A Prefeitura e o Hospital Santa Teresa realizarão, neste domingo (06/10), no Parque Municipal de Petrópolis, em Itaipava, o 1° Dia do Coração – Feira de Saúde e Qualidade de Vida. O evento, que vai das 8h às 14h, tem como objetivo conscientizar as pessoas sobre a importância dos cuidados com a saúde, alimentação e a prática de exercícios físicos para a prevenção de doenças.  

A feira vai contar com 18 tendas, que oferecerão serviços como aferição de pressão, avaliação nutricional e apresentação de alimentos funcionais (diets, lights e orgânicos). O dia também vai contar com muita atividade física, com aulas de jump, spinning e aeroboxe, Corrida Infantil Cross Country, 2º Caminhada melhor idade e 3º Corrida Adulto. São esperadas cerca de 600 pessoas. O patrocínio é da Águas do Imperador e X da Saúde.

O prefeito Rubens Bomtempo ressalta a importância da parceria com o Hospital Santa Teresa: “No que depender de mim, este será um evento que entrará para o nosso calendário anual, pois precisamos conscientizar a população sobre os cuidados com o coração”.  O prefeito, que também é médico, ressaltou que a maior parte das pessoas morre de doenças cardiovasculares porque não se previnem. “A atividade física regular e uma boa alimentação são regras básicas para quem quer manter um coração sadio", afirmou.

ATIVIDADES

Na ocasião, a Companhia Municipal de Desenvolvimento de Petrópolis (Comdep) vai inaugurar dois brinquedos do parque infantil do local para crianças com deficiência: um carrossel e um balanço. A Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans) vai comparecer com a campanha “Eu Respeito a Vida”, de conscientização sobre a importância de respeitar as leis de trânsito e a Secretaria de Saúde, com dicas de como se manter saudável. Já a Secretaria de Esportes e Lazer vai desenvolver atividades físicas para adultos e crianças, a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável  distribui mudas de flores ornamentais e Educação levará o mundo dos livros com contação de histórias e atividades educativas. Durante todo o evento haverá recreação infantil com o grupo Tindolelê.  

De acordo com o Diretor Executivo do Hospital Santa Teresa, Vinícius de Oliveira, toda a programação do evento foi cuidadosamente estipulada para oferecer atividades para todas as idades. “Nós somos especialistas em tratar doenças, a nossa proposta agora é de mostrar para a população que a prevenção é a chave para se evitar ou amenizar muitas doenças. Assim que criamos o projeto, apresentamos ao Prefeito Rubens Bomtempo que imediatamente se envolveu e contribuiu para que crescesse e agregasse diversas atividades em benefício da saúde e bem-estar da população independente da idade”, declarou.


A Secretaria de Esportes e Lazer promoveu nesta sexta-feira (27/09), o intercâmbio entre escolinhas de futebol de comunidades de Petrópolis com o clube carioca Fluminense. Pela manhã, representantes do Boa Vista, Duarte da Silveira, Morin, Atílio Marotti e Bonfim visitaram o Centro de Treinamento Vale das Laranjeiras (CTVL), em Xerém.

A proposta é que os jovens de até 17 anos que se destacarem nas escolinhas de Petrópolis possam dar sequência, em Xerém, ao sonho de serem jogadores de futebol. Os representantes das comunidades conheceram a estrutura das categorias de base do Fluminense, como campos de treinamento, alojamento, refeitório, sala de musculação, vestiário e departamento médico.

Treinador da categoria sub-20 do Fluminense, Marcelo Veiga é servidor da Secretaria de Esportes e Lazer. Ele acompanhou a visita ao centro de treinamento de Xerém. A intenção é levar alunos das escolinhas ao local, para que eles se motivem a correr atrás dos seus sonhos.

A Secretaria de Esportes e Lazer começará, em outubro, o projeto Academias de Futebol, para fornecer material esportivo para as escolinhas e criar um intercâmbio com grandes clubes do Rio de Janeiro. “Nós não queremos só dar material. Queremos trazer esses jovens para que entendam como funciona um grande time de futebol. Queremos investir no conhecimento deles sobre o esporte”, disse Marcelo.

O coordenador e instrutor do projeto Boa Vista do Futuro, Djalma Fragoso, afirmou que levará para sua escolinha o tipo treinamento que viu em Xerém. “Vamos passar para as crianças a nossa empolgação e mostrar que eles têm possibilidade de chegar a algum lugar”, disse Djalma Fragoso, que trabalha na escolinha com 124 crianças de cinco a 17 anos.

O coordenador técnico de Xerém, Klauss Câmara, afirmou que o centro de treinamento de base do Fluminense está de portas abertas para as escolinhas de Petrópolis: “O futebol precisa muito de vocês”, completou.

O coordenador do projeto Gente Que Faz, Ademir Claudino da Silva, ressaltou a importância do trabalho que faz na escolinha no Atílio Marotti.“Você saber que o trabalho que faz forma cidadãos, homens de bem, é tudo”, disse Claudino.

A Meia Maratona Faz Um 21 vai movimentar Petrópolis neste domingo (29/09). A prova começará às 8h21, na Praça 14-BIS - Avenida Roberto Silveira, s/n°, Centro. Esta é a única corrida em que os participantes correm em dupla ao mesmo tempo, em vez de fazerem revezamento. São esperadas cerca de 300 duplas para realizar o percurso, que terá um total de 21 quilômetros. A prova conta com o apoio oficial da Prefeitura de Petrópolis. 

“A Embratel está muito feliz em promover mais uma vez a Meia Maratona Faz um 21. Essa ação reforça o esporte como um dos pilares de comunicação de nossa marca. Apoiamos o esporte por acreditar que esse movimento envolve, inspira e une as pessoas”, comemora o diretor executivo de Marketing e Estratégica Corporativa da Embratel, Marcello Miguel.

Vencerá a dupla que somar o menor tempo total durante o percurso. Os integrantes deverão completar 21 quilômetros e sua colocação será o somatório de tempos dos integrantes. A prova terá a duração máxima de duas horas. Os campeões nas categorias feminina e masculina serão premiados com R$ 2.000,00 (para a primeira equipe), R$ 1.500,00 (para a segunda melhor) e R$ 500,00 (para a terceira mais bem colocada). As categorias mistas e melhor idade não terão premiação em dinheiro. 

A meia maratona conta com um sistema informatizado de chip. No final da prova, com a devolução dos pequenos aparelhos, os atletas poderão checar seu próprio tempo e a colocação de sua dupla no site www.cronoserv.com.br.

A corrida, organizada pela X3M Sports Business, disponibilizará toda a infraestrutura necessária para os participantes, como postos de distribuição de água mineral ao longo do percurso e banheiros químicos, bem como guarda-volumes e ambulâncias para pronto atendimento, em caso de acidente.

Sobre o Evento

A Meia Maratona Faz um 21 é um projeto de corridas que está em sua sexta edição e já reuniu mais de oito mil participantes. O projeto começou em novembro de 2008 em Niterói e ganhou força a partir de 2009, quando a meia maratona passou por Nova Iguaçu, Volta Redonda, Petrópolis, São Gonçalo e Niterói. Nomes expressivos como Franck Caldeira, Márcia Narloch e Selma Cândido já prestigiaram o evento. 

Marcello Miguel ressalta que a empresa também investe em outros esportes e patrocina 29 atletas, que destacam o Brasil no cenário mundial. “As empresas Embratel e Claro são as patrocinadoras e fornecedoras oficiais de telecomunicações dos Jogos Olímpicos Rio 2016”, afirma.

Petrópolis vai sediar, no dia 29 de setembro, a segunda etapa da temporada 2013 da Meia Maratona Faz um 21, o tradicional circuito de corrida de rua promovido pela Embratel há seis anos. A prova, cuja largada ocorrerá às 8h21, terá início e término na Praça 14-Bis (Avenida Roberto Silveira, s/n°, Centro). Os corredores, divididos em duplas, irão percorrer um total de 21 quilômetros – cada um correrá 10,5 quilômetros. São aguardados mais de 600 participantes, distribuídos em cerca de 300 duplas. Muitos são atletas de fora da cidade que farão o circuito pela primeira vez próximo aos pontos turísticos da cidade. A prova conta com o apoio oficial da Prefeitura de Petrópolis.

“A Embratel está muito feliz em promover mais uma vez a Meia Maratona Faz um 21. Essa ação reforça o esporte como um dos pilares de comunicação de nossa marca. Apoiamos o esporte por acreditar que esse movimento envolve, inspira e une as pessoas”, comemora o diretor executivo de Marketing e Estratégica Corporativa da Embratel, Marcello Miguel.

Marcello Miguel ressalta que a empresa também investe em outros esportes e patrocina 29 atletas, que destacam o Brasil no cenário mundial. “As empresas Embratel e Claro são as patrocinadoras e fornecedoras oficiais de telecomunicações dos Jogos Olímpicos Rio 2016”, afirma.

A Meia Maratona Faz um 21 é a única corrida em que os participantes correm em dupla ao mesmo tempo, em vez de fazerem revezamento. Vencerá a prova a dupla que somar o menor tempo total durante o percurso. Os integrantes deverão completar 21 quilômetros e sua colocação será o somatório de tempos dos integrantes. A prova terá a duração máxima de duas horas. Os campeões nas categorias feminina e masculina serão premiados com R$ 2.000,00 (para a primeira equipe), R$ 1.500,00 (para a segunda melhor) e R$ 500,00 (para a terceira mais bem colocada). As categorias mistas e melhor idade não terão premiação em dinheiro.

A meia maratona conta com um sistema informatizado de chip. No final da prova, com a devolução dos pequenos aparelhos, os atletas poderão checar seu próprio tempo e a colocação de sua dupla no site www.cronoserv.com.br.

A corrida, organizada pela X3M Sports Business, disponibilizará toda a infraestrutura necessária para os participantes, como postos de distribuição de água mineral ao longo do percurso e banheiros químicos, bem como guarda-volumes e ambulâncias para pronto atendimento, em caso de acidente.

Sobre o Evento

A Meia Maratona Faz um 21 é um projeto de corridas que está em sua sexta edição e já reuniu mais de oito mil participantes. O projeto começou em novembro de 2008 em Niterói e ganhou força a partir de 2009, quando a meia maratona passou por Nova Iguaçu, Volta Redonda, Petrópolis, São Gonçalo e Niterói. Nomes expressivos como Franck Caldeira, Márcia Narloch e Selma Cândido já prestigiaram o evento.

Espaço de lazer na Rua do Imperador, tênis de mesa, dama, xadrez, recreação infantil, contação de história e show com Joãozinho do Cavaco. Estas foram as principais atividades programadas pela Prefeitura de Petrópolis para marcar a participação oficial da cidade no Dia Mundial sem Carro, no último domingo (22/09). A população também ganhou outro presente: a passagem de ônibus a R$1 em dinheiro serviu para estimular o uso de transporte público e para levar os participantes aos eventos realizados no Centro Histórico de 9 as 17h. Repensar a mobilidade urbana sob a ótica do ser humano foi um dos principais objetivos do movimento mundial.

O prefeito Rubens Bomtempo também aderiu à proposta do Dia Mundial sem Carro e chegou ao evento de ônibus, ao lado da família.

No palco, o prefeito fez a apresentação dos doze eixos temáticos que estão norteando os trabalhos para o reconhecimento nacional de Petrópolis como cidade sustentável dentro do “Programa Cidades Sustentáveis”. O primeiro Plano de Metas foi elaborado pelo município com base nestes eixos e já foi apresentado para o Conselho Municipal da Cidade, o ComCidade.

Há um ano, ainda durante a campanha eleitoral, Bomtempo havia se se comprometido com o programa Cidades Sustentáveis e, no domingo, coincidindo com o início da primavera e junto com o Dia Mundial Sem Carro, o trabalho de apresentação para a sociedade em praça pública foi iniciado. “Esse é um momento de reflexão para contribuirmos para uma cidade melhor, mais humana e menos violenta, promovendo cada vez mais a cultura da paz. Acredito que a missão do poder público local é desenvolver um debate na busca por uma cidade que tenha mais harmonia e diálogo entre os diversos setores”, disse.

Cartazes contendo os 12 eixos do Programa Cidades Sustentáveis foram expostos ao longo da rua, permitindo uma melhor participação de Petrópolis no programa. Um deles falava sobre a “Economia Dinâmica e Criativa” e outro destacava o “Empregos Verdes”, que tem o objetivo de apoiar e criar condições para uma economia local, dinâmica e criativa que garanta o acesso ao emprego sem prejudicar o ambiente.

Bomtempo também fez a entrega de 20 biclicletas para alunos da rede municipal de ensino, como premiação do concurso de desenho com o tema “Mobilidade Urbana”. Uma das estudantes premiadas foi Vanessa Aparecida da Costa, de 13 anos. “Fiquei muito feliz com o presente, pois fiz o trabalho sem saber que havia uma bicicleta como premiação. Mas não tive dificuldades, pois o que penso está ali”, disse a adolescente estudante do 8º ano da Escola Rosemira Cavalcanti, no Itamarati.

O estudante Fábio Carlos Rabelo Júnior, de 14 anos, foi outro presenteado com a bicicleta. “É muito gratificante quando somos reconhecidos dessa forma. Sabia do prêmio, mas não pensei que meu trabalho seria um dos escolhidos. Estou muito contente”, destaca Fábio, ao lado da mãe, Cristiane Valéria Cardoso Lemos. “Fiquei feliz e orgulhosa do meu filho, mas essa iniciativa mostra que os estudantes estão sendo valorizados”, disse ela.

Barracas das Secretarias de Saúde, de Esportes e Lazer, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Educação e de Planejamento e Desenvolvimento Econômico, foram montadas no local, onde aconteceu a distribuição de mudas da Mata Atlântica, a aferiação de pressão arterial e a distribuição de camisas alusivas à data, mediante o preenchimento de um questonário que vai ajudar à secretaria de Planejamento a entender como a população avalia a mobilidade urbana. Com a Rua do Imperador liberada, ciclistas e skatistas também puderam curtir o espaço, assim como crianças que aproveitaram a área com diferentes brincadeiras.

Os amantes do futebol soçaite têm data certa para um encontro esportivo: já estão abertas as inscrições para a Copa Municipal das Comunidades nesta modalidade. O evento, promovido pela secretaria de Esportes e Lazer, visa promover a integração entre as comunidades petropolitanas e divulga a importância da prática esportiva.

Além das categorias sub-13 (de 12 a 13 anos) e sub-15 (de 14 a 15 anos), a secretaria incluiu este ano a sub-17 (16 a 17 anos), modalidade futebolística na qual, em vez de 11, serão seis jogadores em cada equipe. Outra novidade é que além das premiações de campeão, vice-campeão, terceiro lugar, melhor goleiro, artilheiro e atleta revelação, haverá a premiação para a torcida mais animada. Os atletas que mais se destacarem durante as competições serão levados para realizar um teste no Centro de Treinamento do Fluminense, em Xerém.

Os jogos começarão dia 21 de setembro, irão até 26 de novembro e serão realizados em quatro polos: Parque Cremerie, Parque Municipal de Petrópolis e nas quadras comunitárias do Morin e de Boa Vista. Os interessados poderão se inscrever gratuitamente até o dia 13 de setembro. As fichas de inscrição podem ser obtidas na própria secretaria (Rua Doutor Moreira da Fonseca, 33, Centro) ou no site da Prefeitura de Petrópolis (www.petropolis.rj.gov.br).

Sexta, 06 Setembro 2013 - 12:44

COMEL tem novos conselheiros

Os novos membros do Conselho Municipal de Esportes e Lazer – COMEL, tomaram posse na tarde desta quinta-feira (5/09), durante reunião realizada na sede da Secretaria de Esportes e Lazer. O conselho é formado por 22 representantes da sociedade civil organizada, do poder executivo e Câmara Municipal, que assumiram os postos com o compromisso de garantir o crescimento do esporte da cidade. 

Como presidente do COMEL foi eleito o secretário de Esportes e Lazer Renato Freixiela. A vice-presidência ficou com Hingo Hammes (representante das academias de ginástica), e como secretário executivo, assumiu Douglas Schimidt, integrante do governo. “A posse acontece em tom de unidade para o desenvolvimento do esporte e do lazer do município. Queremos ainda garantir a participação popular, pois dessa forma, o trabalho fica mais claro”, disse Freixiela.  

Durante a reunião, Freixiela sugeriu que os representantes da sociedade civil apresentem seus projetos já nas próximas reuniões. “Nossa sugestão é que cada segmento faça reuniões prévias e elabore as propostas para serem apresentadas e votadas nas reuniões. Assim estaremos dando mais respaldo e credibilidade ao conselho”, disse Freixiela.  

Associações de moradores, professores de educação física e instituições de ensino superior são os segmentos que integram a sociedade civil, além do ensino médio e representantes do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa, Clubes Discentes do Ensino Superior em Educação Física, área empresarial, Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência e Sindicato dos Professores de Petrópolis.

O XXIII Jogos das Escolas Municipais (JEMS), que iniciou no dia 1° de julho foi encerrado na última sexta-feira (30/8), no 32° Batalhão de Infantaria Motorizado. O evento teve a participação de mais de 750 pessoas, entre alunos, professores e funcionários das escolas e das secretarias de Educação e de Esportes e Lazer. Foram entregues as medalhas para os campeões de cada categoria esportiva, atletismo e Judô. A Escola Municipal João Kopke ganhou o título inédito de campeã geral no somatório das modalidades, com 162 pontos e a Escola Municipal João de Deus foi a vice-campeã, com 115 pontos.

Os jogos foram divididos em duas fases (classificatórias e finais), contaram com 10 modalidades esportivas, envolveram 40 instituições educacionais e mais de 2.000 alunos. O JEMS teve o apoio da Secretaria de Segurança, da Comdep e da Cruz Vermelha.

Cem professores, atletas e esportistas petropolitanos participaram, no domingo (1/09), de um café da manhã em comemoração ao Dia do Profissional de Educação Física, celebrado pela Secretaria de Esportes e Lazer em parceria com o Conselho Regional de Educação Física (CREF1) no Palácio de Cristal. Logo após a confraternização, o grupo seguiu para uma caminhada no circuito criado pela Prefeitura em toda a extensão da Avenida Barão do Rio Branco.

Segundo o secretário de Esportes e Lazer, Renato Freixiela, o prefeito Rubens Bomtempo determinou uma série de melhorias na Avenida, para que o espaço ao longo da via se torne um ponto de encontro esportivo e de lazer. O local recebeu operação tapa-buracos, pintura dos postes, capina, limpeza na via e nas placas de sinalização, além de colocação de cones para demarcar o espaço da pista de carros e de pedestres. Freixiela anunciou a preparação de um projeto para aumentar a extensão do circuito, dos 3,5 Km atuais, para 4,5 Km. “Queremos incluir a Rua Treze de Maio e a Avenida Ipiranga. Trata-se de um local importante para os atletas e para as famílias petropolitanas”, disse o secretário, lembrando que o circuito pode ser percorrido todo domingo, das 7h às 14h.

O secretário de Esportes e Lazer, Renato Freixiela, entregou mais de cem bolas de futebol de campo e de salão para os clubes da cidade. Na noite da última terça-feira, ele se reuniu com os presidentes do Petropolitano, Carangola, Magnólia, Vera Cruz, Palmeira, Imperial, Benfica e Liga Petropolitana de Desportos (LPD) para encaminhar o material, fruto de uma parceria com o Ministério do Esporte.

Para o secretário Renato Freixiela, os clubes da cidade são fundamentais para que o esporte avance em Petrópolis. Além de colocar a Secretaria à disposição dos presidentes, Freixiela pediu que os clubes continuem abrindo espaço para as comunidades.

“O trabalho de vocês é mais que louvável, reconheço o que fazem junto às comunidades. Nós precisamos de vocês. Se precisarem de nós, estamos com as portas abertas”, disse Freixiela.

Cada clube recebeu cinco bolas de futsal, dez de futebol de campo e duas redes de futebol de campo. O presidente do Vera Cruz, Jorge Vieira, afirmou que o clube e os moradores do Moinho Preto ganharam com a medida.

“Qualquer coisa que você receba e que possa ser aplicado no esporte é positiva. Vai ser muito importante para a comunidade. Nem tudo é só dinheiro. A parte do material é muito importante também”, disse Jorge Vieira.

Ao todo, neste ano, a Secretaria de Esportes e Lazer, em convênio com o Ministério do Esporte, entregará mais de 1.300 bolas de futebol de campo, futsal, basquete, vôlei e handebol para escolas e clubes de Petrópolis.