O prefeito Rubens Bomtempo anunciou o nome de Renato Freixiela como o novo secretário de Esportes e Lazer. Ele chega à secretaria com o compromisso prioritário de instalação das academias da saúde pela cidade. O projeto será averiguado junto com a secretaria de Saúde, para a análise dos locais que serão contemplados com o novo espaço. As academias fazem parte de um programa do Ministério da Saúde e contribuem para a promoção da saúde a partir da implantação de polos com infraestrutura, equipamentos e quadro de pessoal qualificado para a orientação de práticas corporais, atividade física e de lazer.

“Renato Freixiela é competente e luta pelo esporte na nossa cidade há mais de três décadas. Ele terá como principal desafio a instalação dessas academias, que já estavam com os recursos liberados e não foram implantadas pelo governo anterior. Ele deve ainda fortalecer o esporte nas escolas”, disse o prefeito Rubens Bomtempo.

A volta dos campeonatos interbairros, a valorização e a democratização dos espaços públicos para a prática de atividades físicas também são algumas das prioridades do novo secretário: “O petropolitano gosta de praticar esportes. Precisamos incentivar e criar facilidades para essa prática. Para isso, vamos elaborar projetos consistentes, com condições de sair do papel. Estou muito feliz com a oportunidade dada pelo prefeito”, afirmou o secretário.

Freixiela é formado em Educação Física e Fisioterapia. Foi professor da rede pública municipal e particular de ensino por 36 anos. Também foi vereador por dois mandatos e na segunda gestão do prefeito Rubens Bomtempo assumiu a Secretaria de Esportes. Renato Freixiela desenvolveu um trabalho importante para valorizar os principais clubes da cidade, como o Serrano e o Coronel Veiga. 

Serrano tem débito de IPTU de mais de R$ 1,5 milhão – Ao anunciar o novo secretário de Esportes, o prefeito Rubens Bomtempo reforçou que quer receber os débitos de IPTU do Clube Serrano com o Município: “Esses valores vão muito além dos R$ 789 mil anunciados pelo presidente do Serrano. Vamos receber tudo com juros e correção monetária. A dívida pode ultrapassar R$ 1,5 milhão”, explicou o prefeito reforçando ainda que irá manter o decreto de utilidade pública. 

Pagina 115 de 115