Projeto possibilita renegociação de dívidas através de SMS

Petrópolis foi escolhida uma das primeiras cidades onde serão implementados uma nova parceria entre Procon e Itaú, que agora disponibiliza a renegociação de dívidas por meio de SMS, projeto pioneiro no país. O Procon Petrópolis conquistou também mais 10 linhas exclusivas com o Itaú e canais diretos com todas as agências do banco na cidade, que é o 4º colocado no ranking de reclamações do órgão. Além da parceria, o Procon agora conta com duas linhas com o Credicard, que foi comprado pelo Banco Itaú.

A escolha da cidade como cidade satélite do programa mostra a força e credibilidade do órgão, que neste ano teve 90% de efetividade. Estamos trabalhando arduamente para resolver todos os problemas que nos são apresentados, e é muito gratificante ver nosso esforço sendo reconhecido”, declara o coordenador do Procon Petrópolis, Bernardo Sabrá.

O projeto piloto tem como objetivo facilitar a interação e troca de informações entre o Procon e a instituição, trazendo soluções mais rápidas e satisfatórias à população. Petrópolis e Fortaleza foram escolhidas como satélites no programa, que possibilita o contato entre o banco e o órgão via SMS. O Banco Itaú, que foi o primeiro com agência na cidade a disponibilizar uma linha exclusiva para o Procon Petrópolis, realizará renegociação de dívidas utilizando as mensagens de texto.

As novas linhas exclusivas, disponibilizadas pelo Itaú e pelo Credicard, são reflexo da efetividade no trabalho do Procon, que fechou parceria com inúmeras empresas para garantir a resolução dos problemas apresentados pelos contribuintes. O segmento dos bancos é hoje um dos líderes no ranking de reclamações do órgão.

A sede do Procon fica na Rua Dr. Moreira da Fonseca, 33, ao lado da Câmara dos Vereadores, e a unidade de Itaipava funciona no Centro de Cidadania, na Estrada União e Indústria, 11.860. Para realizar os atendimentos os usuários podem utilizar, ainda, o serviço de mensagem da página Procon Petrópolis, os telefones 2246-8469 / 8470 / 8471 / 8472 / 8473 / 8474 / 8475 / 8476 e 8477. Os telefones da unidade em Itaipava: 2222-1418 / 7448 e 7337, ou WhatsApp Denúncia no número 98857-5837. O atendimento pelo site pode ser acessado pelo link http://www.petropolis.rj.gov.br/procon/index.php/fale-conosco.

 

Cada banco foi multado em R$24.500,00

O Procon Petrópolis realizou nesta quinta-feira (16.11) uma ação de fiscalização em agências bancárias de Itaipava. O objetivo foi verificar se as unidades estavam cumprindo com o tempo de espera dos clientes nas filas para atendimento, determinado pela Lei Municipal 5.763/2001. Os fiscais constataram o não cumprimento da legislação nas quatro agências fiscalizadas, duas do Bradesco, uma do Itaú e uma do Santander.

Começamos as fiscalizações pelo Centro, e agora estamos avançando na fase dos distritos. O resultado de hoje mostra que devemos manter pulso firme e continuar vistoriando todas as agências da cidade, para garantir o cumprimento da lei”, destaca o coordenador do Procon Petrópolis, Bernardo Sabrá.

Essa ação realizada pelo Procon já é a quarta fiscalização realizada pelo órgão em agências bancárias. Na primeira, que aconteceu em 14 de setembro, no Centro, a fiscalização constatou a irregularidade em uma agência do banco Itaú e duas do Bradesco; na segunda, feita em 4 de outubro, os fiscais multaram o Santander, na Paulo Barbosa e o Itaú, na Rua Teresa. Na terceira, feita no dia 19 de outubro, o órgão não encontrou irregularidades nas três agências visitadas.

A ação desta quinta verificou o cumprimento da legislação municipal que determina às agências bancárias disponibilizar pessoal suficiente para atender em até 15 minutos seus clientes – as únicas exceções acontecem em vésperas de feriados e pós-feriados, quando o tempo máximo permitido pode chegar a 30 minutos. Os bancos em que são encontradas irregularidade são multados no valor de R$ 24.500,00, quantia que pode dobrar caso o fato se repita.

Quem quiser denunciar alguma prática abusiva pode contatar o Procon pela página do órgão no Facebook, o Procon Petrópolis; pelo site www.petropolis.rj.gov.br/procon. Há, ainda, o WhatsApp Denúncia, no número 98857-5837 ou os telefones 2246-8469 / 8470 / 8471 / 8472 / 8473 / 8474 / 8475 / 8476 e 8477. Atendimento presencial pode ser realizado na unidade do Centro, que fica na Rua Moreira da Fonseca, nº 33. A unidade de Itaipava localizada no Centro de Cidadania, que fica na Estrada União e Indústria, 11.860.Os telefones da unidade são: 2222-1418, 2222-7448 e 2222-7337.

Empresa de telefonia é a 14ª no ranking de reclamações do órgão

O Procon Petrópolis acaba de fechar mais uma parceria, desta vez com a Tim, visando aumentar a eficácia no atendimento à população. A empresa, que ocupa o 14º lugar no ranking de reclamações do órgão, se torna a terceira empresa de telefonia a estabelecer este modelo de atendimento. Com duas linhas exclusivas para contato com o Procon (uma de telefone e uma de correio eletrônico), a resolução de problemas junto à empresa ocorrerá agora de forma mais rápida e dinâmica.

Esta parceria junto às empresas é muito importante para que o consumidor tenha seus problemas resolvidos da melhor forma possível, então é ótimo estarmos ampliando a lista de empresas parceiras. Dessa forma, ampliamos a gama de cobertura do órgão dando mais força e agilidade na hora de resolver problemas das relações de consumo”, destaca Bernardo Sabrá, coordenador do órgão.

Não é só a Tim que oferece o serviço: a Oi e a Claro também possuem este tipo de parceria com o Procon, que tem as empresas de telefonia como campeãs no ranking de reclamações. Empresas de outras áreas também fazem parte da lista de parceiros do órgão, como bancos e lojas de departamento.

Com taxa de efetividade de 90% neste ano - 35% maior do que em 2016 -, o Procon firma seu compromisso com o contribuinte petropolitano. Em 2017 foram realizadas ações para otimizar o suporte: o horário de atendimento foi ampliado; um polo do órgão em Itaipava foi aberto e foram disponibilizados meios de reclamação online; além das ações do Procon Itinerante, que dá à população a oportunidade de resolver suas pendências perto de casa. Até o mês de outubro, aproximadamente 6 mil atendimentos já tinham sido realizados pelo órgão.

A sede do Procon fica na Rua Dr. Moreira da Fonseca, 33, ao lado da Câmara dos Vereadores, e a unidade de Itaipava funciona no Centro de Cidadania, na Estrada União e Indústria, 11.860. Para realizar os atendimentos os usuários podem utilizar, ainda, o serviço de mensagem da página Procon Petrópolis, os telefones 2246-8469 / 8470 / 8471 / 8472 / 8473 / 8474 / 8475 / 8476 e 8477. Os telefones da unidade em Itaipava: 2222-1418 / 7448 e 7337, ou WhatsApp Denúncia no número 98857-5837. O atendimento pelo site pode ser acessado pelo link http://www.petropolis.rj.gov.br/procon/index.php/fale-conosco.

 

Consumidores que não podem comparecer a um dos dois polos do Procon, no Centro e em Itaipava, agora podem registrar suas denúncias, pedir orientações e até dar início ao registro de suas reclamações pelo site do órgão e pelo WhatsApp Denúncia. O novo serviço que começou a valer nesta segunda-feira (13.11) surge da demanda dos próprios usuários: atualmente, 35% dos atendimentos são realizadas fora do espaço físico do órgão, ou seja, por telefone ou pela internet. A intenção é dar celeridade e desburocratizar as solicitações dos consumidores. 

O novo método de atendimento vai ao encontro da proposta do órgão em busca de resolutividade aos problemas das relações de consumo. Esse tipo de atendimento também faz com que as filas das sedes físicas sejam diminuídas, uma vez que os reclamantes podem dar início ao atendimento sem precisar comparecer ao órgão. O método difere do que era adotado pelo órgão, uma vez que o atendimento era restrito a tirar dúvidas e realizar esclarecimento, sendo necessário ir até o órgão para abrir os atendimentos. 

“Nossa proposta é tornar a vida da população o mais fácil possível. Estamos trabalhando para que isso aconteça, seja com a ampliação no horário de atendimento, descentralização do órgão ou até mesmo com as ações itinerantes. Sabemos dos abusos cometidos pelas empresas nas relações de consumo são grandes e, muitas vezes, as pessoas acabam sendo prejudicadas porque não sabem como proceder. O Procon existe exatamente para isso, defender o consumidor e estamos buscando forma de ampliar as formas como isso pode ser feito”, explica o coordenador do Procon, Bernardo Sabrá.           

Para realizar os atendimentos os usuários podem utilizar, ainda, o serviço de mensagem da página Procon Petrópolis, os telefones 2246-8469 / 8470 / 8471 / 8472 / 8473 / 8474 / 8475 / 8476 e 8477. Os telefones da unidade em Itaipava: 2222-1418 / 7448 e 7337, ou WhatsApp Denúncia no número 98857-5837. O atendimento pelo site pode ser acesso pelo link http://www.petropolis.rj.gov.br/procon/index.php/fale-conosco. Quem preferir ir a sede física o endereço fica na Rua Dr. Moreira da Fonseca, 33, no Centro, ao lado da Câmara dos Vereadores. A unidade de Itaipava fica no Centro de Cidadania, na Estrada União e Indústria 11.860, em Itaipava.

Atendimentos continuam nesta quinta-feira (09.11)

Cobranças indevidas, problemas com concessionárias de energia elétrica e de água são algumas das queixas relatadas por moradores do Vale do Carangola nesta quarta-feira (08.11), na segunda edição do Procon Itinerante. O objetivo do órgão com a ação é atender áreas com grandes demandas, dando oportunidades para que as pessoas resolvam suas pendências próximas às suas casas. Quem perdeu a oportunidade de fazer sua queixa quanto a uma determina empresa ou serviço pode buscar o órgão nesta quinta (09.11), de 9h às 14h30, no mesmo local, na Academia de Saúde, ao lado do Posto de Saúde do bairro.

Para realizar uma reclamação contra alguma empresa é necessário ter em mãos a carteira de identidade, CPF, nota fiscal ou ordem de serviço quando se tratar de problemas com garantia de produtos. Se o problema for relacionado à prestação de serviços como luz, água, gás, telefonia (fixa ou móvel), assinatura de TV, entre outros, é necessário levar a conta atualizada comprovando a assinatura – independente da conta estar ou não paga. Em casos de plano de saúde, por exemplo, é necessário levar a carteira do plano e o contrato.

“Estamos atendendo às associações de moradores de áreas com grande número de pessoas. Realizamos aqui no Vale do Carangola diversos atendimentos, muita gente que tem dúvidas também. Essas ações ajudam porque evita que a pessoa faça uma viagem desnecessária ao órgão, por exemplo. Estamos adiantando solicitações, tirando dúvidas e buscando dar o melhor direcionamento às demandas da população”, explica o coordenador do Procon, Bernardo Sabrá.

Esse é o caso do supervisor de manutenção Anderson Luís Pittzer, de 45 anos. Moradores da região desde os 16, ele compareceu à ação itinerante para tirar dúvidas sobre a cobrança nos valores da conta d’água. Proprietários de dois imóveis, ele explica que o valor cobrado é o mesmo nos dois, sendo que um deles está fechado.

“Fiquei com dúvida sobre como agir e resolvi aproveitar que o Procon estava aqui para que pudesse me explicar sobre como proceder neste caso. Fui muito bem atendido. Acho esse tipo de ação fundamental para à população e é a primeira vez que vejo o Procon se mobilizando para atender às comunidades”, elogia Anderson.

A presidente da associação de moradores do Vale do Carangola, Ângela Maria Rosa Samuel também elogiou a iniciativa. Ela lembrou que muitos moradores acabam tendo problemas nas relações de consumo. “Existe cobranças a famílias que chegam a R$ 400 aqui. Isso é um absurdo. Claramente tem alguma coisa errada e a vinda do Procon aqui irá auxiliar a todos”, contou.

Moradores, líderes comunitários e associação de moradores que quiserem a ação do Procon Itinerante em seus bairros poderão solicitar pelo O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. . A equipe irá analisar o pedido com base na necessidade e viabilidade de atendimento.

O Procon disponibiliza atendimento pela página do órgão no Facebook Procon Petrópolis, e pelo site www.petropolis.rj.gov.br/procon. Há ainda a opção de fazer denúncias pelo WhatsApp, pelo número 98857-5837 ou pelos telefones 2246-8469 / 8470 / 8471 / 8472 / 8473 / 8474 / 8475 / 8476 e 8477. A sede do Procon fica na Rua Dr. Moreira da Fonseca, 33, ao lado da Câmara dos Vereadores. A unidade de Itaipava funciona no Centro de Cidadania, na Estrada União e Indústria, 11.860.

Ação acontece na Academia de Saúde do bairro

O Vale do Carangola recebe nesta quarta (08) e quinta-feira (09.11) uma equipe do Procon Itinerante para realizar atendimento dos moradores da região. A edição do programa deverá contemplar os mais de 5 mil moradores que moram na região, mas também poderá atender aos cerca de 29 mil de todo o Carangola. Os atendimentos serão realizados de 9h às 16h no primeiro dia e, de 9h às 14h30, no segundo, na Academia de Saúde, ao lado do Posto de Saúde.

Essa já é a segunda edição do Procon Itinerante, que já passou pelo distrito da Posse. O objetivo do órgão com a iniciativa é atender áreas mais afastadas dando melhor oportunidade para que as pessoas resolvam suas demandas próximo as suas casas. Moradores, líderes comunitários e associação de moradores que quiserem a ação do Procon Itinerante em seus bairros poderão solicitar pelo O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. A equipe irá analisar o pedido com base na necessidade e viabilidade de atendimento.

“A descentralização do Procon começou a ser feita com a implementação de um polo em Itaipava. Acreditamos que levar os serviços à população é uma forma de garantir seus direitos e como órgão de atua neste sentido, precisamos fazer isso da melhor forma possível. Temos atuado de maneira eficiente buscando, principalmente, o que o consumidor quer, que a sua demanda resolvida. Continuaremos trabalhando desta forma”, anuncia o coordenador do Procon, Bernardo Sabrá.

Para realizar uma reclamação contra alguma empresa é necessário ter em mãos a carteira de identidade, CPF, nota fiscal ou ordem de serviço quando se tratar de problemas com garantia de produtos. Se o problema for relacionado à prestação de serviços como luz, água, gás, telefonia (fixa ou móvel), assinatura de TV, entre outros, é necessário levar a conta atualizada comprovando a assinatura – independente da conta estar ou não paga. Em casos de plano de saúde, por exemplo, é necessário levar a carteira do plano e o contrato.

O Procon disponibiliza atendimento pela página do órgão no Facebook Procon Petrópolis, e pelo site www.petropolis.rj.gov.br/procon. Há ainda a opção de fazer denúncias pelo WhatsApp, pelo número 98857-5837 ou pelos telefones 2246-8469 / 8470 / 8471 / 8472 / 8473 / 8474 / 8475 / 8476 e 8477. A sede do Procon fica na Rua Dr. Moreira da Fonseca, 33, ao lado da Câmara dos Vereadores. A unidade de Itaipava funciona no Centro de Cidadania, na Estrada União e Indústria, 11.860.

Voluntários podem buscar uma carta no órgão e ajudar a realizar o desejo dos pequenos

O Procon Petrópolis acaba de dar início a mais uma ação social, desta vez voltada às crianças no Natal. O órgão de defesa do consumidor recolheu 180 cartas de estudantes de 4 a 13 anos, destinadas ao Papai Noel, das escolas municipais Hidelbrando de Carvalho e Rosalina Nicolay. Agora, o Procon busca parceria com empresários e a própria população para que ajude a realizar os desejos dos pequenos. A intenção do Procon é levar aos alunos dessas instituições, além do presente, um pouco mais de carinho nesta época do ano.

A ação faz parte da vertente do Procon Solidário. Para a campanha de Natal, o órgão está solicitando que os presentes sejam entregues ao Procon até 1º de dezembro, para que seja montada a infraestrutura de entrega dos brinquedos antes do fim do ano letivo.

“Sabemos que há casos de crianças que acabam não recebendo nenhum presente nesta época do ano e nossa intenção é levar um brinquedo, tornar o Natal mais especial, dando oportunidade de que elas recebam o que pediram. Muitas das cartas pedem uma bola, uma boneca, um carrinho, são presentes que as pessoas conseguem comprar sem comprometer o orçamento e ainda tornar uma criança mais feliz nesta época do ano”, destaca o coordenador do Procon, Bernardo Sabrá.

As campanhas realizadas pelo órgão este ano já distribuiu cobertores às instituições de assistência no período do inverno e brinquedo no dia das crianças. O sucesso dessas duas campanhas foi garantido pela população que doou os materiais que foram entregues.

Quem tiver interesse em participar é só buscar uma cartinha no Procon Petrópolis, localizado à Rua Dr. Moreira da Fonseca, 33, no Centro, ao lado da Câmara dos Vereadores.

 

O Procon Petrópolis está notificando as empresas de transporte interestadual para que garantam o direito a duas vagas nos ônibus e desconto de 50% em outras duas passagens para pessoas de 15 a 29 anos inscritas no Programa ID Jovem. O órgão de defesa do consumidor faz parte do Comitê Estadual de Acompanhamento e Fiscalização do Programa e devem garantir os direitos assegurados aos jovens.

 Para ter direito às passagens interestaduais, o jovem deve reservar lugar com antecedência de, no mínimo, 3 horas antes dos horários de partida dos coletivos. O usuário deve apresentar a Identidade Jovem e a carteira de identidade quando requerer a passagem. Depois de esgotadas as vagas gratuitas, são reservadas mais duas vagas com desconto de 50% no valor das passagens.

“Nosso objetivo é comunicar as empresas de forma preventiva, bem como coletar informações sobre o cumprimento do programa. Caso haja alguma denúncia a respeito, iremos agir, inclusive, com multas. Esse é um programa que tem como principal objetivo ofertar aos jovens oportunidades culturais e de acesso e isso deve ser cumprido por todos”, explica o coordenador do Procon Petrópolis, Bernardo Sabrá.

Para que o jovem faça parte do programa e tenho o direito garantido é preciso possuir uma renda familiar bruta de até dois salários mínimo comprovada e estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), com os dados atualizados nos últimos 24 meses. Além da passagem gratuita, os jovens inseridos no programa também têm acesso a eventos artístico-culturais e esportivos pagando meia-entrada e gratuidade no Enem.

“Esse é um programa diferenciado e que dá a oportunidade dos jovens se deslocar entre estados de forma gratuita.  O benefício da mobilidade é vai ajudar muito e permitir o acesso a eventos e ações culturais, por isso é importante que isso seja fiscalizado para que não haja prejuízo aos jovens”, destaca o coordenador de Juventude, Wesley Barreto.

Fiscalização foi realizada nesta quarta-feira (01.11) após denúncia de consumidora

Agências bancárias em Itaipava também sofreram fiscalização

Ação conjunto entre o Procon Petrópolis e a Vigilância Sanitária resultou no descarte de 12,7 quilos de alimentos impróprios para consumo de uma padaria do Centro. A ação de fiscalização ocorreu na manhã desta quarta-feira (01.11) após denúncias contra o estabelecimento que vendia produtos fora da validade e sem a correta identificação de origem aos clientes. À tarde, uma fiscalização realizada em duas agências bancárias, em Itaipava, não encontrou irregularidades.

Denúncias que chegaram ao órgão de defesa do consumidor, mostravam até foto de alimentos mofados. Durante a ação, os fiscais encontraram massas de pizza, queijos, presuntos, mortadelas, frutas estragadas e até suco em pó sem fora da data de validade. O estabelecimento também foi autuado e terá 10 dias para apresentar defesa sob pena de receber multas por conta da irregularidade. O local só foi autorizado a permanecer aberto porque todo o alimento impróprio foi apreendido e descartado.

“Após as denúncias nos reunimos com a equipe da Vigilância Sanitária para proceder com fiscalização. No local encontramos não só os relatos, como outras coisas. Vamos manter firme as ações de fiscalização, com coerência, transparência e responsabilidade. Nosso objetivo é sempre manter a proteção absoluta nas relações de consumo e garantir aos petropolitanos condições de fazer suas compras sem preocupação”, explica o coordenador do Procon Petrópolis, Bernardo Sabrá.

Agências do Itaú e Santander, em Itaipava, adequadas à legislação

O Procon também procedeu com uma fiscalização nas agências do Itaú e do Santander, em Itaipava. Em ambas, os fiscais do órgão constataram que os locais estavam adequados à Lei Municipal 5.763/2001 – as agências atendiam os clientes em menos de 30 minutos, tempo apropriado considerando a véspera do feriado de Finados.

Essa ação realizada pelo Procon já é a quarta fiscalização realizada pelo órgão em agências bancárias. Na primeira, que aconteceu em 14 de setembro, no Centro, a fiscalização constatou a irregularidade em uma agência do banco Itaú e duas do Bradesco; na segunda, feita em 4 de outubro, os fiscais multaram o Santander, na Paulo Barbosa e o Itaú, na Rua Teresa. A terceira os fiscais constataram o cumprimento da legislação em uma agência o banco Bradesco, no Bingen, e em duas do Itaú, uma no Itamarati e outra em Corrêas

A ação desta quarta, verificou o cumprimento da legislação municipal que determina às agências bancárias disponibilizar pessoal suficiente para atender em até 15 minutos seus clientes – as únicas exceções acontecem em vésperas de feriados e pós-feriados, quando o tempo máximo permitido pode chegar a 30 minutos. A punição é de 200 Unidades de Fiscalização do Município de Petrópolis (UFPE), aplicado aos bancos com as irregularidades.

O Procon disponibiliza atendimento pela página do órgão no Facebook Procon Petrópolis, e pelo site www.petropolis.rj.gov.br/procon. Há ainda a opção de fazer denúncias pelo WhatsApp, pelo número 98857-5837 ou pelos telefones 2246-8469 / 8470 / 8471 / 8472 / 8473 / 8474 / 8475 / 8476 e 8477. A sede do Procon fica na Rua Dr. Moreira da Fonseca, 33, ao lado da Câmara dos Vereadores. A unidade de Itaipava funciona no Centro de Cidadania, na Estrada União e Indústria, 11.860.

Ação acontece nos dias 8 e 9 de outubro na Academia de Saúde do bairro

A edição do Procon Itinerante será no Vale do Carangola, nos próximos dias 8 e 9. Os atendimentos serão realizados de 9h às 16h no primeiro dia e, de 9h às 14h30, no segundo, na Academia de Saúde, ao lado do Posto de Saúde. Essa é a segunda ação do tipo realizada pelo órgão de defesa do consumidor. A primeira aconteceu no último domingo, (29.10), na Posse, em um evento que também contou com a Coordenadoria de Juventude e o Gabinete de Cidadania.

A segunda edição do programa deverá contemplar os mais de 5 mil moradores que moram na região do Vale do Carangola. Mas não se restringem apenas a esses, podendo qualquer pessoa que mora na região do Carangola – cerca de 29 mil pessoas – ir até o local para realizar suas reclamações sobre problemas que atentem sobre as relações de consumo ou até parar tirar dúvidas.

“A nossa primeira visita foi feita na Posse porque é o nosso distrito mais distante. Realizamos atendimentos no local e levamos aos cerca de 8 mil moradores a possibilidade de efetuarem as reclamações próximos as suas casas. Mas quem não conseguiu ir não precisa mais se deslocar até o Centro, porque contamos, agora, com um polo em Itaipava. Agora, nossa agenda já está marcada com os moradores do Carangola, que serão beneficiado com a ação do órgão”, explica o coordenador do Procon, Bernardo Sabrá.

A iniciativa para que o atendimento fosse realizado no Vale do Carangola partiu da presidente da Associação dos Moradores, Ângela Maria da Silva Rosa Samuel e do líder comunitário, Jésus da Silva Vicente. Eles explicam que já estão mobilizando os moradores para que consigam garantir a adesão da população.

“Estamos mobilizando os moradores para que eles cheguem para o atendimento e consigam já efetuar ou dar encaminhamento as suas queixas. Tão logo ficamos sabendo desse novo serviço do Procon, buscando o órgão e fomos prontamente atendidos. É a primeira vez que teremos esse tipo de ação aqui e acreditamos que será muito produtivo para todos os moradores da região”, desta Jésus.

Para realizar uma reclamação é necessário ter em mãos a carteira de identidade, CPF, nota fiscal ou ordem de serviço quando se tratar de problemas com garantia de produtos. Se o problema for relacionado à prestação de serviços como luz, água, gás, telefonia (fixa ou móvel), assinatura de TV, entre outros, é necessário levar a conta atualizada comprovando a assinatura – independente da conta estar ou não paga. Em casos de plano de saúde, por exemplo, é necessário levar a carteira do plano e o contrato.

“Levar esses documentos é necessário porque já conseguimos dar encaminhamento às reclamações. Quem tiver dúvidas já pode entrar em contato com o órgão para que possamos já apontar como resolver aquela situação ou que tipo de documento precisa levar ao órgão para resolver o seu caso. Assim, será mais fácil e rápido no dia do atendimento itinerante”, explica Bernardo Sabrá.

Moradores, líderes comunitários e associação de moradores que quiserem a ação do Procon Itinerante em seus bairros poderão solicitar pelo O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. . A equipe irá analisar o pedido com base na necessidade da região e a viabilidade de atendimento.

O Procon disponibiliza atendimento pela página do órgão no Facebook Procon Petrópolis, e pelo site www.petropolis.rj.gov.br/procon. Há ainda a opção de fazer denúncias pelo WhatsApp, pelo número 98857-5837 ou pelos telefones 2246-8469 / 8470 / 8471 / 8472 / 8473 / 8474 / 8475 / 8476 e 8477. A sede do Procon fica na Rua Dr. Moreira da Fonseca, 33, ao lado da Câmara dos Vereadores. A unidade de Itaipava funciona no Centro de Cidadania, na Estrada União e Indústria, 11.860.

 

Pagina 55 de 62