”.

CENTRO CULTURAL CELINA DE OLIVEIRA BARBOSA- CENTRO CULTURAL ESTAÇÃO DE PEDRO DO RIO

RUA CAPITÃO JOSÉ LEAL, S/Nº - PEDRO DO RIO O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. Tel: (24) 2246-9302 (24) 2233-1200

- 18/05/2015 a 22/05/2015 - 09h às 22h

VISITAÇÃO ao Centro Cultural Estação Ferroviária de Pedro do Rio. Oferece biblioteca, sala de informática e cursos. No segundo andar, a Sala de Artes Lan abriga exposições, shows e sessões de cinema.

- 20/05/2015 - 14h às 15h

ESPETÁCULO TEATRAL: a Cia Teatral Língua de Trapo - Ponto de Cultura fará uma apresentação de teatros de bonecos e muita música no Centro Cultural, enfatizando a importância de preservar o meio ambiente.

- 23/05/2015 - 09h às 17h

VISITAÇÃO ao Centro Cultural Estação Ferroviária de Pedro do Rio. Oferece biblioteca, sala de informática e cursos. No segundo andar, a Sala de Artes Lan abriga exposições, shows e sessões de cinema.

CENTRO CULTURAL VEREADORA WILMA BORSATO - ESTAÇÃO DE TREM DE CASCATINHA

RUA HYVIO NALIATO, S/Nº - CASCATINHA O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. Tel: (24) 2233-1200 (24) 2233-1217

- 23/05/2015 - 10h às 11h

ESPETÁCULO TEATRAL: a Cia Teatral Língua de Trapo - Ponto de Cultura fará uma apresentação de teatro de bonecos e muita música no Centro Cultural e na praça, enfatizando a importância de preservar o meio ambiente.

- 23/05/2015 e 24/05/2015 - 10h às 15h

VISITAÇÃO ao Centro Cultural Estação Ferroviária de Cascatinha, a qual enfatiza a grande influência da imigração italiana em Petrópolis.

CENTRO DE ARTES E ESPORTES UNIFICADOS (CEU) DA POSSE

ESTRADA UNIÃO E INDÚSTRIA, S/N - POSSE O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. Tel: (24) 2233-1200 (04) 2233-1217

- 21/05/2015 - 14h às 15h

ESPETÁCULO TEATRAL: a Cia Teatral Língua de Trapo - Ponto de Cultura fará uma apresentação de teatro de bonecos e muita música no Centro Cultural, enfatizando a importância de preservar o meio ambiente.

CENTRO DE CULTURA RAUL DE LEONI

PRAÇA VISCONDE DE MAUÁ, 305 - CENTRO O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. Tel: (24) 2233-1228 (24) 2233-1200

- 18/05/2015 - 09h às 10h

ESPETÁCULO TEATRAL: a Cia Teatral Língua de Trapo - Ponto de Cultura fará uma apresentação de teatro de bonecos e muita música na Biblioteca Municipal Central Gabriela Mistral, enfatizando a importância de preservar o meio ambiente.

- 18/05/2015 - 19h às 21h

EXIBIÇÃO DE FILME - na Sala Humberto Mauro. Capacidade: 56 lugares. Entrada franca. Filme: Lixo Extraordinário. Documentário. Direção: Lucy Walker, João Jardim, Karen Harley. Reino Unido/ Brasil, 2010. Faixa etária: 15 anos.

- 18/05/2015 a 22/05/2015 - 08h às 18h30 VISITAÇÃO - Para incentivar a leitura, a Biblioteca Municipal Central Gabriela Mistral está aberta ao público com exposição de livros e vídeos voltados para a temática da sustentabilidade à disposição de todos.

- 19/05/2015 - 19h às 21h EXIBIÇÃO DE FILME - Na Sala Humberto Mauro. Capacidade: 56 lugares. Entrada franca. Filme: Uma verdade inconveniente. Documentário. Direção: Davis Guggenheim. EUA, 2006. Faixa etária 12 anos.

- 19/05/2015 a 23/05/2015 - 10h às 17h

EXPOSIÇÕES diversas de artes visuais e artesanato nas galerias Van Dijk, Aloysio Magalhães, Djanira e Espaço Alternativo.

    1.Exposição Ancestralidades. Pinturas de Carmem Teresa Elias. De 09/05/2015 a 07/06/2015. Galeria Aloísio Magalhães.
    2.Exposição Preto-Branco-Cinza. Coletiva de artistas. De 09 a 31 de maio de 2015. Galeria Djanira.
    3.Exposição Nada se perde tudo se reclicla. Zé Filho arte reciclada. De 09 de maio a 02 de junho de 2015. Galeria Van Dijk.
    4.Exposição fotográfica Perspektiva. Coletiva de artistas. De 09 de maio a 07 de junho de 2015.

- 20/05/2015 - 19h às 21h

EXIBIÇÃO DE FILME - Na Sala Humberto Mauro. Capacidade: 56 lugares. Entrada franca. Filme: Wall-E. Animação. Produção: Pixar Animation Studios. EUA, 2008. Faixa etária livre.

- 21/05/2015 – 14h30

ESPETÁCULO TEATRAL - Em comemoração ao dia da Língua Nacional, 21 de maio, a Biblioteca Municipal Central Gabriela Mistral em conjunto com o Projeto Paiol de Histórias da Fundação Cultural Lygia Bojunga, fará leitura dramatizada de contos e poesia de diversos autores de língua portuguesa.

- 21/05/2015 - 19h às 21h

EXIBIÇÃO DE FILME - Na Sala Humberto Mauro. Capacidade: 56 lugares. Entrada franca. Filme: O dia depois do amanhã. Ação/ aventura/ ficção científica. Direção: Roland Emmerich. EUA, 2004. Faixa etária 14 anos.

- 22/05/2015 - 19h às 21h

EXIBIÇÃO DE FILME - Na Sala Humberto Mauro. Capacidade: 56 lugares. Entrada franca. Filme: A última hora. Documentário. Produção: Leonardo DiCaprio. EUA, 2007. Faixa etária livre.

- 23/05/2015 - 17h às 19h EXIBIÇÃO DE FILME - Na Sala Humberto Mauro. Capacidade: 56 lugares. Entrada franca. Filme: Os sem-floresta. Animação. Direção: Tim Johnson, Karey Kirkpatrick. EUA, 2006. Faixa etária livre.

- 23/05/2015 - 08h às 12h

VISITAÇÃO - Para incentivar a leitura, a Biblioteca Municipal Central Gabriela Mistral está aberta ao público com exposição de livros e vídeos voltados para a temática da sustentabilidade à disposição de todos.

CERVEJARIA BOHEMIA

RUA ALFREDO PACHÁ, 166 - CENTRO O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. Tel: (24) 3064-9127 (24) 2237-2546

- 19/05/2015 a 24/05/2015 CURSO de Degustação de Cervejas e Tour Interativo na Cervejaria Bohemia com valor promocional de R$ 59,00 por pessoa (mediante disponibilidade). Inscrições: (24) 3064-9127.

- 19/05/2015 a 24/05/2015 EXPOSIÇÃO de fotografias, com entrada gratuita.

MUSEU CASA DE SANTOS DUMONT

RUA DO ENCANTO, 22 - CENTRO O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. Tel: (24) 2247-5222

- 19/05/2015 a 24/05/2015 - 09h às 17h30

EXIBIÇÃO do filme “Bem-vindo à Encantada”, duração de 12 minutos, que fala sobre a vida e obra de Alberto Santos Dumont.

- 19/05/2015 a 22/05/2015 - 14h às 15h30

OFICINA - O Museu convida as escolas da região para oficinas de brinquedos com materiais recicláveis, a partir das invenções de Santos Dumont.

- 19/05/2015 a 24/05/2015 - 09h às 17h30

VISITA GUIADA ao Museu Casa de Santos Dumont e ao Centro Cultural 14 Bis.

- 23/05/2015 e 24/05/2015 - 10h às 16h30

ESPETÁCULO TEATRAL - Santos Dumont, interpretado pelo ator petropolitano Sylvio Costa, receberá os visitantes e contará desde seus sonhos de voar até a ideia de construir sua casa peculiar.

MUSEU CASA DO COLONO

RUA CRISTOVÃO COLOMBO, 1034 - CASTELÂNEA O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. Tel: (24) 2247-3715 (24) 2233-1200

- 19/05/2015 a 22/05/2015 - 09h às 10h

OFICINAS com artesãs do Fórum de Economia Popular Solidária de Petrópolis, exaltando as influências germânicas na formação cultural da cidade, a partir da técnica de costura, fuxico e materiais recicláveis.

- 19/05/2015 a 24/05/2015 - 08h30 às 16h VISITA GUIADA ao Museu Casa do Colono.

MUSEU FERROVIÁRIO DE PETRÓPOLIS - CENTRO CULTURAL ESTAÇÃO NOGUEIRA

AV LEOPOLDINA - PRAÇA DE NOGUEIRA, 317 - NOGUEIRA O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. Tel: (24) 2221-5408 (24) 2233-1200

- 19/05/2015 - 09h às 10h ESPETÁCULO TEATRAL: a Cia Teatral Língua de Trapo - Ponto de Cultura fará uma apresentação de teatros de bonecos e muita música no Centro Cultural, enfatizando a importância de preservar o meio ambiente.

- 19/05/2015 a 23/05/2015 - 09h às 17h VISITA GUIADA - Visitação ao Museu do Trem e as Exposições diversas no Centro Cultural Estação Nogueira.

- 24/05/2015 - 09h às 13h VISITA GUIADA - Visitação ao Museu do Trem e as Exposições diversas no Centro Cultural Estação Nogueira.

- 25/04/2015 a 30/05/2015 - 09h às 17h

VISITAÇÃO - Em comemoração ao Dia do Ferroviário (30 de abril), o Centro Cultural Estação Nogueira, em parceria com a Associação Fluminense de Preservação Ferroviária de Petrópolis, realizará diversas atividades.

MUSEU IMPERIAL

RUA DA IMPERIATRIZ, 220 - CENTRO O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. Tel: (24) 2233-0300 (24) 2233-0362

- 18/05/2015 a 20/05/2015 - 09h às 18h CURSO de Atualização para Guias de Turismo, alunos do Curso de Turismo e participantes do Curso de Especialização para educadores de HGTP-ET do Projeto de Sensibilização Turística DO COMTUR/CEFET.

- 18/05/2015 - 10h às 12h MESA REDONDA - “Museus para uma sociedade sustentável”, com palestrantes convidados para debater sobre sustentabilidade ambiental, econômica e sóciocultural. Mediação: Maurício Vicente Ferreira Jr. e Lara Sayão.

- 18/05/2015 a 22/05/2015 - 09h às 18h II FEIRA de Troca de Livros. Local: Biblioteca do Museu Imperial

- 19/05/2015 - 14h30 às 15h30 AÇÃO EDUCATIVA - Contação de história da obra “O Livro do Planeta Terra”, de Todd Parr, seguida de exploração do acervo da Biblioteca Rocambole. Atividade para grupos escolares previamente agendados em (24) 2233 0345

- 19/05/2015 a 24/05/2015 - 11h às 18h EXPOSIÇÃO - “Iconografia Petropolitana”. Local: Galeria Petrópolis. Entrada franca para moradores de Petrópolis

- 20/05/2015 - 14h30 às 15h30 AÇÃO EDUCATIVA - Contação de história da obra “Água Viva”, de Ana Maria de Andrade, seguida de exploração do acervo da Biblioteca Rocambole. Para grupos escolares previamente agendados (24) 2233 0345

- 20/05/2015 a 23/05/2015 - 18h30 às 19h15 ESPETÁCULO TEATRAL - Um Sarau Imperial Promocional. Local: Cinetrato Museu Imperial. Ingresso: R$ 5,00 para todos.

- 20/05/2015 - 18h30 às 19h15 ESPETÁCULO TEATRAL - Um Sarau Imperial especial para os participantes do Curso de Guias e para o público petropolitano.

- 20/05/2015 a 23/05/2015 - 20h às 20h45 ESPETÁCULO Som e Luz Museu Imperial Promocional. Local: Jardim do Museu Imperial. Ingresso: R$ 5,00 para todos

- 21/05/2015 - 14h30 às 15h30 AÇÃO EDUCATIVA - Contação de história da obra “O Livro das Origens”, de José Arrabal, seguida de oficina criativa inspirada na obra literária. Para grupos escolares previamente agendados em (24) 2233 034.

- 21/05/2015 - 14h às 20h45 AÇÃO EDUCATIVA - O Museu Imperial recebe 30 adolescentes amparados pelo Departamento de Proteção Especial do CRAS/SETRAC. Atividades educativas, visita mediada, Um Sarau Imperial e espetáculo Som e Luz Especial.

- 21/05/2015 e 22/05/2015 - 15h30 às 17h AÇÃO EDUCATIVA - Projeto Petrópolis: Memórias da Educação em Petrópolis. Local: Sala de Atividades do setor de Educação e Palácio. Gratuito. Para grupos escolares previamente agendados em (24) 2233 0345.

- 21/05/2015 - 10h às 12h OFICINA de Leitura Mediada com Francisca Valle e Lara Sayão. Leitura mediada de texto de Lígia Bojunga em comemoração aos 450 anos da cidade do Rio de Janeiro. 22/05/2015 - 11h às 12h30 AÇÃO EDUCATIVA - Projeto Petrópolis: Memórias da Educação em Petrópolis. Especial para filhos dos funcionários do Museu Imperial.

- 22/05/2015 - 08h às 09h MEDITAÇÃO com Miguel Berredo. Local: varanda da ala Esquerda do Palácio. Entrada franca

- 23/05/2015 - 09h às 12h I JORNADA Artística do Museu Imperial. Palestra sobre criação artística e oficinas de aquarela e fotografia “O Museu Imperial e seu entorno”. Local: cineteatro e jardins. Entrada franca.

- 24/05/2015 - 09h30 às 10h30-Todo dia é dia de Ioga. Local: Jardim da ala esquerda do Palácio. Entrada franca

- 24/05/2015 - 16h às 17h30- III Concerto da Temporada 2015: Conjunto Anima e Cuore, Orquestra e Coro da universidade Católica de Petrópolis. Regência: Maestro Antônio Gastão. Local: Cineteatro Museu Imperial. Entrada franca.

Programação cultural acontece durante todo mês de dezembro na rua, com chegada do Papai Noel, desfiles, shows e personagens

O clima de Natal já começou a tomar conta da Rua 16 de Março com o início da instalação das decorações nas calçadas e vitrines de lojas, nesta quinta-feira (16.11). Com tema retrô, os enfeites estarão por toda rua e trarão ainda mais encantamento somado à novidade do ano: o túnel de luzes – que será montado junto com a iluminação especial do Natal Imperial. No final de novembro e durante todo o mês de dezembro, a 16 também contará com uma vasta programação cultural, com chegada do Papai Noel, desfiles, shows e personagens, além do funcionamento em horários especiais nas lojas aos sábados e domingos.

Com os atrativos e decorações, que estarão pelas lojas de toda cidade, a expectativa do comércio é faturar 20% a mais do que no ano passado. O Natal Imperial, que em 2017 será realizado graças a uma parceria entre iniciativa privada e poder público, está estimulando que moradores e empresários abracem a idéia, para que toda programação e decoração nos quatro cantos da cidade seja um incentivo para o turismo, um dos principais pilares da economia de Petrópolis.          

Na Rua 16 de Março, empresários de 88 lojas que fazem parte do “Projeto 16” estão empenhados em realizar um Natal nunca visto na rua. “Todos estamos muito empolgados e já começamos a sentir os reflexos desses movimentos que estamos fazendo na economia”, explica a empresária Célia D’Azevedo. A abertura da programação acontece no dia 25 de novembro, durante toda a tarde, com chegada do Papai Noel, desfile, apresentação de banda marcial e personagens na rua. “Também terá muita música durante todo período de Natal. Com outras ações que já estamos fazendo na rua, nossa idéia é transformar a 16 em um verdadeiro corredor cultural”, completa o empresário Heitor Carneiro, lembrando que a Rua Alencar Lima também faz parte do movimento.

Destaque da iluminação da cidade, a 16 de Março vai receber um túnel de luzes ao longo da rua, que completará a decoração. Para o diretor-presidente do Instituto de Cultura e Esportes, Leonardo Randolfo, a parceria entre a prefeitura e empresários será fundamental para realizar o Natal mais bonito dos últimos anos.

“A sociedade civil organizada, comércio, todos se uniram e estão investindo para que a gente possa deixar a cidade mais atrativa para o turista e, com isso, gerar emprego e renda. Essa é a cara do Natal Imperial”, frisa.

As celebrações dos 174 anos de Petrópolis começaram oficialmente na noite de quarta-feira (15.03) com a abertura da primeira Maratona Cultural, na Praça da Liberdade. O local ficou repleto com mais de quatro horas de apresentações de vários estilos e artistas culminando com a bateria e passistas da escola de samba Portela, a última atração da noite.

“Celebramos o aniversário da cidade privilegiando o petropolitano e o artista local. São mais de 40 eventos na Maratona que vai ser a primeira de muitas edições. Nossos artistas são um dos muitos patrimônios que a Cidade Imperial tem e deve valorizar sempre”, afirma o prefeito Bernardo Rossi.

Leonardo Randolfo, presidente da Fundação de Cultura e Turismo, organizadora do evento, frisa que a Maratona Cultural é resultado do diálogo entre os segmentos do Conselho Municipal de Cultura e o poder público, que faz questão de priorizar nossos artistas locais em dois dias repletos de atividades. “Com certeza é um aniversário especial para Petrópolis em uma comemoração feita pelos seus artistas”.

O primeiro dia de atrações reuniu plateia para todos os gostos e público, principalmente as famílias que aprovaram a iniciativa da Maratona Cultural. Foi o caso da família Azevedo, que foi em peso curtir as atrações.

“Gostamos muito, pois tem bastante coisa para fazer e para agradar todo mundo. Tem dança e teatro, que gosto muito, várias bandas da cidade, o “aulão” de ritmos que me interessa”, disse a estudante Clara, de 15 anos, que estava acompanhada da avó de 85 anos. O irmão, de 12 anos, concorda e aguardava ansioso sua escola de coração. “A programação está bem legal, com atividades de pintura amanhã, e principalmente porque tem a minha Portela”, comemorou Daniel. A mãe, a recepcionista Margarida, de 55 anos, parabenizou a iniciativa, que reuniu atividades para toda a família. “Realmente foi uma excelente ideia essa programação com artistas aqui de Petrópolis”, disse a petropolitana.

A abertura do evento contou ainda com a presença de autoridades, como o deputado estadual Marcus Vinícius e o comandante do 26º Batalhão de Polícia Militar, Eduardo Vaz Castelano.

Música, literatura e dança marcam o primeiro dia da festa

Figura conhecida na cena petropolitana, Gargamel Trio levantou a galera com classic rock abrindo a programação musical no palco principal. Ele embalou o público com versões de músicas internacionais e algumas homenagens a um dos grandes nomes do blues brasileiro, Celso Blues Boy. O show contou, ainda, com a participação especial da jovem Valentina, participante do programa   “The VoiceKids”, que encantou o público com seu carisma e mostrou a potente voz que conquistou os jurados da atração global.

No palco lateral, o som instrumental de João Felippe Quarteto atraiu o público, que logo após foi surpreendido pelo Flash Mob apresentado pelo segmento de dança. O grupo ainda cativou a plateia com diversas coreografias de várias academias e estúdios da cidade. A cultura urbana também marcou presença com batalha de rima e mostrou sua arte no RinkMarowill.

A noite foi encerrada em grande estilo com a grande campeã do Carnaval carioca desse ano, a Portela. A Escola de Samba trouxe para a Serra toda a animação que contagiou a Sapucaí com o enredo “Quem nunca sentiu o corpo arrepiar ao ver esse rio passar”, entre outros sucessos da Escola de Samba, que tem o maior número de títulos - 22 vezes campeã.

Antes da programação musical, na Praça da Liberdade, teve atividade do segmento de Literatura no Centro de Cultura Raul de Leoni. A criançada conferiu na Sala Cine Humberto Mauro a contação de histórias com a Vovó Carolina, interpretada pela atriz Mery de Souza.  A Sala Sylvia Orthoff foi palco para a Roda de Poesia e durante toda a tarde o público pode conferir lançamentos e obras de autores nacionais e petropolitanos na Feira de Livro que foi montada no Espaço Alternativo.

 

O Teatro Afonso Arinos, no Centro de Cultura Raul de Leoni, recebe o 17° Concurso de Cordas Paulo Bosísio - Versão Violinos, nos dias 19 e 20 de novembro, organizado pela Universidade Católica de Petrópolis (UCP). Cerca de 20 músicos, de diferentes lugares do país, estão inscritos. Além de premiar os melhores, o objetivo do concurso é incentivar aqueles que se dedicam ao estudo do instrumento de cordas, descobrir novos valores, estimular a participação em orquestras e grupos de música de câmara e promover intercâmbio entre os jovens instrumentistas do país.

O concurso, que já é tradicional, começou no Rio de Janeiro produzido por professores e ex-alunos de Paulo Bosísio, um dos violinistas mais consagrados do país, que já solou com todas as orquestras importantes do cenário musical no Brasil. Ele acompanhará os dois dias de audições, que começam sempre às 8h.

 “É importante o Instituto de Cultura apoiar essa iniciativa, trazendo um dos grandes mestres do violino, que é o Paulo Bosísio, e inserindo Petrópolis nesse grande circuito. Que isso possa servir de incentivo para aqueles que na cidade estudam e praticam esse instrumento”, frisa o diretor-presidente do Instituto Municipal de Cultura e Esportes, Leonardo Randolfo.

Por precisarem de máxima concentração, as apresentações dos candidatos não são abertas ao público. Esta é a segunda vez que a cidade recebe o evento organizado pela UCP.

“O mais importante será o contato que os músicos vão ter entre eles, que irão fazer uma troca entre si. Pessoas do Brasil inteiro se inscreveram. O concurso veio para estimular novos talentos”, explica o maestro Marcelo Vizani, diretor da Escola de Música da UCP.

Pagina 8 de 244