Ação faz parte do projeto Asas da Imaginação e tem a proposta de difundir a arte entre os visitantes do equipamento público

Dez artistas petropolitanos estarão no Parque Cremerie no próximo sábado (06/11), a partir das 10h, utilizando os cenários naturais do equipamento público municipal como inspiração para a criação ao vivo de suas obras. A ação faz parte do projeto Asas da Imaginação, que foi idealizado pela artista plástica Vivi Gamarano, e tem o objetivo de integrar profissionais das artes plásticas com a inspiradora natureza que a cidade possui.

"Achamos ótima a ideia de oferecer mais essa atração cultural no Cremerie, que já vem tendo uma série de atividades nos fins de semana, sempre em parceria com a sociedade civil. Será uma oportunidade para uma troca de experiências e para que cada artista possa mostrar o seu trabalho à população, que muitas vezes não conhece tudo o que é produzido no local", destaca o governo interino.

De acordo com o secretário de Turismo, o grupo de artistas, liderado por Vivi Gamarano, procurou a pasta interessado na utilização do Parque para a realização da apresentação. "Uma boa oportunidade também para interagir com as crianças. Posteriormente, o grupo pode voltar a se reunir para organizar coletivas, exposições e mostras no local", disse.

"Nossa proposta é fazer uma imersão no mundo da pintura, promovendo a interação não só com os artistas participantes, mas também com o público de todas as idades que estiverem visitando o parque na data. As pessoas terão a oportunidade de conhecer um pouco sobre a criação artística e, certamente, irão contribuir com a divulgação de talentosos profissionais que temos em Petrópolis", explicou Vivi Gamarano.

Além dela, que desenvolve a técnica acrílica sobre tela, participarão da ação Adriana Saory (acrílica sobre tela), André Gross (óleo sobre tela), Fernanda Fonseca (pintura em porcelana), IGGA (acrílica sobre tela), Letícia Belém (pintura com lápis pastel), Saulo Thomaz (acrílica e posca sobre tela), Simões (óleo sobre tela) e Verônica Mageste (aquarela e artes em papel).

A fotógrafa Carol Sardinha, também integrante da ação, documentará tudo para que os artistas possam depois divulgar o Asas da Imaginação em suas respectivas redes sociais, registrando a experiência e os cenários que o Parque Cremerie oferece. Os artistas levarão também algumas peças já prontas, realizando uma verdadeira exposição coletiva ao ar livre.

"Com essa quantidade de artistas será uma experiência inédita do projeto. Já fizemos uma ação inicial no Parque Natural da Ipiranga e o resultado foi muito positivo. Vamos torcer agora para que o tempo esteja bom e que o público possa aproveitar essa oportunidade", destaca Vivi Gamarano, que acredita que esta ação trará um grande incentivo para a atividade transformadora que é a arte.

Alunos da rede municipal assistiram nesta quarta e quinta-feira (3 e 4) o espetáculo teatral “Plantou Palavra, Colheu Poesia” com a atriz Daniele Yanes, a narizinho do Sítio do Pica Pau Amarelo. A apresentação aconteceu no Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU) da Posse. O projeto conta também com duas oficinas de Teatro Literatura Brincante para profissionais da rede municipal de ensino, que acontecem nesta sexta (5).

As três apresentações, todas gratuitas, aconteceram no anfiteatro do CEU da Posse e contou com a presença de cerca de 150 crianças, respeitando todas as medidas sanitárias neste momento de pandemia da covid-19 (com espaçamento entre os alunos, o uso de máscara e do álcool em gel). As oficinas, que também são gratuitas, serão ministradas para 60 professores da rede municipal.

“O CEU da Posse é um equipamento que permite realizar programas e ações culturais, práticas esportivas e de lazer, formação profissional, entre outras atividades para a comunidade. Essas parcerias são importantes porque além de promoverem entretenimento, também levam cultura para os nossos alunos e garantem capacitação para os nossos professores”, disse o governo municipal.

Petrópolis é a primeira cidade a receber o InConto Marcado, projeto de incentivo à leitura que existe há 10 anos e que apresenta espetáculos teatrais baseados em obras da literatura brasileira. O projeto tem o patrocínio da Enel Distribuição Rio e da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado do Rio de Janeiro, através do Edital Enel de Seleção de Projetos Culturais e Esportivos Incentivados – RJ e é uma iniciativa da produtora, educadora e atriz Daniele Yanes.

“O InConto bebe em algumas das fontes mais tradicionais da arte, como o teatro mambembe, a contação de histórias e a literatura. Une essas forças para tocar e encantar toda sorte de crianças, inclusive as enrugadas e calvas”, explica Daniele Yanes, idealizadora e produtora executiva do projeto. ‘Mais do que um projeto de teatro, o InConto Marcado é essencialmente uma iniciativa que busca o incentivo à leitura e este objetivo está presente em todos os seus pilares, trazendo o Livro como um elemento-chave, que oferece ao público acesso a um universo mágico, criativo e transformador”, analisa Daniele.

Com 10 anos em atividade, o InConto Marcado é um projeto de incentivo à leitura que apresenta espetáculos teatrais baseados em obras da literatura brasileira. Através das potências do teatro, da poesia, da literatura e da música, se dedica a semear o gosto pela leitura e pelas artes em geral. É um encontro marcado entre a arte brasileira e a educação, entre os artistas e o público, entre professores e alunos, todos juntos no mesmo momento In Conto, dentro do Conto, através do teatro.

O racismo estrutural é o assunto do "IMC nas Redes – Conversas Culturais" da próxima quarta-feira (03/11). O encontro virtual será transmitido nas redes sociais da prefeitura (Facebook e Youtube), às 19h, com a participação de Andresa Chaves, Ariel Barbosa, Igor Vitorino e Pamela Mércia. A mediadora da roda de conversa on-line será a gerente do Centro de Cultura Raul de Leoni.

Pamela Mércia é gestora ambiental e idealizadora do projeto Todos Juntos Ninguém Sozinho. Consultora e educadora ambiental, também é pós graduanda em Engenharia Ambiental. Já Igor Vitorino é professor de história da Educação Básica, mestre e doutorando em história pela PPGHIS/UFPR. Nos últimos anos, desenvolve trabalhos acerca das cidades da ditadura, tendo como foco as relações da mídia e movimentos sociais.

Ariel Barbosa é ator, diretor e professor de teatro. Especialista em Didática Teatral e licenciando em Artes com extensão em História e cultura Africana e indígena. Já Andresa Chaves é professora e pedagoga, concursada da prefeitura de Petrópolis há 24 anos. Formadora do PNAIC, também estuda Neurociência aplicada à Educação.

O feriado prolongado de finados em Petrópolis, de 30/10 a 2/11, terá atrativos turísticos de portas abertas para receber os visitantes e opções de lazer. Para os que gostam de um passeio cultural, os museus da cidade estarão abertos durante todo o feriadão. Antiga casa de verão de D. Pedro II, o Museu Imperial abre no sábado (30) com agendamento prévio, de 10h às 16h, e na terça, das 10h às 18h (data em que voltará a funcionar sem agendamento, com visitação simultânea de 80 pessoas por vez). Domingo e segunda estará fechado.

Já o Museu Casa de Santos Dumont estará aberto durante os quatro dias do feriadão (30, 31, 1º e 2/11), das 9h às 17h. No Museu Casa do Colono, a visitação vai de 9h às 14h, também nos quatro dias do feriado. Ambos estarão fechados na quarta-feira (3/11).

Outros atrativos privados como Casa da Ipiranga (que terá uma festa mexicana no domingo, a partir das 11h, com entrada franca), La Grande Vallée (Casa do Pequeno Príncipe), o Museu de Cera, o Museu de Porcelana, entre outros, também funcionam no fim de semana em horários alternados. Informações específicas sobre as atividades podem ser obtidas pelo Disque Turismo, por meio do número 0800-024-1516.

A Feira Deguste, que volta a acontecer na cidade depois de 20 meses, com entrada controlada, terá opções musicais, gastronômicas e, como sempre, diversas cervejas. O evento acontece hoje (29), a partir das 20h, e termina neste sábado (30), com atrações das 14h às 22h.

O feriadão contará ainda com os parques municipais abertos, bem uma série de atrações para todos os públicos. O Parque Cremerie também funcionará durante todo o feriado, das 8h às 16h30. O Parque Natural da Ipiranga estará aberto sábado, domingo e na terça, das 8h30 às 17h30. Já o Hortomercado Municipal, em Itaipava, abre sábado e domingo, das 8h às 15h, mas estará fechado na segunda-feira e no feriado.

O Parque Municipal de Petrópolis, em Itaipava, estará aberto todos os dias do feriadão, das 7h às 18h. No sábado (30) haverá uma ação social da campanha Outubro Rosa, arrecadação de alimentos não perecíveis, cadastro para doação de sangue, confecção de pluviômetro, informação sobre o acolhimento de mulheres vítimas de violência, orientações sobre direitos e benefícios sociais, recreação infantil entre outras. As atrações acontecem das 9h às 16h.

O Circuito de Lazer, na Av. Barão do Rio Branco, vai funcionar no domingo (31/10) e no feriado de terça-feira (02/11) de 7h às 14h.

A expectativa dos hotéis para o período é boa. A prévia da ocupação hoteleira feita nesta sexta-feira apontava 74,8% de ocupação média na cidade, sendo 72,9% no Centro Histórico e 76,8% nos distritos.

Serviços essenciais mantidos

Serviços essenciais como coleta de lixo e atendimentos de Saúde de urgência e emergência estarão mantidos. Não haverá vacinação contra covid-19 na segunda e terça-feira (1º e 2 de novembro). As linhas de ônibus funcionarão com horário normal durante a segunda-feira. Na rede municipal, as escolas e Centros de Educação Infantil não funcionarão no dia 1º de novembro.

A Dellarte Soluções Culturais – empresa ganhadora da licitação para organização da programação cultural do Natal Imperial 2021 – está recebendo as propostas dos artistas petropolitanos que desejam participar da festa. Para mais informações, os interessados em participar podem fazer contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. . A Dellarte está disponibilizando um formulário de inscrição para os produtores culturais.

A captação de recursos e a execução da programação cultural são de responsabilidade da empresa, conhecida pela realização de diversos eventos culturais, como o Festival de Inverno, por exemplo. O Natal Imperial 2021 será realizado no município de 25 de novembro a 6 de janeiro de 2022. A responsabilidade pela contratação desses artistas é da empresa.

“É muito gratificante no panorama atual colaborar e dinamizar o retorno da vida cultural de Petrópolis. Temos uma alegria imensa de unirmos forças para esse momento de retomada”, disse o CEO da Dellarte.

A licitação que definiu a Dell'Arte como responsável pelo evento ocorreu na última terça-feira (26). “Vamos conseguir realizar uma programação cultural como a cidade merece e espera. Estamos muito felizes e acreditamos em uma edição do Natal Imperial cheia de esperança", disse o presidente do Instituto Municipal de Cultura (IMC),  ressaltando que a Dell'Arte é uma empresa de renome internacional.

Sete empresas participaram nesta quinta-feira do processo de licitação, feito por meio de ata de registro de preços, para a iluminação e decoração de Natal

Concorrência garantiu redução de R$ 1,5 milhão no teto do investimento

A edição 2021 do Natal Imperial está garantida. Após licitações finalizadas nesta quarta e quinta-feira (26 e 27/10) para definir as empresas que farão a organização da programação (realizada dia 26) e registro de preços para iluminação e decoração de Natal (realizada nesta quinta, dia 27), a Prefeitura de Petrópolis confirmou a realização, que terá o apoio da iniciativa privada e do governo do Estado do Rio de Janeiro. A empresa para a organização da programação foi contratada por R$ 14 mil e a iluminação, que poderá até ser totalmente custeada por parceiros, tem como teto (valor máximo) de investimentos R$ 2,394 milhões. A redução em relação ao teto inicial é de R$ 1,5 milhão.

Nesta quinta-feira, pregão realizado no modelo de ata de registro de preços pelo Instituto Municipal de Cultura (IMC) teve como vencedora a empresa Vasconcellos e Santos LTDA, que registrou o melhor preço nos dois lotes da licitação – um para a decoração e iluminação e outro, específico, para a instalação do Túnel de Luz. Sete empresas participaram do certame, que tinha valor máximo de R$ 3,978 milhões. A concorrência terminou com registro dos serviços pelo valor total de R$ 2,394.

“O Natal está confirmado. Entendemos que é importante para a população, marcando o momento de esperança que vivemos, e também para movimentar a economia, estimulando especialmente os setores de comércio e serviços", disse o governo interino.

Com esta ata de preços, todas as informações ficam previamente registradas e, no momento em que a Prefeitura desejar, num prazo de 12 meses, poderá contratar o todo ou parte destes elementos registrados, garantindo efetividade ao processo e respeitando as normas licitatórias. “Ou seja, agora temos um valor final, mas que não será, necessariamente, contratado em sua totalidade”, reforça o procurador geral do município.

Programação de Natal

Ontem (26), a Dell'Arte Soluções Culturais ganhou a licitação para organização da programação cultural do Natal. A empresa – responsável pela realização de diversos eventos culturais, como o Festival de Inverno, por exemplo – se tornou a responsável por captar recursos e por executar a festa neste ano. O Natal Imperial será realizado de 25 de novembro a 6 de janeiro de 2022.

"Todo o processo está sendo muito transparente. Com os preços registrados e separados por lotes, vamos conseguir realizar parcerias e convênios com outros órgãos públicos e até mesmo com a iniciativa privada, que já serão sabedores dos valores necessários para tais aportes. Estamos muito felizes e acreditamos em uma edição do Natal Imperial cheia de esperança", disse o presidente do IMC.

O CEO da Dell'Arte, Steffen Dauelsberg, destacou a importância da festa para o município. Ele conta que a empresa deve apresentar a programação do Natal Imperial em um prazo de sete a 10 dias. O objetivo é equiparar a festa de Petrópolis aquela que ocorre há mais de 35 anos em Gramado, no Rio Grande do Sul. “Estamos muito entusiasmados. Nosso pensamento está alinhado ao do governo interino, que é o de criar uma dinâmica para fazer uma festa com um brilho muito especial”, disse, ressaltando ainda que, através da Sociedade Artística Villa Lobos, o investimento na cultura da cidade acontece há mais de 50 anos.

A Fecomércio também já confirmou que vai participar do Natal da cidade, com programação tanto no Quitandinha quanto no Parque Municipal, em Itaipava.

Atividades fazem parte da programação em homenagem ao Dia da Consciência Negra

Estão abertas as inscrições para dois concursos artísticos lembrando o Dia da Consciência Negra em Petrópolis. Com o tema “Diga não ao racismo”, a Prefeitura de Petrópolis realiza o Prêmio Literário de Poesia e o de Desenho, Ilustração e Pintura. Os interessados podem garantir a sua participação até o dia quatro de novembro. Os dois regulamentos prevem premiação para os três primeiros colocados em cada concurso, que serão entregues no Dia da Consciência Negra, 20 de novembro, na Praça da Liberdade, em horário a ser informado pela organização.

O Prêmio Literário de Poesia será realizado em três categorias: infantil (até 12 anos), juvenil (de 13 aos 18 anos) e adulto (petropolitanos, moradores ou não de Petrópolis, ou moradores de Petrópolis nascidos em qualquer cidade). Os poemas devem ser enviados para o e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. , com assunto PRÊMIO LITERÁRIO – UBUNTU. Serão selecionados 10 trabalhos de cada categoria para serem apresentados em varal poético durante o evento.

“É importante a identificação do autor, trazendo ainda informações complementares como a categoria, nome completo, data de nascimento, endereço com CEP, telefone, e-mail, e, tratando-se das inscrições escolares, ainda nome da escola, telefone do aluno e dados do professor responsável”, explica o presidente do IMC.

Já o Prêmio de Desenho, Ilustração e Pintura será realizado na categoria infantil (de oito até 12 anos) e cada participante somente poderá se inscrever com um trabalho. O mesmo deverá ser entregue na recepção do Centro de Cultura Raul de Leoni, em envelope fechado, contendo no exterior o texto: Prêmio de desenho ilustração e pintura – Semana da Consciência Negra. Também serão selecionados 10 trabalhos para serem apresentados em exposição durante o evento.

“As obras deverão ser feitas em papel tamanho A4, carta ou similar, de qualquer gramatura, podendo ser utilizadas técnicas diversas de desenho, ilustração, inclusive colagens”, afirma o presidente do IMC.

A iniciativa é do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial (COMPIR) em parceria com a Coordenadoria da Promoção da Igualdade Racial (COPIR), Conselho Municipal de Cultura (CMC), além do apoio do Instituto Municipal de Cultura (IMC), Turispetro, Secretaria de Educação, Câmara Municipal de Petrópolis, através da Comissão de Direitos Humanos e o Movimento Negro Unificado (MNU).

O primeiro Famtur organizado pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, em julho, com a participação de empresas organizadoras de congressos, treinamentos empresariais e ações corporativas, somada ao avanço da vacinação contra covid-19 na cidade, estão começando a gerar resultados ao município. No último fim de semana, um curso presencial dedicado a médicos neurocirurgiões e ortopedistas, realizado no auditório da Faculdade de Medicina de Petrópolis (Fase), reuniu cerca de 30 pessoas, que vieram à cidade trazendo familiares, movimentando a economia local.

Para Bruno Pereira, um dos coordenadores do curso, Petrópolis atende de forma excepcional os requisitos para a realização de eventos. “A cidade possui condições necessárias para cursos como esse que coordeno. O clima, a rede hoteleira, a segurança e a gastronomia, sem contar com as belezas naturais, são perfeitos para os participantes. Estou muito satisfeito”, afirma.

O governo interino lembra que Petrópolis tem grande potencial para o turismo de negócios. “Estamos pensando em Petrópolis para o futuro. É um nicho de mercado que pode gerar recursos para toda a cidade, incluindo hotéis, restaurantes e o comércio em geral”, aponta.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, a empresa que organizou o evento foi uma das participantes do Famtur e todos os inscritos ficaram hospedados ao longo do final de semana na cidade. Para ele o Famtur, como esperado e programado, começa a render frutos. “O objetivo principal do Famtur era exatamente esse, trazer para Petrópolis eventos corporativos que movimentem a rede hoteleira, gastronômica e turística de forma geral. Com isso a economia se recupera, os empregos são gerados, uma cadeia positiva se forma no município. Tenho certeza que muitos outros serão organizados e essa cadeia terá um aquecimento grande, o que é bom para o município de forma geral”, explica.

O Famtur em Petrópolis, realizado em julho deste ano e que teve a participação da Turispetro, Fecomércio e Petrópolis Convention & Visitors Bureau, reuniu 15 empresas interessadas no potencial de Petrópolis para receber eventos de 100, 300, até 1 mil pessoas. A cidade também é uma das mais seguras do Estado e do país, com boa logística, infraestrutura, atrativos culturais e ecológicos.

Para o secretário da Turispetro, o Famtur tem uma importância muito grande, pois mostrou que Petrópolis está preparada para atender e receber a todos tipos de evento. “Hoje, com muito otimismo, vejo que o esforço para o sucesso do Famtur está ligado diretamente a esse retorno gradual das atividades. O exemplo que tivemos com o evento na Fase, que gerou uma importante movimentação econômica, foi muito positivo”.

Corais de Petrópolis é o assunto de amanhã (27/10) no "IMC nas Redes – Conversas Culturais". O encontro virtual será transmitido nas redes sociais da prefeitura (Facebook e Youtube), às 19h, com a participação de Marcelo Vizani, Marco Aurélio Lischt, Paulo Afonso e Gláucia de Souza Kobi Rangel. A mediadora da roda de conversa on-line será a gerente do Centro de Cultura Raul de Leoni.

Marcelo Vizani é mestre em Educação e Tecnologias Digitais pela Universidade de Lisboa; graduado em regência pelo Conservatório Brasileiro de Música do Rio de Janeiro, na classe do Maestro Marco Maceri; e pós-graduado em Teologia pela Universidade Católica de Petrópolis. Atualmente é vice-reitor da Universidade Católica de Petrópolis; diretor geral da Rádio UCP FM; professor do curso de Licenciatura em Música na Universidade Católica de Petrópolis; maestro do Coral das Meninas do Canarinhos de Petrópolis; maestro do Coral Laus Deo, do Colégio de Aplicação da UCP; diretor artístico do Espaço Artístico e Musical Monsenhor Paulo Daher; idealizador e diretor da Escola de Música UCP e da Orquestra-Escola Petrópolis.

Marco Aurélio Lischt é petropolitano e foi membro do Coral dos Canarinhos de Petrópolis. É formado em piano e órgão pela Escola de Música da UFRJ com mestrado em órgão em 1993. Na Escola Superior de Música de Frankfurt, na Alemanha, se formou no curso de Música Sacra em 1998. Atualmente é o maestro e diretor artístico do Coral dos Canarinhos de Petrópolis, organista voluntário da Catedral São Pedro de Alcântara em Petrópolis e diretor artístico da série Concertos de Órgão na Catedral (desde 2011).

Paulo Afonso é formado pela Escolas de Música Santa Cecília, Conservatório Brasileiro de Música e em Pedagogia, é Diretor Artístico dos Corais Pró Tempore e Nossa Senhora de Fátima, Nossa Senhora de Lurdes e regente do Coral Municipal até a temporada de 2016. Atua no meio artístico desde 1996. Já Gláucia de Souza Kobi Rangel, nascida em Miracema, mas que mora em Petrópolis desde 1985, fez bacharel em Música Sacra na FABAT –RJ, com especialização em canto e regência coral. Atualmente é bachaleranda em Regência Orquestral pela UFRJ e pós-graduanda em Regência pela Alpha-FACEC. Ela também é ministra de música na PIB de Petrópolis.

Em pregão realizado na tarde de hoje (26/10) pelo Instituto Municipal de Cultura (IMC), a Dell'Arte Soluções Culturais ganhou a licitação para organização da programação cultural do Natal Imperial 2021. Desta maneira, a empresa – responsável pela realização de diversos eventos culturais, como o Festival de Inverno, por exemplo – será a responsável por captar recursos e por executar a festa neste ano. O Natal Imperial será realizado de 25 de novembro a 6 de janeiro de 2022.

"Essa é uma ótima notícia para a nossa cidade. Queremos que o Natal deste ano marque o momento de esperança que estamos vivendo, sobretudo com o avanço na vacinação", destacou o governo interino.

"Dessa maneira, vamos conseguir realizar uma programação cultural como a cidade merece e espera. Estamos muito felizes e acreditamos em uma edição do Natal Imperial cheia de esperança", disse o presidente do IMC, ressaltando que a Dell'Arte é uma empresa de renome internacional.

Segundo o CEO da Dell'Arte, Steffen Dauelsberg, a empresa deve apresentar a programação do Natal Imperial em um prazo de sete a 10 dias. O objetivo é equiparar a festa de Petrópolis aquela que ocorre há mais de 35 anos em Gramado, no Rio Grande do Sul. “Estamos muito entusiasmados. Nosso pensamento está alinhado ao do governo interino, que é o de criar uma dinâmica para fazer uma festa com um brilho muito especial”, disse, ressaltando ainda que, através da Sociedade Artística Villa Lobos, o investimento na cultura da cidade acontece há mais de 50 anos.

Pagina 8 de 252