Mais de mil pessoas participaram na manhã do último domingo (29/03) da Corrida do Imperador, promovida pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Esportes e Lazer, e o Conselho Municipal de Esporte e Lazer (CMEL). O evento, que faz parte da programação de aniversário de Petrópolis e foi incluído no calendário fixo de corridas de rua da cidade, começou às 8h. Os corredores – entre eles o prefeito Rubens Bomtempo e a secretária Chefe de Gabinete, Luciane Bomtempo – partiram do Palácio Sérgio Fadel, sede da Prefeitura, para um percurso de 6,5 km por algumas das principais ruas do Centro Histórico.

Setecentas pessoas confirmaram participação por meio de inscrição. Entre elas estavam famílias inteiras, além de grupos de fora da cidade. Rafael Gimenez foi com a mulher e os dois filhos – uma menina de nove anos e um menino de um ano e oito meses. “O importante é participar, mesmo que seja caminhando, empurrando o carrinho”, riu ele, antes de elogiar a iniciativa. “Ações como esta estimulam a população a adotar hábitos mais saudáveis. Petrópolis tem tudo para ser uma cidade-saúde, de fato”, disse.

Em meio à população, o prefeito Rubens Bomtempo destacou a importância do calendário de corridas de rua. “Estamos vendo o povo ir para as ruas caminhar, correr. É importante estimular essas atividades. A prática de exercícios contribui diretamente para a saúde. Tenho certeza de que são pouquíssimas as cidades brasileiras que têm um calendário fixode corridas como o nosso e que consegue reunir tantas pessoas como conseguimos”, destacou.

Sandra Raquel Faria, Andréa Zaqueu Dias e Marlen Viana vieram de Três Rios para participar do evento. “Petrópolis está de parabéns. Temos vindo para a cidade com frequência para participar das corridas”, contou Andréa, lembrando que elas treinam duas vezes por semana na cidade onde moram.

Todos os participantes da Corrida do Imperador receberam medalhas e os três primeiros colocados de cada categoria receberam troféus. 

A Prefeitura abriu hoje inscrições para a II Corrida do Imperador, que será realizada no próximo domingo (29/3), no Centro Histórico. O evento será promovido por meio da Secretaria de Esportes e Lazer, como parte das comemorações pelos 172 anos de Petrópolis. Os participantes devem fazer sua inscrição pelo site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br) até quinta-feira (26/3). Para participar a secretaria pede apenas a doação de uma lata de leite em pó. Tudo o que for arrecadado será doado a instituições de atendimento a menores carentes. Os corredores inscritos que cruzarem a linha de chegada receberão medalhas.

O prefeito Rubens Bomtempo destaca que a realização da Corrida do Imperador representa mais um grande passo para o desenvolvimento esportivo da cidade. “Este é o segundo ano consecutivo do evento. Hoje, é uma corrida que faz parte do calendário oficial da cidade”, ressaltou. Podem se inscrever candidatos de ambos os sexos. Eles serão divididos em categorias, por faixa etária. A expectativa é reunir mais de mil participantes. “Mesmo quem não conseguir se inscrever, pode participar. A intenção é que a população esteja envolvida. Estamos esperando, mais uma vez, uma grande corrida”, disse o secretário de Esportes e Lazer, Renato Freixiela.

No sábado (28/3), os inscritos devem comparecer das 14h às 19h, à Casa de Educação Visconde de Mauá, que fica na Praça da Confluência. Para retirar o kit da corrida o participante deverá doar uma lata de leite em pó. “A inscrição é gratuita, mas pedimos que as pessoas doem a lata de leite. É uma forma de estimularmos a solidariedade das pessoas e, ao mesmo tempo, ajudar quem precisa”, explicou Freixiela. O kit não poderá ser entregue no dia do evento.

A largada da Corrida do Imperador será às 8h no Palácio Sérgio Fadel, sede da prefeitura, na Avenida Koeller. O percurso terá 6,5 km podendo ser percorrido em até 1 hora e 30 minutos. O regulamento completo da corrida pode ser encontrado no site da prefeitura.

As comemorações pelos 172 anos de Petrópolis contemplam neste domingo (22/3) um “Dia Muito Especial”. A Prefeitura, por meio da Secretaria de Esportes e Lazer promove, a partir das 9h, uma série de atividades de inclusão da pessoa com deficiência ao esporte e à sociedade. Uma caminhada pelo Circuito de Esportes e Lazer, na Avenida Barão do Rio Branco (concentração em frente à 105ª DP), marca o início da programação, prevista para terminar às 13h.  

“A caminhada serve para incluir a pessoa com deficiência ao circuito, um espaço democrático, que já é sucesso entre a população todos os domingos e agora também nos feriados. A intenção é estimular cada vez mais a presença dessas pessoas em mais este espaço para a prática esportiva e de lazer”, disse o secretário de Esportes e Lazer, Renato Freixiela, que ressaltou ainda a confirmação de 40 participantes.

A caminhada será finalizada na Casa da Educação Visconde de Mauá, onde os participantes terão acesso a demonstrações de bocha adaptada, arremesso de peso paraolímpico e de futebol americano. Todas as atividades vão ter o acompanhamento de uma equipe da secretaria de Esportes, de professores de paradesportos da Universidade Estácio de Sá e de escoteiros de Petrópolis.

Marcelo Correa, presidente da Associação Petropolitana dos Deficientes Físicos, destaca a importância do evento para a inclusão do deficiente, não só ao esporte, mas também à sociedade: “O deficiente físico tem, como todo cidadão, direito de educação, lazer e cidadania. E esse evento o inclui à sociedade”.

Luis Felipe Silva, de 28 anos, tem Síndrome de Mórquio e pratica Bocha. Ele ressalta que a iniciativa serve para mostrar à pessoa com deficiência que ela tem potencial para fazer o que as outras pessoas fazem. “Muitos deficientes não conhecem o paradesporto, não têm consciência das suas capacidades e às vezes não têm vontade de fazer nada. Essas atividades incentivam, trazem dignidade e mostram que a pessoa com deficiência não é inválida”, finalizou.

O prefeito Rubens Bomtempo e representantes da Câmara Municipal e do Conselho Municipal de Esportes e Lazer (CMEL) se reuniram na última semana para falar sobre o novo projeto de lei que regulamenta as corridas de rua no município. O encontro teve a participação do presidente da Câmara de Vereadores, Paulo Igor, do vereador Jorginho Banerge, do presidente do CMEL, Renato Freixiela, do conselheiro Marcelo Rodrigues, do procurador geral do município, Marcus São Thiago, e do secretário de Governo, Juvenil Reis. A discussão sobre o novo texto, que agora terá a participação dos poderes Executivo e Legislativo e também da sociedade civil, por meio CMEL, deve se estender até o mês de abril.  
 
“Este encontro mostra nossa união por um objetivo que é comum a todos. Queremos um projeto de lei feito por todos, com muito diálogo, que leve em consideração a população, os corredores, os empresários e o poder público. Vamos, juntos, trabalhar para elaborar um texto que contribua para a atividade na cidade”, ressaltou o prefeito Rubens Bomtempo. O presidente da Câmara, Paulo Igor, também considerou a reunião positiva. “Vamos chegar a um projeto que atenda aos anseios de todos”, disse.  
 
 O secretário de Esportes e Lazer e presidente do CMEL, Renato Freixiela, lembrou que a regulamentação das corridas de rua se soma a uma série de outras ações que organizam a atividade na cidade. “Com esse novo projeto de lei, a implantação do Circuito Petrópolis de Esportes e Lazer e um cronograma oficial de corridas de rua estamos conseguindo organizar este movimento, que vem crescendo cada dia mais na cidade. Estamos colhendo subsídios para que Petrópolis tenha uma lei que sirva de exemplo inclusive para outros municípios”, disse.
 
O vereador Jorginho Banerge agradeceu o empenho do prefeito Rubens Bomtempo em resolver a questão e promover a abertura do diálogo. “Vamos trabalhar juntos para fazer um texto que atenda os anseios dos empresários e também dos corredores”, garantiu. O conselheiro Marcelo Rodrigues, representante do segmento empresarial, ressaltou que a regulamentação das corridas de rua trará benefícios para a cidade. “Sempre defendi a regulamentação, mas isso deve ser feito com muito diálogo. Estamos no caminho certo”, frisou.
 
Até o dia 30 de março, o CMEL está recebendo propostas da sociedade civil para a regulamentação dos eventos. As sugestões devem ser encaminhadas para o e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. , para que sejam debatidas pelas integrantes do conselho na reunião no dia nove de abril. Depois de discussão entre os conselheiros com atletas e empresários organizadores, as propostas serão transformadas em um novo projeto de lei, efetivamente construído com a participação popular, que será encaminhado à Câmara.
 
O Conselho Municipal de Esportes se reúne mensalmente e tem em sua composição representantes do Poder Executivo, do Poder Legislativo e da sociedade civil.

O Circuito Petrópolis de Esportes e Lazer, inaugurado pela Prefeitura no dia 1º de maio de 2014, na Avenida Barão do Rio Branco, no Centro, durante a Corrida do Trabalhador, está funcionando também nos feriados. Nesta segunda-feira (16/3), dia do aniversário de 172 anos de Petrópolis, o percurso foi aberto para receber os corredores, praticantes de atividades físicas e famílias a procura de um espaço para o lazer. Com a expansão do funcionamento do circuito, o prefeito Rubens Bomtempo atende uma reivindicação dos usuários que já utilizam tradicionalmente o percurso aos domingos.

A extensão do funcionamento do Circuito Petrópolis e Esportes e Lazer começou na terça-feira de Carnaval, quando centenas de petropolitanos puderam usar a faixa seletiva. “O espaço privilegia a prática do esporte e o encontro das famílias. As melhorias e a organização do percurso trouxeram mais segurança para os corredores e petropolitanos que buscam um local para a prática de esportes e como forma de lazer”, ressaltou o prefeito Rubens Bomtempo.

O secretário de Esportes e Lazer e presidente do Conselho Municipal de Esporte e Lazer (CMEL), Renato Freixiela, lembrou que a extensão do funcionamento do circuito é uma vitória da população. “Foi o governo Bomtempo que criou o circuito que, hoje, já recebe mais de 1.500 corredores. Essa grande procura nos fez pensar em abrir o espaço também nos feriados. Levamos essa discussão para o conselho e, agora, o funcionamento se estende também a estas datas”, disse.

Para Marcelo Rodrigues, representante do seguimento empresarial do CMEL, as melhorias realizadas pela Prefeitura consolidaram o espaço, criando uma cultura e rotina de utilização da Avenida Barão do Rio Branco para o esporte e lazer. “Essa questão vinha sendo discutida e reivindicada pelo CMEL faz algum tempo. Inclusive as placas afixadas na Barão desde o início do circuito já alertam os motoristas quanto a utilização da via por atletas aos domingos e feriados. A extensão do período de funcionamento só traz benefícios ao esporte, à saúde e ao lazer do município”, frisou.

O líder da equipe Fôlego Zero, Farli Gandra, comemora a iniciativa da Prefeitura de estender o funcionamento do circuito para os feriados e ressalta que a iniciativa beneficia não apenas os corredores, mas todos os praticantes de esporte. “Corro há pelo menos sete anos e naquela época não havia um local destinado pra corrida. O circuito veio para privilegiar o esporte, mas também o encontro das famílias”, disse.

Para a implantação do circuito, a Prefeitura asfaltou todo o percurso de 6,5 quilômetros, que recebeu sinalização e marcação para ciclovia. Bebedouros e banheiros químicos também fazem parte da infraestrutura. A demarcação da ciclovia no lado direito da avenida foi feito numa extensão de 3 km. Uma faixa vermelha delimita o espaço de 1,5 metros de largura entre o meio fio e a via, permitindo que os ciclistas utilizem a área diariamente.

Depois da revogação, pela Câmara Municipal, da lei que tratava de questões relativas às corridas de rua na cidade, vetada integralmente pelo prefeito Rubens Bomtempo e posteriormente aprovada pelo próprio Legislativo, o Conselho Municipal de Esportes (CMEL) abriu prazo para receber propostas da sociedade civil para a regulamentação dos eventos. As sugestões devem ser encaminhadas até o dia 30 de março para o e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. , para que sejam debatidas pelos integrantes do conselho na reunião do dia 2 de abril. Depois de discussão entre os conselheiros com atletas e empresários organizadores, as propostas serão transformadas em um novo projeto de lei, efetivamente construído com a participação popular, que será encaminhado à Câmara. O objetivo é fomentar o debate sobre o assunto e criar uma lei que regulamente, mas não limite, as corridas de rua em Petrópolis.

A sugestão para que o CMEL receba contribuições da população foi do conselheiro Marcelo Rodrigues, representante do segmento empresarial, e teve apoio de todos os conselheiros presentes. Como ele explicou, a ideia é que atletas e empresários possam ser ouvidos na elaboração do projeto de lei, garantindo a participação popular e fortalecendo o papel do conselho na formulação de políticas públicas para o setor, junto aos poderes Executivo e Legislativo.

Ao falar sobre a revogação, o secretário de Esportes e Lazer e presidente do CMEL, Renato Freixiela, lembrou que a Câmara Municipal reconheceu que a lei era inconstitucional. Os conselheiros chegaram a dizer que recorriam à justiça se necessário, já que a lei tratava de questões de competência exclusiva do Poder Executivo. Além disso, eles lembravam que o texto não atendia o que havia sido discutido com a sociedade civil organizada.

Freixiela, agradeceu a compreensão dos vereadores e afirmou que, por meio dos debates com a população, Petrópolis chegará a uma lei que garanta mais avanços para as corridas de rua na cidade. “Temos, agora, que trabalhar este assunto com calma. Este projeto de lei deve ser algo que sirva de exemplo para outros municípios. Vamos colher subsídios para que Petrópolis tenha uma lei que atenda os empresários das corridas de rua e os atletas. A Câmara reconheceu os argumentos do Conselho Municipal de Esportes, entendendo que a regulamentação de corridas de rua é uma deliberação do Executivo. O prefeito Rubens Bomtempo sempre deu todo o apoio aos conselheiros, defendendo a discussão de políticas públicas com a sociedade, por meio dos conselhos. Agora, vamos arregaçar as mangas e trabalhar para a construção deste novo texto”, disse Freixiela.

O Conselho Municipal de Esportes se reúne mensalmente e tem em sua composição representantes do Poder Executivo, do Poder Legislativo e da sociedade civil organizada.

Em 24 horas, todos os 500 números oferecidos pela Prefeitura para a II Corrida da Mulher, que será realizada neste domingo (8/3), como parte da programação comemorativa ao Dia Internacional da Mulher, foram distribuídos. As inscritas participarão da corrida concorrendo aos prêmios geral e por categoria. Além disso, receberão um kit com camisa alusiva ao evento. Para retirar os kits da corrida, as inscritas deverão levar uma lata de leite em pó. Tudo o que for arrecadado será doado a instituições de atendimento a menores carentes.

O evento, organizado pela Prefeitura e o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (Comdim), terá a participação de homens e mulheres, mas as inscrições foram abertas apenas ao público feminino. “O número da inscrição vale para o recebimento dos kits e para o prêmio, por isso só as mulheres podiam se inscrever, mas a ideia é que tenhamos outras pessoas, famílias inteiras, participando. Será um momento de celebração para as mulheres, de confraternização”, antecipa a secretária chefe de Gabinete e presidente do Comdim, Luciane Bomtempo.

As participantes deverão percorrer cinco quilômetros, saindo da frente da Casa de Educação Visconde de Mauá (Praça da Confluência, 3) e seguindo pela Barão do Rio Branco, pelo Circuito de Esportes e Lazer. A largada está prevista para 8h30.

Programação terá atividades na Praça da Liberdade

Depois da corrida, a programação comemorativa ao Dia Internacional da Mulher vai continuar na Praça da Liberdade, com atividades e muita música para toda a família. “Será uma justa homenagem às mulheres, sempre multifacetadas, guerreiras”, lembra Luciane Bomtempo.   

Além dos eventos que serão realizados no próprio dia 8, Prefeitura e Comdim estão preparando uma celebração no dia 10, em reunião especial do conselho. Na ocasião será feita homenagem às servidoras públicas, com o II Concurso Mulher Destaque da Prefeitura de Petrópolis. “É mais uma forma de homenagear as mulheres que dão sua importante contribuição à administração pública municipal”, diz a presidente do Comdim.

A Prefeitura já está com inscrições abertas para a II Corrida da Mulher. O evento, que abre as comemorações pelo Dia Internacional da Mulher, em 8 de março, organizada pelo governo municipal e o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (Comdim), deverá ter a participação de mulheres e suas famílias. Os participantes deverão percorrer cinco quilômetros, saindo da frente da Casa de Educação Visconde de Mauá (Praça da Confluência, 3). A largada está prevista para 8h30.

A previsão é que as inscrições, que devem ser feitas diretamente no site da Prefeitura – www.petropolis.rj.gov.br – sejam encerradas no dia 5, mas o link pode ser desativado antes, caso se esgotem todas as 500 vagas disponibilizadas pelos organizadores. A confirmação da inscrição será feita por e-mail.   

Embora a corrida seja aberta para homens e mulheres de todas idades, as inscrições estão abertas apenas para corredoras. A ideia é que apenas elas recebam os kits de participação e disputem os prêmios (haverá premiação por faixa etária e também para a melhor colocada geral). “Será um importante momento de união, de confraternização”, antecipa a secretária chefe de Gabinete e presidente do Comdim, Luciane Bomtempo.

Além de servir de estímulo à adoção de hábitos mais saudáveis e à prática de atividades físicas com a família e os amigos, a Corrida da Mulher terá cunho social. As inscrições são gratuitas, mas os participantes deverão levar, no dia da retirada dos kits da corrida (previsto no regulamento), uma lata de leite em pó. Tudo o que for arrecadado será doado a instituições de atendimento a menores carentes.

Para se inscrever é necessário ter mais de 18 anos. Menores podem participar, mas é necessário que o responsável assine um termo de responsabilidade, que pode ser solicitado aos organizadores pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. . O documento deve ser entregue assinado, com cópia de documento do responsável, no ato da retirada do kit que será distribuído aos participantes. A não apresentação deste termo e do documento implicará na eliminação do inscrito da corrida.

Programação terá atividades na Praça da Liberdade

Depois da corrida, a programação comemorativa ao Dia Internacional da Mulher vai continuar na Praça da Liberdade, com atividades e muita música para toda a família. “Será uma justa homenagem às mulheres, sempre multifacetadas, guerreiras”, lembra Luciane Bomtempo.   

Além dos eventos que serão realizados no próprio dia 8, Prefeitura e Comdim estão preparando uma celebração no dia 10, em reunião especial do conselho. Na ocasião será feita homenagem às servidoras públicas, com o II Concurso Mulher Destaque da Prefeitura de Petrópolis. “É mais uma forma de homenagear as mulheres que dão sua importante contribuição à administração pública municipal”, antecipa Luciane.

Reafirmando o compromisso com os clubes de Petrópolis, o prefeito Rubens Bomtempo entregou na manhã de sábado (7/2) a primeira remessa de coletes para treinamento das equipes sub 11, 13, 15 e 17 do Carangola Futebol Clube. Também serão contemplados os clubes Vera Cruz, Petropolitano, Internacional, Serrano, Laginha, Corrêas e Palmeiras.

“Nós estamos dedicados a ajudar esse trabalho social importante que vem sendo desenvolvido há décadas no Carangola”, afirmou o prefeito Rubens Bomtempo, que autorizou, ainda em 2013, o pagamento das taxas de arbitragem dos campeonatos oficiais da Liga Petropolitana de Desportos para impulsionar a atuação de diversos clubes da cidade. “Essa é uma das maneiras de reconhecermos a importância do trabalho desenvolvido pelos clubes. Esperamos estender este trabalho também a outros clubes ao longo deste ano”, acrescentou.

Segundo o secretário de Esportes e Lazer, Renato Freixiela, há consenso entre os membros do Conselho Municipal de Esportes de que o governo deve apoiar o trabalho desenvolvido pelos clubes da cidade. “Os clubes dão oportunidades para as crianças criarem amizades enquanto praticam esportes, com regras e toda a aprendizagem que isso envolve. Nossa intenção é trabalhar de forma a fortalecer essas ações cada vez mais”, lembrou.

Números divulgados nesta semana pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Esportes mostram que nos últimos dois anos o governo municipal conquistou mais de R$ 7 milhões para o esporte no município. São convênios firmados pelo prefeito Rubens Bomtempo com o Ministério dos Esportes, que contemplam projetos, reformas e novos espaços para a prática esportiva em diversas localidades. O destaque vai para o Centro de Iniciação ao Esporte (CIE) do Caxambu, que começa a ser construído na primeira quinzena de fevereiro.
 
“Estamos vivendo um momento muito importante. A cidade cada vez mais precisa de espaços públicos para a prática do esporte e a equipe do governo, sob a batuta do prefeito Rubens Bomtempo, está fazendo o seu dever de casa. Petrópolis foi a única cidade do estado do Rio a atender a todas as exigências do Governo Federal para conquistar o CIE e isso aconteceu graças aos esforços daqueles que administram o município. Essa é mais uma vitória que demonstra a nossa preocupação em garantir cada vez mais espaços para a população”, disse o secretário de Esportes e Lazer, Renato Freixiela.

O CIE do Caxambu será o maior e mais estruturado equipamento público esportivo da cidade. O espaço, que comporta instalações para modalidades olímpicas e paraolímpicas, contempla um ginásio poliesportivo coberto, salas para atividades coletivas, arquibancada e vestiários. Os investimentos ultrapassam os R$ 3 milhões.
As novidades não param por aí. Parte dos recursos também contempla a cobertura da piscina do Parque Cremerie, a implantação do Programa Esporte e Lazer da Cidade (Pelc), o Programa Segundo Tempo, a implantação e modernização de infraestrutura esportiva em quatro quadras da cidade (Gaspar Gonçalves, Comunidade do Alemão, Bataillard e Montese), além da reforma e cobertura das quadras da Escola Municipal Luiz Carlos Soares e do Pedras Brancas.

O presidente da Liga Petropolitana dos Desportos, que também é vice-presidente do Conselho Municipal de Esportes e Lazer, Hingo Hammes, elogiou as iniciativas. “É fundamental que a cidade tenha espaços públicos esportivos que democratizem a prática, principalmente com a proximidade das olimpíadas, em 2016. Vemos que o departamento de convênios da cidade, juntamente com a secretaria de Esportes, está empenhado na conquista desses recursos. Agora vamos juntos formatar projeto para a melhor utilização possível desses espaços”.